segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Ludwig van Beethoven (1770 - 1827) - Sinfonia No. 7 em Lá maior, Op. 92 e Sinfonia No. 2 em Ré maior, Op. 36

Daremos continuidade à série de postagens com as sinfonias de Beethoven sob a condução de Arturo Toscanini. Traremos à tona duas importantes sinfonias: a de número 2, não tão conhecida e aclamada como a outra, que surge neste registro, a número 7. Confesso que as sinfonias que mais ouvir/estimo entre as que Beethoven compôs são as de no. 1, 3, 5, 6 e 9. Atualmente, tenho dedicado uma atenção toda especial à No. 7 de Beethoven. A Sétima Sinfonia é uma obra de uma alma desabotoada, livre. Parece incrível que quando Beethoven a compôs estivesse em convalescença. Uma alma achacada talvez se voltasse para algo mais denso e tenebroso. Embora percebamos no Allegretto (do segundo movimento), uma reflexão "nebulosa", típica do gênio de Beethoven. Mas sei que a arte é expansiva e livre. No mais, a Sétima Sinfonia recende a Baco, um Baco cheio de frenesi, grávido de volúpia e que destila o vinho do espírito para a humanidade. Esta sinfonia em Lá, deixa-me uma impressão de soltura, liberdade zizagueante. Aparece ainda a Sinfonia no. 2 em Ré Maior, que revela um Beethoven ainda juvenil. Uma força irresistível parece varrer-lhes os pensamentos. O compositor é alguém cheio de esperança nessa sinfonia de número 2. Como me encontro envolvido por uma expectativa positiva em relação à Sétima Sinfonia, decidi colocar não somente a gravação com Toscanini, mas uma versão com com Carlos Kleiber. Enquanto digito estas palavras, escuto-a. Decidir colocá-la para estabelecer um paralelo comparativo. Sendo assim, passam ao número de 3 as versões da número 7 aqui em O SER DA MÚSICA - Karajan, Toscanini e Kleiber. A interpretação de Kleiber é primorosa. O maestro está à frente da Filarmônica de Viena. É uma interpretação de um maestro exigente, que presta atenção a cada detalhe e exige perfeição dos músicos. Foi por conta desse aspecto que escolhi a versão de Kleiber para fazer a devida comparação. Não deixe de ouvir as duas versões - uma com Toscanini e a outra com Kleiber. Ambas imperdíveis. Boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770 - 1827) - Sinfonia No. 7 em Lá maior, Op. 92 e Sinfonia No. 2 em Ré maior, Op. 36

Sinfonia No. 7 em Lá maior, Op. 92 
01. Poco sostenuto, Vivace 
02. Allegretto 
03. Presto, Assai menu presto, Presto 
04. Allegro con brio 

Sinfonia No. 2 em Ré maior, Op. 36 
05. Adagio molto, Allegro con brio 
06. Larghetto 
07. Scherzo, Trio 
08. Allegro molto 

NBC Symphony Orchestra 
Arturo Toscanini, regente 

(Recorded 1949, 1951) 

Total playing: 61:49 


Have Joy! 

* Se possível, deixe um comentário!

2 comentários:

Henrique Kovalesky disse...

Restaura!!!

Anônimo disse...

Muchas gracias una colección maravillosa.