domingo, 29 de abril de 2012

Richard Strauss (1864-1949) - Sinfonia Alpina, Op. 64 (An Alpine Symphony)

Richard Strauss se notabilizou pela construção de montanhas sonoras. Suas obras constroem catedrais invisíveis de possibilidades orquestrais. É como se ele torcesse, esticasse ao máximo todas as possbilidades dos músicas e das orquestras que executam a sua música. Strauss ao fazer isso estava seguindo a tradição de Wagner. Sua importância reside no fato de que ele viveu no lusco-fusco de um período: esteve entre o fim do Romantismo e o início da Era Moderna. Muitas de suas obras ajudaram a consolidar a música do século XX. A Sinfonia Alpina foi escrita entre os anos de 1911 e 1914. Descreve em sua intencionalidade, uma excursão de subida aos Alpes Bávaros. A orquestração espantosa, beirando a perfeição, cumpre uma finalidade programática e descritiva. Strauss, na verdade, narra por intermédio da música, a experiência de subida a uma montanha e o retorno ao vale. Toda a tensão do programa, visa estabelecer uma conexão com o fato vivido pelo compositor. A música, nesse caso, transforma-se num elemento metaliguístico. É como se música se transformasse em montanha, em colina alpina, para que o compositor dissesse: "Foi isso o que eu vivi". E quando apreendemos e sentimos a beleza é como se nós mesmos estivéssemos ao lado do compositor, na experiência épica da subida. Tudo é suntuoso aqui. Inclusive a regência que fica a cargo de her Karajan. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Strauss (1864-1949) - Sinfonia Alpina, Op. 64 (An Alpine Symphony)
01.Nacht (Night)
02. Sonnenaufgang (Sunrise)
03. Der Anstieg (The Ascent)
04. Eintritt in den Wald (Entry into the Wood)
05. Wanderung neben dem Bache (Wandering by the Stream)
06. Am Wasserfall (At the Waterfall)
07. Erscheinung (Apparition)
08. Auf blumigen Wiesen (On Flowering Meadows)
09. Auf der Alm (On the Alpine Pasture)
10. Durch Dickicht und Gestrupp auf Irrwegen (Straying through Thicket and Undergrowth)
11. Auf dem Gletscher (On the Glacier)
12. Gefahrvolle Augenblicke (Dangerous Moments)
13. Auf dem Gipfel (On the Summit)
14. Vision
15. Nebel steigen auf (Mists rise)
16. Die Sonne verdustert sich allmahlich (The Sun gradually darkens)
17. Elegie
18. Stille vor der Sturm (Calm before the Storm)
19. Gewitter und Sturm, Abstieg (Thunder and Storm, Descent)
20. Sonnenuntergang (Sunset)
21. Ausklang (Final Sounds)
22. Nacht (Night)

Você pode comprar este CD na Amazon

Berliner Philharmoniker
Herbert von Karajan, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


5 comentários:

Anônimo disse...

Linda, apaixonante esta Sinfonia Alpina, quando a ouvi pela primeira vez tive o mesma sensação descrita no comentário feito pelo Carlinus. GUTO

Anônimo disse...

Excelente, gracias.

Anônimo disse...

Obrigado, obrigado...

Anônimo disse...

Strauss como sempre belo! Obrigado pela postagem!

F. Nunes disse...

O link para download não está mais disponível, 😢😥