quinta-feira, 26 de maio de 2016

Henri Dutilleux (1916-2013) - Chamber Music with Piano

Um disco de beleza e sensibilidade francesas. Disco de qualidade excepcional, trazendo este compositor de qualidade invulgar da segunda metade do século XX. Dutilleux morreu há três anos atrás. O disco coloca em ênfase a música de câmara do francês. Vale ser ouvido. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Henri Dutilleux (1916-2013) - 

01. Sarabande et cortege - I. Sarabande
02. Sarabande et cortege - II. Cortege
03. Sonatina for Flute and Piano - I. Allegretto
04. Sonatina for Flute and Piano - II. Andante
05. Sonatina for Flute and Piano - III. Animй
06. Sonata for Oboe and Piano - I. Aria. Grave
07. Sonata for Oboe and Piano - II. Scherzo. Vif
08. Sonata for Oboe and Piano - III. Final. Assez allant
09. Piano Sonata, Op.1 - I. Allegro con moto
10. Piano Sonata, Op.1 - II. Lied
11. Piano Sonata, Op.1 - III. Choral et variations

Soloists of the Accademia Nazionale di Santa Cecilia
Andrea Oliva, flute
Francesco Di Rosa, oboe
Francesco Bossone, bassoon
Akané Makita, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Jazz - Django Reinhardt (1910-1953) - Nuages

Quando nos referimos ao jazz, pensamos que se trata de um movimento eminentemente estadunidense. Lá no "Sul profundo", de fato, a efervescência cultural; a multiculturalidade; as cores, sons, os movimentos, a energia, o suor, a desenvoltura; os campos de algodão, de fumo; as igrejas; a capacidade de improviso e, acima de tudo, "ginga" africana fizeram surgir essa maravilha que é o jazz. Mas, na Europa, o movimento também conheceu nuances singulares. É o caso do jazzdebussístico de Django Reinhard, nascido na Bélgica, e tido como um dos mais influentes guitarristas da história. Este seu disco Nuages é uma delícia! A despeito do tempo da gravação, nota-se o estilo que viria a fundar gypsy jazz, um jazz de ascendência cigana e que fez um caminho contrário, pois influenciou muitos músicos dos Estados Unidos. Vale lembrar ainda que Reinhardt foi um dos primeiros jazzistas não negros da história. Como se pode ver, o nome Django Reinhardt é ligado a muitas significações. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Django Reinhardt (1910-1953) -

01. Nuages
02. Swing Guitars
03. Saint Louis Blues
04. Viper's Dream
05. Daphne
06. Dinah
07. Minor Swing
08. Les Yeux Noirs
09. Ol' Man River
10. Louise
11. Dinette
12. Swingtime In Springtime
13. Blues En Mineur
14. Swing 39
15. Belleville
16. Crepuscule


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Joseph Haydn (1732-1809) - Symphonies 78 - 81

Haydn foi sem sombras de dúvidas um compositor iluminado e prolífico. Chamá-lo de "pai da sinfonia" é outra tautologia desnecessária. Diferentemente de outros compositores - Beethoven, Brahms, Mahler, Burckner, Tchaikovsky (conhecidos também como grandes sinfonistas), Haydn construía com profusão. Essa característica não torna os seus trabalhos sem profundidade ou rarefeitos. São trabalhos agradáveis, cuja beleza é fator palpável. Algumas sinfonias são bastante conhecidas como, por exemplo, o ciclo de "Paris" ou de "Londres". Já outras, não são executadas com tanta frequência. É o caso deste disco que traz Otavio Dantone como regente. Creio que dos quatro trabalhos aqui apresentados, a de número 81 seja a mais conhecida. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Joseph Haydn (1732-1809) - 

01 - Symphony No.78 in C Minor, Hob.I-78 - I. Vivace
02 - Symphony No.78 in C Minor, Hob.I-78 - II. Adagio
03 - Symphony No.78 in C Minor, Hob.I-78 - III. Menuetto & Trio- Allegretto
04 - Symphony No.78 in C Minor, Hob.I-78 - IV. Finale- Presto
05 - Symphony No.79 in F Major, Hob.I-79 - I. Allegro con spirito
06 - Symphony No.79 in F Major, Hob.I-79 - II. Adagio cantabile - Un poco allegro
07 - Symphony No.79 in F Major, Hob.I-79 - III. Menuetto & Trio- Allegretto
08 - Symphony No.79 in F Major, Hob.I-79 - IV. Finale- Vivace
09 - Symphony No.80 in D Minor, Hob.I-80 - I. Allegro spiritoso
10 - Symphony No.80 in D Minor, Hob.I-80 - II. Adagio
11 - Symphony No.80 in D Minor, Hob.I-80 - III. Menuetto & Trio
12 - Symphony No.80 in D Minor, Hob.I-80 - IV. Finale- Presto
13 - Symphony No.81 in G Major, Hob.I-81 - I. Vivace
14 - Symphony No.81 in G Major, Hob.I-81 - II. Andante
15 - Symphony No.81 in G Major, Hob.I-81 - III. Menuetto & Trio- Allegretto
16 - Symphony No.81 in G Major, Hob.I-81 - IV. Finale- Allegro ma non troppo

Accademia Bizantina
Ottavio Dantone, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Franz Ignaz Beck (1734-1809) - Six Symphonies, Op. 1

É a primeira vez que o compositor Franz Ignaz Beck aparece por aqui. E devo dizer que se trata de um achado de alto teor. Beck nasceu na Alemanha e foi um dos alunos mais talentosos de Johann Stamitz. Pertenceu à chamada Escola de Mannheim que reuniu nomes importantes da música como o próprio Stamitz, Richter e Cannabich e acabou por influenciar extraordinários sinfonistas do quilate de Joseph Haydn. Em seu estilo pré-clássico, nota-se claramente uma ênfase nos instrumentos de sopro, com movimentos mais lentos e elegantes. Beck se notabilizou pelo conjunto das suas 24 sinfonias. Aqui seguem seis delas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Ignaz Beck (1734-1809) -

01. Sinfonia in G minor, No. 1 - I. Allegro
02. Sinfonia in G minor, No. 1 - II. Andante
03. Sinfonia in G minor, No. 1 - III. Allegro
04. Sinfonia in F major, No. 2 - I. Allegro
05. Sinfonia in F major, No. 2 - II. Andante
06. Sinfonia in F major, No. 2 - III. Menuetto - Vivace
07. Sinfonia in A major, No. 3 - I. Allegro
08. Sinfonia in A major, No. 3 - II. Andante sempre piano
09. Sinfonia in A major, No. 3 - III. Presto
10. Sinfonia in E flat major, No. 4 - I. Allegro assai
11. Sinfonia in E flat major, No. 4 - II. Andante
12. Sinfonia in E flat major, No. 4 - III. Presto
13. Sinfonia in G major, No. 5 - I. Allegro
14. Sinfonia in G major, No. 5 - II. Andante
15. Sinfonia in G major, No. 5 - III. Presto
16. Sinfonia in C major, No. 6 - I. Allegro
17. Sinfonia in C major, No. 6 - II. Andantino
18. Sinfonia in C major, No. 6 - III. Presto

New Zealand Chamber Orchestra
Donald Armstrong, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

terça-feira, 24 de maio de 2016

Vasily S. Kalinnikov (1866-1901) - Tsar Boris. Overture, Symphony No.2 in A major e Cedar and the palm

A música russa sempre revela boas surpresas. Existe uma plêiade de extraordinários compositores naquele vasto mundo. Alguns bastante conhecidos; outros, por sua vez, um pouco ofuscados pela história. Mas, mesmo esses que são colocados num plano secundário realizaram proezas grandiosas. É o caso de Kalinnikov, um compositor cuja beleza e densidade das suas obras impressiona. Há alguns dias eu postei um primeiro disco com o Järvi. Segue o segundo. Uma boa apreciação!

Vasily S. Kalinnikov (1866-1901) -

01. Tsar Boris. Overture
02. Symphony No.2 in A major - 1. Moderato - Allegro non troppo
03. Symphony No.2 in A major - 2. Andante cantabile
04. Symphony No.2 in A major - 3. Allegro scherzando
05. Symphony No.2 in A major - 4. Andante cantabile - Allegro vivo
06. Cedar and the palm

Scottish National Orchestra
Neeme Järvi, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Clara Schumann (1819-1896) - Piano Concerto in A Minor, Op. 7, Piano Trio in G Minor, Op. 17 e 3 Romanzen, Op. 22

Clara Schumann é uma das poucas mulheres compositoras num cenário dominado basicamente por homens. Foi uma excelente intérprete. Desde a mais tenra idade, modelou a sua educação para ser pianista. Teve aulas com o seu pai. Mais tarde, Robert Schumann - também aluno do pai de Clara - desposou-a, após uma tórrida briga judicial. O pai de Clara não queria vê-la casada com Schumann. Após o casamento, Robert e Clara iniciaram uma bonita parceria. Com a morte do marido, Clara tocou os projetos sozinha. A amizade iniciada com Brahms ainda com Schumann em vida, gerou burburinhos. Há especulações de que Brahms e Clara viveram um romance com as tintas do recato. Mas são daquelas histórias que alimentam fábulas. O fato é que Clara foi uma boa e importante compositora, que fincou os pés na tradição romântica, assim como os seus dois maridos - digo, de acordo com Schumann e Brahms. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Clara Schumann (1819-1896) -

01.- Piano Concerto in A Minor_ Op. 7- I. Allegro maestoso
02.- Piano Concerto in A Minor_ Op. 7- II. Romanze- Andante non troppo con grazia
03.- Piano Concerto in A Minor_ Op. 7- III. Finale- Allegro non troppo - Allegro molt
04.- Piano Trio in G Minor_ Op. 17- I. Allegro moderato
05.- Piano Trio in G Minor_ Op. 17- II. Scherzo- Tempo di menuetto
06.- Piano Trio in G Minor_ Op. 17- III. Andante
07.- Piano Trio in G Minor_ Op. 17- IV. Allegretto
08.- 3 Romanzen_ Op. 22- No. 1. Andante molto
09.- 3 Romanzen_ Op. 22- No. 2. Allegretto
10.- 3 Romanzen_ Op. 22- No. 3. Leidenschaftlich schnell

Bamberger Symphoniker
Joseph Silverstein, regente e violino
Veronica Jochum, piano
Colin Carr, cello

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Symphony-Concerto in E minor Op.125 e Sonata in C Op.119

Disco para finalizar os trabalhos no dia de hoje. Vamos de Prokofiev! Verdadeiramente, Prokofiev é um dos compositores soviéticos a quem mais admiro. Fico exultante a cada vez que vou ouvir um dos seus trabalhos. Há quem o considere "um esquisitão". De fato, não é fácil admiti-lo de início. Todavia, após entrarmos em seu mundo, notamos quão genial foi o compositor. Neste disco de 2008, encontramos duas obras bem representativas de sua estética. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

Symphony-Concerto in E minor Op.125
01. I. Andante
02. II. Allegro giusto
03. III. Andante

Sonata in C Op.119
04. I. Andante grave - Moderato animato -
05. II. Moderato - Andante dolce - Moderato primo
06. III. Allegro, ma non troppo - Andantino - Allegro

London Symphony Orchestra
Han-Na Chang, cello
Antonio Pappano, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Aram Khachaturian (1903-1978) - Concerto for Violin and Orchestra e Samuel Barber(1910-1981) - Violin Concerto, Op.14 e Adagio for Strings, Op.11

Um disco cuja beleza intraduzível da música nos motiva à admiração. Trata-se de dois compositores do século XX, que criaram obras de grande beleza, mas que os seus concertos não são tão conhecidos. Acredito que tanto o Concerto para violino do russo Khachaturian, quanto do estadunidense Samuel Barber, estejam entre os maiores do século XX. Outro ponto a se elogiar a performance do armênio Mikhail Simonyan. O regente Kristjan Järvi é o mais novo da dinastia Järvi. Não deixe de ouvir este disco tecnicamente impecável da DG. Uma boa apreciação!

Aram Khachaturian (1903-1978) -

Concerto for Violin and Orchestra
01. 1. Allegro con fermezza
02. 2. Andante sostenuto
03. 3. Allegro vivace

Samuel Barber(1910-1981) -

Violin Concerto, Op.14
04. 1. Allegro
05. 2. Andante
06. 3. Presto in moto perpetuo

Adagio for Strings, Op.11
07. Adagio for Strings, Op.11

London Symphony Orchestra
Kristjan Järvi, regente
Mikhail Simonyan, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

domingo, 22 de maio de 2016

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Sonata No.8 in C minor, op.13 'Pathetique', Piano Sonata No.14 in C sharp minor, op.27 No.2 'Moonlight' e Piano Sonata No.23 in F minor, op.57 'Appassionata'

Última postagem do dia! Ela vem em grande estilo. Com relação à escolha do repertório não há o que dizer. São três das sonatas mais famosas da história da música. Elas são grandiosas e evocam esquemas emotivos dos mais variados. Não há como ficar indiferente a essa música. Outro aspecto fica por conta da excelente performance do pianista chinês Yundi Li, ganhador do aclamado Prêmio Chopin, em 2000. O pianista já se estabeleceu entre os grandes nomes da atualidade. Mas, apesar do disco ser grandioso, ainda faltou algo. Não sei. Parece-me que Yundi Li não foi feliz em alguns momentos. Ele possui a técnica, mas parece faltar a força avassaladora das emoções beethoveanas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -

Piano Sonata No.8 in C minor, op.13 'Pathetique'
01. I. Grave - Allegro molto e con brio
02. II. Adagio cantabile
03. III. Rondo-Allegro

Piano Sonata No.14 in C sharp minor, op.27 No.2 'Moonlight'
04. I. Adagio sostenuto
05. II. Allegretto
06. III. Presto agitato - Adagio - Presto agitato

Piano Sonata No.23 in F minor, op.57 'Appassionata'
07. I. Allegro assai
08. II. Andante con moto
09. III. Allegro, ma non troppo - Presto

Yundi Li, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Requiem In D Minor, KV 626

Esperava mais de Gardiner ao ouvir este disco com o Réquiem de Mozart. Já devo ter postado umas dez ou mais versões dessa obra imortal. No que tange aos réquiens, acredito que o de Mozart seja um dos mais famosos - senão o mais famoso! É uma obra enigmática e com fortes tonalidades dramáticas, ao mesmo tempo que possui uma sede pelos assuntos eternos. O time de intérpretes deste disco é poderoso, mas faltou força à interpretação. Vale a audição! Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

01 - Requiem In D Minor KV 626 - 1. Introitus Requiem Aeternam
02 - Requiem In D Minor KV 626 - 2. Kyrie Eleison
03 - Requiem In D Minor KV 626 - 3. Sequentia Dies Irae
04 - Requiem In D Minor KV 626 - 4. Sequentia Tuba Mirum
05 - Requiem In D Minor KV 626 - 5. Sequentia Rex Tremendae
06 - Requiem In D Minor KV 626 - 6. Sequentia Recordare
07 - Requiem In D Minor KV 626 - 7. Sequentia Confutatis Maledictis
08 - Requiem In D Minor KV 626 - 8. Sequentia Lacrimosa Dies Illa
09 - Requiem In D Minor KV 626 - 9. Offertorium Domine Jesu Christe
10 - Requiem In D Minor KV 626 - 10. Offertorium Hostias Et Preces
11 - Requiem In D Minor KV 626 - 11. Sanctus
12 - Requiem In D Minor KV 626 - 12. Benedictus
13 - Requiem In D Minor, KV 626 - 13. Agnus Dei
14 - Requiem In D Minor, KV 626 - 14. Communio Lux Aeterna
15 - Mozart Kyrie In D Minor KV 341

English Baroque Soloists 
Monteverdi Choir
John Eliot Gardiner, regente
Anne Sofie von Otter, alto
Barbara Boney, soprano
Willard White, baixo
Hans Peter Blochwitz, tenor


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

sábado, 21 de maio de 2016

Sergei Rachmaninov (1873-1943) - Sonata in G minor Op. 19, Elegie, Op. 3, Vocalise e Romance Op. 4 No. 3

Belíssimo disco! Além dos trabalhos sinfônicos, concertos para piano, poemas sinfônicos e obras pianísticas, Rachmaninov produziu obras não muito conhecidas, mas que são de uma sensibilidade fora do comum. É só ouvir este disco para atestar o que digo com essas palavras frágeis. As duas intérpretes esbanjam técnica e um toque sentimental às obras do grande mestre russo. O disco vale ser ouvido. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Sergei Rachmaninov (1873-1943) -
01. Sonata in G minor Op. 19 - I. Lento - Allegro moderato
02. Sonata in G minor Op. 19 - II. Allegro scherzando
03. Sonata in G minor Op. 19 - III. Andante
04. Sonata in G minor Op. 19 - IV. Allegro mosso
05. Elegie (from 'Morceaux de fantasia', Op. 3 No, 1)
06. Vocalise (from 'Songs', Op. 34 No. 14)
07. Romance Op. 4 No. 3 (In the silence of the secret night)


Harriet Krijgh, cello
Magda Amara, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Jazz - Be-Bop Masters

A quinta veio para o sábado. Como diz o escritor cubano Guillermo Cabrera Infante, de forma intrincada: "o jazz é um continuador da tristeza na alegria de viver". Após ter lido essa frase em seu monumental Corpos Divinos, ainda estou tentando decifrá-la. Infante foi um grande amante de Jazz, como narra em sua obra. Ao meu modo singelo de ver, um dos momentos mais gloriosos do movimento é com a eclosão do bebop ou, simplesmente, bop. Para muitos, foi a era dourada do jazz. E foi. Naqueles febris anos 40, 50 e 60, o jazz ferveu. É só observar a constelação de astros - Bud Powell, Thelonius Monk, Charlie Parker, Dizzy Gillespie entre outros. Este disco é uma coletânea com alguns dos clássicos desse período. Não deixe deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Kenny Clarke - 52nd Street Theme
02. Dizzy Gillespie - BeBop
03. Dizzy Gillespie, Charlie Parker - Hot House
04. Billy Eckstine - Blowin' The Blues Away
05. Dexter Gordon, Wardell Gray - The Chase
06. Jay McShann - Swingmatism
07. Thelonious Monk - Round Midnight
08. Bud Powell - Dance Of The Infidels
09. Lennie Tristano - Interlude
10. Howard McGhee - Down Home
11. Fats Navarro - Nostalgia
12. Serge Chaloff - Blue Serge
13. Al Haig - Pennies From Heaven
14. Woody Herman - Apple Honey
15. Metronome All Stars - Victory Ball
16. Charlie Parker, Dizzy Gillespie - A Night in Tunisia

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Concerto No. 4 In G Major e Piano Concerto No. 5 In E - Flat Major, Op. 73 'Emperor'

Sensacional o que a tecnologia pode fazer. Vejamos bem! As duas gravações aqui encontradas são da década de 50' do século XX. Todavia, a qualidade do som é inaudita. Não perde em nada paras as gravações dos nossos dias. Outro aspecto importante é a parceria Knappertsbusch-Curzon. O regente foi um gabaritado condutor de óperas, principalmente as wagnerianas. Ele sabia criar um drama; fazer surgir momentos grandiosos. Já Curzon foi um pianista sensível, preocupado com as sutilezas das obras que interpretava. O resultado é bonito, principalmente "O Imperador". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -

01. Beethoven_ Piano Concerto No. 4 In G Major - I Allegro Moderato
02. Beethoven_ Piano Concerto No. 4 In G Major - II Andante Con Moto
03. Beethoven_ Piano Concerto No. 4 In G Major - Rondo_ Vivace
04. Beethoven_ Piano Concerto No. 5 In E - Flat Major, Op. 73 'Emperor' - I Allegro
05. Beethoven_ Piano Concerto No. 5 In E - Flat Major, Op. 73 'Emperor' - II Adag
06. Beethoven_ Piano Concerto No. 5 In E - Flat Major, Op. 73 'Emperor' - III. Ro

Wiener Philharmoniker
Hans Knappertsbusch, regente
Clifford Curzon, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Quintet in E-flat Major, KV 452 e Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Quintet in E-flat Major, Opus 16

Este disco é imensamente agradável. Ainda não conhecia o Octophoros (que nome!), ou seja, o quinteto que possui Jon von Immerseel como o nome mais conhecido. Trata-se de disco que traz dois quintetos de dois compositores que foram mestres neste formato. As duas obras são clássicas por excelência. São haydneanas. São sofisticadas. Bonitas. Leves. Vale ouvir. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

01. Quintet in E-flat Major, KV 452 1. Largo
02. Quintet in E-flat Major, KV 452 2. Larghetto
03. Quintet in E-flat Major, KV 452 3. Rondo. Allegretto
04. Quintet in E-flat Major, Opus 16 1. Grave - Allegro ma non troppo
05. Quintet in E-flat Major, Opus 16 2. Andante cantabile
06. Quintet in E-flat Major, Opus 16 3. Rondo. Allegretto, ma non troppo

Octophoros

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo! 

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Gamba Sonatas, Riddle Preludes, Baroque Perpetua


Baita disco! Fabulosa a seleção! Este disco deve ser escutado mais de uma vez, obrigatoriamente. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

Prelude and Fugue, for keyboard No. 1 in C major, BWV 846:
01. Prelude transposed to G major (1:58)

Sonata for viola da gamba & keyboard No. 1 in G major, BWV 1027:
02. Adagio (3:48)
03. Allegro ma non tanto (3:34)
04. Andante (2:14)
05. Allegro moderato (3:04)

Concerto for harpsichord, strings & continuo No. 2 in E major, BWV 1053:
06. Siciliano (4:42)

Suite for solo cello No. 1 in G major, BWV 1007:
07. Prelude transposed to D major (2:13)

Sonata for viola da gamba & keyboard No. 2 in D major, BWV 1028:
08. Adagio (1:52)
09. Allegro (3:52)
10. Andante (4:31)
11. Allegro (4:00)

Italian Concerto, for solo keyboard in F major, BWV 971:
12. Andante (4:34)

Prelude for lute in C minor, BWV 999:
13. Prelude transposed to G minor (1:48)

Sonata for viola da gamba & keyboard No. 3 in G minor, BWV 1029:
14. Vivace (5:08)
15. Adagio (5:34)
16. Allegro (3:42)

Concerto for harpsichord, strings & continuo No. 5 in F minor, BWV 1056:
17. Largo (2:37)

Pieter Wispelwey – cello piccolo
Daniel Yeadon – cello baroque (tracks: 2 to 5, 14 to 16)
Richard Egarr – organ (tracks: 2 to 5), harpsichord (tracks: 14 to 16), piano (tracks: 8 to 11)

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Olga Scheps - Satie

Erik Satie não é um compositor que aparece por aqui com tanta recorrência. Uma pena! Satie foi um músico relevante para a música do século XX. Ele é considerado como precursor de uma série de movimentos vanguardistas, que mudariam lentamente a cara da música ocidental. Foi imensamente respeitado pelos jovens intelectuais de sua época. Suas composições possuíam características bem singulares. Essa singularidade não se limitava apenas às composições. Satie era um sujeito excêntrico. Dizem que possuíam doze ternos iguais. Gostava de desenhar caricaturas de si mesmo. Suas composições possuíam nomes exóticos, o que acabava pro criar uma legião de admiradores. Não deixe de ouvir este belo e charmoso disco. Uma boa apreciação!

Erik Satie (1866-1925) -

01. Gnossienne No. 1 Lent
02. Gnossienne No. 2 Avec étonnement
03. Gnossienne No. 3 Lent
04. Gnossienne No. 4 Lent
05. Gnossienne No. 5 Modéré
06. Gnossienne No. 6 Avec conviction et avec une tristesse rigoureuse
07. Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été I. Préambule
08. Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été II. Coquecigrue
09. Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été III. Chasse
10. Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été IV. Fanfaronnade
11. Cinq Grimaces pour le songe d'une nuit d'été V. Pour sortir
12. Gymnopédie No. 1 Lent et douloureux
13. Gymnopédie No. 2 Lent et triste
14. Gymnopédie No. 3 Lent et grave
15. Je te veux
16. Sarabande No. 1 in F Minor
17. Sarabande No. 2 in D Minor, à Maurice Ravel
18. Sarabande No. 3 in B-Flat Minor
19. Tendrement - Valse chantée
20. Gentle Threat

Olga Scheps, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Jean Sibelius (1865-1957) - Symphony No. 2 in D major, Op. 43 & Symphony No. 7 in C major, Op. 105

Reputo as sete sinfonias de Sibelius como um dos conjuntos sinfônicos mais bonitos da história. Claro, nesse quesito há uma quantidade de boas sinfonias que não conseguimos mencionar facilmente. Não se trata de ouvidá-las. Mas é que Sibelius possui uma peculiaridade. Ele coloca o seu país, a história do seu povo, a natureza selvagem do norte entre as belezas a serem apreciadas em seus trabalhos. Foi assim que aprendi a admirar a Sinfonia no. 2. Foi um dos seus primeiros trabalhos que escutei. Sua alta evocação. Aquela grandiosidade épica. O drama do seu povo à procura da independência. Tudo está lá! Fico emocionado ao ouvir. Esta é uma versão bastante equilibrada. Entretanto, penso que o Bernstein e o Ashkenazy tenham contribuído de forma significativa. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Jean Sibelius (1865-1957) -

01. Symphony No.2, Op.43 - I. Allegretto
02. Symphony No.2, Op.43 - II. Tempo andante, ma rubato
03. Symphony No.2, Op.43 - III. Vivacissimo
04. Symphony No.2, Op.43 - IV. Finale- Allegro moderato
05. Symphony No.7, Op.105

BBC National Orchestra of Wales
Thomas Sondergard, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo! 

Yulianna Avdeeva - Chopin, Mozart & Liszt

Yulianna Avdeeva é uma jovem e talentosa pianista russa. Nasceu em 1985 e já ganhou uma relativa projeção internacional ao ganhar o famoso Prêmio Chopin, de Varsóvia, em 2010. Neste disco, Yulianna Avdeeva demonstra sua sensibilidade espetacular, sua segurança em impelir a música por meio de um ritmo sóbrio. É só ouvir, por exemplo, as duas obras de Liszt que se percebe a sua desenvoltura. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Fantaisie in F Minor, Op. 49
02. I. Allegro
03. II. Rondeau en Polonaise. Andante
04. III. Tema con variazione
05. Années de pèlerinage II, S.161 VII. Après une lecture du Dante. Fantasia quasi sonata
06. Danza sacra e duetto finale d'Aida, S.436

Yulianna Avdeeva, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

terça-feira, 17 de maio de 2016

Edward Elgar (1857-1934) - Cockaigne In London Town, Op. 40 e Symphony No. 1 in A flat, Op. 55

Eis aqui um trabalho bastante bonito! Gosto bastante da Sinfonia No. 1 de Elgar. É uma das duas sinfonias completas escritas pelo compositor inglês. A terceira ficou inacabada. Acredito que a número 1 seja a sua principal obra sinfônica. Foi escrita em 1908. Elgar alcançou enorme fama e respeito com o trabalho. Trata-se de trabalho bastante expressivo. A obra apresenta uma forma circular. O tema inicial aparece no quarto movimento de forma triunfal. Esse recurso é bastante bonito! Esta versão com o Vasily Petrenko é bastante substantiva. Uma excelente gravação! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Edward Elgar (1857-1934) -

01. Cockaigne In London Town, Op. 40
02. I. Andante. Nobilmente e semplice
03. II. Allegro molto
04. III. Adagio
05. IV. Lento - Allegro

Royal Liverpool Philharmonic Orchestra
Vasily Petrenko, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Carl Nielsen (1865-1931) - Symphony No. 1 in G mino Op. 7 e Symphony No. 3, ‘Sinfonia espansiva’ Op. 27

Muito bom este disco! Nielsen é um compositor que precisa surgir mais vezes por aqui. O disco traz duas obras representativas do compositor. A Sinfonia número 1, escrita quando o compositor ainda estava na casa dos vinte anos, revela as suas experimentações. É uma obra de um grande artista em ascensão. A música é repleta de energia; é pulsante. Já a Sinfonia número 3 ("Espansiva"), revela muito dos humores sinfônicos do grande compositor. É uma obra que possui mesclas de lirismo, força e tons ensolarados. Um bonito trabalho. A performance de Oramo é de grande envergadura. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Carl Nielsen (1865-1931) -

Symphony No. 1 in G mino Op. 7
01. I. Allegro orgoglioso
02. II. Andante
03. III. Allegro comodo – Andante sostenuto – Tempo I
04. IV. Finale. Allegro con fuoco

Symphony No. 3, ‘Sinfonia espansiva’ Op. 27
05. I. Allegro espansivo
06. II. Andante pastorale
07. III. Allegretto un poco
08. IV. Finale. Allegro

Royal Stockholm Philharmonic Orchestra
Sakari Oramo, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Alexander Glazunov (1865-1936) - Violin Concerto in A minor, Op.82, Raymonda e Jean Sibelius (1865-1957) - Violin Concerto in D minor, Op.47 e Suite For Violin And String Orchestra, Op.117

Um baita disco bom de ouvir. Quando pensei escutar este disco, imaginei que encontraria o maravilhoso e popular Concerto para violino de Sibelius e alguma obra secundária de Glazunov. Mas, todas as obras do disco são igualmente boas. O destaque fica por conta da jovem Esther Yoo. Sua performance do Op. 82 de Glazunov é revela bastante sentimentos e lirismo. Outra obra importante é o Grand Adagio do compositor russo. Vale ouvir o disco! Uma boa apreciação!

Alexander Glazunov (1865-1936) -

Violin Concerto in A minor, Op.82
01. Violin Concerto in A minor, Op.82

Jean Sibelius (1865-1957) - 

Violin Concerto in D minor, Op.47
02. 1. Allegro moderato
03. 2. Adagio di molto
04. 3. Allegro, ma non tanto

Suite For Violin And String Orchestra, Op.117
05. 1. Country Scenery
06. 2. Evening in Spring
07. In the Summer

Alexander Glazunov (1865-1936) - 

Raymonda
08. Grand Adagio

Philharmonia Orchestra
Vladimir Ashkenazy, regente
Esther Yoo, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Alexander Borodin (1833-1887) - Complete Symphonies; Petite suite (orch. Glazunov) & .Polovtsian Dances

Um disco de orquestração fabulosa! A música russa possui pérolas incontáveis. Borodin é um desses nomes. O compositor foi um devotado à cultura do seu país. Escreveu obras de grande envergadura. Veja-se, por exemplo, as suas três sinfonias - principalmente a número 2 - expressões de sua genialidade. O primeiro movimento da Sinfonia número dois é um dos mais bonitos e densos da música russa. Outro ponto alto do disco é a condução técnica de Gennady Rozhdestvensky, esse fabuloso regente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Alexander Borodin (1833-1887) -

DISCO 01

01.Symphony No.1 in Es-dur - I. Adagio - Allegro - Andantino
02.Symphony No.1 in Es-dur - II. Scherzo. Prestissimo - Trio. Allegro
03.Symphony No.1 in Es-dur - III. Andante
04.Symphony No.1 in Es-dur - IV. Allegro molto vivo
05.Symphony No.3 in a-moll - I. Moderato assai
06.Symphony No.3 in a-moll - II. Scherzo. Vivo - Trio. Moderato
07.Romance for baritone and orchestra (opch. Glazunov)
08.'At the homes of other folk' for mezzo-soprano and orchestra

DISCO 02

01.Symphony No.2 in h-moll - I. Allegro
02.Symphony No.2 in h-moll - II. Scherzo. Prestissimo - Allegretto
03.Symphony No.2 in h-moll - III. Andante
04.Symphony No.2 in h-moll - IV. Finale. Allegro
05.Petite suite (orch. Glazunov) - I. Au couvent. Andante religioso
06.Petite suite (orch. Glazunov) - II. Intermezzo. Tempo di menuetto
07.Petite suite (orch. Glazunov) - III. Mazurka. Allegro
08.Petite suite (orch. Glazunov) - IV. Mazurka. Allegretto
09.Petite suite (orch. Glazunov) - V. Reverie. Andante
10.Petite suite (orch. Glazunov) - VI. Serenade. Allegretto
11.Petite suite (orch. Glazunov) - VII. Finale. Scherzo - Nocturne
12.Polovtsian Dances - I. Presto
13.Polovtsian Dances - II. Introduzione. Andantino
14.Polovtsian Dances - III. Allegro vivo
15.Polovtsian Dances - IV. Allegro
16.Polovtsian Dances - V. Presto
17.Polovtsian Dances - VI. Moderato alla breve
18.Polovtsian Dances - VII. Presto
19.Polovtsian Dances - VIII. Allegro con spirito

Royal Stockholm Philharmonic Orchestra
Gennady Rozhdestvensky, regente
Tord Wallström, barítono
Larissa Dyadkova, mezzo-soprano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Anton Webern (1883-1945) - Langsamer Satz, Ludwig van Beethoven (1770-1827) - String Quartet in F Minor, Op. 95 "Quartet Serioso" e Isang Yun (1917-1925) - String Quartet No. 1

O Novus Quartet foi fundado em 2007, em Seul, a capital sul coreana. Após terem logrado sucesso por meio de muitas críticas positivas, os músicos mudaram-se para a Alemanha. Neste disco, uma espécie "de pé aqui, pé lá", o quarteto decidiu homenagear suas influências. De um lado traz o compositor Isang Yun, um dos nomes mais importantes da música da Coreia do Sul e, ao mesmo tempo, homenageia Beethoven, uma espécie de ápice da grande música alemã e europeia. Não deixe de ouvir - principalmente as obras de Ysang, que são belíssimas. Uma boa apreciação!

Anton Webern (1883-1945) -

Langsamer Satz
01. Langsamer Satz

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -   

String Quartet in F Minor, Op. 95 "Quartet Serioso"
02. I. Allegro con brio
03. II. Allegretto ma non troppo
04. III. Allegro assai vivace ma serioso
05. IV. Larghetto espressivo - Allegretto agitato

Isang Yun (1917-1925) - 

String Quartet No. 1

06. I. Allegro moderato
07. II. Andante phantastique
08. III. Allegro giocosamente

Arirang
09. Arirang

Novus Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

domingo, 15 de maio de 2016

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Lady Macbeth Of The Mtsensk District, Op.29, Act 2 - Passacaglia e Symphony No.10 In E Minor, Op.93

Fiquei fascinado com a qualidade deste disco. Ainda não havia escutado nada sob a regência do jovem Andris Nelsons. Fui fisgado pelo disco desde os momentos iniciais. O disco traz duas obras bem representativas dos "anos de chumbo" da União Soviética. Possui o subtítulo "sob a sombra de Stálin". A primeira obra é um excerto extraído da principal ópera do compositor russo - Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk, baseado em uma novela de Leskov. Foi escrita na década de trinta, mas, após Stálin tê-la visto e a condenado no Pravda, a obra sumiu dos palcos soviéticos. Voltou mais tarde, após a morte do "grande líder". Já a Sinfonia número 10 é uma das mais expressivas do compositor. Foi escrita após a morte de Stálin. Ela é tenebrosa; uma das obras mais violentas de Shostakovich. Ela representa todo o peso, a fúria daquilo que foram os anos "sob Stálin". A gravação é ao vivo! Um excelente registro gravado no início do ano de 2015. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -

01 - Lady Macbeth Of The Mtsensk District, Op.29, Act 2 - Passacaglia
02 - Symphony No.10 In E Minor, Op.93 - I. Moderato
03 - Symphony No.10 In E Minor, Op.93 - II. Allegro
04 - Symphony No.10 In E Minor, Op.93 - III. Allegretto
05 - Symphony No.10 In E Minor, Op.93 - IV. Andante - Allegro

Boston Symphony Orchestra
Andris Nelsons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

Chopin, Schumann & Atavistic Music

Este disco é bastante curioso. Reúne dois exímios músicos realizando transcrições de importantes e conhecidas obras. A Sonata para cello em Sol maior, de Chopin, é de uma tibieza incrível. Ainda aparece a Atavistic Music, um conjunto que reúne uma música colorida, que exige bastante improvisação e proporção de conjunto dos músicos que impressiona. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Fantasiestucke, Op. 73 - No. 1. Zart und mit Ausdruck
02. Fantasiestucke, Op. 73 - No. 2. Lebhaft, leicht
03. Fantasiestucke, Op. 73 - No. 3. Rasch und mit Feuer
04. Introduction and Polonaise brillante in C Major, Op. 3
05. Cello Sonata in G Minor, Op. 65 - I. Allegro moderato
06. Cello Sonata in G Minor, Op. 65 - II. Scherzo Allegro con brio
07. Cello Sonata in G Minor, Op. 65 - III. Largo
08. Cello Sonata in G Minor, Op. 65 - IV. Finale Allegro
09. Atavistic Music - Aufschwung
10. Atavistic Music - Melancholie
11. Atavistic Music - Unter dem Mikroskop
12. Atavistic Music - Fremdartige Begegnung
13. Atavistic Music - Unter Wasser
14. Atavistic Music - Con vandalismo
15. Atavistic Music - Orient-Express
16. Atavistic Music - Kernfusion
17. Atavistic Music - Verdichtung
18. Atavistic Music - Tanzattacken

Alexander Suleiman, cello
Patricia Hoy, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ