terça-feira, 15 de abril de 2014

George F. Handel (1685-1759) - Messiah (O Messias)

O Messias, de Handel, talvez seja uma das obras que colocaram a música clássica no centro gravitacional da minha existência. Envolveu os meus sentidos nessa necessidade. De fato, essa obra de Handel é algo de uma grandeza e de uma beleza, que todas as vezes que escuto, sou levado a acreditar e me tornar mais complacente para com os ideais cristãos. Trata-se de um dos mais populares e importantes oratórios já escritos. Handel acertou em cheio. A obra está dividida em três partes: a esperança da vinda do Messias, a chegada e a morte do Messias, e a esperança daqueles que creem no Messias. É algo grandioso. Aquela sinfonia de abertura é uma das coisas mais belas e pressagas que conheço. Para dar continuidade a essa comemoração da Semana de Páscoa, eis que surge O Messias, de Handel. Excelente versão! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

George F. Handel (1685-1759) - Messiah

DISCO 01

01. 01 Sinfonia
02. 02 Comfort ye my people (Recitative-Tenor)
03. 03 Ev'ry valley shall be exalted (Air-Tenor)
04. 04 And the glory, the glory of the Lord (Chorus)
05. 05 Thus saith the Lord (Recitative - Bass)
06. 06 But who may abide (Air-Bass)
07. 07 And He shall purify (Chorus)
08. 08 Behold a virgin shall conceive (Recitative-Alto)
09. 09 O thou that tellest (Air-Alto & Chorus)
10. 10 For behold darkness shall cover the earth (Recitative-Bass)
11. 11 The people that walked in darkness (Air-Bass)
12. 12 For unto us a child is born (Chorus)
13. 13 Pifa (Pastoral Symphony)
14. 14 There were shepherds (Recitative-Soprano)
15. 15 And lo the Angel of the Lord (Recitative-Soprano)
16. 16 And the angel said unto them (Recitative-Soprano)
17. 17 And suddenly there was with the angel (Recitative-Soprano)
18. 18 Glory to God in the highest (Chorus)
19. 19 Rejoice greatly o daughter of Zion (Air-Soprano)
20. 20 Then shall the eyes of the blind (Recitative-Alto)
21. 21 He shall feed his flock (Duet-Alto & Soprano)
22. 22 His yoke is easy (Chorus)
23. 23 Behold the Lamb of God (Chorus)
24. 24 He was despised (Air-Alto)

DISCO 02

01. 01 Surely He Hath Borne Our Griefs (Chorus)
02. 02 And With His Stripes We Are Healed (Chorus)
03. 03 All We Like Sheep (Chorus)
04. 04 All They That See Him (Recitative-Tenor)
05. 05 He Trusted in God (Chorus)
06. 06 Thy Rebuke Hath Broken His Heart (Recitative-Tenor)
07. 07 Behold and See if there Be Any Sorrow (Air-Tenor)
08. 08 He Was Cut Off Out of the Land (Recitative-Soprano II)
09. 09 But Thou Didst Not Leave (Air-Soprano II)
10. 10 Lift Up Your Heads (Chorus)
11. 11 Unto Which of the Angels (Recitative-Tenor)
12. 12 Let All the Angels of God Worship Him (Chorus)
13. 13 Thou Art Gone Up On High (Air-Counter-Tenor)
14. 14 The Lord Gave the Word (Chorus)
15. 15 How Beautiful Are the Feet (Air-Soprano I)
16. 16 Their Sound is Gone Out (Chorus)
17. 17 Why Do the Nations (Air-Bass)
18. 18 Let Us Break their Bonds Asunder (Chorus)
19. 19 He that Dwelleth in Heaven (Recitative-Tenor)
20. 20 Thou Shalt Break Them (Air-Tenor)
21. 21 Hallelujah (Chorus)
22. 22 I Know That My Redeemer Liveth (Air-Soprano I)
23. 23 Since By Man Came Death (Chorus)
24. 24 Behold I Tell You a Mystery (Recitative-Bass)
25. 25 The Trumpet Shall Sound (Air-Bass)
26. 26 Then Shall Be Brought to Pass (Recitative-Counter-Tenor)
27. 27 O Death Where is thy Sting (Duet-Counter-Tenor, Tenor)
28. 28 But Thanks Be to God (Chorus)
29. 29 If God Be For Us (Air-Alto)
30. 30 Worty is the Lamb... Amen (Chorus)

Você pode comprar este disco na Amazon

Toronto Mendelssohn Choir
Toronto Symphony Orchestra
Sir Andrew Davis, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Giovanni Battista Pergolesi (1710-1736) - Stabat Mater, Flute Concerto in G major, Sinfonia in F major for cello and continuo, Salve Regina

Em homenagem à Semana Santa, quando os cristãos de todo mundo celebram a morte e ressurreição de Cristo, tentarei postar todos os dias um disco com caráter religioso - isso até domingo. Acredito que assim faça jus a esse momento celso. Nomes como Zelenka, Hasse, Pergolesi, J.S. Bach, Monteverdi, Palestrina, Graun, Lassus etc aparecerão por aqui. O primeiro a surgir será Pergolesi, compositor italiano, que viveu apenas 26 anos, mas produziu obras de uma beleza e leveza espirituais incríveis. Duas dessas peças são o Stabat Mater e o seu Salve Regina. Compôs pouca coisa, mas obteve sucesso por quase toda a Europa. Suas obras sacras possuem uma imponência e intimismo comovedor. São obras de grande delicadeza e sensibilidade. Não deixe de ouvir este disco. Uma boa apreciação!

Giovanni Battista Pergolesi (1710-1736) - 

01. Stabat Mater
02. Cujus animam gementem
03. O quam tristis
04. Quae moerebat et dolebat
05. Quis est homo
06. Vidit suum dulcem Natum
07. Eja Mater
08. Fae ut ardeat cor meum
09. Saneta Mater
10. Fac ut portem
11. Inflammatus et accensus
12. Quando corpus - Amen
13. Spiritoso
14. Largo
15. Allegro spiritoso
16. Comodo
17. Allegro
18. Adagio
19. Presto
20. Salve Regina
21. Ad te clamamus
22. Eja ergo, advocata nostra
23. Et Jesum
24. O clemens

Você pode comprar este disco na Amazon

Florilegium


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Strings Quartets Nos. 3, 5, 2 & 12 (CDs 3 e 4 de 6)


Postagem de início de semana. Sigamos com as postagens dos quartetos de cordas de Dmitri Shostakovich. Por esses dias, estou a experimentar a grata ventura de ouvir, simultaneamente, as gravações camerísticas do russo pelo Éder Quartet e com o Borodin Quartet, que postei aqui em janeiro de 2013. E só tenho uma palavra: Shosta era um compositor formidável. Vamos a mais dois Cds pelo selo Naxos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -  

DISCO 03

01. String Quartet No. 3 in F, Op. 73-Allegretto
02. String Quartet No. 3 in F, Op. 73-Moderato con moto
03. String Quartet No. 3 in F, Op. 73-Allegro non troppo
04. String Quartet No. 3 in F, Op. 73-Adagio
05. String Quartet No. 3 in F, Op. 73-Moderato
06. String Quartet No. 5 in B flat, Op. 92-Allegro non troppo
07. String Quartet No. 5 in B flat, Op. 92-Andante
08. String Quartet No. 5 in B flat, Op. 92-Moderato-Allegretto

DISCO 04

01. String Quartet No. 2 in A Major, Op. 68 - Overture
02. String Quartet No. 2 in A Major, Op. 68 - Recitativo and Romance
03. String Quartet No. 2 in A Major, Op. 68 - Valse
04. String Quartet No. 2 in A Major, Op. 68 - Theme with variations
05. String Quartet No. 12 in D Flat Major, Op. 133 - Moderato
06. String Quartet No. 12 in D Flat Major, Op. 133 - Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon CD3/CD4

Éder Quartet

BAIXAR AQUICD03
BAIXAR AQUICD04

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 13 de abril de 2014

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Overtures

Mozart foi um dos maiores melodistas e criadores da história da música. Suas óperas são uma página à parte dentro do seu repertório criativo. Muitas delas fazem parte do legado humanista e histórico. Algumas se imortalizaram como, por exemplo, A Flauta Mágica, Don Giovanni, As bodas de Fígaro, Cosi fan Tutti, Idomeneo, Rei de Creta, entre outras. E como Wagner provaria mais tarde, "a coisa está no início", na abertura. Ou seja, a abertura é a porta dimensional que nos leva a um mundo de vilanias, traições, desejos, ciúmes, paixões avassaladoras e toda uma galáxia de dramas humanos. A abertura de uma ópera nos dar uma ideia daquilo que virá. Escuta, por exemplo, a abertura de Don Giovanni, A Flauta Mágica ou La Clemenza di Tito e aí perceba a grandiosidade do trabalho. Não sou um especialista em óperas, gênero o qual preciso ouvir um pouco mais. Mas aqui temos um excelente aperitivo desses trabalhos de Mozart. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

01. Apollo et Hyacinthus
02. Bastien und Bastienne
03. La finta semplice
04. Mitridate, re di Ponto
05. La Betulia liberata
06. Ascanio in Alba
07. Lucio Silla
08. Il re pastore
09. Idomeneo, re di Creta
10. Die Entfuhrung aus dem Serail
11. Der Schauspieldirektor
12. Le nozze di Figaro
13. Don Giovanni
14. Cosi fan tutte
15. Die Zauberflote
16. La clemenza di Tito

Você pode comprar este disco na Amazon

La Cetra Barockorchester Basel
Andrea Marcon, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Franz Schubert (1797-1828) - Quintet in C major, D.956 e Quartet in C minor, D.703 - 'Quartettzatz'

Há alguns dias atrás, um visitante deste espaço deixou o seguinte comentário. Acredito que ele seja português, por causa das marcas linguísticas de seu texto. Entendi o comentário como uma espécie de "puxão de orelha". Penso que tenha empregado uma palavra que acabou gerando ambivalências. Mas, apesar de tudo, gostei de comentário dele sobre Schubert: "(...) Schubert foi de facto especial (como tantos outros) - cada grande compositor na sua essencial singularidade): morreu novo (como tantos outros), mas para o tentar compreender (como homem e como compositor) é necessário conhecer a sua história biográfica, o seu contexto sócio-económico e a sua densa complexidade psicológica. Schubert, por vários motivos que não cabem aqui discorrer, era inseguro e a sua falta de auto-confiança reflectia-se nas obras "incompletas". Não se tratava de ser indisciplinado no seu método criativo, mas antes inseguro e demasiado exigente consigo mesmo. Viveu miseravelmente, mesmo na pobreza, e foi explorado por vários empresários que pegavam numa melodia sua, anteviam o seu potencial mas não lhe pagavam de acordo com ele. Czerny foi um deles. Pagavam-lhe para poderem publicar um "lied" uma ninharia que depois rendia rios de dinheiro. Schubert, desinteressado e materialmente desapegado, não tinha o que hoje chamamos "espírito de iniciativa", "olho para o negócio" nem ferocidade capitalista. A sua vida emocional e sentimental também não correu bem, vivendo sempre sozinho. Apenas alguns amigos faziam a diferença, acolhendo-o e alimentando-o quando necessário, além de lhe reconhecerem valor artístico - ficaram famosas as "Schubertíades" (serões musicais noite dentro entre amigos músicos e ligados às artes). Pessoalmente, as características que mais admiro nas suas obras são o sentido intimista, a facilidade melódica de grande lirismo e uma textura tímbrica (principalmente na sua obra de câmara) simultaneamente calorosa, clara e translúcida. As suas últimas obras são brilhantes no sentido trágico do termo. Existem nelas um sentimento de angústia, revolta contida, de profunda injustiça e desilusão perante a vida". Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

Quintet in C major, D.956
01. I. Allegro ma non troppo
02. II. Adagio
03. III. Scherzo_ Presto - Trio_ Andante sostenuto
04. IV. Allegretto

Quartet in C minor, D.703 - 'Quartettzatz'
05. I. Allegro
06. II. Andante (fragment)

Você pode comprar este disco na Amazon

Tokyo String Quartett
Martin Beaver, Kikuei Ikeda, violinos
Kazuhide Isomura, viola
Clive Greensmith, cello
David Waltkin, cello (D. 956)


BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 12 de abril de 2014

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Piano Concertos 1 - 5

Dizer que esta gravação dos concertos de Prokofiev com Bavouzet e Noseda é de alto nível é incorrer numa grave redundância. O pianista, talvez, seja um dos nomes mais destacados da interpretação pianística da atualidade. Suas interpretações primam por uma cintilância elegante. Cada novo disco que ouvimos com ele, fica a certeza de que o cara é muito bom. Seu Debussy, seu Ravel, seu Haydn, seu Bartok, são excelentes. Aqui, ouvi-lo ao lado do jovem e talentoso maestro Noseda é um grande privilégio. Ouvir a pegada russa da música russa de Prokofiev melhor ainda. Sendo assim, não deixe de ouvir este disco. Uma boa apreciação!

 P.S. Fiquei sabendo que o célebre pianista está esta semana fazendo alguma apresentações aqui no Brasil, junto com a Osesp.

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

Piano Concerto No 1 in D-Flat Major Op 10
01. I Allegro brioso
02. II Meno mosso
03. III Andante assai
04. IV Allegro scherzando

Piano Concerto No 2 in G Minor Op 16
05. I Andantino - Allegretto
06. II Scherzo Vivace
07. III Intermezzo Allegro moderato
08. IV Finale Allegro tempestoso

Piano Concerto No 3 in C Major Op 26
09.  I Andante - Allegro
10.  II Tema con variazioni
11. III Allegro ma non troppo

Piano Concerto No 4 in B-Flat Major Op 53
12.  I Vivace
13. II Andante
14. III Moderato
15. IV Vivace

Piano Concerto No 5 in G Major Op 55
16.  I Allegro con brio
17. II Moderato ben accentuato
18. III Toccata Allegro con fuoco
19. IV Larghetto
20. V Vivo

Você pode comprar este disco na Amazon

BBC Philharmonic 
Gianandrea Noseda, regente
Jean-Efflam Bavouzet, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Vaughan Williams - Symphony No. 8, Rawsthorne - Street Corner Overture, Bax - Oboe Quintet etc

Mais um disco repleto com compositores ingleses - Vaughan Williams, Bax, Delius, Rawsthorne, Elgar, Walton. Dessa vez, temos os principais compositores ingleses do século passado, sob a regência de um dos maiores condutores ingleses de todos os tempos - Sir John Barbirolli. Pesava a favor de Barbirolli o fato de ter convivido com esses compositores. Vaughan Williams, por exemplo, tinha uma admiração profunda pela condução de Barbirolli. E, talvez, a Sinfonia no. 8 de Williams seja o ponto alto desse disco remasterizado pela BBC. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. The British National Anthem
02. Rawsthorne - Street Corner Overture
03. Vaughan Williams - Symphony No. 8. I. Fantasia
04. Vaughan Williams - Symphony No. 8. II. Scherzo alla marcia
05. Vaughan Williams - Symphony No. 8. III. Cavatina
06. Vaughan Williams - Symphony No. 8. IV. Toccata
07. Bax - Oboe Quintet. I. Tempo molto moderato - Allegro moderato - Tempo primo
08. Bax - Oboe Quintet. II. Lento espressivo
09. Bax - Oboe Quintet. III. Allegro giocoso - Piu lento - Vivace
10. Delius - On Hearing the First Cuckoo in Spring
11. Walton - Crown Imperial_ A Coronation March
12. Elgar - Land of Hope and Glory

Você pode comprar este disco na Amazon

Hallé Choir and Orchestra
Sir John Barbirolli, regente

BAIXAR AQUI (Mega)
BAIXAR AQUI (Zippyshare)

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Benjamin Britten (1913-1916) - String Quartet No. 1 in D Major, Op. 25, Alla marcia e String Quartet No. 3, Op. 94

Disquinho recente, do ano passado, com a música de Benjamin Britten. O disco traz dois quartetos de cordas do compositor inglês - os de número 1 e 3 e a Alla marcia, a qual eu ainda não conhecia. São obras bem ao estilo daquele que é um dos maiores compositores do seu país de todos os tempos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Benjamin Britten (1913-1916) -

String Quartet No. 1 in D Major, Op. 25
01. I. Andante sostenuto
02. II. Allegretto con slancio
03. III. Andante calmo
04. IV. Molto vivace

Alla marcia
05. Alla marcia

String Quartet No. 3, Op. 94
06. I. Duets; With moderate movement
07. II. Ostinato; Very fast
08. III. Solo; Very calm
09. IV. Burlesque; Fast
10. V. Recitative and passacaglia (La serenissima); Slow

Você pode comprar este disco na Amazon

Emperor Quartett


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - String Quartet N°8 in C Minor, op.110, String Quartet N°1 in C Major, op.49 e String Quartet N°9 in E Flat Major, op.117 (CD 2 de 6)

Vamos a mais um disco dessa caixa da charmosa Naxos. Dessa vez, surgem os quartetos de números 1, 8 e 9. São obras assombrosamente belas e cáusticas, bem ao espírito shostakovichiano. Não deixe de ouvir nesta manhã de sexta-feira. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

String Quartet N°8 in C Minor, op.110
01. 1. Largo
02. 2. Allegro molto
03. 3. Allegretto
04.  4. Largo
05. 5. Largo

String Quartet N°1 in C Major, op.49
06. 1. Moderato
07. 2. Moderato
08.  3. Allegro molto
09. 4. Allegro

String Quartet N°9 in E Flat Major, op.117
10. 1. Moderato con moto
11. 2. Adagio
12. 3. Allegretto
13. 4. Adagio
14. 5. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Éder Quartet


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Jazz - Charles Mingus (1922-1979) - Oh Yeah

Este é um disco enlouquecedor. Possui uma energia primitiva, uma força ríspida, travosa, capaz de nos fazer balançar a cabeça e o resto do ser. Existe uma certa obscenidade, um espécie de lapso vagabundo com humor etílico. O disco foi lançado em 1961 e traz uma música "violenta" e ruidosa, com sopros fanhosos. É coisa de outro mundo. Possui até um gospel irônico no disco; Mingus cantando e uma presepada sem par. Uma verdadeira algazarra sonora. Convido você a afirmar: "Oh Year". Excelente! Ao final, ainda aparece uma entrevista com Mingus por cerca de 24 minutos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Charles Mingus (1922-1979) -

01. Hog Callin' Blues
02. Devil Woman
03. Wham Bam Thank You Ma'am
04. Ecclusiastics
05. Oh Lord Don't Let Them Drop That Atomic Bomb On Me
06. Eat That Chicken
07. Passions Of A Man
08. Charles Mingus Interviewed By Nesuhi Ertegun

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Claude Debussy (1862-1918) - La Mer, Prelude a l'apres-midi d'un faune, Nuages, Fetes, Printemps-Symphonic Suite

Charles Munch foi um extraordinário regente. Essas gravações realizadas por ele e editada pela RCA são fora de série. A sonoridade sempre nos pega. Aqui temos Debussy e algumas de suas obras orquestrais. Como já deixei explícito aqui, em noutros momentos, sou apaixonado pela La Mer, de Debussy. Já ouvi tantas versões que não lembro o número. Talvez, aquelas que mais me chamaram a atenção tenham sido duas gravações realizadas por dois regentes bem distintos: (1) Abbado, no Festival de Lucerne; e (2) Haitink regendo pela Royal Concertgebouwn. Penso que este trabalho tenha que ser regido com força e dramaticidade. É interessante perceber como a paisagem evocada pela música vai mudando de minuto em minuto. É sensacional! Portanto, não deixe de conferir mais este excelente e histórico registro. Uma boa apreciação!

Claude Debussy (1862-1918) -

01. La Mer - De l'aube a midi sur la mer
02. La Mer - Jeux des vagues
03. La Mer - Dialogue du vent et de la mer
04. Prelude a l'apres-midi d'un faune
05. Nuages
06. Fetes
07. Printemps-Symphonic Suite_  Tres modere
08. Modere

Você pode comprar este disco na Amazon

Boston Symphony Orchestra
Charles Munch, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - Symphony No.3 in D, Op.29 'Polish' e Romeo And Juliet: Fant Ov After Shakespeare

Essa série da Sony é excelente. Ela traz gravações realizadas pelo mitológico Leonard Bernstein. Algumas são sensacionais; outras, nem tanto. É o que acontece neste disco. A gravação não me agradou. Pareceu contida por demais. Tchaikovsky, por natureza, é um compositor marcial. Assim, quando ouvimos os seus trabalhos sinfônicos, buscamos o rigor e a força. A Sinfonia número 3, "Polonesa", deixou-me a impressão de algo mais lento, com uma sonoridade menos intensa. A outra obra do disco é a Abertura Romeu e Julieta - que é bela, trágica. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - 

Symphony No.3 in D, Op.29 'Polish'
01. I. Intro. Moderato Assai (Tempo Di Marcia Funebre) -Allegro...
02. II. Alla Tedesca. Allegro Moderato E Semplice
03. III. Andante Elegiaco
04. IV. Scherzo. Allegro Vivo
05. V. Finale. Allegro Con Fuoco (Tempo Di Polacca)
Romeo And Juliet: Fant Ov After Shakespeare
6. Romeo And Juliet: Fant Ov After Shakespeare

Você pode comprar este disco na Amazon

New York Philharmonic
Leonard Bernstein, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - String Quartet No. 4 em D maior, op. 83, String Quartet No. 6 in G major, Op. 101 e String Quartet No. 7 in F sharp minor, Op. 108 (CD 1 de 6)

Iniciamos hoje, como fazemos hora ou outra, a postagem de mais um conjunto de CDs. Dessa vez, mais uma vez, trazemos os quartetos de cordas de Shostakovich. Resolvi postar estes discos por serem da Naxos. O Éder Quartet nos leva ao coração da música de Shosta. Trata-se de abordagens belíssimas; sempre elevando o grau de sortunidade, eletricidade e elegância das obras do mestre russo. O primeiro disco não nos coloca diante de uma interpretação genial. Pareceu-me contida em excesso. De qualquer forma, o disco deve ser escutado. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

String Quartet No. 4 em D maior, op. 83
01. I. Allegretto
02. II. Andantino
03. III. Allegretto
04. IV. Allegretto

String Quartet No. 6 in G major, Op. 101
05. I. Allegretto
06. II. Moderato con moto
07. III. Lento
08. IV. Lento - Allegretto

String Quartet No. 7 in F sharp minor, Op. 108
09. I. Allegretto
10. II. Lento
11. III. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Éder Quartet

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 5 in C sharp minor

Que gravação! Que sinfonia! Que coisa extraordinária! Que sonoridade! Talvez nos falte a palavra apropriada para exatificar a grandiosidade da Quinta de Mahler. Esta gravação, em especial, deve ser ouvida de joelhos. O Mahler de Bernstein é outra coisa que deve ser mencionado. É outro mundo. São outros efeitos. Som claro. Força! Dramaticidade! Rigor mahleriano! Trata-se de uma interpretação que prima pela expressividade, mas, também, pelo controle pleno do trabalho. Vale a pena ouvir! O som é vivo, cristalino. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Symphony No. 5 in C sharp minor
01.Trauermarsch, in gemessenem Schritt, streng wie ein Kondukt Listen
02. Stürmisch bewegt, mit grösster Vehemenz Listen
03. Scherzo, kräftig, nicht zu schnell Listen
04. Adagietto, sehr langsam Listen
05. Rondo-Finale, allegro giocoso
 
Você pode comprar este disco na Amazon
 
Wiener Philharmoniker
Leonard Bernstein, regente
 
 
*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Nina Schlemm - Harfe solo - Spohr, Fauré, Debussy, Hindmith, Britten, etc

Um disco de sonoridade diferente. Muitas das obras aqui encontradas são transcrições. O disco estava comigo há bastante tempo. Ele traz nomes como Spohr, Fauré, Britten, Debussy, Hindmith; e outros nomes que eu ainda não conhecia: Salzedo e Tailleferre. É disco de muita sensibilidade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Louis Spohr - Fantasia c-Moll op.35
02. Gabriel Faure - Impromptu
03. Claude Debussy - Suite Bergamasque Prelude
04. Claude Debussy - Menuet
05. Claude Debussy - Clair de lune
06. Claude Debussy - Passepied
07. Germaine Tailleferre - Sonate fuer Harfe, Allegro
08. Germaine Tailleferre - Sonate fuer Harfe, Lento
09. Germaine Tailleferre - Perpetuum mobile, Allegro gaiement
10. Paul Hindemith - Sonate fuer Harfe, Maessig schnell
11. Paul Hindemith - Sonate fuer Harfe, Lebhaft
12. Paul Hindemith - Sonate fuer Harfe, Sehr langsam
13. Benjamin Britten - Suite for harp op.83, Overture
14. Benjamin Britten - Suite for harp op.83, Toccata
15. Benjamin Britten - Suite for harp op.83, Nocturne
16. Benjamin Britten - Suite for harp op.83, Fugue
17. Benjamin Britten - Suite for harp op.83, HymnSt. Denio
18. Carlos Salzedo - Chanson de la nuit

Você pode comprar este disco na Amazon

Nina Schlemm, harpa


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 6 de abril de 2014

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - The Gulda Mozart Tapes - 10 sonatas and a fantasy ( 5 anos!!!)

Acredito que as sonatas de Mozart devem fazer parte da biblioteca de todo melômano. Ouvi estes três discos boa parte do meu dia. E é interessante notar a sensibilidade de Mozart. Os humores que se alternam: ora surge um reflexão mais delicada, ora uma alegria desvairada. Tudo é colorido com as tintas da emoção. Outro elemento grandioso com relação a esta caixa é a performance de Friedrich Gulda, que foi um grande pianista. Ele é direto e simples. Evita os floreios e nos coloca no centro gravitacional da música de Mozart.  Gulda pode ter sido um artista fisicamente excêntrico, mas era um baita artista. É um registro para se ouvir por muitas vezes. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

DISCO 01

Sonata No.10 in C major, K.330
01. I. Allegro moderato
02.  II. Andante cantabile
03. III. Allegretto

Sonata No.12 in F major, K.332
04. I. Allegro
05.  II. Adagio
06.  III. Allegro assai

Sonata No.13 in B flat major, K.333
07. I. Allegro
08. II. Andante cantabile
09. III. Allegretto grazioso

DISCO 02

Sonata No.1 in C major, K.279
01. I. Allegro
02. II. Andante
03. III. Allegro

Sonata No.2 in F major, K.280
04. I. Allegro assai
05.  II. Adagio
06. III. Presto

Sonata No.3 in B flat major, K.281
07. I. Allegro
08. II. Andante amoroso
09.  III. Rondeau_ Allegro

Sonata No.4 in E flat major, K.282
10. I. Adagio
11. II. Menuetto I - Menuetto II
12. III. Allegro

DISCO 03

Sonata No.5 in G major, K.283
01. I. Allegro
02. II. Andante
03. III. Presto

Fantasia in C minor, K.475
04. Fantasia in C minor, K.475

Sonata No.15 in C major, K.545 'Facile'
05. I. Allegro
06. II. Andante
07. III. Rondo_ Allegretto

Sonata No.9 in D major K.311
08. I. Allegro con spirito
09. II. Andante con espressione
10. III. Rondeau_ Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Friedrich Gulda, piano


Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Trio for piano, violin and cello No. 6 in E Flat Major, No. 2, Op. 70 e Trio for piano, violin and cello No. 7 in B Flat Major, Op. 97 - "Archduke" ( 5 anos!!!)

Esta postagem é especial por três motivos: (1) trata-se de Beethoven, um dos meus compositores diletos; e, isso por si só, já é um evento à parte; (2) é a postagem de número 1800, ou seja, um número bastante significativo; e (3) é postagem que faço para comemorar os cinco anos do blog. Há cinco anos trás, comecei um projeto despretensioso apenas por desejar divulgar a boa música. É metade de uma década. Começamos timidamente. Hoje, o blog alcançou uma "audiência" considerável. São pessoas de todos os cantos que aparecem diariamente - ou por curiosidade ou disciplina pessoal - para verificar o que surgiu de novo. Agradeço a cada um de vocês, pois são vocês que impulsionam para que eu continue a postar. Obrigado a todos! Continuem a apreciar a boa música! Abraços musicais!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Trio for piano, violin and cello No. 6 in E Flat Major, No. 2, Op. 70
01. I. Poco sostenuto - Allegro ma non troppo
02. II. Allegretto
03. III. Allegretto ma non troppo
04. IV. Finale - Allegro

Trio for piano, violin and cello No. 7 in B Flat Major, Op. 97
05.  I. Allegro moderato
06. II. Scherzo - Allegro
07. III. Andante cantabile, ma però con moto
08. IV. Allegro moderato - Presto

Você pode comprar este disco na Amazon

Alexander Melnikov, piano
Isabelle Faust, violino
Jean-Guihen Queyras, cello


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 5 de abril de 2014

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Le Nozze di Figaro, K. 492


Postagem de final de noite. Na verdade, estava há bastante tempo querendo postar este disco. Quando se tratam das óperas de Mozart, toda atenção é importante. Aqui temos uma das suas principais - As Bodas de Fígaro. É um trabalho bonito. Há canções maravilhosas como, por exemplo, Bravo, signor padrone! Na regência temos Karl Böhm que foi um campeão na regência de importantes óperas - principalmente, regência das óperas de Mozart. Apenas desejo que você escute e se delicie. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Le Nozze di Figaro, K. 492

DISCO 01

01. Overture (4:14)
02. Act 1, Duetto - Cinque...dieci...venti....trenta... (3:25)
03. Duettino - Se a caso madama la notte ti chiama (4:07)
04. Cavatina - Bravo, signor padrone! (4:27)
05. Aria - La vendetta, oh, la vendetta (3:55)
06. Duettino - Via, resti servita, madama brillante (4:00)
07. Aria - Non so piu cosa son, cosa faccio (6:19)
08. Terzetto - Cosa sento! tosto andante (5:21)
09. Coro - Giovanti liete, fiori spargente (4:37)
10. Aria - Non piu andrai, farfallone amoroso (3:52)
11. Act 2, Cavatina - Porgi, amor (8:47)
12. Canzona - Voi che sapete (4:05)
13. Aria - Venite...inginocchiatevi (3:13)

DISCO 02

01. Recitativo - Quante buffonerie! (3:28)
02. Terzetto - Susanna, or via, sortite (4:08)
03. Duettino - Aprite, presto, aprite (2:32)
04. Finale - Esci, ormai, garzon malnato (7:54)
05. Signori, di fuori son già i suonatori (9:12)
06. Voi signor, che giusto siete (4:03)
07. Recitativo - Che imbarazzo è mai questo (2:25)
08. Duetto - Crudel! perchè finora farmi languir cosi? (3:30)
09. Recitativo ad Aria - Hai gia vinta la causa! - Vedrò, mentr'io sospiro (6:46)
10. Sestetto - Riconosci in questo amplesso (6:24)
11. Recitativo ed Aria - E Susanna non vien! - Dove sono i bei momenti (7:36)
12. Duettino - Su l'aria / Che soave zeffiretto (3:54)

DISCO 03

1. Coro - Ricevete, o padroncina (3:35)
2. Finale - Ecco la marcia... andiamo (6:16)
3. Act 4, Cavatina - L'ho perduta (3:56)
4. Aria - Il capro e la capretta (5:28)
5. Aria - In quegli anni in cui val poco (4:04)
6. Recitativa ed Aria - Tutto e disposto - Aprite un po' quegli occhi (5:01)
7. Recitativo ed Aria - Giunse alfin il momento - Deh vieni, non tardar (5:32)
8. Finale - Pian pianin le andrò più presso (11:35)
9. Gente,gente, all'armi, all'armi (5:07)


Você pode comprar este disco na Amazon

Chor Und Orchestra Der Deutschen Oper Berlin
Karl Böhm, regente
Dietrich FIscher-Dieskau: Il Comte Di Almaviva
Gundula Janowitz: La Contessa Di Almaviva
Edith Mathis: Sussana
Herman Prey: Figaro
Tatiana Troyanos: Cherubino
Patricia Johnson: Marcellina
Martin Vantin: Don Curzio

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - Piano Concerto No. 1 in B flat minor, Op. 23 e Robert Schumann (1810-1856) - Concerto pour piano in A minor, Op. 54

Mais uma versão do concerto para piano de Schumann, acompanhado do magistral concerto para piano de Tchaikovsky. Não preciso dizer que se tratam de dois dos mais belos concertos já escritos na história da música clássica. Ontem, eu postei uma versão do mesmo concerto do alemão. Fazendo uma comparação entre a versão dos dois concertos, podemos dizer que o disco que ora posta fica um ponto atrás por causa da sonoridade. Claro, a distância da gravação é uma das explicações. Gostei mais da gravação com Howard Shelley do que este com Rubinstein e Carlo Maria Giulini. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - 

Piano Concerto No. 1 in B flat minor, Op. 23
01. Allegro non troppo e molto maestoso
02. Andantino simplice - Prestissimo
03. Allegro con fuoco

Robert Schumann (1810-1856) - 

Concerto pour piano in A minor, Op. 54
01. 1. Allegro affettuoso
02. 2. Intermezzo. Andantino grazioso
03. 3. Allegro vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Philharmonia Orchestra
BBC Symphony Orchestra
Carlo Maria Giulini, regente
Rudolf Schwarz, regente
Artur Rubinstein, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Robert Schumann (1810-1856) - Concerto pour piano in A minor, Op. 54, Edvard Grieg (1843-1907) - Concerto pour piano in A minor, Op. 16 e Camille Saint-Säens (1835-1921) - Concerto pour piano n°2 in G minor, Op. 22

Disquinho primoroso com três extraordinários concertos. Acredito que estes concertos estejam entre aqueles que mais se destaquem e são tidos como certos nas salas de concertos. São obras de uma invulgar beleza romântica. Possuem delicadeza; estão repletos de lirismo; são belas reflexões. Dizer qual é o mais interessante é complexo. Tenho uma predileção pelo concerto de Saint-Säens. Gosto daquele drama inicial que notamos em sua abertura. Outra: o belíssimo Adagio do concerto de Grieg é indescritível. Belo disco com o solista e regente Howard Shelley. Mais uma vez, a sonoridade da Chandos é o diferencial. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Robert Schumann (1810-1856) - 

Concerto pour piano in A minor, Op. 54
01. 1. Allegro affettuoso
02. 2. Intermezzo. Andantino grazioso
03. 3. Allegro vivace

Edvard Grieg (1843-1907) - 

Concerto pour piano in A minor, Op. 16
04. 1. Allegro molto moderato
05. 2. Adagio
06. 3. Allegro moderato molto e marcato

Camille Saint-Säens (1835-1921) - 


Concerto pour piano n°2 in G minor, Op. 22
07. 1. Andante sostenuto
08. 2. Allegro scherzando
09. 3. Presto

Você pode comprar este disco na Amazon

Orchestra of Opera North
David Greed, leader
Howard Shelley, piano e regência

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Great Conductors - Carl Schuricht - Mendelssohn, Schubert, Mozart, Beethoven, Bruckner

Adoro esta série! Sempre há um bom disco para se escutar. Dessa vez, temos Carl Schuricht. Carl Adolph Schuricht nasceu em Danzig, Alemanha, ainda no século XIX (1880). Desde a mais tenra idade sempre revelou um notável talento para música. Aqui neste disco excepcional, Carl Schuricht nos mostra o seu talento regendo Mendelssohn, Mozart, Schubert, Beethoven e Bruckner. É um disco, em sua essência, pelo alto conteúdo, imperdível. As gravações são trabalhos remasterizados, mas de ótima qualidade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação

DISCO 01

01 - 1.Mendelssohn-Overture'The Hebrides'
02 - 2.Schubert-Symphony No.8'Unfinished'-I.Allegro moderato
03 - 3.Schubert-Symphony No.8'Unfinished'-II.Andante con moto
04 - 4.Mozart-Symphony No.35'Haffner'-I.Allegro con spirito
05 - 5.Mozart-Symphony No.35'Haffner'-II.Andante
06 - 6.Mozart-Symphony No.35'Haffner'-III.Menuetto
07 - 7.Mozart-Symphony No.35'Haffner'-IV.Finale (Presto)
08 - 8.Beethoven-Symphony No.1-I.Adagio molto - Allegro con brio
09 - 9.Beethoven-Symphony No.1-II.Andante cantabile con moto
10 - 10.Beethoven-Symphony No.1-III.Menuetto (Allegro molto e vivace)
11 - 11.8.Beethoven-Symphony No.1-IV.Finale (Adagio - Allegro molto e vivace)

DISCO 02

01 - 1. Bruckner- Allegro moderato
02 - 2. Bruckner Scherzo (Allegro Moderato) & Trio (Langsam)
03 - 3. Bruckner- Adagio (Feierlich langsam; doch nicht schleppend)
04 - 4. Bruckner- Finale (Feierlich, nicht schnell)

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
Carl Schuricht, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!