sexta-feira, 6 de março de 2015

Carl Orff (1895-1982) - Carmina Burana

Carmina Burana é, ao de lado de obras como a Quinta, de Beethoven, As quatro estações, de Vivaldi ou a Abertura de Assim falou Zaratustra, de Richard Strauss, uma das obras mais populares da história da música. Não conheço com muita propriedade a obra de Carl Orff, mas sei que se os outros trabalhos do compositor não fossem publicizados, essa obra já seria suficiente para colocá-lo na história. Carmina Burana é uma obra para ouvir, pelo menos, uma vez por mês. O presente disco foi lançado o ano passado e traz aquelas leituras bem feitas por Jas Van Immerseel e sua inseparável Anima Eterna. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Carl Orff (1895-1982) - Carmina Burana

01. Fortuna Imperatrix Mundi - O Fortuna
02. Fortuna Imperatrix Mundi - Fortune plango vulnera
03. I - Primo vere - Veris leta facies
04. I - Primo vere - Omnia sol temperat
05. I - Primo vere - Ecce gratum
06. Uf dem Anger - Tanz
07. Uf dem Anger - Floret silva
08. Uf dem Anger - Chramer, gib die varwe mir
09. Uf dem Anger - Reie
10. Uf dem Anger - Were diu werlt alle min
11. II - In Taberna - Estuans interius
12. II - In Taberna - Olim lacus colueram
13. II - In Taberna - Ego sum abbas
14. II - In Taberna - In taberna quando sumus
15. III - Cour d'amours - Amor volat undique
16. III - Cour d'amours - Dies, nox et omnia
17. III - Cour d'amours - Stetit puella
18. III - Cour d'amours - Circa mea pectora
19. III - Cour d'amours - Si puer cum puellula
20. III - Cour d'amours - Veni, veni, venias
21. III - Cour d'amours - In trutina
22. III - Cour d'amours - Tempus est iocundum
23. III - Cour d'amours - Dulcissime
24. Blanziflor et Helena - Ave formosissima
25. Fortuna Imperatrix Mundi - O Fortuna

Anima Eterna Brugge
Collegium Vocale Gent
Cantate Domino
Jos Van Immerseel, direção

Você pode comprar este disco na Amazon


BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

quinta-feira, 5 de março de 2015

George F. Handel (1685-1759) - A Song for St. Cecilia's Day

Penso que esta peça aparece pela primeira vez por aqui. Escolhi-a pelo fato de hoje ser comemorado o Dia Nacional da Música Clássica. A música clássica  ou música de concerto ainda não está dentro das preferências do brasileiro. Ainda é vista como um fenômeno cuja audição se dá por sujeitos "estranhos", para "relaxar" ou por intelectuais chatos e arrogantes. Claro, tudo isso é um equívoco. A data foi escolhida por hoje ser o dia do nascimento do maior compositor do Brasil - Heitor Villa-Lobos - em 5 de março de 1887. A Ode para o Dia de Santa Cecília é uma cantata de celebração a Santa Cecília, conhecida como "padroeira dos músicos". Cecília viveu no segundo século e, antes de ser morta, teve uma visão de coro de anjos. Belo disco! Árias belíssimas e evocativas. Sonoridade espetacular. Composta em 1739, essa Ode é uma amostra da riqueza e magnificência da linguagem musical tardia de Handel. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

George F. Handel (1685-1759) - A Song for St. Cecilia's Day

01. Overture
02. From harmony
03. When Nature
04. From harmony
05. What passion cannot Music raise
06. The trumpet's loud clangor
07. March
08. The soft complaining flute
09. Sharp Violins proclaim
10. But oh! What art can teach
11. Orpheus could lead
12. But bright Cecilia
13. As from the pow'r of sacred lays

Você pode comprar este disco na Amazon

Les Musiciens Du Louvre
Lucy Crowe, soprano
Richard Croft, tenor
Marc Minkowski, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Jazz - Herbie Hancock and Wayne Shorter - 1+1

Mais uma quinta-feira. E, como temos feitos exatamente há um ano, eis que surge um disco de jazz. E esse disco é bastante diferente. Traz dois ícones imortais do movimento - Wayne Shorter e o polivalente Herbie Hancock. É um disco para curtir bons momentos. Uma música suave e que embala os comportamentos mais arredios. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Herbie Hancock and Wayne Shorter - 1+1

01 - Meridianne   A Wood Sylph
02 - Aung San Suu Kyi
03 - Sonrisa
04 - Memory Of Enchantment
05 - Visitor From Nowhere
06 - Joanna's Theme
07 - Diana
08 - Visitor From Somewhere
09 - Manhattan Lorelei
10 - Hale-Bopp, Hip-Hop

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

quarta-feira, 4 de março de 2015

Hector Berlioz (1803-1869) - Requiem, Op. 5 e Te Deum, Op. 22

Mais um compositor francês no dia de hoje. Hector Berlioz, um dos grandes ícones do romantismo, não aparece muito por aqui. É que não morro de amores pelo ele. Confesso minha astronômica ignorância para com a sua obra. Nestes quase seis anos de existência do blog, postei pouca coisa dele. Todavia, Berlioz foi um prolífico compositor, tendo influenciado nomes como Wagner, Liszt, Mahler, Richard Strauss, entre outros. Berlioz gostava de coisas grandiosas. Sua Missa dos mortos é uma das maiores para o gênero. Trata-se de uma obra de grande exaltação, de uma grandeza ritual que impressiona. No disco ainda aparece o belíssimo Te Deum, cuja audição realizei pela primeira vez. Belo disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Hector Berlioz (1803-1869) -

DISCO 01

Requiem, Op. 5
01. I -  Requiem et Kyrie (Introitus)
02. II - Dies irae (Prosa - Tuba mirum)
03. III - Quid sum miser
04. IV - Rex tremendae
05. V - Quaerens me
06. VI - Lacrymosa
07. VII - Offertorium (Domine Jesu Christe)
08. VIII - Hostias

DISCO 02

01. IX - Sanctus (Stuart Burrows, Tenor)
02. X - Agnus Dei

Orchestre National de France
Orchestre Philharminique Et
Choeurs de Radio de France
Leonard Bernstein, regente

Te Deum, Op. 22
03. II - Tibi omnes
04. III - Dignare, Domine
05. IV - Christe, Rex Gloriae
06. V - Te ergo quaesumus
07. VI - Judes crederis

Orchestre de Paris
Le Chouer De L'Orchestre de Paris
Le Choeur D'Enfante de Paris
La Matrise de La Ressurrection
Jean Guillou, órgão
Jean Dupouy, tenor
Daniel Baremboin, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Charles Gounod (1818-1893) - Symphonie n° 1 en ré majeur, Symphonie n° 2 en mi bémol majeur e Ballet de « Faust »

Excelente disco! Sonoridade de altíssimo nível. Qualidade dos trabalhos de um valor verdadeiramente invulgar. Ainda não conhecia as duas belas sinfonias do compositor francês. Gounod se mostra bastante afinado com a estética clássica; ou pelo menos uma aproximação da estética do tipo Berlioz (na Sinfonia Fantástica) ou Bizet em sua sinfonia no. 1. Outro momento excelente do disco é a presença dos excertos da ópera Fausto, a obra maior do compositor francês. A regência fica a cargo de Marriner e sua excelente Academy St. Martin-in-the-Fields. Não deixe de ouvir. Uma

Charles Gounod (1818-1893) -

Symphonie n° 1 en ré majeur
01. I. Allegro molto
02. II. Allegro moderato
03. III. Scherzo - non troppo presto
04. IV. Finale - Adagio, Allegro vivace

Symphonie n° 2 en mi bémol majeur
05. I. Adagio - allegro agitato
06. II. Larghetto
07.  III. Scherzo - allegro molto
08.  IV. Finale - allegro, leggiero assai

Ballet de « Faust »
09. Valse Les Nubiennes - allegretto
10. Adagio - Animato
11. Danse antique - allegretto
12.  Variations de Cléopâtre - moderato maestoso
13. Les Troyennes - moderato con moto
14. Variations du miroir
15. Danse de Phryné

Você pode comprar este disco na Amazon

Academy of St. Martin-in-the-Fields
Sir Neville Marriner, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin


terça-feira, 3 de março de 2015

Gyorgy Ligeti (1923-2006) - String Quartets Nos. 1 and 2, Cello Sonata

Baita disco! Resta ouvir a música desse grande compositor húngaro, um dos mais cotejados do século XX. A música de Ligeti ficou conhecida, sobretudo, por aparecer no filme 2001: Uma odisseia no espaço. Parece-nos que a música foi composta para o filme. Mas não foi isso o que aconteceu. Kubrick, o diretor do filme, resolveu utilizar a música por gostar bastante do compositor. A proximidade das linguagens foi tão intensa, que parece que a coisa foi feita sob encomenda. Algumas cenas do filme se tornaram imortais - e até assustadoras - por causa da música. Neste disco, temos obras de câmara do compositor. Discos imperdível - principalmente a sonata para cello. Uma boa apreciação!

Gyorgy Ligeti (1923-2006) - String Quartets Nos. 1 and 2, Cello Sonata 

String Quartet No. 1, "Metamorphoses nocturnes"   
01.String Quartet No. 1, "Metamorphoses nocturnes"   

String Quartet No. 2
02. I. Allegro nervoso  
03. II. Sostenuto, molto calmo 
04. III. Come un meccanismo di precisione
05. IV. Presto furioso, brutale, tumultuoso 
06. V. Allegro con delicatezza 

Cello Sonata
07. I. Dialogo 
08. II. Capriccio  

Você pode comprar este disco na Amazon

Quatuor Béla

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Béla Bartok (1881-1945) - Rhapsody for Piano and Orchestra, Op. 1, Scherzo for Orchestra and Piano, Op. 2 e Violin Concerto op. posth.

Béla Bartók foi um dos grandes (e geniais) compositores do século XX. Apesar de toda a sua expansividade, de toda a largueza, ele não se mostra fácil numa primeira audição. É necessário ouvi-lo mais de uma vez para poder admiti-lo. Gostei bastante desse disco. As obras me pareceram bastante "primitivas". Curioso é o Concerto para violino póstumo, com apenas dois movimentos. Não o conhecia. Ouvi-lo foi uma grata surpresa. Não deixe de apreciar. Uma boa experimentação!

Béla Bartok (1881-1945) -

Rhapsody for Piano and Orchestra, Op. 1
01. Adagio molto   
02.  Poco Allegretto  

Scherzo for Orchestra and Piano, Op. 2
03. Introduzione. Allegro ma non troppo  
04. Allegro vivace - Scherzo. Allegro   
05. Trio. Andante  
06. Scherzo da capo. Allegro vivace 

Budapest Festival Orchestra
Iván Fischer, regente
Zoltán Kocsis, piano

Violin Concerto op. posth.
07. Andante sostenuto  
08. Allegro giocoso

Hungarian National Philharmonic Orchestra
Zoltán Kocsis, regente
Barnabás Kelemen, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

segunda-feira, 2 de março de 2015

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Symphony No.5 in B flat major Op.100 e Béla Bartók (1881-1945) - Concerto for orchestra

Postagem de final de noite! Grandiosa! Ao ouvi-la me impressionei pela qualidade da música e a maravilhosa condução de George Szell. A sonoridade é espetacular! Outra questão fica por conta das duas obras constantes no disco - a maravilhosa (inexplicável) Sinfonia no. 5, de Prokofiev; e a excepcional obra de Bartók. A interpretação do grande George Szell é cerebral. É densa. Repleta de nuances coloridos e uma monumental estrutura orquestral construída com rigor. Não deixe de ouvir essas o disco. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Symphony No.5 in B flat major Op.100
01. Andante
02. Allegro marcato
03. Adagio
04. Allegro giocoso

Béla Bartók (1881-1945) - 

Concerto for orchestra
05. Introduzione. Andante, non troppo
06. Giuoco delle coppie. Allegretto scherzando
07. Introduzione. Elegia. Andante, non troppo
08. Intermezzo interrotto. Allegretto
09. Finale. Pesante


Você pode comprar este disco na Amazon

Cleveland Orchestra
George Szell, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Johannes Brahms (1833-1897) - String Quartet in A minor, Op.51 No.2 e Clarinet Quintet in B minor, Op.115

Que belo disco para que iniciemos bem essa primeira semana do mês de março! O disco da Chandos tem uma qualidade singular. Nunca tinha escutado nada a respeito do Brodsky Quartet, que é de origem inglesa. O grupo tem uma história relativamente longa. Existe desde 1972. Eles interpretam duas belas obras de câmara bem ao estilo do alemão solitário Johannes Brahms, uma das minhas grandes paixões. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação - e um bom início de semana.

Johannes Brahms (1833-1897) -

String Quartet in A minor, Op.51 No.2
01. I. Allegro non troppo
02. II. Andante moderato
03. III. Quasi Minuetto, moderato
04. IV. Finale_ Allegro non assai

Clarinet Quintet in B minor, Op.115
05. I. Allegro
06. II. Adagio
07. III. Andantino
08. IV. Con moto

Você pode comprar este disco na Amazon

Brodsky Quartet
Daniel Rowland, violino
Ian Belton, violino
Paul Cassidy, viola
Jacqueline Thomas, cello
Michael Collins, clarinet

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

domingo, 1 de março de 2015

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No.0 in D minor, Symphony No.1 in C minor, Symphony No.2 in C minor e Symphony No.3 in D minor (CDs 1, 2 e 3 de 9)

Começamos hoje, de forma contumaz e incansável, mais um integral. Dessa vez, como prometi a semana passada, surge essa fenomenal caixa com as sinfonias de Bruckner, conduzidas por Bernard Haitink. Não preciso dizer que se trata de algo grandioso. Nos três primeiros discos, surgem as primeiras sinfonias, que ainda não revelam um Bruckner grande, enorme, como ficou conhecido na história. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

DISCO 01

Symphony No.0 in D minor - Original version  
01. I. Allegro - Poco meno mosso
02. II. Andante sostenuto
03. III. Scherzo. Presto - Trio. Langsamer und ruhiger
04. IV. Finale. Moderato - Allegro vivace

Symphony No.1 in C minor - "Linz Version" 1866
05. I. Allegro molto moderato
06. II. Adagio
07. III. Scherzo. Lebhaft

DISCO 02

01. IV. Finale. Bewegt, feurig

Symphony No.2 in C minor
02. I. Ziemlich schnell
03. II. Adagio. Feierlich, etwas bewegt
04. III. Scherzo. Schnell
05. IV. Finale. Mehr schnell - Sehr schnell

DISCO 03

Symphony No.3 in D minor - Version 1877
01. I. Gemäßigt, mehr bewegt, misterioso
02. II. Adagio, bewegt, quasi andante
03. III. Scherzo. Ziemlich schnell
04. IV. Finale. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 8 in E-flat major - "Symphony of a Thousand", Symphony No. 9 in D major e Das Lied von der Erde (CDs 10, 11 e 12 de 12 - final)

Chegamos, finalmente, com bastante alegria, aos três últimos discos desse imenso empreendimento que é postar as sinfonias de Mahler com Bernstein. Confesso que fiquei imensamente feliz. Ouvindo os trabalhos de Mahler por Bernstein, uma das grandes interpretações já realizadas das obras do austríaco, fica a certeza de que não se trata de uma propaganda vã. Penso que a interpretação de Bernstein, Kubelik e do Sinopoli estejam entre as grandes que já postei. Recordo outras: Abbado, Tilson Thomas, Kondrashin, Svetlanov, Karajan. Penso em iniciar outra integral. Dessa vez, com Gergiev. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

DISCO 10

Symphony No. 8 in E-flat major - "Symphony of a Thousand"
01. I. Teil. Hymnus_ Veni, creator spiritus
02. II. Teil. Schulssszene aus Faust

London Symphony Orchestra
Leeds Festival Chorus
London Symphony Orchestra Chorus
Finchley Childrens's Music Group
Highgate School Boys Choir
Orpington Junior Singers


DISCO 11

Symphony No. 9 in D major
01. 01 - Andante comodo
02. 02 -  Im Tempo eines gemaechlichen Laendlers
03. 03 - Rondo. Burleske
04. 04 - Adagio. Seh langsam

New York Philharmonic

DISCO 12

Das Lied von der Erde
01. Das Trinklied vom Jammer der Erde
02. Der Einsame im Herbst
03. Von der Jugend
04. Von der Schönheit
05. Der Trunkene im Frühling
06. Der Abscheid

Israel Philharmonic Orchestra
René Kollo, tenor
Christa Ludwig, mezzo-soprano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD10

BAIXAR AQUICD11

BAIXAR AQUICD12

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No.3 in E flat major 'Eroica', Op.55, 12 Contretanze, WoO 14 e Die Geschopfe des Prometheus, Op.43

Conhecia Andrew Manze regendo apenas trabalhos do mundo barroco - e com bastante talento e qualidade. Ainda não o tinha visto atuando regendo Beethoven. Confesso que fiquei feliz com a surpresa. O disco é do ano de 2008. Ouvir a emblemática Eroica é sempre um motivo para reflexões e intuições fortes. A sinfonia inteira está cercada por uma densidade filosófica e moral que não é facilmente encontrada em outro trabalho. O segundo movimento é um dos mais sérios e trágicos da história da música. É um atestado da seriedade e do idealismo beethoveano. Aparece ainda bela As Criaturas de Prometeu. O disco vale a pena ser escutado. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Symphony No.3 in E flat major 'Eroica', Op.55
01. I. Allegro con brio
02. II. Marcia funebre_ Adagio assai
03. III. Scherzo_ Allegro vivace
04. IV. Finale_ Allegro molto

12 Contretanze, WoO 14
05. No.1 in C major
06. No.2 in A major
07. No.3 in D major
08. No.4 in B flat major
09. No.5 in E flat major
10. No.6 in C major
11. No.7 in E flat major
12. No.8 in C major
13. No.9 in A major
14. No.10 in C major
15. No.11 in D major
16. No.12 in E flat major

Die Geschopfe des Prometheus, Op.43
17. Finale from the ballet music

Você pode comprar este disco na Amazon

Helsingborg Symphony Orchestra
Andrew Manze, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Jean Sibelius (1865-1957) - Symphonies 4 - 7; Tuonela, Op.33; Tapiola, Op. 112

Diria que sou daqueles sujeitos apaixonados pelas sinfonias do finlandês Jean Sibelius. Certamente, o compositor foi o maior da sua terra. Não ousou nada novo em pleno século XX. Olhou, simplesmente, para os românticos do século XIX, muniu-se de emoções, paixão pela história do seu povo e sua terra e compôs um dos grandes conjuntos orquestrais do século passado. Seus poemas sinfônicos, também, não ficam para trás. Dois deles aparecem por aqui, junto com as sinfonias de 4 a 7, regidos pelo grande kaiser Herbert von Karajan. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Jean Sibelius (1865-1957) - 

DISCO 01

01. Symphonie Nr. 4 a-moll op. 63 - I
02. op. 63 - II
03. op. 63 - III
04. op. 63 - IV
05. Der Schwan von Tuonela op. 22 No. 3
06. Symphonie 5 op. 82 - I
07. op. 82 - II
08. op. 82 - III
09. op. 82 - IV

DISCO 02

01. Symphony No. 6 in D Minor - Allegro molto moderato
02. Symphony No. 6 in D Minor - Allegretto moderato
03. Symphony No. 6 in D Minor - Poco vivace
04. Symphony No. 6 in D Minor - Allegro molto
05. Symphony No. 7 in C Major - Adagio
06. Symphony No. 7 in C Major - Vivacissimo - Adagio
07. Symphony No. 7 in C Major - Allegro molto moderato - Allegro moderato
08. Symphony No. 7 in C Major - Vivace - Presto - Adagio - Largamente molto - Aff
09. Tapiola, Op. 112 - Largamente - Allegro Allegro moderato

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Herbert von Karajan, regente

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Clarinet Quintet, K 581 e Trio Kegelstatt, K 498

Ouvir Mozart faz bem aos mais profundos tecidos da alma. Isso mesmo! A Organização Mundial de Saúde deveria receitar Mozart como antídoto global contra a ignorância e toda sorte de sentimentos nocivos que diminuem a nossa potência humana. Esse disco é espetacular! É fino! É sensível! É poético! Impossível ouvi-lo sem que não venhamos a dar um belo suspiro. Um belo presente de sexta-feira. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Clarinet Quintet, K 581
01. Allegro
02. Larghetto
03. Menuetto
04. Allegretto con Variationi

Trio Kegelstatt, K 498
04. Andante
05. Menuetto
06. Rondeaux
Você pode comprar este disco na Amazon

Quatuor Mosaiques

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nossos blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 4 Orchestral Suites

Que disco! Escutei-o embevecido. As quatro suites revelam o mundo mágico e espiritual da música de Bach. O disco traz o nome do holandês Ton Koopman, esse gigante da música, que ainda vive - para privilégio nosso. Postagem de final de noite! Não deixe de ouvir! Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

01. Orchestral Suite No.3 in D major, BWV 1068 - I. Ouverture
02. Orchestral Suite No.3 in D major, BWV 1068 - II. Air
03. Orchestral Suite No.3 in D major, BWV 1068 - III. Gavotte I & II
04. Orchestral Suite No.3 in D major, BWV 1068 - IV. Bourree
05. Orchestral Suite No.3 in D major, BWV 1068 - V. Gigue
06. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - I. Ouverture
07. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - II. Courante
08. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - III. Gavotte I & II
09. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - IV. Forlane
10. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - V. Menuett I & II
11. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - VI. Bourree I & II
12. Orchestral Suite No.1 in C major, BWV 1066 - VII. Passepied I & II
13. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - I. Ouverture
15. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - III. Sarabande
16. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - IV. Bourree I & II
17. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - V. Polonaise
18. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - VI. Double
19. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - VII. Menuett
20. Orchestral Suite No.2 in B minor, BWV 1067 - VIII. Badinerie
21. Orchestral Suite No.4 in D major, BWV 1069 - I. Ouverture
22. Orchestral Suite No.4 in D major, BWV 1069 - II. Bourree I & II
23. Orchestral Suite No.4 in D major, BWV 1069 - III. Gavotte
24. Orchestral Suite No.4 in D major, BWV 1069 - IV. Menuett I & II
25. Orchestral Suite No.4 in D major, BWV 1069 - V. Rejouissance

Você pode comprar este disco na Amazon

TheAmsterdam Baroque Orchestra
Ton Koopman, diretor

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Jazz - Bill Evans Trio - Lund (1975) - Helsinki (1970)

Mais uma quinta do jazz. Bill Evans foi um dos grandes pianistas da história do jazz. Até os dias atuais, Evans é uma referência pianística para o movimento. O aspecto mais saliente do estilo do pianista é o forte toque impressionista e a construção de suas linhas melódicas, que acabaram por influenciar muitos pianistas do movimento - Herbie Hancock, Chick Corea, entre outros. Este disco é resultado de uma gravação realizada na década de setenta na Finlândia e na Suécia. Disco agradável! Bill ao estilo do importante músico. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Bill Evans Trio - Lund (1975) - Helsinki (1970)

01 - Emily
02 - Alfie
03 - Nardis
04 - Sugar Plum
06 - Very Early
08 - Come Rain Or Come Shine
05 - Sareen Jurer
07 - Gloria's Step
10 - It Could Happen To You
09 - What's New
11 - Once Upon A Summertime
13 - Samba
12 - The Second Time Around

Você pode comprar este disco na Amazon

Bill Evans, piano
Eddie Gomez, bass
Eliot Zigmund, drums
Monica Zetterlund, vocals (8-13)

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 8 in C minor, op. 108

Anton Bruckner, esse nome me é bastante querido. Já fazia certo tempo que eu não o postava. Lamentavelmente. O ano passado, talvez, ele tenha sido o compositor que mais apareceu por aqui. Não é para menos. Bruckner é um compositor de um gigantismo único. Seus trabalhos são galáxias povoadas por eventos, cataclismos e belezas indizíveis. É comum, após a audição de um dos seus trabalhos, ficarmos por muito tempo com as melodias infinitas grudadas nos trilhos da mente como se fossem tatuagens. Bruckner era um compositor incansável. E como todo sujeito que luta incansavelmente, que não se abate com a conjuntura adversa em que se ver envolvido, acaba alcançado os louros do triunfo histórico. Suas sinfonias à medida que eram produzidas, constituiam um crescendo, uma espiral gradativa, que levava o compositor mais para o alto. Não deixe de ouvir esse trabalho sob a regência de Bernard Haitink, cuja integral com as sinfonias do austríaco estou para postar. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

Symphony No. 8 in C minor, op. 108


DISCO 01

01. I. Allegro moderato
02. II. Scherzo_ Allegro m
03.  III. Adagio_ Feierlich


DISCO 02

01. Finale _ Feierlich, ni

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink, regente

Version: Robert Haas

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 5 in C-sharp minor, Symphony No. 6 in A minor - "Tragic" e Symphony No. 7 in E minor (CDs 7, 8 e 9 de 12)

Vamos a mais três discos dessa sensacional caixa. É a postagem que finaliza os trabalhos no dia de hoje. Na próxima postagem, finalizaremos o empreendimento de 12 discos. Aqui aparecem três substantivos trabalhos sinfônicos do compositor austríaco. E como é bom ouvir Mahler sob os cuidados de Bernstein! Não deixe de fazê-lo também! Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) -

DISCO 07

Symphony No. 5 in C-sharp minor
01. 01 - Trauermarsch
02. 02 - Stürmisch bewegt
03. 03 - Scherzo
04. 04 - Adagietto
05. 05 - Rondo-Finale


DISCO 08

Symphony No. 6 in A minor - "Tragic"

01. 01 - Allegro energico, ma non troppo
02. 02 - Scherzo
03. 03 - Andante moderato
04. 04 - Finale. Allegro moderato-Allegro energico

DISCO 09

Symphony No. 7 in E minor
01. 01 - langsam (Adagio)
02. 02 - Nachtmusik I. Allegro moderato
03. 03 - Scherzo. Schattenhaft
04. 04 - Nachtmusik II. Andante amoroso
05. 05 - Rondo - Finale. Tempo I (Allegro ordinario)

Você pode comprar este disco na Amazon

New York Philharmonic
Leonard Bernstein, regente

BAIXAR AQUICD07
BAIXAR AQUICD08
BAIXAR AQUICD09

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Sergey Khachatryan - Music for Violin and piano - Brahms, J.S. Bach, Ravel, Chausson, Waxman

O presente disco é bastante fino. Quando me refiro a algo "fino", quero dizer apenas que se trata de um disco que revela o talento da família Khachatryan. O disco é um mosaico com cores variadas. Traz Brahms e sua belíssima Sonata para piano e violino no. 3; a visceral Chacona, de Bach; a revoluteante Tzigane, de Ravel; o delicado Poema, do francês Chausson. Sergei Khachatryan é um jovem violinista de origem armênia (possui trinta anos), que tem ganhado prêmios internacionais sucessivos e realizado grandes gravações. Não deixe de ouvir este belo disco. Uma boa apreciação!

01. Violin Sonata No.3 in D.maj - I Allegro
02. Violin Sonata No.3 in D.maj - II Adagio
03. Violin Sonata No.3 in D.maj - III Un poco presto e con sentimento
04. Violin Sonata No.3 in D.maj - IV Presto agitato
05. Chaconne (Partita No.2 in D.min, BWV1004)
06. Tzigane, rapsodie de concert pour violonet piano
07. Poeme, Op.25 (pour violon et piano)
08. Carmen Fantasie

Você pode comprar este disco na Amazon

Sergey Khachatryan, violino
Lusine Khachatryan, piano
Vladimir Khachatrian, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Cello Concerto No. 1 in E Flat Major, Op. 107 e Cello Concerto No. 2 in G Major, Op. 126

A Naxos - vez ou outra - nos surpreende! Há discos do selo fundado por Klaus Heymann que ouvimos e ficamos espantados. A sonoridade nos deixa absortos. Ela se estrutura no primado da simplicidade. Os músicos não são conhecidos. As orquestras não fazem parte do mainstream da música clássica. Os preços dos discos, por conta dessa condição, são módicos. Mas a qualidade espanta. É o caso, por exemplo, desse disco com os dois concertos para cello do russo Dmitri Shostakovich, uma das minhas grandes paixões. A interpretação do primeiro concerto ficou de excelente.Vale a pena o investimento. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

Cello Concerto No. 1 in E Flat Major, Op. 107
01. I. Allegretto
02. II. Moderato
03. III. Cadenza
04. IV. Allegro con moto

Cello Concerto No. 2  in G Major, Op. 126
05  I. Largo
06. II. Allegretto
07. III. Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon

Polish National Radio Symphony Orchestra (Katowice)
Antonio Wit, regente
Maria Kliegel, cello


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Igor Stravinsky (1882-1971) - Apollon Musagéte e Béla Bartók (1881-1945) - Musique pour cordes percussion et celesta - sz 106

 Postagem de final de noite, para que encerremos os trabalhos por hoje. O disco traz dois compositores que são verdadeiras estrelas icônicas da música do século XX. E vale a pena afirmar que com obras bastante representativas. A regência fica a cargo do grande kaiser Hebert von Karajan. O disco tendo essas credenciais gera, necessariamente, em nós um misto de curiosidade com desejo imperioso de se ouvir. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Igor Stravinsky (1882-1971) -

Apollon Musagéte
01. Naissance d'apollon - Allegro
02. Variation d'apollon
03. Apollon et les trois muses Moderato
04. Variation de Calliope (l'alexandrin)
05. Variation de Polymnie
06. Variation de Terpsichore
07. Variaton d'appolon - lento
08. Pas de deux Apollon et Terpsichore
09. Coda (apollon et les muses) - Vivo
10. Apotheose - Largo e tranquillo

Béla Bartók (1881-1945) - 

Musique pour cordes percussion et celesta - sz 106
11.  Andante tranquillo
12. Allegro
13. Adagio
14. Allegro Molto

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Hebert von Karajan, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin

Zoltán Kodály (1882-1967) - Missa Brevis, Jezus es kufarok, Este e Matrai kepek

Belíssimo disco do selo Chandos. Não precisamos falar muito sobre a genialidade e o empenho como pesquisador do compositor húngaro Zoltán Kodály que, ao lado de Bartók, estão entre os nomes artísticos mais proeminentes do país. Kodály foi uma verdadeira academia, uma espécie de enciclopedia: era compositor, etnomusicólogo, educador, pedagogo, filósofo, linguística. Comprometeu-se profundamente com divulgação da cultura do seu povo. Kodály misturou folclore a complexas harmonias. Era um pesquisador inveterado. Chegou a colecionar mais de cem mil composições populares. Ainda não conhecia a Missa Brevis. Fiquei assustado com a beleza e a complexidade da obra. Trabalho genial desse grande mago da música do século XX. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Zoltán Kodály (1882-1967) -

Missa Brevis (version for choir and orchestra)
01. Introitus
02. Kyrie
03. Gloria
04. Credo
05. Sanctus
06. Benedictus
07. Agnus Dei
08. Ite, missa est

Jezus es kufarok (Jesus and the traders)
09. Jezus es kufarok (Jesus and the traders)

Esti dal (Evening song): Este (Evening)

10. Esti dal (Evening song): Este (Evening)

Matrai kepek (Matra pictures)
11. No. 1. A Vidrocki hires nyaja (The famous herd of Vidroczki) -
12. No. 2. Elmegyek (I'm leaving) -
13. No. 3. Madarka (Birdie) -
14. No. 4. Sej, a tari reten (In the meadow at Tar) -
15. No. 5. 2 tynkom tavalyi (2 hens, last year's)

Você pode comprar este disco na Amazon

Danish National Radio Choir
Stefan Parkman, diretor

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Copy and WIN : http://bit.ly/copynwin