sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - The Nose (The Satiric Opera in Three Acts)

Hoje a postagem saiu com pouco de atraso - mas saiu. E vamos a um trabalho assustadoramente maravilhoso. A gravação é espetacular. É uma das minhas óperas prediletas. É a primeira vez que ela aparece por aqui. Verdadeiramente, uma grande lacuna e omissão desse blogger humilde que escreve estas palavras. A obra é uma verdadeira obra-prima do jovem Shostakovich, assim como a sua outra ópera - A Lady Macbeth do Distrito de Mtzensk, baseada na fantástica novela de Nikolai Leskov. No caso de O Nariz, Shosta baseou o texto em um conto de Nikolai Gogol. O fato é que a obra mostra uma ciranda de vozes, um verdadeiro tour de force de acrobacias sonoras como, por exemplo, instrumento de sopro que imita o som de peidos (minha percepção) ou gritos variados. A energia da obra é possante. Aqui temos uma excelente interpretação com Valéry Gergiev. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!


Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

DISCO 01

01.The Nose_ Act I_ Prologue. 'U Tebia, Ivan Yakovlevich...'
02.The Nose_ Act I_ Scene I. The barber shop of Ivan Yakovlevich. 'A...Segodnia ...
03.The Nose_ Act I_ Scene II. The embankment. 'Podymi! Von ty chto-to uronil.'
04.The Nose_ Act I_ Interlude (percussion)
05.The Nose_ Act I_ Scene III. Kovalev's bedroom. 'Brr. Brr. Brr, brr.'
06.The Nose_ Act I_ Galop
07.The Nose_ Act I_ Scene IV. Kazan Cathedral. 'A... A... A...'
08.The Nose_ Act II_ Prologue. 'U sebia politsmeister_'
09.The Nose_ Act II_ Scene V. At the newspaper office. 'Poverite li, sudar'...'
10.The Nose_ Act II_ Interlude (orchestra)
11.The Nose_ Act II_ Scene VI. Kovalev's apartment. 'Nepobedimoi siloi...'

DISCO 02

01.The Nose_ Act III_ Scene 7. Outskirts of St Petersburg. 'Vlast'iu moei daetsi...
02.The Nose_ Act III_ Scene 8. Kovalev's apartment and Podtochina's apartment. '...
03.The Nose_ Act III_ Interlude. 'Nos Maior Kovaleva progulivaetsia zdes'...'
04.The Nose_ Epilogue_ Scene 9. Kovalev's apartment. 'Vot on! Vot on! Nos!'
05.The Nose_ Epilogue_ Scene 10. Nevsky Prospekt. 'Zdravstvuite, Platon Kuzmich!'

Mariinsky Soloists, Orchestra, and Chorus
Valéry Gergiev, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - The Last Symphonies

Nikolaus Harnoncourt é um grande regente, um dos maiores da atualidade, incontestavelmente. Suas interpretações são sempre privilegiadas. A qualidade, a profundidade e o conhecimento daquilo que faz são as armas constantes do grande regente. Todavia, achei um tanto quanto singular a leitura dessas obras. Harnoncourt foge do convencional nesse quesito. Para "ouvintes ortodoxos" das obras de Mozart, a coisa talvez não soe de maneira tão aceitável em um primeiro momento. O fato, é que preciso ouvir mais uma vez estes dois discos. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

DISCO 01

Symphony No. 39 in E-Flat Major, K. 543
01. I. Adagio - Allegro
02. II. Andante con moto
03. III. Menuetto - Trio
04. IV. Allegro

Symphony No. 40 in G Minor, K. 550
05. I. Molto allegro
06. II. Andante
07. III. Menuetto. Allegretto - Trio
08. IV. Finale. Allegro assai

DISCO 02

Symphony No. 41 in C Major, K. 551 ''Jupiter''
01. I. Allegro vivace
02. II. Andante cantabile
03. III. Menuetto. Allegretto - Trio
04. IV. Molto allegro

Concertus Music Wien
Nikolaus Harnoncourt, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Béla Bartók (1881-1945) - Works for Violin and Piano

James Ehnes tem emplacado algumas gravações com a música de Bartók e tem angariado um grande sucesso. Este disco é uma continuidade dessas investidas. O fato é que o jovem Ehnes consegue verter as emoções folclóricas da bela e complexa música de Bartók com bastante felicidade. Em 2012, postei um disco com essa mesma dupla. Postagem de final de noite. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Béla Bartók (1881-1945) - 

01. Sonata for Violin solo, Sz 117 - I. Tempo di ciaccona_ quarter note = c. 50
02. Sonata for Violin solo, Sz 117 - II. Fuga_ Risoluto, non troppo vivo, quarter note = c. 116
03. Sonata for Violin solo, Sz 117 - III. Melodia_ Adagio, eighth note = c. 90-92
04. Sonata for Violin solo, Sz 117 - IV. Presto, dotted quarter note = c. 96
05. Sonata for Violin and Piano in E minor - I. Allegro moderato (molto rubato)
06. Sonata for Violin and Piano in E minor - II. Andante
07. Sonata for Violin and Piano in E minor - III. Vivace
08. Hungagian Folksongs, Sz 109 - I. For Children Book II_ No. 34, Andante - Un poco più lento -
09. Hungagian Folksongs, Sz 109 - I. For Children Book II_ No. 36, Allegretto -
10. Hungagian Folksongs, Sz 109 - I. For Children Book I_ No. 17, Lento, ma non troppo -
11. Hungagian Folksongs, Sz 109 - I. For Children Book II_ No. 31, Allegro
12. Hungagian Folksongs, Sz 109 - II. For Children Book I_ No. 16, Lento, poco rubato -
13. Hungagian Folksongs, Sz 109 - II. For Children Book I_ No. 14, Allegretto -
14. Hungagian Folksongs, Sz 109 - II. For Children Book I_ No. 19, Allegretto scherzando
15. Hungagian Folksongs, Sz 109 - II. For Children Book I_ No. 8, Sostenuto...-
16. Hungagian Folksongs, Sz 109 - II. For Children Book I_ No. 21, Allegro robusto
17. Hungarian Folk Tunes - I. For Children Book II_ No. 28, Parlando -
18. Hungarian Folk Tunes - I. For Children Book I_ No. 18, Andante non molto -
19. Hungarian Folk Tunes - I. For Children Book II_ No. 42, Allegro vivace
20. Hungarian Folk Tunes - II. For Children Book II_ No. 33, Andante sostenuto -
21. Hungarian Folk Tunes - II. For Children Book I_ No. 6, Allegro -
22. Hungarian Folk Tunes - III. For Children Book I_ No. 13, Andante -
23. Hungarian Folk Tunes - III. For Children Book II_ No. 38, Poco vivace
24. Jocul cu bâta (Stick Dance)_ Allegro moderato
25. Six Romanian Folkdances for Piano, Sz 56 - II. Brâul (Sash Dance)_ Allegro -
26. Pe loc (In One Spot)_ Andante
27. Buciumeana (Dance from Bucsum)_ Molto moderato
28. Poarga Româneasca (Romanian Polka)_ Allegro -
29. Maruntel (Fast Dance)_ Allegro - Più allegro

James Ehnes, violin
Andrew Armstrong, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - Charlie Haden (1937-2014) - The Montreal Tapes with the Liberation Music Orchestra

Charlie Haden foi um importante músico e jazzista estadunidense. Seu instrumento de navegação e trabalho era o contrabaixo. É respeitado e considerado como um dos mais profícuos e talentosos contrabaixistas da história do movimento. É mais conhecido pela sua associação de longa data com Ornette Coleman, outro ícone. Não deixe de ouvir este disco. Uma boa apreciação!

Charlie Haden (1937-2014) - 

01. La Pasionaria
02. Silence
03. Sandino
04. We Shall Overcome

Charlie Haden, bass
Tom Harrell, trumpet
Santon Davis, trumpet
Ken McIntyre, alto saxophone
Ernie Watts, tenor saxophone
Joe Lovano, tenor saxophone
Ray Anderson, trombone
Sharon Freeman, french horn
Joey Daley, tuba
MIck Goodrick, guitar
Geri Allen, piano
Paul Motian, drums

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Sinfonia Concertante, Nicolai Miaskovesky (1881-1950) - Cello Concerto e Sergei Rachmaninov (1873-1943) - Vocalise

Mais um disco fantástico para terminamos os trabalhos no dia de hoje. O disco traz três compositores russos - Prokofiev, Miaskovsky e Rachmaninov. Dos três, penso que Prokofiev e Rach sejam os mais conhecidos. Miaskovsky não é tão conhecido. Todavia, a obra constante neste disco é bastante expressiva e bonita. Para abrilhantar a obra do russo, temos outro russo ao celo, Rostropovich. É um disco cheio de motivos para ser escutado. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

01. Prokofiev - Sinfonia Concertante - 1. Andante
02. Prokofiev - Sinfonia Concertante - 2. Allegro giusto
03. Prokofiev - Sinfonia Concertante - 3. Andante con moto - Allegretto - Allegro
04. Miaskovsky - Cello Concerto - 1. Lento ma non troppo - Andante
05. Miaskovsky - Cello Concerto - 2. Allegro vivace - Piu marcato - Meno mosso
06. Rachmaninov - Vocalise

Royal Philharmonic 
Philharmonia Orchestras
Sir Malcom Sargent, regente
Mstlav Rostropovich, cello

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Piotr. I. Tchaikovsky (1840-1893) - Symphony No. 4 in F minor, Op. 36, Symphony No. 6 in H minor, Op. 74 - "Pathétique" e Symphony No. 5 in E minor, Op. 64 (CDs 3, 4 e 5 de 5 - final)

Vamos aos três últimos discos desta caixa excepcional. Fazia um bom tempo que eu não escutava uma interpretação tão extraordinária das sinfonias de Tchaikovsky. O conjunto sinfônico do russo está entre aqueles de que mais gosto. Admiro a força marcial de suas passagens inspiradas; gosto do brilho orquestral; e das melodias sublimes. Escutei com bastante entusiasmo estes três discos. Convido-o a fazê-lo também. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Piotr. I. Tchaikovsky (1840-1893) - 

DISCO 03

Symphony No. 4 in F minor, Op. 36
01. Andante_sostenuto._Moderato_con_anima
02. Andantino_in_modo_di_canzone
03. Scherzo._Pizzicato_ostinato._Allegro
04. Finale._Allegro_con_fuoco

DISCO 04

Symphony No. 6 in H minor, Op. 74 - "Pathétique"
01. Adagio._Allegro_non_troppo
02. Allegro_con_grazia
03. Allegro_molto_vivace
04. Finale._Adagio_lamentoso

DISCO 05

Symphony No. 5 in E minor, Op. 64
01. Andante._Allegro_con_anima
02. Andante_cantabile,_con_alcuna_licenza
03. Valse._Allegro_moderato
04. Finale._Andante_maestoso._Allegro_vivace

Moscow Radio Symphony Orchestra 
Gennady Rozhdestvensky, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD03
BAIXAR AQUICD04
BAIXAR AQUICD05

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Richard Strauss (1864-1949) - Also Sprach Zarathustra op.30, Ein Heldenleben op. 40, Don Juan op. 20, Metamorphosen etc

Hoje foi um dia bastante cheio.  Muitas atividades. Fiquei sem tempo suficiente para postar dois discos como faço de praxe. É possível que esse fato se torne recorrente nos próximos dias. Mas, apesar de tudo isso, vamos a mais uma postagem. Ouvi o primeiro disco hoje mais cedo. E, o segundo disco, estou ouvindo enquanto digito estas palavras. O disco traz o selo de qualidade Decca. As gravações ficam por conta do regente americano Herbert Blomstedt, que ainda está vivo - bastante velhinho (88 anos). Algumas dessas gravações são da década de 90; outras, do século XXI, quando o maestro estava com quase oitenta anos. São firmes e revelam a grandiosidade orquestral dos trabalhos de Richard Strauss. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Strauss (1864-1949) - 

DISCO 01

01. Also Sprach Zarathustra op.30; Tondichtung frei and Nietsche - Einleintnung
02. Von den Hinterweltern
03. Von der grossen Sehnsuch
04. Von den Freuden und Leidenschaften
05. Das Grablied
06. Von den Wissenschaft
07. Der Genesende
08. Das Tanzlied
09. Nachtwandlerlied
10. Ein Heldenleben op. 40; Tondichtung für grosses Orchester - Der Held
11. Des Helden Widersach
12. Des Helden Gefahrtin
13. Des Helden Walstatt
14. Des Helden Friedenswerke
15. Des Helden Weltflucht und Vollendung

DISCO 02

01. Don Juan op. 20, Tondichtung für grosses Orchester (nach Nikolaus Lenau)
02. Rosenkavalier - Erste Walzer Folge
03. Sextet aus Capriccio, op. 85
04. Rosenkavalier - Zewite Walzer Folge
05. Metamorphosen, AV142 - Studie für 23 Solostreicher

San Francisco Symphony
Gewandhausorchester
Herbert Blomstedt, regente
Raymond Kobler, violino
David Krehbiel, solo horn

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Sinfonia concertante in E flat major, KV 364 e Concertone in C major, KV 190

Um disco excepcional! Traz duas obras-primas de Mozart - a Sinfonia Concertante e o KV 190. São obras que põem um desafio: saber quais eram os anjos sublimes que inspiravam Mozart; e quais as musas que silvavam em seus ouvidos para que ele fecundasse tanta beleza. A Sinfonia Concertante é uma obra monumental pelos temas que evoca - é galante, é sensível, firma as reflexões necssárias. O KV 190 é uma das obras de juventude de Mozart. Ele a escreveu quando tinha aproximadamente dezessete anos, fenômeno este bem parecido com Mendelssohn - outro gênio precoce. Diante da construção de tão grande expectativa, cabe a mim convidá-lo para que você escute este belo disco. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Sinfonia concertante in E flat major, KV 364
01. I. Allegro maestoso
02. II. Andante
03. III. Presto

Concertone in C major, KV 190 
04. I. Allegro spiritoso
05. II. Andante grazioso
06. III. Vivace

Smithsonian Chamber Orchestra
Jaap Schroeder, violino
Marilyn Mcdonald, violin
Stephen Hammer, oboe
Kenneth Slowik, violoncelo

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

César Franck (1822-1890) - Symphony in D minor e Felix Mendelssohn (1809-1847) Symphony No. 5 in D major, op. 107 "Reformation"

Vamos a mais uma boa postagem de segunda-feira. Dessa vez, para iniciar, temos duas obras bastante celebradas do repertório romântico. A primeira é a bonita Sinfonia em Ré, de Franck. Trata-se de uma obra especial. É bonita. Grandiosa. Possui todos os pendores de uma obra imortal. Desde a escrita, na segunda metade do século XIX, que ela tem gozado de grande prestígio. A segunda obra é aquele, que talvez, seja a maior e mais bem acabada sinfonia de Mendelssohn, a bonita Sinfonia no.5 - "Da Reforma". É uma obra que faz louvor à Reforma Protestante, principalmente a Lutero. O hino Castelo Forte, escrito pelo reformador alemão, aparece na parte final do trabalho. É uma das mais belas passagens da obra. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

César Franck (1822-1890) - 

Symphony in D minor
01. 1. Lento - Allegro non troppo
02. 2. Allegretto
03. 3. Allegro non troppo

Radio-Symphonie-Orchester Berlin

Felix Mendelssohn (1809-1847)

Symphony No. 5 in D major, op. 107 "Reformation"
04.  1. Andante -- Allegro con fuoco
05.  2. Allegro vivace
06.  3. Andante
07.  4. Choral -- Andante con moto -- Allegro maestoso

Berliner Philharmoniker
Lorin Maazel, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 23 de agosto de 2015

Ludwig van Beethoven (1750-1827) - Symphonies 1 - 4 (CDs 1 e 2 de 5)

Mais uma integral com as sinfonias de Beethoven. Dessa vez, o intérprete é John Eliot Gardiner. Como é comum nas interpretações do grande regente, os instrumentos de época estão presentes. Gardiner opta por uma leitura entusiasmada dos trabalhos de Beethoven. Trata-se de uma boa interpretação sem sombra de dúvida. Há um intercâmbio entre o entusiasmo afirmativo e a beleza idealista tão comum nos trabalhos de Beethoven, principalmente nesse conjunto sinfônico. Até mesmo a Marcha Fúnebre, da Terceira Sinfonia, pareceu-me menos fúnebre. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1750-1827) - 

DISCO 01

Symphony No.1 in C major, op. 21
01. 1. Adagio molto  Allegro con brio
02. 2. Andante  Andante cantabile con moto
03. 3. Menuetto  Allegro molto e vivace
04. 4. Adagio  Allegro molto e vivace

Symphony No.2 in D major, op. 36
05. 1. Adagio molto  Allegro con brio
06. 2. Larghetto  Larghetto
07. 3. Scherzo  Allegro
08. 4. Allegro  Allegro molto

DISCO 02

Symphonie No.3 Eroica Op.55
01. 1. Allegro con brio
02. 2. Marcia funebre Adagio assa
03. 3. Scherzo Allegro vivace
04. 4. Finale Allegro molto

Symphonie No.4 Op.60
05. 1. Allegro vivace
06. 2. Adagio
07. 3. Allegro vivace
08. 4. Allegro ma non troppo

Orchestre Révolutionnaire et Romantique 
John Eliot Gardiner, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Motetten

Belíssimo disco! O moteto é uma forma musical, surgida no século XIII. O moteto foi muito importante durante a Renascença. Compositores como Palestrina foram importantes para a consolidação desse aspecto em sua obra. Bach, do lado protestante, foi o grande nome da escrita dos motetos. Bach escreveu ao todo seis motetos, sobre temas sacros para coro e baixo contínuo. Este disco traz os seus motetos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

01 - BWW 225; Singet dem Herrn ein neues Lied
02 - BWW 225; Wie sich ein Vat'r Erbamet
03 - BWW 225; Lobet den Herrn seinen Taten
04 - BWW 226; Der geist Hilft unsere Schwachheit auf
05 - BWW 226; Der aber die Herzen forchet
06 - BWW 226; Du heilige Brunst
07 - BWW 227; Jesu mine Freunde
08 - BWW 227; Ein ist nun nichts Verdmmliches an denen
09 - BWW 227; Unter deinen Schirmen
10 - BWW 227; Denn Gesetz des Geistes
11 - BWW 227; Trotz dem alten Drachen
12 - BWW 227; Ihr aber sied nich fleischlich sondern geistlich
13 - BWW 227; Wer baer Chrisi Geist nich that
14 - BWW 227; Weg mit alle Schatzen
15 - BWW 227; So aber Christus in euch
16 - BWW 227; Gute Nach, O Wesen
17 - BWW 227; So nun der Geist
18 - BWW 227; Weicht ihr Trauergeister
19 - BWW 228; Furchte dich nicht, ich bin bei dit
20 - BWW 229; Komm, Jesu, komm
21 - BWW 229; Du bist der rechte weg
22 - BWW 229; Drauf schliesich mich
23 - BWW 230; Lobet den Herrn, alle heiden

Arsys
Pierre Cao, diretor

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 22 de agosto de 2015

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - Symphony No. 1 in G minor, Op. 13 - Winter Daydreams, Symphony No. 2 in C minor, Op. 17 e Symphony No. 3 in D major, Op. 29 (CDs 1 e 2 de 5)

Escutei os dois discos deste post com bastante prazer. Fiquei impressionado com a grandiosidade da interpretação de Gennady Rozhdestvensky. A visão privilegiada de totalidade que esse grande maestro tem da música russa impressiona. Eis aqui uma interpretação que faz jus à música sinfônica de Tchaikovsky. As interpretações esbanjam em eloquência, clareza, energia, ímpeto. Impressiona o controle de Rozhdestvensky; ele conhece cada humor, cada centímetro da música. É possível notar a presença da orquestra, dos instrumentos e a música acaba ganhando pelo conjunto. Fantástico! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - 

DISCO 01

Symphony No. 1 in G minor, Op. 13 - Winter Daydreams
01. Allegro_tranquillo
02. Adagio_cantabile_ma_non_tanto
03. Scherzo._Allegro_scherzando_giocoso
04. Finale._Andante_lugubre._Allegro_maestoso

Symphony No. 2 in C minor, Op. 17
05. Andante_sostenuto
06. Andantino_marciale,_quasi_moderato
07. Scherzo._Allegro_molto_vivace
08. Finale._Moderato_assai._Allegro_vivo

DISCO 02

Symphony No. 3 in D major, Op. 29
01. Introduzione_e_allegro._Moderato_assai_(Tempo_di_marcia_funebre)._Allegro_bri...
02. Alla_tedesca._Allegro_moderato_e_semplice
03. Andante_elegiaco
04. Scherzo._Allegro_vivo
05. Finale._Allegro_con_fuoco_(Tempo_di_polacca)

Moscow Radio Symphony Orchestra
Gennady Rozhdestvensky, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anton Dvorak (1841-1904) - Cello Concerto In B Minor, Op. 104, B 191 e Piano Trio In E Minor, Op. 90, B 166

O vistante-ouvinte Alexandre Oliveira, muito gentilmente, enviou-me alguns links com alguns discos. Quando ele perguntou se era do meu interesse, não hesitei. Obrigado, Alexandre. Se tiver outras gravações, mande-me, por favor. O disco em questão traz duas obras bem distintas do repertório dvorakiano.  A primeira é o famoso Concerto para Cello, obra que é bastante executada nas salas de concerto por conta de sua beleza romântica. Nesta leitura, percebi uma busca mais intensa dessa feição reflexiva e romântica da obra. A execução ficou mais lenta, mais suave. Não é uma das grandes gravações que já escutei. Gosto, por exemplo, da gravação da Du Pré com o maestro romeno Sergiu Celibidache. A segunda obra do disco é uma das últimas composições de Dvorak, o Trio Dumky. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Dvorak (1841-1904) - 

01 Cello Concerto In B Minor, Op. 104, B 191 - 1. Allegro
02 Cello Concerto In B Minor, Op. 104, B 191 - 2. Adagio, Ma Non Troppo
03 Cello Concerto In B Minor, Op. 104, B 191 - 3. Finale_ Allegro Moderato
04 Piano Trio  In E Minor, Op. 90, B 166, _Dumky_ - 1. Lento Maestoso
05 Piano Trio  In E Minor, Op. 90, B 166, _Dumky_ - 2. Andante
06 Piano Trio  In E Minor, Op. 90, B 166, _Dumky_ - 3. Andante Moderato
07 Piano Trio  In E Minor, Op. 90, B 166, _Dumky_ - 4. Allegro
08 Piano Trio  In E Minor, Op. 90, B 166, _Dumky_ - 5. Lento Maestoso

Berliner Philharmoniker
Dumky Trio
Lorin Maazel, regente
Yo-Yo Ma, cello

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Antônio Carlos Gomes (1836-1896) - Salvator Rosa

Antonio Carlos Gomes foi o maior compositor de óperas que o Brasil conheceu. Viveu em uma época em que essa perspectiva lhe foi favorável. Por ser um jovem talentoso, caiu nas graças do imperador Dom Pedro II e, recebeu, por isso, uma carta de recomendação do monarca. Levou o seu talento para a Itália e lá teve o seu merecido reconhecimento. Foi na Itália que o campinense escreveu a obra que o tornou mundialmente famoso - O Guarani, baseado no romance homônimo de José de Alencar. O Guarani não é a sua obra mais "bem acabada". Mas isso não importa. Quem não conhece, por exemplo, o turbilhão preconizado no primeiro movimento da obra? O próprio Carlos Gomes considerava Salvator Rosa, sua quinta ópera, como a sua obra mais densa. E é ela que justamente trazemos hoje à noite. A obra é baseada em um romance escrito pelo francês Charles Jean-Baptiste Jacquot. Ela estreou em 1874. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Antônio Carlos Gomes (1836-1896) - 

DISCO 01

01. Salvator Rosa, opera: Sinfonia
02. Salvator Rosa, opera: Act 1. Ebbene Gennariello?
03. Salvator Rosa, opera: Act 1. Mia peccerella
04. Salvator Rosa, opera: Act 1. Vero figliuol di Napoli
05. Salvator Rosa, opera: Act 1. Ebbene, quai nuove?
06. Salvator Rosa, opera: Act 1. Sublime cor
07. Salvator Rosa, opera: Act 1. Forma sublime
08. Salvator Rosa, opera: Act 1. Salvator, celatevi
09. Salvator Rosa, opera: Act 1. Viva l'arte e l'allegria
10. Salvator Rosa, opera: Act 1. Delle truppe rispondi
11. Salvator Rosa, opera: Act 1. Contro il poter sovrano
12. Salvator Rosa, opera: Act 1. A patti coi ribelli
13. Salvator Rosa, opera: Act 1. Morte allo straniero
14. Salvator Rosa, opera: Act 1. Quel dolce sguardo
15. Salvator Rosa, opera: Act 2. E' desso
16. Salvator Rosa, opera: Act 2. E il foglio io segnerò?
17. Salvator Rosa, opera: Act 2. Di sposo, di padre
18. Salvator Rosa, opera: Act 2. Di Masaniello il messaggier
19. Salvator Rosa, opera: Act 2. Di stupore ho l'ama ripiena
20. Salvator Rosa, opera: Act 2. Sulle rive di Chiaja
21. Salvator Rosa, opera: Act 2. La speme dell'amor
22. Salvator Rosa, opera: Act 2. Per questa augusta imagin
23. Salvator Rosa, opera: Act 2. A festa!
24. Salvator Rosa, opera: Act 2. Veh! Veh!
25. Salvator Rosa, opera: Act 2. Al prode Masaniello

DISCO 02

01. Salvator Rosa, opera: Act 2. Largo! Largo a Masaniello
02. Salvator Rosa, opera: Act 2. L'arbitro nostro
03. Salvator Rosa, opera: Act 2. Povero nacqui
04. Salvator Rosa, opera: Act 2. Viva! Viva! Su, accorriamo
05. Salvator Rosa, opera: Act 2. Dov'è l'eroe del popolo?
06. Salvator Rosa, opera: Act 2. Vieni, o di popoli invitto
07. Salvator Rosa, opera: Act 3. Preludio e Coro / Le tazze colmiamo
08. Salvator Rosa, opera: Act 3. Strane parole
09. Salvator Rosa, opera: Act 3. Alla plebe libiamo!
10. Salvator Rosa, opera: Act 3. Masaniello, amico
11. Salvator Rosa, opera: Act 3. Là su quel fragil legno
12. Salvator Rosa, opera: Act 3. Si cerchi Masaniello
13. Salvator Rosa, opera: Act 3. D'aura di luce ho d'uopo
14. Salvator Rosa, opera: Act 3. Volate! Volate!
15. Salvator Rosa, opera: Act 3. Cielo, mio padre!
16. Salvator Rosa, opera: Act 3. Sola il mio bianco crine
17. Salvator Rosa, opera: Act 4. Mia peccerella, deh! Vieni
18. Salvator Rosa, opera: Act 4. Chi è là?
19. Salvator Rosa, opera: Act 4. Al ballo, alle mense
20. Salvator Rosa, opera: Act 4. Salvator! Isabella!
21. Salvator Rosa, opera: Act 4. Vieni, di gioia un'estasi
22. Salvator Rosa, opera: Act 4. Ah! Ti trovo
23. Salvator Rosa, opera: Act 4. Cresciuta al pianto io fui

Coro Da Camera di Bratislava
Orchestra Internazionale D'Italia
Maurizio Benini, diretor

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gyorgy Ligeti (1923-2006) - Concerto for Cello and Orchestra, Concerto for Piano and Orchestra e Chamber Concerto for 13 Instrumentalists

Um disco excepcional para começarmos bem esta sexta-feira. Todos as vezes que eu escuto Ligeti, sou desafiado pelos sentidos. Acho a sua música sensacional. Penso em coisas ásperas, lancinantes; em metais amassados sendo arrastados por terrenos escuros e acidentados; penso em 2001: uma odisseia no espaço, de Kubrick. Em minha singela opinião, penso que o filme não seria a mesma coisa sem a música fantasmática de Ligeti. O homem não era brincadeira! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gyorgy Ligeti (1923-2006) - 

01. Concerto for Cello and Orchestra - 1 {quarter note} = 40
02. Concerto for Cello and Orchestra - 2 (Lo stesso tempo)
03. Concerto for Piano and Orchestra - 1 Vivace molto ritmico e preciso
04. Concerto for Piano and Orchestra - 2 Lento e deserto
05. Concerto for Piano and Orchestra - 3 Vivace cantabile
06. Concerto for Piano and Orchestra - 4 Allegro risoluto
07. Concerto for Piano and Orchestra - 5 Presto luminoso_ fluido, costante, sempr
08. Chamber Concerto for 13 Instrumentalists - 1 Corrente (Fließend)
09. Chamber Concerto for 13 Instrumentalists - 2 Calmo, sostenuto
10. Chamber Concerto for 13 Instrumentalists - 3 Movimento preciso e meccanico
11. Chamber Concerto for 13 Instrumentalists - 4 Presto

Ensemble Modern
Miklós Perényi, piano
Ueli Wiget, cello

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Maurice Ravel (1875-1937) - Complete works for solo piano

Maurice Ravel foi um dos maiores poetas da história da música. Torna-se um fato incrível notar os nuances de sua criação, os humores e subtilezas daquilo que ele escreveu. Pareceu-me que ao piano - de Jean-Phillippe Collard -,  esses elementos delicados se tornaram mais claros, refinados e vivos. Essa gravação é do final dos anos 70. Foi remasterizada em 2005. É uma faceta diferente das principais obras desse compositor francês fundamental. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Maurice Ravel (1875-1937) - 

DISCO 01

01. Sérénade grotesque
02. Menuet Antique
03. Pavane pour une Infante Défunte
04. Jeux d'Eau
05. Sonatine - 01 - Modéré
06. Sonatine - 02 - Mouvement de Menuet
07. Sonatine - 03 - Animé
08. Miroirs - 01, Noctuelles - Très Léger
09. Miroirs - 02, Oiseaux Tristes - Très Lent
10. Miroirs - 03, Une Barque sur l'Océan - D'un Rythme Souple
11. Miroirs - 04, Alborada del Gracioso - Assez Vif
12. Miroirs - 05, La Vallée des Cloches - Très Lent

DISCO 02

01. Gaspard de la Nuit - 01, Ondine - Lent
02. Gaspard de la Nuit - 02, Le Gibet - Très Lent
03. Gaspard de la Nuit - 03, Scarbo - Modéré
04. Menuet sur le Nom d'Haydn
05. Valses Nobles et Sentimentales - 01 - Modéré, Très franc
06. Valses Nobles et Sentimentales - 02 - Assez lent (avec une expression intense)
07. Valses Nobles et Sentimentales - 03 - Modéré
08. Valses Nobles et Sentimentales - 04 - Assez animé
09. Valses Nobles et Sentimentales - 05 - Presque lent (dans un sentiment intime)
10. Valses Nobles et Sentimentales - 06 - Vif
11. Valses Nobles et Sentimentales - 07 - Moins Vif
12. Valses Nobles et Sentimentales - 08, Épilogue - Lent
13. Prélude
14. À la Manière de Borodine - Valse - Allegro Giusto
15. À la Manière de Emmanuel Chabrier (Paraphrase sur un Air de Gounod, Faust, Ac
16. Le Tombeau de Couperin - 01, Prélude - Vif
17. Le Tombeau de Couperin - 02, Fugue - Allegro moderato
18. Le Tombeau de Couperin - 03, Forlane - Allegretto
19. Le Tombeau de Couperin - 04, Rigaudon - Assez Vif
20. Le Tombeau de Couperin - 05, Menuet - Allegro Moderato
21. Le Tombeau de Couperin - 06, Toccata - Vif

Jean-Phillippe, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - Charles Mingus (1922-1979) - Kind of Mingus (CDs 6, 7, 8, 9 e 10 de 10 - final)

Vamos a mais uma sensacional postagem jazzística de quinta-feira. A postagem de hoje, faz com que concluamos aquilo que iniciamos semana passada. Esta caixa com dez discos é um empreendimento para todos os amantes desse grande músico estadunidense, uma lenda incontestável do movimento. Existem inúmeras histórias sensacionais e míticas em torno dele. As principais abordam sobre a sua personalidade ácida e iracunda quando estava no palco. Era capaz de cometer desatinos violentos. Era um sujeito corpulento, grandioso, como grandiosa era a sua música. Tudo em Mingus está para os superlativos. Não deixe de ouvir os outros cinco discos. Uma boa apreciação!

Charles Mingus (1922-1979) - 

DISCO 06

01. New York Sketchbook
02. Scenes In The City
03. 51st Street Blues
04. Conversation
05. Duke's Choice
06. Celia

DISCO 07

01. Thrice Upon A Theme
02. Minor Intrusions
03. Percussion Discussion
04. Septemberly
05. What Is This Thing Called Love
06. Spur Of The Moment
07. Four Hands

DISCO 08

01. Pithecanthropus Erectus
02. Love Chant
03. A Foggy Day
04. Jump Monk
05. Serenade In Blue
06. Work Song

DISCO 09

01. Los Mariachis
02. Dizzy Moods
03. A Colloquial Dream
04. Flamingo
05. Tijuana Gift Shop
06. Ysabel's Table Dance

DISCO 10

01. Laura
02. Yesterday's
03. Summertime
04. I Can't Get Started
05. Dizzy Moods
06. Hamp's New Blues
07. Back Home Blues

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD06
BAIXAR AQUICD07
BAIXAR AQUICD08
BAIXAR AQUICD09
BAIXAR AQUICD10

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Sonata for Violin & Piano No. 5 in F major, Opus 24, 'Spring', Sonata for Violin & Piano No. 8, in G major, Opus 30, No. 3 e Sonata for Violin & Piano No. 9 in A major, Opus 47, 'Kreuzer'

Um disco delicado, construído por uma parceria intuitiva entre Szeryng e Rubinstein, dois dos maiores músicos do século XX. Talvez, eu me tornasse mais fervoroso em relação a este disco se a gravação não fosse tão antiga. Elas foram realizadas nos anos de 1958 e 1959, o que faz com que percamos o brilho e a transparência essencial das obras. Sabemos da dificuldade técnica de tal empreendimento. Mesmo com este pequeno detalhe, é prazeroso ouvir o diálogo dos dois instrumentos, nestas que são obras imortais e grandiosas de Beethoven. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Sonata for Violin & Piano No. 5 in F major, Opus 24, 'Spring'
01. I. Allegro
02. II. Adagio molto espressivo
03. III. Scherzo: Allegro molto
04. IV. Rondo: Allegro ma non troppo

Sonata for Violin & Piano No. 8, in G major, Opus 30, No. 3
05. I. Allegro assai
06. II. Tempo di minuetto
07. III. Allegro vivace

Sonata for Violin & Piano No. 9 in A major, Opus 47, 'Kreuzer'
08. I. Adagio sostenuto - Presto - Adagio
09. II. Andante con variazioni
10. III. Finale: Presto

Arthur Rubinstein, piano
Henryk Szeryng, violino

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Sergei Rachmaninov (1873-1943) - Trio élégiaque No. 1 in G Minor e Piotr I. Tchaikovsky (1840-1993) - Piano Trio in A Minor, Op. 50

Um disco bastante delicado. O disco lança luz sobre a música de câmara russa. No caso em questão, temos Rachmaninov e Tchaikovsky, que demonstram bastante sentimentalidade. O Trio para piano, de Tchaikovsky, foi feito escrito em homenagem ao pianista Nikolai Rubinstein, amigo e mentor do compositor russo. É uma obra bastante bonita e que destaca o piano. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sergei Rachmaninov (1873-1943) - 

Trio élégiaque No. 1 in G Minor
01. Trio élégiaque No. 1 in G Minor

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1993) - 

Piano Trio in A Minor, Op. 50
02. Pezzo elegiaco. Moderato assai – Allegro giusto – Adagio con duolo
03. Tema. Andante con moto
04. Var. 1
05. Var. 2 Più mosso
06. Var. 3 Allegro moderato
07. Var. 4 L'istesso tempo. (Allegro moderato)
08. Var. 5 L'istesso tempo
09. Var. 6 Tempo di valse
10. Var. 7 Allegro moderato
11. Var. 8 Fuga. Allegro moderato
12. Var. 9 Andante flebile, ma non tanto
13. Var. 10 Tempo di Mazurka. Con brio
14. Var. 11 Moderato
15. PVariazione Finale e Coda. Allegro risoluto e con fuoco – Andante

Trio Testore
Franziska Pietsch, violin
Hans-Christian Schweiker, cello
Hyun-Jung Kim-Schweiker, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Arvo Part (1935-) - Beatus Petronius e Statuit Ei Dominus

Um belo disco! Arvo Pärt é um compositor estoniano. O compositor possui uma técnica minimalista refinada. Suas obras possuem uma estética sutil, o que faz surgir uma espécie de efeito hipnótico, com forte densidade espiritual. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arvo Part (1935-) - 

01-Statuit ei Dominus
02-Missa syllabica - Kyrie
03-Missa syllabica - Gloria
04-Missa syllabica - Credo
05-Missa syllabica - Sanctus
06-Missa syllabica - Agnus Dei
07-Missa syllabica - Ite, missa est
08-Beatus Petronius
09-Magnificat-Antiphonen
10-Magnificat-Antiphonen (2)
11-Magnificat-Antiphonen (3)
12-Magnificat-Antiphonen (4)
13-Magnificat-Antiphonen (5)
14-Magnificat-Antiphonen (6)
15-Magnificat-Antiphonen (7)
16-De profundis
17-Memento
18-Cantate Domino
19-Solfeggio

Estonian Philharmonic Chamber Choir
Tonu Kaljuste, diretor

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Arnold Schoenberg (1874-1951) - Violin Concerto, A Survivor from Warsaw

Disquinho de excelente qualidade para que iniciemos bem esta tarde de terça-feira. No caso em questão, temos Schoenberg por Robert Craft, um dos seus grandes entusiasmas. Todas as obras deste disco são singulares, com destaque para o Concerto para violino, que acredito seja o ponto de destaque do disco. No mais, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arnold Schoenberg (1874-1951) -

01. A Survivor from Warsaw, op.46 (1947)
02. Prelude to Genesis, op.44 (1945)
03. Dreimal tausend Jahre, op.50a (1949)
04. Psalm 130, De Profundis, op.50b (1950)
05. Ode to Napoleon Buonaparte, op.41 (1942)
06. Violin Concerto, op.36 (1934) - I. Poco allegro - Vivace
07. II. Andante grazioso
08. III. Finale. Allegro

Philharmonia Orchestra
Simon Joly Choral
The Fred Sherry Quartet
Jeremy Denk, piano
Rolf Schutte, violino
David Wilson-Johnson, narrator, reciter

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make $35 per hour : http://bit.ly/elance_web

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Richard Strauss (1864-1949) - Don Quixote, Op. 35 e Don Juan, Op.20

Richard Strauss foi um compositor extraordinário. Foi um dos grandes representantes do final do Romantismo e primeira metade do século XX. Ele representa um ponto de transição entre a música da segunda metade do século XIX e início do século XX. Suas obras são majestosas. Possuem uma orquestração grandiosa. Strauss foi um dos maiores orquestradores da história da música. Neste disco, temos dois dos seus muitos poemas sinfônicos. O compositor era genial neste aspecto. Ele escreveu inúmeros desses poemas. Vale mencionar, pro exemplo, a fama de Assim falou Zaratustra ou Morte e Transfiguração, apenas para citar dois dos seus mais destacados e belos poemas. A gravação não é uma das melhores. Mas, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Strauss (1864-1949) -

Don Quixote, Op. 35
01. Theme_Don_Quixote,_the_Knight_of_the_Sorrowful_Countenance
02. Shanco_Panza
03. Variation_I-_The_Adventure_of_the_Windmills
04. Introduction
05. Variation_II-_The_Battle_of_the_Sheep
06. The_Adventure_of_the_Penitents
07. Variation_V-_The_Knight's_Vigil
08. Dialogue_of_Knight_and_Squire
09. VII-_The_Ride_through_the_Air
10. Variation_VI-_The_False_Dulcinea
11. Variation_IX-_The_Combat_with_the_Two_Magicians
12. Variation_VIII-_The_Adventure_with_the_Enchanted_Boat
13. Variation_X-_The_Defeat_of_Don_Quixote_by_the_Knight_of_...
14. Variation_XI-_Finale-_The_Death_of_Don_Quixote

Don Juan, Op.20
15. Don Juan, Op.20

Chicago Symphony Orchestra
Fritz Reiner, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make $35 per hour : http://bit.ly/elance_web

New World Jazz - Adams, Gershwin, Bernstein, Milhaud, Stravinsky, Hindemith, Antheil, Raskin

Um disquinho delicioso e ao mesmo tempo bastante curioso. Ele reúne algumas obras de compositores que flertaram com o jazz, um dos ritmos mais populares do século XX. O disco foi gravado pelo maestro americano Michael Tilson Thomas, um dos grandes nomes da regência da atualidade. Ele encabeça uma orquestra composta por jovens músicos, denominada New World Symphony. Aqui é possível perceber os frutos desse trabalho. É um disco delicioso. Vale a pena ouvir. A obra mais famosa do disco é a Rhpasody in Blue, de Gershwin. Mas há outras excelentes como, por exemplo, a obra de Bernstein e David Raskin. Para animar a segunda-feira, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

John Adams (1947) - 
Lollapalooza, for orchestra

George Gershwin (1898-1937) - 
Rhapsody in Blue, for piano & orchestra (orchestrated by F. Grofé)

Leonard Bernstein (1918-1990) - 
Prelude, Fugue & Riffs, for clarinet & jazz ensemble

Darius Milhaud (1892-1974) - 
La création du monde, ballet for orchestra, Op. 81

Igor Stravinsky (1882-1971) - 
Ebony Concerto, for clarinet & jazz band

Paul Hindemith (1895-1963) - 
Rag Time, for orchestra (or piano 4 hands), Op. 20

George Antheil (1900-1959) - 
A Jazz Symphony, for piano & jazz orchestra (original version), W. 157a

David Raskin (1912-2004) - 
The Bad and the Beautiful, film score theme

New World Symphony
Michael Tilson Thomas, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe de um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!