quinta-feira, 31 de julho de 2014

Anner Bylsma Collection - Vivaldi, J.S. Bach, Boccherini, Haydn, Kraft (CDs 1, 2 e 3 de 6)

Postagem grandiosa para encerrar o dia de hoje. Trata-se de um caixa com seis discos, trazendo um dos grandes violoncelistas da história, Anner Bylsma. O material traz uma miscelânea de grandes compositores - Vivaldi, J.S. Bach, Boccherini, Haydn, Beethoven, entre outros. Seguem os três primeiros discos. Destaque para os dois concertos para cello de Joseph Haydn, que constam no terceiro disco. O primeiro é um dos mais bonitos concertos para o instrumento que foram escritos em toda a história da música. É ouvir e se entusiasmar. Uma boa apreciação!

DISCO 01

01 - Concerto in A minor for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 418, I Allegro
02 - Concerto in A minor for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 418, II (Andante)
03 - Concerto in A minor for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 418, III Allegro
04 - Concerto in G Major for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 413, I Allegro
05 - Concerto in G Major for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 413, II Largo
06 - Concerto in G Major for Violincello, Strings and Basso Continuo, RV 413, III Allegro
07 - Concerto in B-flat Major for Violin, Violincello, Strings & Basso Continuo, RV 547, I Allegro (moderato)
08 - Concerto in B-flat Major for Violin, Violincello, Strings & Basso Continuo, RV 547, II Andante
09 - Concerto in B-flat Major for Violin, Violincello, Strings & Basso Continuo, RV 547, III Allegro molto
10 - Concerto for Violoncello in D Major, RV 403
11 - Concerto for Violoncello in B minor, RV 424
12 - Concerto for Violoncello in A minor, RV 419
13 - Concerto for Violoncello, Bassoon and Strings in E minor, RV 409
14 - Concerto for 2 Violins, 2 Violoncellos and Strings in D Major, RV 564
15 - Concerto in D Minor (Fragment)

DISCO 02

01 - Cello Concerto No. 7 in G major, G 480 Allegro
02 - Cello Concerto No. 7 in G major, G 480 Adagio
03 - Cello Concerto No. 7 in G major, G 480 Allegro
04 - Cello Concerto No. 10 in D major, G 483 Allegro maestoso
05 - Cello Concerto No. 10 in D major, G 483 Andante lentarello
06 - Cello Concerto No. 10 in D major, G 483 Allegro e con moto
07 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in D Major, G. 476 I. Allegro
08 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in D Major, G. 476 II. Largo
09 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in D Major, G. 476 III. Allegro piacere
10 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in C Major, G. 573 I. Maestoso
11 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in C Major, G. 573 II. Largo cantabile
12 - Concerto for Violoncello and Orchestra  in C Major, G. 573 III. Allegro comodo

DISCO 03

01 - Cello Concerto No. 1 in C major, H. 7b-1 Moderato
02 - Cello Concerto No. 1 in C major, H. 7b-1 Adagio
03 - Cello Concerto No. 1 in C major, H. 7b-1 Allegro molto
04 - Cello Concerto No. 2 in D major, H. 7b-2 (Op. 101) Allegro moderato
05 - Cello Concerto No. 2 in D major, H. 7b-2 (Op. 101) Adagio
06 - Cello Concerto No. 2 in D major, H. 7b-2 (Op. 101) Rondo - Allegro
07 - Concerto for Cello and Orchestra in C major, Op. 4 Allegro aperto
08 - Concerto for Cello and Orchestra in C major, Op. 4 Romance
09 - Concerto for Cello and Orchestra in C major, Op. 4 Rondo alla Cosacca

Você pode comprar este disco na Amazon

Tafemusik
Anner Bylsma, violoncelo

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - John Scofield Trio - Out Like a Light

Quinta-feira. Dia de jazz! Escolhi este disco aleatoriamente. Escutei-o pela primeira vez. E gostei bastante. Tanto é assim que acabei ouvindo por duas vezes seguidas. Trata-se de um disco curto.  Apenas 35 minutos. Mas nesse espaço curto há muita contundência e boa música. John Scofiled é um guitarrista nascido nos Estados Unidos e que tocou com inúmeras personalidades importantes do jazz. Neste disco ele se juntou Steve Swallow e Adam Nussbaum. É uma gravação ao vivo. As faixas que me chamaram a atenção foram Holidays, que abre o disco e Miss Directions, a que apresenta mais energia e swing. Fuzzion de primeira qualidade. O disco é tão bom que dá vontade de ficar ouvindo. Uma boa apreciação!

John Scofield Trio - Out Like a Light

01. Holidays
02. Last Week
03. Miss Directions
04. Out Like a Light
05. Melinda

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Benjamin Britten (1913-1976) - Serenade for tenor, Op. 31, Les Illuminations, Op. 18 e Nocturne for tenor, Op. 60

Ainda não conhecia as obras encontradas neste fascinante disco de Benjamin Britten. São três obras ao todo, todas dotadas de uma riqueza melódica e poética incrível. As letras são baseadas em Rimbaud, Tennyson, Blake, Keats, Cotton, ou seja, ícones da poesia inglesa e universal. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Benjamin Britten (1913-1976) - 

Serenade for tenor, Op. 31
01. Prologue
02. Pastoral
03. Nocturne
04. Elegy
05. Dirge
06. Hymn
07. Sonnet
08. Epilogue

Les Illuminations, Op. 18
09. Fanfare
10. Villes
11. Phrase
12. Antique
13. Royaute
14. Marine
15. Interlude
16. Being Beauteous
17. Parade
18. Depart

Nocturne for tenor, Op. 60
19. On a Poet's Lips I Slept
20. Below the Thunders Of the Upper Deep
21. Encinctured With a Twine Of Leaves
22. Midnight's Bell Goes Ting, Ting, Ting...
23. But That Night When On My Bed I Lay
24. She Sleeps On Soft, Last Breaths
25. What Is More Gentle?
26. When Most I Wink

Você pode comprar este disco na Amazon

Bournemouth Sinfonietta
David Lloyd-Jones, diretor
Adrian Thompson, tenor
Michael Thompson, horn

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Modest Mussorgsky (1839-1881) - Pictures at an Exhibition (arr. Ravel) e Igor Stravinsky (1882 - 1971) - The Firebird (complete

Modest Mussorgsky faz parte de uma "turba poderosa", que era constituída por Balakirev, Cui, Borodin, Glinka entre outros compositores russos que souberam traduzir o gigantismo cultural de seu país. Mussorgsky, especialmente, escreveu o seu fantástico Quadros de uma exposição à maneira de suíte, em 1874. A música surge como motivo para uma exposição de seu amigo Alexandrovitch Hartmann, que morrera aos 39 anos de idade. Mussorgsky se impressionou com aquilo e uma torrente de inspiração atravessou p seu interior. A transposição dos dez quadros de Hartmann para a música foi conseguida em poucas semanas, mostrando claramente a força criativa do compositor. Existe um liame na peça que a integra, ou seja, a Promenade; e uma música surge em forma de espectro e percorre a exposição em vozes variadas e possui um final eloquente e poderoso. A obra foi escrita para piano, mas vários artistas orquestraram-na. Com certeza, a orquestração mais famosa é a de Maurice Ravel, de 1922, atendendo a um pedido. A gravação que aparece aqui é justamente esta orquestrada por Ravel, sob a condução de Gergiev, extraída direto da sala de concerto. Algo verdadeira grandioso. A outra obra do disco é o Pássaro de Fogo, de Stravinsky. Não deixe de ouvir. As gravações são do ano 2000. Uma boa apreciação!

Modest Mussorgsky (1839-1881) -

Pictures at an Exhibition (arr. Ravel) 34’

Igor Stravinsky (1882 - 1971) -

The Firebird (complete) 46’

Você pode comprar este disco na Amazon

Vienna Philharmonic Orchestra
Valery Gergiev, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 29 de julho de 2014

Antonio Vivaldi (1678-1741) - Violin Concertos

Já fazia um certo tempo que o "padre vermelho" não aparecia por aqui. Mas para recompensar essa lacuna expressiva decidi, hoje à noite, postar estes três discos com os concertos para violino com excelente violinista Giuliano Carmignola. É material de grande elegância, mostrando claramente o porquê de Vivaldi ter sido um dos maiores compositores para o instrumento da história. Não deixe de ouvir. uma boa apreciação!

Antonio Vivaldi (1678-1741) -

DISCO 01

01. Vivaldi Les Quatre Saisons La primavera, Op.8 No.1 RV269 - I. Allegro (Giunt'
02. Vivaldi Les Quatre Saisons La primavera, Op.8 No.1 RV269 - II. Lagro e pianis
03. Vivaldi Les Quatre Saisons La primavera, Op.8 No.1 RV269 - III. Danza pastora
04. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Estate, Op.8 No.2 RV315 - I. Allegro non molto (
05. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Estate, Op.8 No.2 RV315 - II. Adagio - Presto (l
06. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Estate, Op.8 No.2 RV315 - III. Presto (Tempo imp
07. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Autunno, Op.8 No.3 RV293 - I. Allegro (Ballo e c
08. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Autunno, Op.8 No.3 RV293 - II. Adagio (Dormienti
09. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Autunno, Op.8 No.3 RV293 - III. Allegro (La caccia)
10. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Inverno, Op.8 No.4 RV297 - I. Allegro non molto
11. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Inverno, Op.8 No.4 RV297 - II. Largo (La gioia d
12. Vivaldi Les Quatre Saisons L'Inverno, Op.8 No.4 RV297 - III. Allegro (Cammina
13. Vivaldi Concerto per tre violini, viola e B.c. fa majeur RV551 - I. Allegro
14. Vivaldi Concerto per tre violini, viola e B.c. fa majeur RV551 - II. Andante
15. Vivaldi Concerto per tre violini, viola e B.c. fa majeur RV551 - III. Allegro
16. Vivaldi Concerto per archi e B.c. in re mineur RV128 - I. Allegro non molto
17. Vivaldi Concerto per archi e B.c. in re mineur RV128 - II. Largo
18. Vivaldi Concerto per archi e B.c. in re mineur RV128 - III. Allegro

DISCO 02

01. Vivaldi - Violin Concerto in E minor, RV277 ''Il favorito'' - 1. Allegro
02. Vivaldi - Violin Concerto in E minor, RV277 ''Il favorito'' - 2. Andante
03. Vivaldi - Violin Concerto in E minor, RV277 ''Il favorito'' - 3. Allegro
04. Vivaldi - Violin Concerto in D, RV234 ''L'Inquietudine''- 1. Allegro molto
05. Vivaldi - Violin Concerto in D, RV234 ''L'Inquietudine''- 2. Largo
06. Vivaldi - Violin Concerto in D, RV234 ''L'Inquietudine''- 3. Allegro
07. Vivaldi - Violin Concerto in C minor, RV199 ''Il Sospetto'' - 1. Allegro
08. Vivaldi - Violin Concerto in C minor, RV199 ''Il Sospetto'' - 2. Andante
09. Vivaldi - Violin Concerto in C minor, RV199 ''Il Sospetto'' - 3. Allegro
10. Vivaldi - Violin Concerto in E, RV271 ''L'Amoroso'' - 1. Allegro
11. Vivaldi - Violin Concerto in E, RV271 ''L'Amoroso'' - 2. Cantabile
12. Vivaldi - Violin Concerto in E, RV271 ''L'Amoroso'' - 3. Allegro
13. Vivaldi - Violin Concerto in C, RV180 ''Il Piacere'' - 1. Allegro
14. Vivaldi - Violin Concerto in C, RV180 ''Il Piacere'' - 2. Largo e cantabile
15. Vivaldi - Violin Concerto in C, RV180 ''Il Piacere'' - Allegro
16. Vivaldi - Concerto for Strings in G minor, RV153 ''Originale'' - 1. Allegro
17. Vivaldi - Concerto for Strings in G minor, RV153 ''Originale'' - 2. .Andante
18. Vivaldi - Concerto for Strings in G minor, RV153 ''Originale'' - 3. Allegro a

DISCO 03

01. Concerto in D major 'Per la Solemnita della S.Lingua di S.Anto
02. Concerto in D major 'Per la Solemnita della S.Lingua di S.Anto
03. Concerto in D major 'Per la Solemnita della S.Lingua di S.Anto
04. Concerto in E major 'Il Riposo - per il Santo Natale', RV270 -
05. Concerto in E major 'Il Riposo - per il Santo Natale', RV270 -
06. Concerto in E major 'Il Riposo - per il Santo Natale', RV270 -
07. Concerto in F major 'Per la Solemnita di S. Lorenzo', RV286 -
08. Concerto in F major 'Per la Solemnita di S. Lorenzo', RV286 -
09. Concerto in F major 'Per la Solemnita di S. Lorenzo', RV286 -
10. Concerto in D major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ver
11. Concerto in D major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ve
12. Concerto in D major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ve
13. Concerto in C major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ve
14. Concerto in C major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ve
15. Concerto in C major 'Per la Santissima Assunzione di Maria Ve
16. Concerto in D major 'Grosso Mogul', RV208 - 1. Allegro
17. Concerto in D major 'Grosso Mogul', RV208 - 2. .Grave. Recita
18. Concerto in D major 'Grosso Mogul', RV208 - 3. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Sonatori de la Gioiosa Marca
Giuliano Carmignola, violino

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 5 in B-flat major

Bruckner talvez tenha sido o compositor que mais apareceu por aqui nos últimos meses. É que resolvi ouvir o máximo possível de tudo aquilo que tenho do compositor. Hoje à tarde, eu escutei a gravação da Quinta com Ormandy. E que surpresa! Fazia um bom tempo que eu não escutava algo como a interpretação encontrada neste disco. Ormandy nos fornece a força e delicadeza espiritual, como bem a obra merece e Bruckner deve ser encarado, tratado.  A  gravação é do ano de 1965, mas o trabalho de remasterização deixou o conjunto um verdadeiro primor. Excelente interpretação! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 5 in B-flat major

01. I Introduction. Adagio - Allegro
02. II Adagio. Sehr Langsam
03. III Scherzo. Molto vivace
04. IV Finale. Adagio - Allegro moderato

Você pode comprar este disco na Amazon

Philhadelphia Orchestra
Eugene Ormandy, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gabriel Fauré (1845-1924) - Orquestral Works

Vamos a duas postagens de final de noite. A primeira é com um dos mais influentes mestres franceses do final do século XIX e início do século XX. Neste delicioso, que ouvi hoje à tarde enquanto trabalhava corrigindo provas, temos um material de qualidade do compositor. As obras são orquestrais, faceta que eu ainda não conhecia do compositor francês. Na maioria dos casos eu tinha escutado as obras de câmara e as sonatas do compositor. Gostei principalmente da Pavane. Vale cada segundo investido no disco. Uma boa apreciação!

Gabriel Fauré (1845-1924) - 

Masques and Bermagasques, Op. 112
01. I. Overture - Allegro molto vivo
02. II. Menuet - Tempo di minuetto - Allegretto moderato
03. III. Gavotte - Allegro vivo
04.  IV. Pastorale - Andantino tranquillo

Ballade for Piano and Orchestra, Op. 19
05. Andante Cantabile

Pavane, Op. 50
06. Andante molto moderato

Prelude to Pénélope
07. Andante moderato

Fantasie for Flute and Orchestra, Op. 79
08.  Andantino

Elégie for Cello and Orchestra, Op. 24
09. Molto adagio

Dolly Suite, Op. 56
10. I. Berceuse - Allegretto moderato
11. II. Mi-A-Ou - Allegro vivo
12. III. Le Jardin de Dolly - Andantino
13. IV. Kitty-Valse - Tempo di valse
14. V. Tendresse - Andante
15. VI. Le Pas Espagnol - Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

BBC Philharmonic
Yan Pascal Tortelier, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 27 de julho de 2014

Paul Hindemith (1895-1963) - Concerto for Violin and Orchestra, Sonata for Solo Violin, Op.31 No.2, Sonata in E flat, Op.11 No.1, Sonata in E e 12. Sonata in C

Paul Hindemith foi um compositor que possuía uma grande desenvoltura com o violino. Muitos o consideram como um violinista por natureza. Mas o compositor foi aquilo que se pode chamar de artista múltiplo, pois contribuiu em várias frentes. O vigoroso Concerto para violino e orquestra é uma das suas principais obras. Aqui, recebe uma excelente abordagem por Frank Peter Zimmermann, esse grande violinista. Em 2010, o violinista ganhou o prêmio internacional Paul Hindemith. Resultado: baita disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Paul Hindemith (1895-1963) - 

Concerto for Violin and Orchestra
01. I. Massig bewegte Halbe
02. II. Langsam
03. III. Lebhaft

Sonata for Solo Violin, Op.31 No.2
04. I. Leicht bewegte Viertel
05. II. Ruhig bewegte Achtel
06. III. Gemachliche Viertel
07. IV. Funf Variationen uber 'Komm lieber Mai'

Sonata in E flat, Op.11 No.1
08. I. Erster Teil. Frisch
09.  II. Zweiter Teil. Im Zeitmass eines langsamen,

Sonata in E
10. I. Ruhig bewegt
11. II. Langsam

12. Sonata in C
12. I. Lebhaft
13. II. Langsam - Lebhaft - Langsam, wie zuerst
14. III. Fuge. Ruhig bewegt

Você pode comprar este disco na Amazon

Frankfurt Radio Symphony Orchestra
Paarvo Järvi, regente
Frank Peter Zimmermann, violino
Enrico Ponce, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 9 in D minor e Das Lied von der Erde (CDs 5, 6 e 7 de 7 - final)

Finalizemos a postagem dessa caixa com algumas das sinfonias de Mahler, sob a regência de Karajan. Não entendi o que aconteceu com a Nona Sinfonia. Ela foi desmembrada em vários pedaços. Ficou lenta, arrastada, pernóstica, prolixa. O ponto alto do disco é a maravilhosa Canção da Terra (Das Lied von der Erde). As duas obras aqui encontradas estão inscritas naquela fase final da vida do grande compositor austríaco. São o resultado do cansaço, do pessimismo e da incompreensão filosófica acerca da vida. Vale a audição! Mesmo o Karajan tendo-a estendido em excesso. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

DISCO 05

01 Symphonie Nr.9 D-dur 3- Satz- Rondo-burleske (Allegro Assai.sehr Trotzig)
02 Symphonie Nr.9 D-dur 4- Satz- Adagio (Sehr Langsam Und Noch Zuruckhaltend)
03 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Andante Comodo
04 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Etwas Frischer
05 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz (Horner)
06 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Mit Wut.allegro Risoluto
07 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz (Blechblaser)
08 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Bewegter
09 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Wie Von Anfang
10 Symphonie Nr.9 D-dur 1.satz Ploetzlich Bedeutend Langsamer (Lento) Und Leise

DISCO 06

01 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Im Tempo Eines Gemaechlichen Landlers.etwas Taeppisch Und Sehr Der
02 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Tempo 2.(Poco Piu Mosso Subito.)
03 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Tempo 3.
04 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz A Tempo 2.
05 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Tempo 1.
06 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Tempo 2.
07 Symphonie Nr.9 D-dur 2.satz Tempo 1.subito
08 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz Rondo-burleske (Allegro Assai.sehr Trotzig)
09 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz L`istesso Tempo
10 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz Sempre L`istesso Tempo
11 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz L`istesso Tempo
12 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz (Klarinetten)
13 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz Tempo 1.subito
14 Symphonie Nr.9 D-dur 3.satz Piu Stretto
15 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Adagio (Sehr Langsam Und Noch Zuruckhaltend)
16 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Ploetzlich Wieder Langsam (Wie Zu Anfang) Und Etwas Zoegernd
17 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Molto Adagio Subito
18 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz A Tempo (Molto Adagio)
19 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Stets Sehr Gehalten
20 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Fliessender.doch Durchaus Nicht Eilend
21 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Tempo 1 (Molto Adagio)
22 Symphonie Nr.9 D-dur 4.satz Adagissimo

DISCO 07

01 Das Trinklied vom Jammer der Erde
02 Der Einsame im Herbst
03 Von der Jugend
04 Von der Schoheit
05 Der Trunkene im Fruling
06 Der Abschied

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Herbert von Karajan, regente

BAIXAR AQUICD05
BAIXAR AQUICD06
BAIXAR AQUICD07

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 26 de julho de 2014

Ludwig van Beethoven (1770-1795) - Symphony No. 7 in A major, Op. 92, Leonore Overture no.3, Op. 72a, Egmont Overture, Op. 84 e The Consecration of the House, Overture for Orchestra Op. 124

Maravilhosa a qualidade da interpretação da Sétima de Beethoven, sob a condução do fabuloso Antal Dorati. Curiosamente, tudo o que o esse regente colocou as mãos, necessariamente se transformou em algo respeitoso. Beethoven foi daqueles compositores passionais. Conseguiu transmitir às obras criadas, suas paixões, aspirações intelectuais, existenciais, políticas. A Sétima Sinfonia, composta entre os anos de 1811 e 1812, possui um grande significado. Quando o compositor escreveu a Terceira (Eroica) e a dedicou a Napoleão, havia no alemão um alto idealismo. Mas depois que percebeu que o francês era um tirano, um déspota, resolveu mirar sua metralhadora criativa contra Napoleão. É, por isso, que uma sucessão de obras "raivosas", "furiosas", foram escritas como que para anatemizar o francês - abertura Coriolano (1807), a Quinta Sinfonia (1808), a música de Egmont de Goethe (1810), a abertura Rei Stephan (1811), entre outras. A Sétima segue ainda essa saga anti-napoleônica. A própria estreia da obra (1813) aconteceu em um concerto beneficente para os inválidos das guerras napoleônicas. A Sétima estreou no mesmo dia da estreia de A vitória de Wellington, para justamente comemorar o ocaso de Napoleão. Ouçamos. Há ainda outras  obras fantásticas no disco. Encurtemos as palavras, senão a coisa vai se estender. Uma boa apreciação! 

Ludwig van Beethoven (1770-1795) - 

Symphony No. 7 in A major, Op. 92
01. 1. Poco sostenuto.  Vivace
02. 2. Allegretto
03. 3. Presto.  Assai meno presto
04. 4. Allegro con brio

Leonore Overture no.3, Op. 72a
05. Leonore Overture no.3, Op. 72a

Egmont Overture, Op. 84
06. Egmont Overture, Op. 84

The Consecration of the House, Overture for Orchestra Op. 124
07. The Consecration of the House, Overture for Orchestra Op. 124

Você pode comprar este disco na Amazon

London Symphony Orchestra
Antal Dorati, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Serge Prokofiev (1891-1953) - 7 Symphonies and Lieutenant Kijé Symphonic Suite Op.60

Sergei Prokofiev, talvez, tenha sido o compositor russo mais popular do século XX - o que não é pouca coisa. Ele trilhou um caminho de "integridade" pessoal, fugindo dos vanguardismos radicais, mantendo-se fiel à tonalidade e às formas musicais de contornos claros. O certo é que ele se tornou bastante incompreendido. Quando estava na Rússia, no início da carreira, era tido como excêntrico e construtor de uma música selvagem e grotesca; e quando saiu da sua terra natal, foi chamado de conservador. O certo é que a música de Prokofiev denuncia que o compositor era um sujeito íntegro em suas intenções criadoras. As sinfonias criadas por ele fazem parte desse movimento e nos ajudam a entender um pouco sobre a sua vida. Elas foram escritas no intervalo que vai do ano de 1917 a 1952. Neste conjunto de quatro discos, as sinfonias do russo recebem uma excelente abordagem pelo regente Seiji Ozawa, tornando-as bem claras, mas selvagens e fortes - como devem ser. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Serge Prokofiev (1891-1953) -

DISCO 01

Sinfonía Nº 1 en Re major Op. 25 'Clásica'
01. I. Allegro
02. II. Larghetto
03. III. Gavotta_ Non troppo allegro
04. IV. Finale_ Molto vivace

Sinfonía Nº 6 en Mi b minor Op. 111
05. I. Allegro moderato
06. II. Largo
07. III. Vivace

DISCO 02

Symphony No.2 in D minor Op.40
01. I. Allegro ben articolato
02. I. Andante
  
Symphony No.7 in C sharp minor Op.131
03. I. Moderato
04. II. Allegretto - Allegro
05. III. Andante espressivo
06. IV. Vivace - Moderato marcato

DISCO 03

 Symphony no. 3 in C minor, op. 44
01. I. Moderato
02. II. Andante
03. III. Allegro agitato
04. IV. Andante mosso

Symphony no. 4 in C major, op. 112
05. I. Andante - Allegro eroico
06. II. Andante tranquillo
07. III. Moderato, quasi allegretto
08. IV. Allegro risoluto - Andantino -  Alle

DISCO 04

Symphony No.5 in B flat major Op.100
01. I. Andante
02. II. Allegro marcato
03. PIII. Adagio
04. IV. Allegro giocoso

Lieutenant Kijé Symphonic Suite Op.60
05. I. Kijé's Birth
06. II. Romance
07. III. Kijé's Wedding
08. IV. Troika
09. V. Kijé's Burial

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Seiji Ozawa, regente
Andreas Schmidt, barítono

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03
BAIXAR AQUICD04

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) - Missa Tu es Petrus

Tive um dia bastante cheio! Trabalhei e estudei o dia todo. Hoje à noite, tenho que terei que sair para cumprir uma exigência social. Não tive muito tempo para me dedicar ao blog no dia de hoje. Posto assim, um disco que ouvi no dia de ontem. Trata-se do excelente Palestrina, "o príncipe dos compositores", o mago das melodias perfeitas; de música angélica e de profundo frescor espiritual. Mais um belo disco do selo Hyperion. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) -  

01. Te Deum Laudamus
02. Missa Te Deum Laudamus - 1. Kyrie
03. Missa Te Deum Laudamus - 2. Gloria
04. Missa Te Deum Laudamus - 3. Credo
05. Missa Te Deum Laudamus - 4. Sanctus
06. Missa Te Deum Laudamus - 5. Benedictus
07. Missa Te Deum Laudamus - 6. Agnus Dei
08. Tu Es Petrus A 6
09. Missa Tu Es Petrus - 1. Kyrie
10. Missa Tu Es Petrus - 2. Gloria
11. Missa Tu Es Petrus - 3. Credo
12. Missa Tu Es Petrus - 4. Sanctus
13. Missa Tu Es Petrus - 5. Benedictus
14. Missa Tu Es Petrus - 6. Agnus Dei

Você pode comprar este disco na Amazon

Westminster Cathedral Choir
Martin Baker, diretor


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Jazz - Sonny Rollins (1930- ) - Worktime

Como hoje é quinta-feira, vamos a mais um disco de Jazz. Dessa vez, temos o jazzman Sonny Rollins. Rollins é um saxofonista, um dos grandes da história do movimento. Nasceu em 1930 e começou a tocar muito cedo, aos onze anos de idade. E antes do vinte, já tocava com o mito Tlenonius Monk. Tocou ainda com Miles Davis, John Coltrane e Art Blakey, ou seja, nomes singulares do movimento. É disco delicioso e curto. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sonny Rollins (1930- ) - Worktime

01 - There's No Business Like Show Business
02 - Paradox
03 - Raincheck
04 - There Are Such Things
05 - It's All Right With Me

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Sinfonia N º 5 em D Menor, op. 47 e Vaughan Williams (1872-1958) - Symphony No. 8 in D Minor

Simplesmente soberbas as duas interpretações encontradas neste disco. Já fazia um certo tempo que eu não escutava uma versão tão poderosa - como tem que ser - da avassaladora Sinfonia no. 5 de Shostakovich. As gravações foram "colhidas", direto da sala de concerto. Isso se deu em 1964. São dois trabalhos contrastantes. Temos um Shostakovich com toda a força e pressão exigidas, criando feições apocalípticas. E, do outro lado, a Sinfonia no. 8, de Vaughan Williams, que é imensamente lírica; com doses grandiosas de impressionismo. Este disco é altamente recomendado. Para se ouvir muitas vezes. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

Sinfonia N º 5 em D Menor, op. 47
01. I. Moderato
02. II. Allegretto
03. III. Largo
04. IV. Allegro non troppo

London Symphony Orchestra
Leopold Stokowski, regente

Vaughan Williams (1872-1958) -

Symphony No. 8 in D Minor
05. I. Fantasia (Variazioni senza TEMA)
06. II. Scherzo alla marcia (Per gli stromenti a vento)
07. III. Cavatina (Per gli stromenti um corde)
08. IV. Toccata campanelle colle

BBC Symphony Orchestra
Leopold Stokowski, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Felix Weingartner - Great Conductors - Beethoven, Berlioz, Weber, Brahms, Mozart, Wagner, Liszt

Felix Weingartner foi um maestro, compositor, pianista e regente austríaco. Chegou a ser pupilo de Liszt, por quem foi ajudado. Compôs ao todo sete sinfonias, trabalhos que aproximam do Romantismo. Chegou a ser o regente principal da poderosa Orquestra Filarmônica de Viena, de 1908 a 1927, tempo em que esta importante instituição chegou a ser uma das mais poderosas do mundo. As gravações que ora aparecem neste disco são bastante antigas. Não preciso dizer que isso nos "oferece" uma sonoridade bem diferente, já que o regente morreu em 1943. Em alguns momentos, pensei que estivesse assistindo a um desenho da Disney. O destaque fica com a Sinfonia no. 3 de Brahms. Ao meu modo de ver, é a melhor interpretação - tanto pelo aspecto técnico quanto pela interpretação propriamente dita. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

DISCO 01

01 - Beethoven - Die Geshopfe des Prometheus- Overture
02 - Beethoven - Symphony n°2 - I
03 - Beethoven - Symphony n°2 - II
04 - Beethoven - Symphony n°2 - III
05 - Beethoven - Symphony n°2 - IV
06 - Berlioz - Marche troyenne
07 - Weber - Aufforderung zum Tanz
08 - Brahms - Symphony n°3 - I
09 - Brahms - Symphony n°3 - II
10 - Brahms - Symphony n°3 - III
11 - Brahms - Symphony n°3 - IV

DISCO 02

01 - Mozart - Symphony n°39 - I
02 - Mozart - Symphony n°39 - II
03 - Mozart - Symphony n°39 - III
04 - Mozart - Symphony n°39 - IV
05 - Wagner - Rienzi- Overture
06 - Wagner - Siegfried-Idyll
07 - Liszt - Les Preludes
08 - Liszt - Mephisto Waltz

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
London Symphony Orchestra
Orchestre de la Sociètè des Concerts du Conservatorie
London Philharmonic Orchestra
Felix Weingartner, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 22 de julho de 2014

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 1 in D major - "Titan"

É sempre bom encerrar o dia de forma "titânica". Desculpem-me o trocadilho infame (risos!). É que Mahler mexe com a gente. Põe sentimentos profusos. A sua Sinfonia no. 1 é um grande motivo para exultação. É a minha dileta, querida, entre as as tantas que ele compôs. Existe um movimento de beleza, de tensão, de bufonarias, de brincadeira e triunfo - algo tão ao gosto do compositor, como se quisesse celebrar os "assombros" da vida; como se quisesse dizer que a vida é grande, é imensa e misteriosa. A música é imensa, mas penso que a interpretação do Jansons não fica entre aquelas que entusiasmam - apesar de ser a Royal Concertgebouw. O Chailly, nesse sentido, fez coisas mais interessantes regendo o mesmo Mahler com a poderosa Orquestra. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Symphony No. 1 in D major - "Titan"

01 Langsam, schleppend (Wie ein Naturlaut) - Im Anfang sehr gemachlich
02 Kraftig bewegt, doch nicht zu schnell - Trio_ Recht gemachlich
03 Feierlich und gemessen, ohne zu schleppen
04 Sturmisch bewegt


Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Mariss Jansons, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Maurice Ravel (1875-1937) - Trio avec piano e Ernets Chausson (1855-1899) - Trio en sol mineur, Op. 3

Mais música francesa - e mais Ravel! São dois fascinantes e relevantes compositores franceses do final do século XIX para o século XX - no caso, Ravel. É uma música refinada. No melhor estilo - de câmara! - e com aquela estética tão própria dos franceses: aquela pintura suave, esmaecida por uma embriaguez doce, envolvente, charmosa. As horas passam, leva-nos a mundos desenhados com pincéis multicolores. E todo esse mundo poético, silenciosamente mágico, vai se decompondo como se tivéssemos diante de um pôr-de-sol frio e melancólico. Desculpem o devaneio! É que ao ouvir este disco me ocorreu isso. Os músicos são do Trio Wanderer. Vale a cada minuto da audição. Uma boa apreciação!

Maurice Ravel (1875-1937) - 

Trio avec piano (1914) 
01. Modere
02. Pantoum
03. Passacaille
04. Final
 
Ernets Chausson (1855-1899) - 

Trio en sol mineur, Op. 3 (1881)
05 Pas Trop Quaresma - Anime
06 Vite -. Tres Vite
07. Assez Quaresma
08. Anime

Você pode comprar este disco na Amazon

Trio Wanderer


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Paul Hindemith (1895-1963) - Konzertmusik, op. 50, "Bostoner Sinfonie", Antonin Dvorak (1841-1904) - Symphony No. 7 in D minor, Op. 70 e Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Egmont, Op. 84: Overture

Postagem de final de noite com mais um belo disco! É curiosa a minha compulsão por música. Escuto tudo aquilo que posto neste espaço. E também escuto aquilo que já postei. É tanta coisa para ouvir, que estou escutando o material que postei há dois anos atrás. O ponto alto deste disco é a Sinfonia no. 7, de Dvorak, que gosto com admiração. Já falei algumas vezes que não admiro as sinfonias do checo, mas a Sétima e a Oitava são os seus trabalhos sinfônicos mais expressivos. A outra obra que merece destaque é o Egmont, de Beethoven, que dispensa apresentações. A obra de Hindemith eu ainda não conhecia. Não deixe de ouvir mais este belo registro. Uma boa apreciação!

Paul Hindemith (1895-1963) -
 
Konzertmusik, op. 50, "Bostoner Sinfonie"
01. Parte I: massig schnell, mit Kraft
02. Parte II: Lebhaft - Langsam

Antonin Dvorak (1841-1904) -

Symphony No. 7 in D minor, Op. 70
03. I. Allegro maestoso
04. II. Poco adagio
05. III. Scherzo: Vivace
06. IV. Finale: Allegro

New Philharmonia Orchestra
Carlo Maria Giulini, regente

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 
  
Egmont, Op. 84: Overture
07. Egmont, Op. 84: Overture

London Philharmonic Orchestra
Carlo Maria Giulini, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importnte. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Maurice Ravel (1875-1937) - Complete works for solo piano

Belíssimo disco! Existe um "magicismo" na música desse francês iluminado. A linguagem de Ravel remete a mundos encantados - de fadas, seres alados e luminosos. É só ouvir a Pavane ou a Ondine do Gaspard de la nuit. Não há palavras! O pianista Louis Lortie faz do instrumento uma porta dimensional para mundos de sensações incomuns. O disco duplo merece obrigatoriamente ser escutado. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Maurice Ravel (1875-1937) - 

DISCO 01

01. Pavane pour une infante defunte
02. Le Tombeau de Couperin - I. Prelude
03. Le Tombeau de Couperin - II. Fugue
04. Le Tombeau de Couperin - III. Forlane
05. Le Tombeau de Couperin - IV. Rigaudon
06. Le Tombeau de Couperin - V. Menuet
07. Le Tombeau de Couperin - VI. Toccata
08. Serenade grotesque
09. Jeux d'eau
10. Valses nobles et sentimentales - I. Adelaide
11. Valses nobles et sentimentales - II. Assez lent–Avec une expression intense
12. Valses nobles et sentimentales - III. Modere
13. Valses nobles et sentimentales - IV. Assez anime
14. Valses nobles et sentimentales - V. Presque lent–Dans un sentiment intime
15. Valses nobles et sentimentales - VI. Vif
16. Valses nobles et sentimentales - VII. Moins vif
17. Valses nobles et sentimentales - VIII. Epilogue. Lent
18. La Valse - Poeme choregraphique pour orchestre

DISCO 02

01. Gaspard de la nuit - I. Ondine
02. Gaspard de la nuit - II. Le Gibet
03. Gaspard de la nuit - III. Scarbo
04. Menuet antique
05. Menuet sur le nom d'Haydn
06. A la maniere de...Borodine
07. A la maniere de...Chabrier
08. Prelude in A minor
09. Miroirs - I. Noctuelles
10. Miroirs - II. Oiseaux tristes
11. Miroirs - III. Une barque sur l'ocean
12. Miroirs - IV. Alborada del gracioso
13. Miroirs - V. La Vallee des cloches
14. Sonatine - I. Modere
15. Sonatine - II. Mouvement de menuet
16. Sonatine - III. Anime

Você pode comprar este disco na Amazon

Louis Lortie, piano

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 20 de julho de 2014

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Sonatas and Partitas for Solo Violin

Julia Fischer tem 31 anos de idade, mas um talento enorme. Entrou em contato com a música ainda muito jovem. Aos onze anos, ganhou o importante prêmio Yehudi Menuhin. Aos vinte e um ano de idade, ela encarou com bastante desassombro a gravação das partitas e sonatas de Bach. Uma grande responsabilidade, sem sombras de dúvida. É curioso perceber o quanto ela possui uma intuição profunda do espírito da música do grande compositor alemão. Existe uma escadaria lógica na música de Bach e ela parece subir com intimidade por essa estrutura perfeita erigida pelo gênio de compositor. É um disco que merece ser escutado. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) -

DISCO 01

Violin Sonata No. 1 in G minor, BWV 1001
01) I. Adagio
02) II. Fuga: Allegro
03) III. Siciliana
04) IV. Presto

Violin Partita No. 1 in B minor, BWV 1002
05) I. Allemanda
06) II. Double
07)III. Corrente
08) IV. Double: Presto
09) V. Sarabande
10) VI. Double
11) VII. Tempo di Borea
12) VIII. Double

Violin Sonata No. 2 in A minor, BWV 1003
13)I. Grave
14) II. Fuga
15)III. Andante
16) IV. Allegro

DISCO 02

Violin Partita No. 2 in D minor, BWV 1004
01) I. Allemande
02) II. Corrente
03) III. Sarabanda
04) IV. Giga
05) V. Ciaccona

Violin Sonata No. 3 in C major, BWV 1005
06) I. Adagio
07) II. Fuga
08) III. Largo
09) IV. Allegro assai

Violin Partita No. 3 in E major, BWV 1006
10) I. Preludio
11) II. Loure
12) III. Gavotte en rondeau
13) IV. Menuet I - Menuet II
14) V. Bourree
15) VI. Gigue

Você pode comprar este disco na Amazon

Julia Fischer, violino

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No.4 in E flat major ("Romantic")

Parece um vício, mas é que possuo uma compulsão pelas sinfonias de Bruckner. Nas postagens recentes feitas por mim, pode-se perceber  o quanto o compositor austríaco está presente. Já demonstrei por aqui o meu apreço à Quarta Sinfonia que, para mim, é o seu trabalho mais extremo. Existem, claro, a Sétima, a Oitava, a Nona, mas é que quando escuto a Quarta, todo o meu mundo vibra. Aquele som de trompa na abertura do primeiro movimento, chamando-nos para uma caçada, para uma viagem, para uma aventura pelas altas montanhas do idealismo, é um fenômeno singular para mim. Resolvi hoje à noite, trazer mais esta versão da "Romântica" de Bruckner. Dessa vez, a regência fica a cargo do lendário regente Eugene Ormandy. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) -

Symphony No.4 in E flat major ("Romantic")
01. 1 Bewegt,nicht zu schnell
02. 2 Andante quasi allegretto
03. 3 Scherzo; Bewegt - Trio; Nicht zu scherzo
04. 4 Finale; Bewegt,docht nicht zu schnell

Você pode comprar este disco na Amazon

Ed. Leopold Nowak

Philhadelphia Orchestra
Eugene Ormandy, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Georg F. Telemann (1681-1767) - Flute Concertos

Emannuel Pahud é um prodígio da flauta dos dias de hoje. O instrumentista franco-suíço tem trilhado pelos campos variados da música. E na arena da música barroca, Pahud dá uma verdadeiro espetáculo executando a música de Telemann, um dos compositores mais prolíficos e criativos da história da música. Estas sonatas para flauta são de audição obrigatória por causa do frescor, do tom agradável, da textura charmosa, do colorido, pela técnica magistral e emocionalmente envolvente. Uma excelente audição de todo esse conjunto!

Georg F. Telemann (1681-1767) -

Concerto em Sol Maior TWV 51: G2 (reconstruído) para flauta
01. Andante
02. Vivace
03. Adagio
04. Allegro

Triplo Concerto em Lá Maior TWV 53: A2 (Tafelmusik 1) para flauta, violino e Violincello
05. Largo
06. Allegro
07. Gratioso
08. Allegro

Concerto em Lá menor para 2 flautas e Violone TWV 53: A1
09. Lentement
10. (Allegro)
11. Loure
12. (Rondeau)

Triplo Concerto em Mi Maior TWV 53: E1 Para Flauta, Oboé D'amore E Viola D'amore
13. Andante
14. Allegro
15. Siciliano
16. Vivace

Concerto In D Major TWV 51: D2 para flauta
17. Moderato
18. Allegro
19. Largo
20. Vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Barock Solisten
Emannuel Pahud, flaute
Rainer Kussmaul, violino e direção
Wolfram Christ, viola d`amore
Georg Faust,violoncelo
Jacques Zoon, flauta
Albrecht Mayer, oboe d`amore

BAIXAR AQUI

 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!