quinta-feira, 23 de março de 2017

Jazz - John Coltrane (1926-1967) - Plays it Cool

Quinta-feira! Dia de jazz. Hoje, temos um disco necessário com a música de John Coltrane. Já fazia certo tempo que ele não aparecia por aqui. O disco reúne grandes sucessos de sua carreira como, por exemplo, Blue Train, Traneing In e a poderosa My Favourite Things, que dispensa comentários. Ou seja, trata-se de uma compilação de apresentações do grande jazzista. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

John Coltrane (1926-1967) -

01. Blue Train
02. Naima
03. Traneing In
04. My Favourite Things
05. Spiritual
06. I Want To Talk To You

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 22 de março de 2017

Mozart Camargo Guarnieri (1907-1993) - Symphony No.2, 'Uirapuru', Abertura Concertante e Symphony No.3

Este é o segundo disco que posto, efetivamente, com obras de Mozart Camargo Guarnieri, um excepcional compositor brasileiro do século passado. Guarnieri foi um dos compositores brasileiros mais famosos no século XX, ao lado de Villa-Lobos. Sua obra recebeu admiradores como Copland e Bernstein. De origem pobre, nascido no interior de São Paulo, Guarnieri recebeu amplo apoio do pai, que enxergou-lhe o talento e, por causa disso, colocou-lhe o nome Mozart em homenagem ao gênio austríaco. O compositor brasileiro sempre foi um arguto observador da realidade nacional. Estudou na França e Estados Unidos, mas nunca olvidou a realidade do Brasil, presente em suas obras. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Mozart Camargo Guarnieri (1907-1993) -

01. Symphony No.2, 'Uirapuru' - I. Energico
02. Symphony No.2, 'Uirapuru' - II. Terno
03. Symphony No.2, 'Uirapuru' - III. Festivo
04. Abertura Concertante - Enérgico e ritmando
05. Symphony No.3 - I. Lento - Energico e violento
06. Symphony No.3 - II. Serenamente - Vivo
07. Symphony No.3 - III. Decidido

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
John Neschling, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anton Webern (1883-1945) - Symphony, Op 21, Five Canons Op 16, Drei Volkstexte Op 17 e Concerto for 9 instruments Op 24 etc

Este é um daqueles discos excelentes da Naxos, gravados por Robert Craft. Sempre há um compositor da música contemporânea nessa série. Desta vez, temos Anton Webern, um dos nomes do "triunvirato" vienense do início do século XX - Schoenberg, Webern e Alban Berger. Trata-se de um disco com um repertório bastante interessante. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Webern (1883-1945) - 

01. Symphony Op 21 - 1 Ruhig, schreitend
02. Symphony Op 21 - 2 Variationen
03. Five Canons Op 16 - 1 Christus factus est
04. Five Canons Op 16 - 2 Dormi Jesu
05. Five Canons Op 16 - 3 Crux fidelis
06. Five Canons Op 16 - 4 Asperges me
07. Five Canons Op 16 - 5 Crucem tuam adoramus
08. Drei Volkstexte Op 17 - 1 Armer Suender, du
09. Drei Volkstexte Op 17 - 2 Heiland, unsre Missetaten
10. Drei Volkstexte Op 17 - 3 Liebste Jungfrau, wir sind dein

(...)

35. Concerto for 9 instruments Op 24 - 2 Sehr langsam
36. Concerto for 9 instruments Op 24 - 3 Sehr rasch
37. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - I
38. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - II
39. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - III
40. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - IV
41. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - V
42. [Schubert] German Dances orch Webern (1932) - VI

Philharmonia Orchestra
Twentieth Century Classics Ensemble
Robert Craft, regente
Jennifer Welch-Babidge, soprano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 21 de março de 2017

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Mass in C Minor, K. 427 "Great Mass"

Certamente, O Réquiem e a Grande Missa em Dó menor são, sem dúvida alguma, as duas obras mais famosas e poderosas do repertório mozartiano no campo religioso. A Grande Missa foi composta nos anos de 1782 e 1783, em um período que, segundo os estudiosos, Mozart passava por uma crise criativa. Imagine! Mozart com crise criativa! Parece uma grande piada! O fato é que a obra é um dos seus trabalhos mais imponentes e belos do compositor. Ela possui passagens belíssimas, de grandeza espiritual irretocável. Aqui temos uma bonita versão da obra, neste disco lançado este ano. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) -

01. Mass in C Minor, K. 427 _ Kyrie (Chorus, Soprano)
02. Mass in C Minor, K. 427 _Gloria_ Gloria (Chorus)
03. Mass in C Minor, K. 427 _Gloria_ Laudamus te (Soprano)
04. Mass in C Minor, K. 427 _Gloria_ Gratias (Chorus)
05. Mass in C Minor, K. 427 _Gloria_ Domine (Soprano, Mezzo-soprano)
06. Mass in C Minor, K. 427 _Gloria_ Qui tollis (Chorus)
07. Mass in C Minor, K. 427 _ Gloria_ Quoniam (Soprano, Mezzo-soprano, Tenor)
08. Mass in C Minor, K. 427 _ Gloria_ Jesu Christe-Cum Santo Spiritu (Chorus)
09. Mass in C Minor, K. 427 _ Credo_ Credo in unum Deum (Chorus)
10. Mass in C Minor, K. 427 _Credo_ Et incarnatus est (Soprano)
11. Mass in C Minor, K. 427 _Sanctus_ Osanna (Chorus)
12. Mass in C Minor, K. 427 _ Benedictus (Soprano, Mezzo-soprano, Tenor, Bass, Chorus)
13. Mass in C Minor, K. 427 _Credo (Chorus) (fragment)

Kammerchor Stuttgart
Frieder Bernius, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Hyeronymus Praetorius (1560-1629) - Magnificats & Motets

Discaço com a música de Hieronymus Praetorius que, pelo que se sabe, não possui nenhuma relação familiar com Michael Praetorius. Apenas o sobrenome. Hieronymus foi um poderoso e talentoso organista alemão do período da Renascença. Sua música é situada numa fase de transição. Escreveu inúmeras missas, motetos e magnificats, geralmente em latim. Sua música possui um fundo apelo paroquial, transmitindo um frescor espiritual prazeroso. Não deixe de ouvir este excelente disco do selo Hyperion. Uma boa apreciação!

Hyeronymus Praetorius (1560-1629) -

01. Magnificat quarti toni
02. O bone Jesu
03. A solis ortus cardine _ Beatus auctor saeculi
04. Benedictio mensae
05. Gaudete omnes
06. Magnificat secundi toni
07. O vos omnes
08. Laudate Dominum
09. Videns Dominus
10. Oratio Dominica
11. Magnificat quinti toni

The Cardinall's Musick
Andrew Carwood, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Johannes Brahms (1833-1897) - A German Requiem, Op. 45

O Réquiem de Brahms certamente é um dos mais famosos que já foram escritos. Trata-se de uma catedral sonora com todos os requintes dramáticos e dolorosos que esse estilo de música exige. Brahms ao escrevê-lo chamou a obra de " Réquiem Alemão", para que não tivesse uma ligação com os aspectos litúrgicos necessários ou despistar qualquer significado com a música de igreja. Todavia, trata-se de uma obra impregnada da mais alta espiritualidade, do mais sublime sentimento. Poucas são as obras - mesmo convencionalmente litúrgicas - que conseguiram isso. Neste disco, trazemos a bonita e imponente versão com Kubelik. Não deixe de ouvir. uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) -

01. I. Chor_ Selig sind, die da Leid tragen
02. II. Chor_ Denn alles Fleisch, es ist wie Gras
03. III. Baritonsolo und Chor_ Herr, lehre doch mich
04. IV Chor_ Wie lieblich sind deine Wohnungen
05. V Sopransolo und Chor_ Ihr habt nun die Traurigkeit
06. VI Baritonsolo und Chor_ Denn wir haben hie keine bleibende Statt
07. VII Chor_ Selig sind die Toten, die in dem Herrn sterben

Bavarian Radio Symphony Orchestra and Chorus
Rafael Kubelik, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Piano Trio No.1 in C minor, Op. 8, 'Poeme', Piano Trio No.2 in E minor, Op. 67 e Seven Romances, Op. 127

Espetacular este disco! Traz três obras de Shostakovich. São obras reveladoras. O disco foi gravado em 2011. O Trio número 1 de Shostakovich é uma proeza, já que foi composto quando o compositor tinha apenas dezessete anos e era um promissor estudante. O Trio número 2 é mais conhecido e também bastante característico do desenvolvimento de Shostakovich como compositor. Os sete romances, baseado nos poemas de Alexander Blok, creio, é a obra mais poderosa do disco. Foi escrito quando Shostakovich já havia se tornado um músico experimentado. A obra foi escrita para atender a uma solicitação de Rostropovich. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

01. Piano Trio No.1 in C minor, Op. 8, 'Poeme'
02. Seven Romances, Op. 127 - 1. Ophelia's Song
03. Seven Romances, Op. 127 - 2. Gamayun, the prophet bird
04. Seven Romances, Op. 127 - 3. We were together
05. Seven Romances, Op. 127 - 4. The city sleeps
06. Seven Romances, Op. 127 - 5. The Storm
07. Seven Romances, Op. 127 - 6. Mysterious signs
08. Seven Romances, Op. 127 - 7. Music
09. Piano Trio No.2 in E minor, Op. 67 - 1. Andante
10. Piano Trio No.2 in E minor, Op. 67 - 2. Allegro non troppo
11. Piano Trio No.2 in E minor, Op. 67 - 3. Largo
12. Piano Trio No.2 in E minor, Op. 67 - 4. Allegretto

The Florestan Trio

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 19 de março de 2017

Sergei Rachmaninov (1873-1843) - Piano Concerto No 3 in D in minor, Op 30 e Rhapsody on a Theme of Paganini in A minor, Op 43

Denis Matsuev e Valéry Gergiev têm firmado parcerias virtuosas. Este já é o terceiro ou quarto disco que eles gravam com compositores russos. Neste, por exemplo, temos duas das obras mais famosas obras de Sergei Rachmaninov. O destaque, claro, ao meu modo de ver, fica com a deliciosa Rapsódia sobre um tema de Paganini, que aqui ganha uma interpretação que exibe graça, leveza e a técnica afiada de Matsuev. O pianista já se estabeleceu como um dos maiores nomes do instrumento em solo russo. Tornou-se, ainda, um especialista nos compositores de sua terra. Vale a pena ouvir o disco - principalmente a Rapsódia. Uma boa apreciação!

Sergei Rachmaninov (1873-1843) -

01. i. Allegro ma non tanto (Piano Concerto No 3 in D in minor, Op 30)
02. ii. Intermezzo: Adagio
03. Finale: Alla breve
04. i. Introduction : Allegro vivace- Variation I (Rhapsody on a Theme of Paganini in A minor, Op 43)
05. ii. Theme: L'istesso tempo
06. iii. Variation II: L'istesso tempo
07. iv. Variation III: L'istesso tempo
08. v. Variation IV: Piu vivo
09. vi. Variation V: Tempo precedente
10. vii. Variation VI: L'istesso tempo
11. viii. Variation VII: Meno mosso, a tempo moderato
12. ix. Variation VIII: Tempo I
13. x. Variation IX: L'istesso tempo
14. xi. Variation X: L'istesso tempo
15. xii. Variation XI: Moderato
16. xiii. Variation XII: Tempo di minuetto
17. xiv. Variation XIII: Allegro
18. xv. Variation XIV: L'istesso tempo
19. xvi. Variation XV: Piu vivo scherzando
20. xvii. Variation XVI: Allegretto
21. xviii. Variation XVII: Allegretto
22. ix. Variation XVIII: Andante cantabile
23. xx. Variation XIX: A tempo vivace
24. xxi. Variation XX: Un poco piu vivo
25. xxii. Variation XXI: Un poco piu vivo
26. xxiii. Variation XXII: Un poco piu vivo (Alla breve)
27. xxiv. Variation XXIII: L'istesso tempo
28. xxv. Variation XXIV: A tempo un poco meno mosso

Mariinsky Orchestra
Valéry Gergiev, regente
Denis Matsuev, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Franz Schubert (1797-1828) - Piano Sonatas & Impromptus (CDs 1 - 4 de 9)

András Schiff é um dos maiores pianistas da atualidade. Sua carreira sempre foi marcada por inúmeras gravações espetaculares e que ficaram como referência. Nesta caixa, por exemplo, encontramos suas investidas schubertianas. O material traz as delicadas sonatas para piano  e muitos impromptus, como são chamados os famosos improvisos, de Franz Schubert. Schiff extrai de forma magistral toda a carga lírica e de emoções do compositor austríaco. Nesta primeira postagem temos os quatro primeiros discos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

DISCO 01

01 Sonata in E major, D157- I. Allegro, ma non troppo
02 Sonata in E major, D157- II. Andante
03 Sonata in E major, D157- III. Allegro vivace - Trio
04 Sonata in A major, D664- I. Allegro moderato
05 Sonata in A major, D664- II. Andante
06 Sonata in A major, D664- III. Allegro
07 Sonata in E major, D459- I. Allegro moderato
08 Sonata in E major, D459- II. Allegro
09 Sonata in E major, D459- III. Adagio
10 Sonata in E major, D459- IV. Allegro - Trio- Piu tardo
11 Sonata in E major, D459- V. Allegro patetico

DISCO 02

01 Piano Sonata No. 15 in C major, D 840 (Reliquie)- I. Moderato
02 Piano Sonata No. 15 in C major, D 840 (Reliquie)- II. Andante
03 Piano Sonata No. 16 in A minor, D 845- I. Moderato
04 Piano Sonata No. 16 in A minor, D 845- II. Andante poco mosso
05 Piano Sonata No. 16 in A minor, D 845- III. Scherzo- Allegro vivace - Trio- Un poco più lento
06 Piano Sonata No. 16 in A minor, D 845- IV. Rondo- Allegro vivace
07 Piano Sonata No. 8 in F-sharp minor, D 571- I. Allegro moderato

DISCO 03

01 Sonata in E minor, D566- I. Moderato
02 Sonata in E minor, D566- II. Allegretto
03 Sonata in A minor, D784- I. Allegro guisto
04 Sonata in A minor, D784- II. Andante
05 Sonata in A minor, D784- III. Allegro vivace
06 Sonata in D major, D850- I. Allegro
07 Sonata in D major, D850- II. Con moto
08 Sonata in D major, D850- III. Scherzo- Allegro vivace - Trio
09 Sonata in D major, D850- IV. Rondo- Allegro moderato

DISCO 04

01 Sonata in A flat major, D557- I. Allegro moderato
02 Sonata in A flat major, D557- II. Andante
03 Sonata in A flat major, D557- III. Allegro
04 Sonata in B major, D575- I. Allegro ma non troppo
05 Sonata in B major, D575- II. Andante
06 Sonata in B major, D575- III. Scherzo & Trio, Allegretto
07 Sonata in B major, D575- IV. Allegro giusto
08 Sonata in G major, D894- I. Molto moderato cantabile
09 Sonata in G major, D894- II. Andante
10 Sonata in G major, D894- III. Minuetto- Allegro moderato
11 Sonata in G major, D894- IV. Allegretto

András Schiff, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2
BAIXAR AQUIparte3
BAIXAR AQUIparte4

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 18 de março de 2017

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 7 in E major

Baita disco, meus amigos! Traz aquele que é um dos trabalhos mais festejados e que sacramentou a fama de Bruckner. O trabalho foi escrito entre 1881 e 1883, seno revisado em 1885. Foi o maior êxito em toda a carreira de Bruckner, que até aquele momento de sua existência amargara o não reconhecimento e a indiferença de boa parte da crítica europeia. A Sétima o colocou no Olimpo da música. Certamente, é um dos seus trabalhos mais poderosos, ao lado da Quarta, Oitava e Nona sinfonias. Aqui ela recebe uma poderosa interpretação por parte de um especialista em Bruckner - Lovro von Matacïc. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

01. I. Allegro moderato
02. II. Adagio. Sehr feierlich und sehr langsam
03. III. Scherzo. Sehr schnell - Trio
04. IV. Finale. Bewegt, doch nicht schnell

NHK Symphony Orchestra
Lovro von Matacïc, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - The complete violin concertos

Existem inúmeras gravações dos concertos para violino de Mozart. Esta aqui, por exemplo, foi realizada este ano, pelo jovem e talentoso violinista James Ehnes. O trabalho realizado por Ehnes é de muito bom gosto. Seu Mozart ficou bastante romântico e delicado. Os andamentos são mais lentos e ricamente melodiosos. Não deixe de ouvir. Vale a audição! Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) 

DISCO 01

1.01. Violin concerto No. 1 in B-flat Major, K 207- I. Allegro moderato
1.02. Violin concerto No. 1 in B-flat Major, K 207- II. Adagio
1.03. Violin concerto No. 1 in B-flat Major, K 207- III. Presto
1.04. Violin concerto No. 2 in D Major, K. 211- I. Allegro moderato
1.05. Violin concerto No. 2 in D Major, K. 211- II. Andante
1.06. Violin concerto No. 2 in D Major, K. 211- III. Rondeau (Allegro)
1.07. Adagio in E Major, K. 261
1.08. Rondo in B-Flat Major, K. 269 (K. 261a)
1.09. Rondo in C Major K. 373

DISCO 02

2.01. Violin Concerto No. 3 in G major, K. 216- I. Allegro
2.02. Violin Concerto No. 3 in G major, K. 216- II. Adagio
2.03. Violin Concerto No. 3 in G major, K. 216- III. Rondeau (Allegro)
2.04. Violin Concerto No. 4 in D major, K. 218- I. Allegro
2.05. Violin Concerto No. 4 in D major, K. 218- II. Andante cantabile
2.06. Violin Concerto No. 4 in D major, K. 218- III. Rondeau (Andante grazioso)
2.07. Violin Concerto No. 5 in A Major, K. 219 ''Turkish''- I. Allegro aperto
2.08. Violin Concerto No. 5 in A Major, K. 219 ''Turkish''- II. Adagio
2.09. Violin Concerto No. 5 in A Major, K. 219 ''Turkish''- III. Rondeau (Tempo di Menuetto)

Mozart Anniversary Orchestra
James Ehnes, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 17 de março de 2017

Robert Schumann (1810-1856) - Piano Trio No 3 in G minor, Op 110, Fantasiestucke, Op 88 e Piano Quartet in E flat major, Op 47

Vamos a mais um disco com obras de Robert Schumann. Dessa vez focaremos em sua obra camerística. Ao meu modo de ver, Schumann escreveu obras camerísticas belíssimas e se coloca ao lado de outros nomes do romantismo - Schubert, Mendelssohn, Beethoven e Brahms. O Florestan Trio possui outros discos com obras de câmara do compositor. Este aqui, por exemplo, é do ano de 2000. Destaque para o delicioso Op. 110. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Robert Schumann (1810-1856) - 

01. Piano Trio No 3 in G minor, Op 110. i Bewegt, doch nicht zu rasch - Rascher
02. Piano Trio No 3 in G minor, Op 110. ii Ziemlich langsam - Etwas bewegter - Sc
03. Piano Trio No 3 in G minor, Op 110. iii Rasch
04. Piano Trio No 3 in G minor, Op 110. iv Kraftig, mit Humor
05. Fantasiestucke, Op 88. i Romanze
06. Fantasiestucke, Op 88. ii Humoreske
07. Fantasiestucke, Op 88. iii Duett
08. Fantasiestucke, Op 88. iv Finale
09. Piano Quartet in E flat major, Op 47. i Sostenuto assai - Allegro ma non troppo
10. Piano Quartet in E flat major, Op 47. ii Scherzo
11. Piano Quartet in E flat major, Op 47. iii Andante cantabile
12. Piano Quartet in E flat major, Op 47. iv Finale

The Florestan Trio

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Robert Schumann (1810-1956) - Fantasie & Kreisleriana

Kreisleriana é conjunto de oito peças escritas por Robert Schumann, no ano de 1838, e dedicadas a outro pianista imortal, o polonês sentimental Frédéric Chopin. A peça é uma das obras mais famosas de Schumann - e uma das mais famosas da história do repertório pianístico. A obra é caracterizada por forte apelo dramático. Há quem a associe ao personagem Johannes Kreisler, personagem fictício de um dos contos de E.T.A. Hoffman. Não questiono esse fato. Sei apenas que a obra de uma beleza e de uma inquietação arrebatadoras. Não deixe deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Robert Schumann (1810-1956) -

01. I. Durchaus fantastich und leidenschaftlich vorzutragen-im Legenden-Ton
02. II. Mäßig. Durchaus energisch
03. III. Langsam getragen. Durchweg leise zu halten
04. I. Äußerst bewegt
05. II. Sehr innig und nicht zu rasch
06. III. Sehr aufgeregt
07. IV. Sehr langsam
08. V. Sehr lebhaft
09. VI. Sehr langsam
10. VII. Sehr rasch
11. VIII. Schnell Und Spielend
12. Widmung, S. 566 (After Schumann) (Bonus Track)

Jean-Philippe Collard, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 16 de março de 2017

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Works for violin & piano

Talvez, Prokofiev tenha sido o compositor que mais postei este ano. Afirmo isso pelo fato de admirá-lo profundamente. Prokofiev tinha um estilo muito próprio de compor. Em linhas bem gerais, a sua música não é fácil de ser admitida a um ouvinte neófito. É necessário ambientar-se com a sua complexidade estética - e, às vezes, à excentricidade de algumas peças. Neste disco, encontramos alguns dos suas sonatas para piano e violino. São belas. Mais palatáveis. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) - 

01. I. Andante assai
02. II. Allegro brusco
03. III. Andante
04. IV. Allegrissimo
05. I. Moderato
06. II. Scherzo_ Presto
07. III. Andante
08. IV. Allegro con brio
09. I. Andante
10. II. Lento, ma non troppo – Poco più mosso – Tempo I
11. III. Animato, ma non allegro – Poco più tranquillo – Meno mosso
12. IV. Allegretto leggero e scherzando
13. V. Andante non troppo – Pochissimo più animato

Franziska Pietsch, violino
Detlev Eisinger, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Richard Wagner (1813-1883) - Opera Arias & Duets

Que maravilhoso este disco! A proposta do disco é trazer arias e  duetos de quatro das arias de Richard Wagner. O que conta mesmo neste disco é qualidade da música. Enquanto ouvia, pensava na grandiosidade da música de Wagner. O compositor, de fato, era mágico, pomposo, faustoso. A noção de grandeza em Wagner é um grande pleonasmo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Wagner (1813-1883) -

01. Tannhauser: Act II: Dich, Teure Halle, Gruss Ich Wieder
02. Der Fliegende Hollander: Act II: Johohoe! Johohoe!
03. Der Fliegende Hollander: Act II: Wie Aus Der Ferne
04. Lohengrin: Act I: Einsam in Truben Tagen
05. Die Walkure: Act III, Scene 3. War Es So Schmahlich
06. Act III. Scene 3: Deinen Leichten Sin Lass Dich Denn Leiten
07. Act III. Scene 3: Du Zeugtest Ein Edles Geschlecht
08. Act III. Scene 3: Leb Wohl, Du Kuhnes, Herrliches Kind!
09. Die Walkure: Act III, Scene 3. Loge, Hor! Lausche Hieher!

Philharmonia Orchestra
Leopold Ludwig
Brigit Nilsson
Hans Hotter

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - Leo Parker (1925-1962) - Let Me Tell You 'Bout It

Já fazia um certo tempo que eu não postava um disco tão poderoso, com o bom e velho bop. Assustei-me já com a primeira faixa. Quando a escutei, pensei: "Eu vou gostar disso!". E, de fato, o disco nos oferece aquilo que de mais poderoso existe no jazz - a alegria, o ritmo, energia vitalizante, a sensualidade, a música ensolarada que nos convida ao deleite. Não existe desperdício neste disco. Todas as faixas são perfeitas! Leo Parker foi um saxofonista imensamente talentoso que gravou com nomes importante do jazz - Dizzy Gillespie, Dexter Gordon etc. Teve sua meteórica carreira interrompida aos 36 anos de idade. Parker era uma usuário contumaz de drogas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Leo Parker (1925-1962) - 

01. Glad Lad
02. Blue Leo
03. Let Me Tell You 'Bout It
04. Vi
05. Parker's Pals
06. Low Brown
07. T.C.T.B
08. The Lion's Roar
09. Low Brown (Long Version)

John Burks, trumpet
Bill Swindell, tenor sax
Leo Parker, baritone sax
Yusef Salim, piano
Stan Conover, bass
Purnell Rice, drums

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 15 de março de 2017

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Requiem in D minor, K. 626

O Réquiem de Mozart é daquelas obras que, quanto mais escutamos, mais sentimos necessidades dela. Sua beleza é especial. Sua grandeza coloca-nos diante de sensações incomparáveis. Tantas já foram as versões que escutei desta obra que já perdi a conta. E aqui neste disco temos mais uma versão. Trata-se de uma bonita e delicada versão regida pelo maestro argentino Daniel Baremboim. O grande regente prima pela sensibilidade. Sua abordagem é mais delicada, criando uma atmosfera de grande frescor espiritual. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

01. I. Introitus. Requiem Aeternam
02. II. Kyrie Eleison
03. III_ Sequenz. Dies Irae
04. Tuba Mirum
05. Rex Tremendae
06. Recordare
07. Confutatis
08. Lacrimosa
09. IV_ Offertorium. Domine Jesu Christe
10. Hostias et Precis
11. V. Sanctus
12. VI. Benedictus
13. VII. Agnus Dei
14. VIII. Communio_ Lux Aeterna

Choeurs et Orchestre de Paris
Daniel Baremboim, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Flute Sonatas - CPE Bach, Quantz & Kirnberger

Esta postagem foi feita às pressas na noite de ontem. Infelizmente, não tive tempo de elaborar um texto mais detalhado e com as características do disco. O que deve ser considerado em relação ao disco é que se trata de algo grandioso e belo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Flute Sonata in G Major_ I. Adagio
02. Flute Sonata in G Major_ II. Allegro ma non molto
03. Flute Sonata in G Major_ III. Allegro
04. Flute Sonata No. 273 in G Major, QV 1_109_ I. Presto ma fiero
05. Flute Sonata No. 273 in G Major, QV 1_109_ II. Grave -
06. Flute Sonata No. 273 in G Major, QV 1_109_ III. Vivace
07. Flute Sonata in A Minor, Wq. 128_ I. Andante
08. Flute Sonata in A Minor, Wq. 128_ II. Allegro
09. Flute Sonata in A Minor, Wq. 128_ III. Vivace
10. Flute Sonata in E Minor, L. 3.57_ I. Largo, ma un poco andante
11. Flute Sonata in E Minor, L. 3.57_ II. Arioso, un poco allegro
12. Flute Sonata in E Minor, L. 3.57_ III. Presto
13. Versuch einer Anweisung die Flöte traversiere zu spielen_ Adagio in C Major
14. Flute Sonata in D Major, Wq. 131_ I. Andante
15. Flute Sonata in D Major, Wq. 131_ II. Allegretto
16. Flute Sonata in D Major, Wq. 131_ III. Allegro

Empfindsam

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 14 de março de 2017

Dmtri Shostakovich (1906-1975) - Violin Concerto No.1 in A minor, Op.99 e Sergei Prokofiev (1891-1953) - Violin Concerto No.2 in G minor, Op.63

Um disco fundamental. Traz dois dos maiores compositores russos de todos os tempos. Talvez, ao lado de Stravinsky, dois dos maiores no século XX. Os concertos falam muito. São reações intempestivas de dois gênios  inigualáveis. O Concerto de Shostakovich possui um dos primeiros movimentos mais tenebrosos para um concerto para violino já escritos. Talvez, a única coisa espantosa nesse sentido e que venha a se igualar, está no concerto número 1 para piano de Brahms. Shosta enxerga o mundo por meio de cortinas de fumaça. Existe um pessimismo em cada canto. Uma face glacial e tenebrosa. Um disco para ouvir com os sentidos atentos. Uma boa apreciação!

01. Shostakovich Violin Concerto No.1 in A minor, Op.99 - I. Nocturne. Moderato
02. Shostakovich Violin Concerto No.1 in A minor, Op.99 - II. Scherzo. Allegro
03. Shostakovich Violin Concerto No.1 in A minor, Op.99 - III. Passacaglia. Andante
04. Shostakovich Violin Concerto No.1 in A minor, Op.99 - IV. Burlesque. Allegro
05. Prokofiev Violin Concerto No.2 in G minor, Op.63 - I. Allegro moderato
06. Prokofiev Violin Concerto No.2 in G minor, Op.63 - II. Andante assai
07. Prokofiev Violin Concerto No.2 in G minor, Op.63 - III. Allegro, ben marcato

Royal Philharmonic Orchestra
André Previn, regente
Viktoria Mullova, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Sonatas - 'Moonlight', 'Pathetique', 'Waldstein' etc

Ouvir Beethoven para mim é experimentar fortes doses de elementos humanizantes. Este disco traz quatro obras do mestre escolhidas de forma perfeita. As obras de Beethoven revelam necessariamente o grande artista que ele foi. Todavia, penso que se quisermos encontrá-lo inteiramente temos que escutar as suas sonatas para piano, seus quartetos de cordas e suas sinfonias. Ali está aquilo que podemos chamar de perfeição, de idealismo em seu sentido máximo. Este disco é traz um cadinho, uma mostra do imenso mundo do compositor. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

01. Piano Sonata No. 14 'Moonlight' in C# minor, Op. 27 No. 2 1. Adagio sostenuto
02. Piano Sonata No. 14 'Moonlight' in C# minor, Op. 27 No. 2 2. Allegretto
03. Piano Sonata No. 14 'Moonlight' in C# minor, Op. 27 No. 2 3. Presto agitato
04. Piano Sonata No. 8 'Pathetique' in C minor, Op. 13 1. Grave Allegro di molt
05. Piano Sonata No. 8 'Pathetique' in C minor, Op. 13 2. Adagio cantabile
06. Piano Sonata No. 8 'Pathetique' in C minor, Op. 13 3. Rondo Allegro
07. Piano Sonata in G major, Op. 79 1. Presto alla tedesca
08. Piano Sonata in G major, Op. 79 2. Andante
09. Piano Sonata in G major, Op. 79 3. Vivace
10. Piano Sonata No. 21 'Waldstein' in C major, Op. 53 1. Allegro con brio
11. Piano Sonata No. 21 'Waldstein' in C major, Op. 53 2. Introduzione Adagio m
12. Piano Sonata No. 21 'Waldstein' in C major, Op. 53 3. Rondo Allegretto mode

Steven Osborne, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 8 in E-Flat Major - "Symphony of a Thousand"

Segue mais um disco dessa série gravada pela ocasião dos 150 anos do nascimento de Mahler e dos 100 da sua morte. Vale lembrar que essas gravações foram realizadas nos anos de 2010 e 2011. Esta, por exemplo, com a Sinfonia número 8 é do ano de 2011 - realizada ao vivo, direto do teatro da Royal Concertgebouw Orchestra da Holanda, uma das mais poderosas orquestras do mundo. Vale lembrar ainda que a Oitava de Mahler é um daqueles momentos sublimes em que a pretensão do artista se eleva apara alcançar espaços impensados. A Oitava é a mais pretensiosa sinfonia de Mahler - quiçá seja uma das mais pretensiosas da história. O seu coro, pela ocasião da escrita, era para mil vozes. Acredito que nem mesmo Wagner, que gostava de feitos hiperbólicos, tenha pensado em algo assim. Não sei se ainda hoje algum regente se aventure a isso. Mas, o fato é que é uma trabalho à altura da grandiosidade de Mahler. Por incrível que pareça, é o trabalho sinfônico do compositor de que menos gosto. Mas isso é um fato desimportante. O relevante aqui é a música. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

01.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
02.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
03.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
04.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
05.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
06.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part I_ Veni_ creator
07.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f
08.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (1)
09.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (2)
10.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (3)
11.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (4)
12.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (5)
13.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (6)
14.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (7)
15.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (8)
16.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (9)
17.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (10)
18.- Symphony No. 8 in E-Flat Major_ _Symphony of a Thousand_- Part II_ Final Scene f (11)

Royal Concertgebouwn Orchestra
Netherlands Radio Choir
State Choir "Latvija"
Bavarian Radio Choir
National Boys Choir
Mariss Jansons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 12 de março de 2017

Carl Nielsen (1865-1931) - Symphonies - 1 - 6

Gennady Rozhdestvensky é um regente privilegiado. Impressiona o quanto esse grande maestro é pleno naquilo que faz. Nunca me decepciono com ele - seja com os russos, com os alemães ou com qualquer compositor de outra nacionalidade. Esta caixa traz as seis espantosas sinfonias do dinamarquês Carl Nielsen. As sinfonias de Nielsen são deliciosamente robustas. Um exemplo é a Número 5, que possui o seu primeiro movimento como um dos mais belos que conheço. Aquela música airosa, fugidia, que vai se esfumaçando à medida que surge, impressiona. E aos poucos a coisa se acentua para formar uma marcha em tom denso e marcial - com leves cintilações orientais. Nielsen era uma baita compositor. Suas sinfonias provam isso. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Carl Nielsen (1865-1931) -

DISCO 01

01. 1 - I. Allegro orgoglioso
02. 1 - II. Andante
03. 1 - III. Allegro comodo - Andante sostenuto - Tempo I
04. 1 - IV. Finale. Allegro con fuoco
05. 4 - I. Allegro
06. 4 - II. Poco allegretto
07. 4 - III. Poco adagio quasi andante
08. 4 - IV. Allegro - Glorioso - Tempo giusto

DISCO 02

01. 2 - I. Allegro collerico
02. 2 - II. Allegro comodo e flemmatico
03. 2 - III. Andante malincolico
04. 2 - IV. Allegro sanguineo - Marziale
05. 3 - I. Allegro espansivo
06. 3 - II. Andante pastorale
07. 3 - III. Allegretto un poco
08. 3 - IV. Finale. Allegro

DISCO 03

01. 5 - I. Tempo giusto
02. 5 - II. Adagio non troppo
03. 5 - III. Allegro
04. 5 - IV. Presto
05. 5 - V. Andante un poco tranquillo
06. 5 - VI. Allegro
07. 6 - I. Tempo giusto - Allegro passionato - Lento ma non troppo - Tempo I (giust
08. 6 - II. Humoreske. Allegretto
09. 6 - III. Proposta seria. Adagio
10. 6 - IV. Tema con variazioni. Allegro - Tema. Allegretto un poco - Variazioni I-

Royal Stockholm Philharmonic Orchestra
Gennady Rozhdestvensky, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2
BAIXAR AQUIparte3

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!


Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Piano Concertos 5, 6, 8, 19, 22, 23, 24, 25, 16, 26 & 27 (CDs 5 - 8 de 8 final)

Vamos aos quatro últimos discos da caixa. Trata-se de material fundamental e necessário. As gravações dessas obras foram realizadas ainda na década de oitenta. A qualidade do material é amplificado pela qualidade técnica da veterana pianista Mitsuko Uchida e a pela excelente sonoridade proporcionada pelo English Chamber Orchestra. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

DISCO 05

01.Piano Concerto No.5 in D-dur, KV 175 - I. Allegro
02.Piano Concerto No.5 in D-dur, KV 175 - II. Andante ma un poco adagio
03.Piano Concerto No.5 in D-dur, KV 175 - III. Allegro
04.Piano Concerto No.6 in B-dur, KV 238 - I. Allegro aperto
05.Piano Concerto No.6 in B-dur, KV 238 - II. Andante un poco adagio
06.Piano Concerto No.6 in B-dur, KV 238 - III. Rondeau. Allegro
07.Piano Concerto No.8 in C-dur 'Lutzow', KV 246 - I. Allegro aperto
08.Piano Concerto No.8 in C-dur 'Lutzow', KV 246 - II. Andante
09.Piano Concerto No.8 in C-dur 'Lutzow', KV 246 - III. Rondeau. Tempo di Menuetto

DISCO 06

01.Piano Concerto No.19 in F-dur, KV 459 - II. Allegretto
02.Piano Concerto No.19 in F-dur, KV 459 - III. Allegro assai
03.Piano Concerto No.22 in Es-dur, KV 482 - I. Allegro
04.Piano Concerto No.22 in Es-dur, KV 482 - II. Andante
05.Piano Concerto No.22 in Es-dur, KV 482 - III. Allegro
06.Piano Concerto No.23 in A-dur, KV 488 - I. Allegro
07.Piano Concerto No.23 in A-dur, KV 488 - II. Adagio
08.Piano Concerto No.23 in A-dur, KV 488 - III. Allegro assai

DISCO 07

01.Piano Concerto No.24 in c-moll, KV 491 - I. Allegro
02.Piano Concerto No.24 in c-moll, KV 491 - II. Larghetto
03.Piano Concerto No.24 in c-moll, KV 491 - III. Allegretto
04.Piano Concerto No.25 in C-dur, KV 503 - I. Allegro maestoso
05.Piano Concerto No.25 in C-dur, KV 503 - II. Andante
06.Piano Concerto No.25 in C-dur, KV 503 - III. Allegretto
07.Piano Concerto No.16 in D-dur, KV 451 - I. Allegro

 DISCO 08

01.Piano Concerto No.16 in D-dur, KV 451 - II. Andante
02.Piano Concerto No.16 in D-dur, KV 451 - III. Allegro di molto
03.Piano Concerto No.26 in D-dur 'Coronation', KV 537 - I. Allegro
04.Piano Concerto No.26 in D-dur 'Coronation', KV 537 - II. Larghetto
05.Piano Concerto No.26 in D-dur 'Coronation', KV 537 - III. Allegretto
06.Piano Concerto No.27 in B-dur, KV 595 - I. Allegro
07.Piano Concerto No.27 in B-dur, KV 595 - II. Larghetto
08.Piano Concerto No.27 in B-dur, KV 595 - III. Allegro

English Chamber Orchestra
Mitsuko Uchida, piano
Jeffrey Tate, diretor

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2
BAIXAR AQUIparte3
BAIXAR AQUIparte4

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 11 de março de 2017

Piotr. I. Tchaikovsky (1840-1893) - Violin Concerto in D, Op. 35 e Jean Sibelius (1865-1957) - Violin Concerto in D minor, Op. 47

Estes são dois dos concertos para violino mais bonitos e populares já escritos. O opus 35 de Tchaikovsky é uma verdadeira joia rara. Trata-se de uma obra que oferece bastante dificuldade aos intérpretes por conta de sua escrita. A outra obra do disco é o, também belíssimo, concerto escrito pelo finlandês Jean Sibelius. Também não é uma obra fácil. Foi o único concerto para violino escrito por ele. Atrás disso tudo, há dois sujeitos imensamente competentes: na regência, o veterano e experiente Seiji Ozawa; ao violino, a maravilhosa e também experiente Victoria Mullova. Não deixe de ouvir este disco. Uma boa apreciação!

01. Tchaikovsky  _ Violin Concerto in D, Op. 35 - I Allegro moderato
02. Tchaikovsky _ Violin Concerto in D, Op. 35 - II Canzonetta
03. Tchaikovsky _ Violin Concerto in D, Op. 35 - III Finale
04. Sibelius  _ Violin Concerto in D minor, Op. 47 - I Allegro moderato
05. Sibelius  _ Violin Concerto in D minor, Op. 47 - II Adagio di molto
06. Sibelius  _ Violin Concerto in D minor, Op. 47 - III Allegro ma non tanto

Boston Symphony Orchestra
Seiji Ozawa, regente
Victoria Mullova, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 10 de março de 2017

Jazz - Herbie Hancock (1940 - ) - The Best of Herbie Hancock The Hits!

Este, talvez, seja o disco mais heterodoxo que já postei até hoje. Mas, simplesmente, achei o disco sensacional! Para comemorar a postagem jazzística da semana, resolvi trazer uma coletânea com o músico Herbie Hancock, um gênio inquestionável ainda vivo do movimento. As músicas possuem uma forte influência da sonoridade eletrônica - e são altamente dançantes. Vale ressaltar que Hancock é aquele que gravou obras dos mais estilos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Herbie Hancock (1940 - ) -

01. Chameleon
02. Watermelon Man
03. I Thought It Was You
04. You Bet Your Love
05. Ready or Not
06. Stars in Your Eyes
07. Saturday Night
08. Satisfied With Love
09. Rockit

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 6 in A Minor - "Tragic" e Hans Werner Henze (1926-2012) - Sebastian im Traum

Vamos ao sexto disco dessa série com o Mariss Jansons. Dessa vez, temos a Sexta Sinfonia do compositor austríaco, um verdadeiro monumento em todos os sentidos. A obra, pela sua potência, é chamada "Trágica". Trata-se de um típico trabalho mahleriano com todo aquele jogo dramático, que acaba justamente com uma explosão de otimismo. O disco ainda traz o compositor  Hans Werner Henze, morto em 2012. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

DISCO 01

01.- Symphony No. 6 in A Minor_ _Tragic_- I. Allegro energico_ ma non troppo. Heftig_
02.- Symphony No. 6 in A Minor_ _Tragic_- II. Andante moderato
03.- Symphony No. 6 in A Minor_ _Tragic_- III. Scherzo- Wuchtig

DISCO 02

01.- Symphony No. 6 in A Minor_ _Tragic_- IV. Finale- Allegro moderato - Allegro ener
02.- Sebastian im Traum- I. Quarter note circa 80
03.- Sebastian im Traum- II. Ruhig fliessend
04.- Sebastian im Traum- III. Quarter note 66

Royal Concertgebouw Orchestra
Mariss Jansons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 9 de março de 2017

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Sonata No. 21 in C Major, Op. 53 'Waldstein e Franz Liszt (1811-1886) - 6 Consolations, S. 172 Nos. 1 & 2; Overture to Tannhäuser - Concert Paraphrase etc

Vamos a mais um excelente disco para encerrarmos bem o dia de hoje. O disco traz dois compositores que estabeleceram uma relação de profunda intimidade com o piano. O primeiro deles é Beethoven, que escreveu trinta e duas sonatas para o instrumento. Cada uma delas possui uma personalidade que pode ser abordada e entendida. O outro compositor é Liszt, que foi uma espécie de "primeiro artista pop" da história, pelo impacto que sua imagem causava. No disco encontramos algumas transcrições, por exemplo, da música de Wagner. Não deixe de ouvir este disco que traz a jovem pianista Sophie Pacini. Uma boa apreciação!

01. Piano Sonata No. 21 in C Major, Op. 53 'Waldstein I. Allegro con brio
02. Piano Sonata No. 21 in C Major, Op. 53 Waldstein II. Introduzione. Adagio molto
03. Piano Sonata No. 21 in C Major, Op. 53 Waldstein III. Rondo Allegretto moderato - Prestissimo
04. 6 Consolations, S. 172 No. 1 in E Major
05. 6 Consolations, S. 172 No. 2 in E Major
06. Overture to Tannhäuser - Concert Paraphrase, S. 442
07. Reminiscences de Don Juan, S. 418
08. Liebestraum No. 3 in A-Flat Major, S. 541 III. O lieb so lang du lieben kannst
09. Hungarian Rhapsody No. 6 in D-Flat Major, S. 2446

Sophie Pacini, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 5 in C-Sharp Minor

Entre as sinfonias compostas por Mahler, certamente, esta é a que desperta mais lascívia em mim. É um trabalho de alto calibre filosófico. Mahler faz uma incursão épica pelo interior da alma humana. Ele vai aos mundos escuros, abissais - quiçá - inacessíveis ao perscrutador comum. E, ao chegar lá, revela-nos coisas espantosas. Entre os discos postados dessa série, este foi aquele de que mais gostei. Aqui temos um Mahler encorpado e dramático para, ao final, mostrar-se apoteótico. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

01.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- I. Trauermarsch
02.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- II. Sturmisch bewegt_ mit grosster Vehemenz

03.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- III. Scherzo
04.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- IV. Adagietto
05.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- V. Rondo-Finale

Royal Concertgebouw Orchestra
Mariss Jansons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!