terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Enrique Granados (1867-1916) - Danças Espanholas

O espanhol Enrique Granados nasceu em Lérida (Catalunha). Desde muito pequeno mostrou propensões para a música. Sua mãe foi responsavel por inculcar no jovem curioso as primeiras lições de piano. Aos 16 anos, fala-se que o jovem Granados interpretou de forma magistral a Sonata No. 2 de Schumann. Deixou a pequena Lérida e foi para Barcelona. Tornou-se um jovem boêmio e idealista. Adquiriu habilidades notáveis ao piano. Fazia excelentes concertos, o que lhe rendeu grande fama. Sua brilhante carreira foi interrompida pela morte prematura. Em 1916, no auge da Primeira Guerra Mundial, Granados morreu afogado juntamente com a esposa no Canal da Mancha. O navio em que viajava foi bombardeado. Foi um grande amigo de Isaac Albéniz. Sua obra possui uma linguagem própria. É repleta de características belamente espanholas. Ela estabelece uma linguagem intimista e pessoal com o ouvinte, evoca uma grande dose de refinamento e contenção. Granados escreveu uma ópera intitulada Goyescas e um poema sinfônico denominado A Divina Comédia e outras obras de grande referência como Maria del Carmen, Petrarca e Picarol. As Danças Espanholas - aqui apresentadas - foram compostas em finais do século XIX em vários fragmentos e em seguida foram reunidas. A obra fez grande sucesso pelo tratamento pianístico e pelo colorido do material de cunho popular. Cui, representante do Grupo dos Cinco da música russa, afirmou que As Danças Espanholas podem ser comparadas às Valsas Norueguesas de Edvard Grieg ou às Danças Húngaras de Brahms. Sendo assim, não deixe de apreciar. Boa audição!

Enrique Granados (1867-1916) - Danças Espanholas

01. Dança No. 2 - Oriental [04:48]
02. Dança No. 3 - Zarabanda [03:53]
03. Dança No. 4 - Villanesca [05:33]
04. Dança No. 5 - Andaluza [03:38]
05. Dança No. 6 - Rondalla aragonesa [04:35]
06. Dança No. 7 - Valenciana [05:07]
07. Dança No. 10 - Danza triste [04:12]
08. Dança No. 11 - Zambra [06:28]
09. Valsas Poéticas [13:25]

Fernando Castaño, Ramon Roncal , violão (1, 8)
Dubravka Tomsic, piano (2, 3, 5, 6, 9)
Pau Casals, cello, Nicolai Mednikoff, piano, (4)
Andres Segovia, violão, (7)

BAIXAR AQUI

Have Joy!

*Se possível, deixe um comentário!

2 comentários:

Anônimo disse...

mucha musica muy interesante,
gracias !

ricardo

Henrique Gorgone disse...

Oh! Este tem que restaurar sem parar pra pensar em fazer!!