quinta-feira, 19 de julho de 2012

Benjamin Britten (1913-1976) - Four Sea Interludes , Op. 33A, Sergei Rachmaninov (1873-1943) - Symphony No. 3 in A minor, Op. 44 e Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Cello Concerto No. 1 in E Flat Major, Op. 197

Poderia chamar esse post de 3 menos 1: simplesmente, pois aqui há três compositores importantes, mas somente dois, particularmente, Britten e Shostakovich sejam diletos para mim. Rachmaninov sempre me gera grande desconfiança. Britten surge aqui com o seu genial Quatro Interlúdios marinhos da ópera Peter Grimes. Essa poderia ser a obra que vai consolar a tristeza em meu velório. Acho-a simplesmente imbatível. O terceiro movimento é uma das coisas mais belas compostas no século XX. Aquela cadência leve, que impele a uma reflexão profunda é bastante inspiradora. Deve haver para mais de 10 gravações aqui no blog dessa obra. A outra obra é Terceira Sinfonia de Rachmainov que nos faz navegar em nuvens de algodão de forma despropositada. Penso que Rach seja um compositor inoportuno, deslocado, que compôs determinadas obras que ninguém mais queria ouvir em determinado momento da história da música. Mas deixemos o sujeito de mãos grandes e ímpetos dubitáveis para lá. A Terceira Sinfonia parece uma noite gelada, de um céu sem estrelas. Possui momentos interessantes - até escutáveis (o segundo movimento é aceitável), mas apenas isso. E a outra obra é Concerto para cello de um dos meus compositores preferidos - Shostakovich. O concerto para cello inicia com aquela ironia tão costumeira nas obras do russo. Todavia, aos poucos vai ganhando uma textura densa, tensa, trágica. E diz, num crescendo espetacular, toda a comunicabilidade típica das obras artísticas de Shosta - que viveu num período singular da história do século XX, na União Soviética do camarada Stálin. A regência fica a cargo do finlandês Osmo Vanska. Não deixe de ouvir esse delicioso e extraordinário broadcasting. Bom deleite!

Benjamin Britten (1913-1976) -

Four Sea Interludes , Op. 33A
01. 4 Sea Interludes, Op. 33A - 1-Dawn
02. 4 Sea Interludes, Op. 33A - 2-Sunday Morning
03. 4 Sea Interludes, Op. 33A - 3-Moonlight
04. 4 Sea Interludes, Op. 33A - 4-Storm

Sergei Rachmaninov (1873-1943) -  

Symphony No. 3 in A minor, Op. 44
05. Lento - Allegro moderato
06. Adagio ma non troppo
07. Allegro

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -
Cello Concerto No. 1 in E Flat Major, Op. 197
08. 1. Allegretto
09. 2. Moderato
10. 3. Cadenza
11. 4. Allegro con moto

Você pode comprar este CD na Amazon

Cleveland Orchestra
Osmo Vänskä,regente
Clemens Hagen, cello

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

Um comentário:

sdasdasd disse...

Primeira vez que fui numa sala de concerto foi para ver esse senhor conduzir a quarta do Tchaikovsky (Sala São Paulo - Maio de 2011). E foi a melhor que ouvi até hoje.
Excelente postagem!