sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No. 4 in B-flat major op. 60 e Symphony No. 5 in C minor op. 67

O F. Faria Israel, de Pernambuco, minha terra querida, que visitarei no próximo mês, deixou um comentário bastante bonito no dia de hoje. Reproduzo a seguir: "Olá Carlinus, O Ser da Música, pode até não ter muitos comentários, pode não ser o Blog de mais visitas, pode não ser o mais badalado da mídia, mas nem sempre a quantidade define algo realmente de qualidade. Eu diria que o Ser da Música está classificado no quesito DETALHE. E como tal, não salta os olhos do comum e corriqueiro. Nós internautas garimpeiros de pérolas e pepitas musicais, quando encontramos uma "mina", uma fonte riquíssima de informações preciosas, conteúdo bem humorado, e, opinião sobre seu conteúdo, ficamos empolgados, e raramente nos damos conta do trabalho árduo e da dedicação daquele(s) que está por trás deste conteúdo. Você(s) e o Blog O Ser da Música, estão de parabéns, e merecem todo o nosso reconhecimento. Quantos outros compositores e obras todos nós conhecemos através de suas descrições ricas em detalhes e apaixonadas. Não meça a qualidade nem a importância de seu trabalho e de seu blog pela quantidade de comentários que este possa ter. Acredite, como eu deve haver outros que, graças ao seu blog e seu trabalho de nos trazer estes verdadeiros "diamantes" lapidados (porque voce os burila na forma de texto antes de nos oferecer) temos conhecimento de um universo de compositores e obras que foge do pequeno círculo da mídia radiofônica e televisiva. À frente e Avante, bravo Alferes. Levanta teu Estandarte com orgulho, pois ainda que não nos veja, uma pequena multidão de cultuadores da Deusa Euterpe te seguem. Meus sinceros agradecimentos". Em homenagem a esta bonita declaração, segue o disco abaixo, para que encerremos bem os trabalhos no dia dia de hoje. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Symphony No. 4 in B-flat major op. 60
01. I. Adagio - Allegro vivace
02. II. Adagio
03. III. Menuetto. Allegro vivace. Trio_ Un poco meno
04. IV. Allegro ma non troppo

Symphony No. 5 in C minor op. 67
05. I. Allegro con brio
06. II. Andante con moto
07. III. Allegro
08. IV. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Symphonie-Orchester des Bayerischen Rundfunks
Rafael Kubelik, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

3 comentários:

jose farias disse...

Caro Carlinus,
Perdoe-me o adendo feito aqui no espeça para comentários, mas não vi no blog nenhuma outra forma de comunicação, e gostaria de ser atendido em um pedido. Sou afeito a música triste, nostálgica, pesada, terrível, incômoda, sombria e assombrada, é o caso de um réquiem que baixei a menos de um ano no seu magnífico blog, não lembro do compositor, Gesualdo, Panderick... Não lembro, mas lembro que na toda de apresentaçao, dissestes: ...parece que os próprios mortos é que cantam... Não se se isso é suficiente para identificar um réquiem e seu compositor, mas se for, peço encarecidamente, reposte-o ou mande-me o link se ainda postado. Caso minha parca informação não seja suficiente só tenho lamentar a perda de meu arquivo. Agradeço antecipadamente qualquer resultado, e perdoe-me por ocupar este espaço com meu complexo pedido.
PS. Honrado de ver meu humilde comentário no corpo do Blog. Abrigado.

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Caro Carlinus.
Aqui do Rio Grande do Sul, endosso o texto do Faria Israel.
Não sei como consegue rodar e manter o Blog.O que sei, é que você faz a diferença,neste mundo complexo e confuso. Você partilha teu conhecimento e acervo musical,nos oferecendo emoção a cada postagem.Você é uma pessoa rara.Com gratidão.Forte abraço do Dirceu.

Carlinus disse...

Obrigado, Dirceu, pelos comentários sempre oportunos e pelas visitas.

Abração!