quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 9 Symphonies

Penúltima postagem do ano. Resolvi, desta vez, presentear os visitantes com esta caixa fenomenal com as sinfonias de Beethoven, regidas por Rafael Kubelik. A DG compilou as interpretações realizadas por Kubelik, de cada uma das nove sinfonias do mestre alemão, e as reuniu em um único registro. É possível perceber a quantidade de orquestras, mostrando o quanto Kubelik trabalhava e viajava. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

DISCO 01

01-04- Symphony No.1 in C-dur, Op.21

London Symphony Orchestra

05-08 - Symphony No.6 in F-dur, Op.68 - "Pastoral"

Orchestre de Paris

DISCO 02

01-04 - Symphony No.2 In D Major,Op.36

Royal Concertgebouwn Orchestra

05-08 - Symphony No.7 in A-dur, Op.92

Wiener Philharmoniker

DISCO 03

01-04 - Symphony No.3 in Es-dur, Op.55 - Eroica

Berliner Philharmoniker

05-08 - Symphony No.8 in F-dur, Op.93

The Cleveland Orchestra

DISCO 04

01-04 - Symphony no. 4 in B flat major, Op. 60

Israel Philharmonic Orchestra

05-08 - Symphony no. 5 in C minor, Op. 67

Boston Symphony Orchestra

DISCO 05

01-04 - Symphony no. 9 in D minor, Op. 125

Symphonie-Orchester des Bayerischen  Rundfunks
Chor des Bayerischen  Rundfunks

DISCO 06

01-04- Symphony no. 7 in A major, Op. 92

Symphonie-Orchester des Bayerischen Rundfunks

Você pode comprar este disco na Amazon

Rafael Kubelik, regente

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2
BAIXAR AQUIparte3
BAIXAR AQUIparte4
BAIXAR AQUIparte5

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo! 

4 comentários:

Anônimo disse...

Thank you Ludwig.
Thank you Carlinus.
He created. You shared.
We hear and appreciate the art of humanity, not the brutality and war and greed.
May we see live to sing, all of us,

Ode to Joy.

Let there be music.

____

In 2001, Beethoven's autograph score of the Ninth Symphony, held by the Berlin State Library, was added to the United Nations World Heritage List,[3] becoming the first musical score to be so honoured.[4]

GOOGLE TRANSLATION

Obrigado Ludwig .
Obrigado Carlinus .
Ele criou . Você compartilhada.
Nós ouvir e apreciar a arte da humanidade, não a brutalidade e guerra e ganância.
Que possamos ver ao vivo a cantar, todos nós, Ode à Alegria .

O Ser Da Musica
____

Em 2001, a pontuação autógrafo de Beethoven da Nona Sinfonia , realizada pela Biblioteca Estadual de Berlim , foi adicionado à lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas [3], tornando-se a primeira partitura musical a receber tal honra . [4]

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Caro Carlinus.Viva 2015.Grato.
Abraço do Dirceu.
> "Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que
> se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
> Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da
> exaustão.
> Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
> entregar os pontos.
> Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
>
> com outro número e outra vontade de acreditar que daqui
> para adiante vai ser diferente...
>
> Para você, Desejo o sonho realizado.
> O amor esperado. A esperança renovada.
> Para você, Desejo todas as cores desta vida.
> Todas as alegrias que puder sorrir.
> Todas as músicas que puder emocionar.
>
> Para você neste novo ano,
> desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
> que sua família esteja mais unida,
> que sua vida seja mais bem vivida.
>
> Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
> Mas nada seria suficiente...
> Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
> Desejos grandes...
> e que eles possam te mover a cada minuto,
> no rumo da sua FELICIDADE!!!"
>
> Carlos Drummond de Andrade

João Martinez disse...

Caríssimo,

Venho lhe desejar um ótimo ano novo. Você nos brindou com excelentes postagens em 2014. Meu parco conhecimento de música erudita foi excessivamente estendido a partir deste maravilhoso blog. Agradeço deveras!

Vou ousar um último pedido. Você poderia me recomendar alguma bibliografia? Conheço apenas estudos sociológicos sobre música, textos que tratam geralmente do gosto como os de Bourdieu e Henion, por exemplo.

Abraços!

Att.
João Martinez

Anônimo disse...

Como você disse: caixa fenomenal.
Obrigado!