quarta-feira, 30 de maio de 2012

Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908) Scheherazade, op. 35 e Capricho Espanhol, Op. 34

Rimsky-Korsakov foi um extraordinário orquestrador. Poucos compositores souberam criar obras de maneira tão elegante quanto ele. Ele explora um determinado efeito em suas obars orquestrais que nos passa a impressão de que um massa sonora vem de encontro ao nosso peito. Sua Scheherazade está entre as obras mais belas que existem. Korsakov apesar de possuir dentro de si toda aquela dimensão particular do homem russo, captou de maneira genial aquela carga sui generis da cultura árabe quando escreveu Scheherazade. A outra obra é o Capricho Espanhol, obra cuja beleza também deve ser relevada. Korsakov gostava desses colóquios culturais. Que bom! Graças a isso, nós que apreciamos uma boa música, podemos nos inebriar com tamanhas produções. A regência fica a cargo de Vladimir Fedoseyev, um excelente maestro daqueles rincões russos misteriosos. Gravação extraordinária! Abraços musicais!

Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908) 

Scheherazade, op. 35
01. The Sea and Sindbad's Ship
02. The Story of the Kalender Prince
03. The Young Prince and the Young Princess
04. Festival at Baghdad, The Sea, The Sh...

 Capricho Espanhol, Op. 3405. Alborada
06. Variazioni
07. Alborada
08. Scena e canto gitano
09. Fandango asturiano

Você pode comprar este CD na Amazon

The USSR TV and Radio Large Symphony Orchestra
Vladimir Fedoseyev, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Nenhum comentário: