sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Franz Schubert (1797-1828) - Symphony No. 5 in B-Flat Major, D. 485 e Johannes Brahms (1833-1897) - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16

Este é um registro ao vivo, extraído em dois momentos. O primeiro trabalho é de Schubert. Temos dele a mozarteana Sinfonia número 5. Possui toda aquela luminosidade da música vienense durante o Classicismo. Schubert a escreveu em 1816, quando possuía impressionantes dezenove anos. Já o segundo trabalho é de Johannes Brahms, outro excepcional compositor romântico. No caso em questão temos a Serenade no. 2, escrita em 1859. Brahms dedicou o trabalho a Clara Schumann, que naquele momento estava viúva. Robert Schumann morrera em 1856. A regência fica a cargo do grande regente John Elliot Gardiner. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Symphony No. 5 in B-Flat Major, D. 485_ I. Allegro (Live)
02 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Symphony No. 5 in B-Flat Major, D. 485_ II. Andante con moto (Liv
03 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Symphony No. 5 in B-Flat Major, D. 485_ III. Menuetto. Allegro mo
04 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Symphony No. 5 in B-Flat Major, D. 485_ IV. Allegro vivace (Live)
05 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16_ I. Allegro moderato (Live)
06 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16_ II. Scherzo. Vivace (Live)
07 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16_ III. Adagio non troppo (Live)
08 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16_ IV. Quasi menuetto (Live)
09 - Orchestre Révolutionnaire et Romantique - Serenade No. 2 in A Major, Op. 16_ V. Rondo. Allegro (Live)

Orchestre Révolutionnaire et Romantique
Live at Concertgebouw
John Elliot Gardiner, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Nenhum comentário: