segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Franz Schubert (1797-1828) - Symphony No. 9 in C major, D. 944, "Great" e Symphony No. 3 in D major, D. 200

Já escutei este disco umas quatro vezes. Confesso que a interpretação da Nona é soberba. Inicialmente, bateu uma certa desconfiança, pois no encarte do disco aparece escrito "Oitava Sinfonia", todavia, quando se escuta o disco, percebe-se a presença da Nona. Depois de tentar entender o porquê do selo Audite assim fazer, penso que tenha chegado a uma compreensão. Schubert não escreveu uma Sétima Sinfonia. Depois da Sexta, pula-se logo para a Oitava. Penso que a gravadora tenha considerado apenas as sinfonias existentes. O que é Oitava virou Sétima; e, por sua vez, o que era Nona virou Oitava. De qualquer forma, a gravação das duas sinfonias, como já falei, é espetacular. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

01. Symphony No. 9 in C major, D. 944, _Great__I. Andante - Allegro ma non troppo
02. Symphony No. 9 in C major, D. 944, _Great__II. Andante con moto
03. Symphony No. 9 in C major, D. 944, _Great__III. Scherzo_ Allegro vivace - Trio
04. Symphony No. 9 in C major, D. 944, _Great__IV. Allegro vivace
05. Symphony No. 3 in D major, D. 200_I. Adagio maestoso - Allegro con brio
06. Symphony No. 3 in D major, D. 200_II. Allegretto
07. Symphony No. 3 in D major, D. 200_III. Menuetto_ Vivace - Trio
08. Symphony No. 3 in D major, D. 200_IV. Presto vivace

Symphonieorchester des Bayerischen Rundfunks
Rafael Kubelik, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

2 comentários:

r disse...

É melhor do que a Nona (eu mantenho a ordem clássica) dirigida pelo Krips? Já ouvi algumas, nenhuma melhor que a do Krips, até agora. Kubelik é fantástico. Nota: Melhor ou pior é tão subjectivo, que o melhor mesmo será nem me responder, não será melhor?

r disse...

Interpretação majestosa. Sublime qualidade de som.