domingo, 30 de março de 2014

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 1 in C minor

Anton Bruckner foi um dos maiores sinfonistas de todos os tempos. Compôs essencialmente para este gênero. Claro, escreveu algumas peças para piano, obras sacras, alguns quartetos de cordas. Mas a sua especialidade era a sinfonia. A cada nova sinfonia notava-se um pedaço de sua alma. De sua fé; de sua crença em Deus. Durante boa parte de sua vida não teve o reconhecimento que merecia. Os seus primeiros trabalhos foram bastante criticados e passaram por inúmeras revisões. Tais revisões para muitos era uma espécie de amostragem da insegurança do compositor. Mas penso o contrário! Bruckner era um detalhista. Seus trabalhos são excessivos. Primam pelo grandioso; pelo faustoso, justamente por causa de suas intuições espirituais. Aqui temos Claudio Abbado, morto em janeiro último, regendo no famoso Festival de Lucerne. Baita disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

Symphony No. 1 in C minor
01 - Allegro (C minor)
02 - Adagio (A-flat major)
03 - Scherzo- Lebhaft (G minor) - Trio- Langsam (G major)
04 - Finale- Bewegt und feurig (C minor)

Versão de 1891

Você pode comprar este disco na Amazon

Lucerne festival Orchestra
Claudio Abbado, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

2 comentários:

Guillermo Saar disse...

Que belleza; mil gracias!

Osvaldo disse...

Não consigo entender como este maravilhoso maestro pode escolher esta última versão da Primeira Sinfonia de Bruckner. Esta versão de Viena é tremendamente inferior á versão de Linz. O próprio Abbado sempre regeu a versão original.