domingo, 30 de janeiro de 2011

Johannes Brahms (1833-1897) - Sonata for Cello and Piano No. 1 in E minor, Op. 38 e Sonata for Cello and Piano No. 2 in F major, Op. 99

Há compositores que possuem uma linguagem singular e que nos toca profundamente. Certamente, Brahms é um desses. É um dos meus compositores favoritos. Gosto incondicionalmente de sua música, de sua sensibilidade. Achei que era um dever postar este CD. Achei-o recentemente. Pensei em não postá-lo. 160 kbps é uma quantia, para mim, pouco apetecível. Gosto de mp3s a partir de 224 kbps. Mas como se trata de uma CD com um conteúdo tão espetacular, decidi postar. Já fazia um certo tempo que eu não postava o bom e velho Brahms. E aqui ele aparece interpretado por Serkin e Rostropovich. Verdadeiramente imperdível! Um bom deleite!

Johannes Brahms (1833-1897) - Sonata for Cello and Piano No. 1 in E minor, Op. 38 e Sonata for Cello and Piano No. 2 in F major, Op. 99

Sonata for Cello and Piano No. 1 in E minor, Op. 38

01. 1. Allegro non troppo
02. 2. Allegretto quasi Menuetto
03. 3. Allegro

Sonata for Cello and Piano No. 2 in F major, Op. 99
04. 1. Allegro vivace
05. 2. Adagio affettuoso
06. 3. Allegro passionato
07. 4. Allegro molto

Você pode comprar este CD na Amazon
Mstislav Rostropovich, cello
Rudolf Serkin, piano

BAIXAR AQUI
 
*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante! Ajuda a manter o nosso blog vivo!

8 comentários:

Raphael disse...

Lindo, maravilhoso, belíssimo post Carlinus! Disparada a melhor versão das sonatas de Brahms... O som o cello de Rostropovich parece renovar-se toda vez que escuto. Um mestre interpretando outro. Eu já tenho o cd, mas não podia deixar de comentar. Que belo post! Parabéns!Ouvir Brahms é fundamental!

Carlinus disse...

Concordo com você, Raphael.

Um CD para ninguém botar defeito.

Abraços!

Neder disse...

Descobri o site por acidente e estou maravilhado com a quantidade de boa música apresentada. Sou um apreciador de sonatas e já verifiquei que são inúmeras as opções disponíveis no site (o sistema de pesquisa funciona!). Parabéns pelo trabalho.
Neder

Carlinus disse...

Neder, fique à vontade!

Abraços musicais!

hikaru no tenshi disse...

Sabe, sempre achei Brahms muito modero e intimista. Na sonata No 2 para cello aquele movimento dos pizzicato parece um jazz.

jose disse...

Realmente magnífico. Imprescindible para todo amante del Romanticismo, aunque sea tardío.
Muchas gracias por compartirlo.

GRILO disse...

Prezado Carlinus

Sou muito grato pelas maravilhas que voce nos disponibiliza no seu excelente "blog". Sensível rico e prospectivo.
Estou baixando os "Great Sacred Choral Works".
Grande e fraterno abraço.

Anônimo disse...

Reupload?