terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Dmitri Shostakovich (1905-1975) - Concerto para violoncelo e orquestra No. 1, Op. 107 e Concerto para violoncelo e orquestra No. 2, Op. 126

Na semana passada eu postei os dois concertos para violino de Shostakovich. Hoje, observando a relação de CDs que estão separados para serem postados, eu achei este baita registro com Tilson Thomas e Maisky, um dos maiores celistas da atualidade e me resolvi, imediatamente, a postá-lo. Vale a pena conferir as peças, eivadas pelo humor, pela ironia e por toda aquela gama complexa de sentimentos tão comuns ao compositor soviético. É uma gravação primorosa. Resultado: cinco estrelas conferidas pelos resenhistas da Amazon. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1905-1975) - Concerto para violoncelo e orquestra No. 1, Op. 107 e Concerto para violoncelo e orquestra No. 2, Op. 126

Concerto para violoncelo e orquestra No. 1, Op. 107
01. I. Allegretto
02. II. Moderato - attacca
03. III. Cadenza - attacca
04. IV. Allegro con moto

Concerto para violoncelo e orquestra No. 2, Op. 126
05. I. Largo
06. II. Allegretto - atacca
07. Allegretto

Você pode comprar este CD na Amazon

London Symphony Orchestra
Michael Tilson Thomas, regente
Mischa Maisky, cello

BAIXAR AQUI


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Elas aquecem o nosso blog!

2 comentários:

Raphael disse...

Ora pois! Nem preciso dizer que onde tem obras para cello eu estou não é grande Carlinus! Você acredita que eu não sou fã do Maisky? Eu não tenho nada que reclamar da técnica dele. É realmente um cellista de mão cheia. Mas sempre que baixo algo com ele, depois baixo outra versão com outro cellista e acabo gostando mais do outro que ele. Não sei também se é porque sempre acabo achando uma versão com uma interpretação superior as belas gravações do Maisky. Mas confio no teu gosto Carlinus e vou baixar ta certo? Depois conto o resultado! Abraço! Força aí! Fica com Deus!

Raphael Cello

Murillo ;D disse...

O Primeiro Concerto para Violoncelo de Shostakovich é sem dúvida para mim o mais belo que existe, embora eu não seja fá do Maisky, eu baixo mesmo assim, por ser um concerto tão maravilhoso, obrigado Carlinus!