sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Dmitri Kabalevsky (1904-1987) - The Complete Works for Piano & Orchestra


Que disco!




















DISCO 01

(01)_Piano_Concerto_No._1_in_A_minor,_Op._9_-_I._Moderato_quasi_andantino
(02)_Piano_Concerto_No._1_in_A_minor,_Op._9_-_II._Tema_con_variazioni
(03)_Piano_Concerto_No._1_in_A_minor,_Op._9_-_III._Vivace_marcato
(04)_Piano_Concerto_No._2_in_G_minor,_Op._23_-_I._Allegro_moderato
(05)_Piano_Concerto_No._2_in_G_minor,_Op._23_-_II._Andantino_semplice
(06)_Piano_Concerto_No._2_in_G_minor,_Op._23_-_III._Allegro_molto

DISCO 02

(01)_Piano_Concerto_No._3_in_D_major_('Youth'),_Op._50_-_I._Allegro_molto
(02)_Piano_Concerto_No._3_in_D_major_('Youth'),_Op._50_-_II._Andante_con_moto
(03)_Piano_Concerto_No._3_in_D_major_('Youth'),_Op._50_-_III._Presto
(04)_Fantasy_in_F_minor_for_piano_&_orchestra_(after_Schubert)_-_Allegro_molto_moderato
(05)__Fantasy_in_F_minor_for_piano_&_orchestra_(after_Schubert)_-_Largo
(06)_Fantasy_in_F_minor_for_piano_&_orchestra_(after_Schubert)_-_Vivace
(07)__Rhapsody_for_piano_&_orchestra_(on_the_theme_of_the_song_'School_Years'),_Op._75
(08)__Piano_Concerto_No._4_('Prague'),_Op._99_-_I._Allegro_molto_e_energico
(09)_Piano_Concerto_No._4_('Prague'),_Op._99_-_II._Molto_sostenuto._Improvisato
(10)_Piano_Concerto_No._4_('Prague'),_Op._99_-_III._Vivo

NDR Radiophilharmonie
Alun Francis, regente
Michael Korstick, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

3 comentários:

kawa disse...

Os visitantes do blog dexesan os seus amenos comentarios!!!!

Cleverson disse...

Gostaria de ouvir novamente as Variações Fáceis para Piano (solo) de Kabalevsky, que aprendi quando criança e hoje esqueci boa parte. Na verdade, nunca ouvi com outro pianista que não eu naquela época. Se encontrar, agradeço se postar.

Um abraço.

Nãonada disse...

Seus comentários sempre foram objetivos, sobre a obra musical. Claro que é impossível ser sempre diferente. Como poderia ser diferente num comentário sobre Beethoven, por exemplo? Dizer: 'tal obra de Beethoven parece didgeridoo australiano' só para ser diferente?