quinta-feira, 25 de julho de 2013

Gustav Mahler (1860-1911) - Sinfonia No. 4 em G major

Acredito que a Sinfonia no. 4 de Mahler seja o trabalho necessário àquele que queira fazer incursões pelo mundo do belo. Ela é Sinfonia mais eivada de vida, beleza, presságios de morte e esperança que eu conheço. Apesar de achar que a "Titã" se assemelhe a ela neste aspecto. Ouvi este disco com o grande regente russo Evgeny Svetlanov por duas vezes nesta noite. É uma gravação do ano de 1996, realizada em Moscou. O regente optou por uma condução mais lenta, o que tornou a obra imortal de Mahler em uma elegia profunda; uma reflexão densa, filosófica e poética da vida. Creio que Svetlanov captou a alma mahleriana nesta interpretação. A voz melodiosa e triste Guerassimova fecha com chave de ouro o quarto movimento. É apaixonante. Excelente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Sinfonia No. 4 em G major
01. I. Bedächtig. Nicht eilen
02. II. In gemächlicher Bewegung. Ohne Hast
03. III. Ruhevoll
04. IV. Sehr behaglich

Você pode comprar este disco na Amazon

Russian State Symphony Orchestra
Evgeny Svetlanov, regente
Natalia Guerassimova, soprano

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

2 comentários:

Millares disse...

Hola Carlinus, ¿podrías renovar el link de Heitor Villa-Lobos (1887-1959) - Obras completas para violoncelo e piano?

Saludos

Anônimo disse...

Creio que é uma das mais belas versões da Quarta Sinfonia de Mahler (belíssima!) que já tive a alegria de ouvir. Svetlanov genial!!!