sábado, 1 de dezembro de 2012

Gustav Mahler (1860-1911) - "A Canção da Terra" - Das Lied von der Erde

Gravação fantástica dessa que é uma das mais belas obras de todos os tempos. Sou apaixonado pela Canção da Terra. Existe uma beleza ingênua e ao mesmo tempo terrível nessa obra. Nota-se a simplicidade, a poesia singela, refinada e o drama existencial que pervade cada instante da compoisção. A obra é formada por seis canções inspiradas em antigos poemas chineses. A peça busca fazer uma investigação sobre a existência efêmera do homem sobre a Terra. Somos areia no tempo, a ser derramada e espalhada pelo vento. Somos passageiros. A Terra é velha, antiga, persiste em sua constância pelas eras e, nós, folhas secas a ser espargida pelo tempestade do tempo sofremos dores e angústias. Extraordinário e fascinante esse trabalho. Uma obra prima de um gênio angustiado. Essa versão com o Jochum é para ouvir ajoelhado. A beleza e o terror a habitarem em um mesmo lugar nos leva a uma dimensão singular. Uma boa apreciação. 

Gustav Mahler (1860-1911) - "A Canção da Terra" - Das Lied von der Erde 
01 - Das Trinklied vom Jammer der erde
Canção dos Bebedores Sobre a dor da Terra
02 - Der Einsame im Herbst
O Solitário no Outono
03 - Von der Jugend
A Juventude
04 - Von der Schonheit
A Beleza
05 - Der trunkene im Fruhling
O Bêbado na Primavera
06 - Der Abschied
O Adeus

Você pode comprar este disco na Amazon

Concertgebouworkest Amsterdam
Eugene Jochum, regente
Nan Merriman, mezzosoprano
Ernst Haefliger, tenor

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Nenhum comentário: