quinta-feira, 31 de março de 2011

Robert Schumann - "Manfred" Overture, Op 115 e Symphony No. 1 in B-flat major, Op. 38 'Spring' e Felix Mendelssohn - Concerto para violino etc

Tenho uma imensa satisfação todas às vezes que escuto essas gravações feitas ao vivo. Este broadcasting (como são chamadas essas gravações), por exemplo, traz um trio maravilhoso. Primeiro Schumann que era um exímio poeta. Compunha com uma sensibilidade aflorada. Ele também aventurou-se pela orquestração. A Abertura Manfredo é um desses casos particulares. Obra pungente, muita bem escrita. A outra peça de Schumann é a Sinfonia No. 1, também conhecida como "Primavera". Gosto bastante dessa Sinfonia. Juntamente com a "Renana", a número 3, inscrevem-se entre as minhas favoritas. Em segundo lugar, temos Mendelssohn, um poeta de alma cândida, benfazeja. O compositor alemão sempre provoca em mim uma grande serenidade, uma espécie de acalanto. O seu concerto para violino e orquestra é uma das coisas mais belas que existem na música. Possui uma melodia arrepiante, capaz de nos fazer pensar em coisas grandes e profundas. O terceiro aspecto que ressalto desse post é a presença de Harnoncourt, um dos meus regentes favoritos. Harnoncourt esbanja habilidade, conhecimento e competência. Não deixemos de ouvir. Uma boa apreciação!

Robert Schumann (1810-1856) -

"Manfred" Overture, Op 115
01. "Manfred" Overture, Op 115

Felix Mendelssohn (1809-1847) -

Concerto para violino e orquestra em Mi menor, Op. 64
02. Allegro molto appassionato
03. Andante
04. Allegretto non troppo

Robert Schumann (1810-1856) -

Symphony No. 1 in B-flat major, Op. 38 'Spring'
05. I. Andante un poco maestoso-Allegro molto vivace
06. II. Larghetto
07. III. Scherzo: Molto vivace-Trio I: Molto piu vivace-Trio II
08. IV. Allegro animato e grazioso

Você pode comprar este CD na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Nikolaus Harnoncourt, regente
Thomas Zehetmair, violin

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante!
Ela ajuda manter o nosso blog vivo!

Um comentário:

Anônimo disse...

Muchas gracias