quarta-feira, 16 de março de 2011

Franz Liszt (1811-1886) - Concerto para piano No. 1 in E flat major, S. 124, Concerto para piano No. 2 in A major, S. 125 e Totentanz (Danse macabre).

Há quem não goste de Liszt. Há quem o despreze e o julgue pretensioso. Mas, sei que não há como não admitir a importância dos dois concertos para piano escritos pelo húngaro. Exigem grande virtuosidade do intérprete. São belos, tocantes. Possuem aquelas qualidades encontradas na personalidade do compositor - são grandes, eloquentes, fortemente emocionais e místicos. A interpretação desses dois concertos fica a carga de Seiji Ozawa (regência) e Krystian Zimerman (piano). Ou seja, uma gravação, no mínimo, poderosa, que figura entre as grandes. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Liszt (1811-1886) - Concerto para piano No. 1 in E flat major, S. 124, Concerto para piano No. 2 in A major, S. 125 e Totentanz (Danse macabre). Paraphrase on Dies irae

Concerto para piano No. 1 in E flat major, S. 124
01. I. Allegro maestoso
02. II. Quasi adagio - Alegretto vivace - Allegro animato
03. III. Allegro marziale animato - Presto

Concerto para piano No. 2 in A major, S. 125
04. I. Adagio sostenuto assai - Allegro agitato assai
05. II. Allegro moderato - Allegro deciso
06. III. Marziale un poco meno allegro
07. IV. Allegro animato - Stretto (molto accelerando)

Totentanz (Danse macabre). Paraphrase on Dies irae
08. Totentanz (Danse macabre). Paraphrase on Dies irae

Você pode comprar este CD na Amazon

Boston Symphony Orchestra
Seiji Ozawa, regente
Krystian Zimerman, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe comentário. Sua participação é importante! Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá, amigo Carlinus ! Após longo e tenebroso verão retorno a leitura e atualização de seu Blog. Ótima pedida para comemorar o ano Lizt. Um tríplice abraço e harmoniosas saudações, teu amigo wagneriano.

Anônimo disse...

Olá, Carlinus! Parabéns pela sua iniciativa de postar esses maravilhosos cds. Gostaria de pedir que você restaurasse o link desse, por favor, se não for pedir demais :)
Obrigado

Anônimo disse...

Por favor, restaure o link. Obrigada!