quinta-feira, 9 de março de 2017

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 5 in C-Sharp Minor

Entre as sinfonias compostas por Mahler, certamente, esta é a que desperta mais lascívia em mim. É um trabalho de alto calibre filosófico. Mahler faz uma incursão épica pelo interior da alma humana. Ele vai aos mundos escuros, abissais - quiçá - inacessíveis ao perscrutador comum. E, ao chegar lá, revela-nos coisas espantosas. Entre os discos postados dessa série, este foi aquele de que mais gostei. Aqui temos um Mahler encorpado e dramático para, ao final, mostrar-se apoteótico. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

01.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- I. Trauermarsch
02.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- II. Sturmisch bewegt_ mit grosster Vehemenz

03.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- III. Scherzo
04.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- IV. Adagietto
05.- Symphony No. 5 in C-Sharp Minor- V. Rondo-Finale

Royal Concertgebouw Orchestra
Mariss Jansons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Nenhum comentário: