domingo, 16 de setembro de 2012

Johannes Brahms (1833-1897) - Concerto for Piano and Orchestra No.1 in D minor, Op.15

Vamos a uma maravilhosa postagem para finalizarmos essa cálida noite de inverno. Resolvi postar esse maravilhoso registro após tê-lo ouvido há pouco. Simplesmente embasbacante. Um Brahms bem tratado, bem polido por Arthur Rubinstein, um dos grandes mestres do piano ao longo da história. O concerto número 1 de Brahms surge aqui com toda aquela tensão, aquele senso de silêncio trágico; aquela ululante tristeza; aquele turbilhão do primeiro movimento; aquele charme reflexivo do segundo movimento; e aquela júbilo apoteótico do terceiro movimento. Maravilha de interpretação. Não deixe de ouvir! Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

Concerto for Piano and Orchestra No.1 in D minor, Op.15
04. Maestoso
05. Adagio
06. Rondo_ Allegro non troppo

Você pode comprar este CD na Amazon

Chicago Symphony Orchestra 
Fritz Reiner,regente
Arthur Rubinstein, piano

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

4 comentários:

billinrio disse...

Entre as melhores interpretações desta grande obra. Muito obrigado.

Anônimo disse...

Pues muchas gracias, una vez más por la buena música. sin duda alguna uno de los mejores diarios de música clásica. La selección de autores y obras me encanta. Gracias, gracias, mil gracias.

Benedetto Marcello disse...

Para os dois concertos de Brahms, as melhores gravações humanas são de Gilels, Fleischer e Nelson Freire. Já as de Rubinstein (Reiner e Krips) são Djow - Djowtromundo! Boa Carlinus!

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Uma Relíquia.
Obrigatório.
Abrcaço do Dirceu.