domingo, 24 de outubro de 2010

Anton Bruckner (1824-1896) - Sinfonia No. 8 em Dó menor (8 e 9 de 12)

Mais um post desta fabulosa caixa com Celibidache. Bruckner labutou em sua Oitava Sinfonia de 1884 a 1887. Mas, mesmo assim, o trabalho só foi estrear em 1892 com Hans Richter. Ou seja, o trabalho somente veio para o mundo propriamente 8 anos após a sua concepção. Tal característica era típica de Bruckner, que era dado a profundas e incessantes receios. Sua personalidade o impulsionava a tais atos. Mas, ainda bem, pois temos uma verdadeira obra prima. É um dos trabalhos mais prodigiosos do compositor. A versão que temos nest post é do ano de 1890. Não deixe de ouvir. Boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - Sinfonia No. 8 em Dó menor

DISCO 08

01. Applause
02. Allegro moderato
03. Scherzo. Allegro moderato - Trio. Langsam

DISCO 09

01. Adagio. Feierlich langsam; doch nicht schleppend
02. Finale. Feierlich, nicht schnell
03. Applause

Version: 1890
Edition: Leopold Nowak


Você pode comprar na Amazon

Münchner Philharmoniker
Sergiu Celibidache, regente

BAIXAR AQUI CDs8&9

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante!

2 comentários:

Anônimo disse...

muito bom!

Anônimo disse...

Simplesmente guarde numa gaveta de seu inconsciente qualquer conceito de tempo.

O "sustain" das notas dessa gravação de Celibidache chega a limites siderais.

Um mais um aqui nem sempre é o dois que conhecemos.

Agora se você curte essa sinfônia não tão lenta, procure a versão do Karajan que também é sensacional.

Caso contrário, aperte o play e sinta que a força da gravidade às vezes pode deixar de existir.

Aquela luz,

D.K..