domingo, 29 de maio de 2016

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No.1 in D major - 'Titan'

Falar de Mahler é "derrapar" no óbvio e ululante. É perceber-se diante de gigantescas tautologias. Vejamos! Este belíssimo disco gravado em 1964 por Solti, à frente da London Symphony Orchestra, é uma daquelas coisas que lançam luzes benfazejas numa fria manhã de um domingo outonal. Penso que o primeiro movimento dessa obra espetacular seja um dos mais bonitos já escritos. Penso ainda que afora o quarto movimento da Nona Sinfonia de Beethoven, é o primeiro movimento da Titã de Mahler, aquele que mais irradia vida; que mais fala de coisas assumidamente positivas. As expectativas são grandes. A percepção daquilo que grandioso está por todos lados. É um trabalho que explora sonoridades extravagantes para criar efeitos poéticos capazes de indicar que, na vida, tudo é bom, é genuíno, é trágico; que é preciso enfrentá-la, assumi-la, não desperdiçá-la. Não deixe de ouvir este disco com um dos grandes regentes de Mahler. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Symphony No.1 in D major - 'Titan'
01. Langsam, schleppend
02. Kraftig bewegt, doch nicht zu schnell
03. Feierlich und gemessen, ohne zu schleppen
04. Sturmisch bewegt

London Symphony Orchestra
Georg Solti, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ

2 comentários:

Marcelo Lasta disse...

El mejor y demoledor Solti haciendo Mahler fue con la monumental y cósmica 8 va Sinfonia en decca,iden serie,por cierto esta versión irradia Vida.Una de las mejores llevadas al disco ad infinitum.Buena semana y gracias,Don Carlinus.

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Caro Marcelo Lasta
Teu comentário sintoniza totalmente com meu pensamento. A Sinfonia nº8 de Mahler é como uma Bíblia Musical complexa e reveladora.
A versão regida por Solti, com a Chicago Symphony Orchestra é a mais intensa e emocionante que conheço. Esta gravação já foi postada aqui no Blog pelo Carlinus. Um forte abraço do Dirceu.