sábado, 14 de junho de 2014

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 8 in C minor, WAB 108

Vamos a mais um Bruckner monumental. Dessa vez, a escandalosa de maravilhosa Sinfonia no. 8, para muitos, a mais extraordinária sinfonia de Bruckner. Quando falamos das sinfonias do compositor austríaco, impossível ficar apenas com uma sinfonia. Cada sinfonia possui a sua singularidade. Penso que a partir da Quarta, todas são monumentais, por tanto, necessárias. Assim, ouvir a Oitava é um grande refrigério. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) -

Symphony No. 8 in C minor, WAB 108
01. I. Allegro moderato
02. II. Scherzo: Allegro moderato - Langsam
03. III. Adagio: Feierlich langsam, doch nicht schleppend
04. IV. Finale: Feierlich, nicht schnell
 
Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Daniel Baremboin, regente
 

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Um comentário:

Leonardo Linhares disse...

Carlinus, sempre que leio os seus comentários sobre Bruckner, percebo o quão parecidas são as histórias de apreciação deste grande gênio: incompreensão em um primeiro momento, até que uma grande performance de uma grande sinfonia faz tudo soar diferente, e de uma hora para outra nos tornamos fãs incondicionais do professor austríaco.
No seu caso, a grande reviravolta veio com a quarta sinfonia, fato que você já comentou em alguns posts. No meu caso, foi essa sinfonia 8 que me converteu em bruckneriano.
Grande abraço de Itanhaém!
Leonardo Linhares