domingo, 21 de maio de 2017

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Sonatas Op. 22, 31 No. 3 e 101

Beethoven é um daqueles compositores que, quando mais lemos e aprendemos sobre a sua vida, mais a sua obra passa a fazer sentido. No que tange às sonatas, penso que seja um espaço amplo para que mergulhemos intimamente em sua personalidade. Elas possuem gradações bem curiosas. Este disco faz parte da série de interpretações realizadas pela espetacular pianista Angela Hewitt. Traz algumas das sonatas tardias do compositor. Nelas notamos o quanto Beethoven se tornou um sujeito que explorou a liberdade e a fantasia. Baita disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

01. Piano Sonata in B flat major, Op. 22_ I. Allegro con brio
02. Piano Sonata in B flat major, Op. 22_ II. Adagio con molta espressione
03. Piano Sonata in B flat major, Op. 22_ III. Minuetto
04. Piano Sonata in B flat major, Op. 22_ IV. Rondo_ Allegretto
05. Piano Sonata in E flat major, Op. 31 No. 3_ I. Allegro
06. Piano Sonata in E flat major, Op. 31 No. 3_ II. Scherzo_ Allegretto vivace
07. Piano Sonata in E flat major, Op. 31 No. 3_ III. Menuetto_ Moderato e grazioso
08. Piano Sonata in E flat major, Op. 31 No. 3_ IV. Presto con fuoco
09. Piano Sonata in A major, Op. 101_ I. Allegretto ma non troppo (Etwas lebhaft und mit der innigsten Empfindung)
10. Piano Sonata in A major, Op. 101_ II. Vivace alla marcia (Lebhaft, Marschmäßig)
11. Piano Sonata in A major, Op. 101_ III. Adagio, ma non troppo, con affetto (Langsam und sehnsuchtsvoll)
12. Piano Sonata in A major, Op. 101_ IV. Allegro (Geschwind, doch nicht zu sehr, und mit Entschlossenheit)

Angela Hewitt, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!



Um comentário:

Fabiana Guimarães disse...

Concordo com o que disse, quanto mais conhecemos um pouco da biografia dele, mais apreciamos as suas criações! Aproveito para lhe pedir se você teria outra versão da Missa Solemnis, só conheço a de Phillippe Herreweghe. Obrigada por compartilhar mais uma grande obra do mestre Beethoven!