sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Richard Strauss (1864-1949) - Violin Sonata in E flat, Op.18, Stimmungsbilder, Op.9 - No. 1, César Franck (1822-1890) - Violin Sonata in A major, FWV 8, Melancolie, FWV 10 etc

Quando nos referimos ou pensamos em Richard Strauss, comumente vêm à mente os seus monumentais poemas sinfônicos. Obras como Vida de Herói, Sinfonia Alpina ou Morte e Transfiguração são registros poderosos que geram admiração em todo amante da música. Mas Strauss não se dedicou apenas ao grandioso orquestral. Ele também escreveu obras menores e delicadas em sua extensão. É o que se pode perceber neste disco. Além de Strauss temos uma das mais belas Sonatas já escritas: a Sonata em Lá maior de César Franck. É algo quase brahmsiano. Disco belíssimo! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Strauss- Violin Sonata in E flat, Op.18 - I. Allegro, ma non troppo
02. Strauss- Violin Sonata in E flat, Op.18 - II. Improvisation- Andante cantabile
03. Strauss- Violin Sonata in E flat, Op.18 - III. Finale- Andante - Allegro
04. Strauss- Stimmungsbilder, Op.9 - No. 1. Auf stillem Waldespfad
05. Franck- Violin Sonata in A major, FWV 8 - I. Allegretto ben moderato
06. Franck- Violin Sonata in A major, FWV 8 - II. Allegro
07. Franck- Violin Sonata in A major, FWV 8 - III. Recitativo-Fantasia (ben moderato)
08. Franck- Violin Sonata in A major, FWV 8 - IV. Allegretto poco mosso
09. Franck- Melancolie, FWV 10
10. Franck- Prelude, fugue and variation in B minor, FWV 30

Augustin Dumay, violin
Louis Lortie, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

3 comentários:

Gabriel Gonçalves disse...

Que belo disco! Apaixonante...

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Ora melancólica,ora romântica,ora virtuosa,ora desesperada; a música de Rachmaninov é de uma beleza sublime e atemporal.Grato.Abraço do Dirceu.

Dirceu Scarparo Vargas disse...

Caro Carlinus . Peço para deletares o comentário postado por mim agora, pois tinha ouvido na verdade as sonatas de Rachmaninov, o que não corresponde ao Blog. Grato e um forte abraço do Dirceu.