terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

P. I. Tchaikovsky (1840-1893) - Trio In A minor for piano, violin and cello, Op. 50 e Alexander Glazunov (1865-1936) - String Quartets Nos. 1, 2 & 4 (Vols. 1 & 2)

Escutei estes dois discos com profundo entusiasmo. Trata-se de dois registros absurdamente agradáveis com a música do russo Alexander Glazunov, compositor que habita aquele filão secundário entre os nomes da música do seu país. Acontece que ao escutar os três quartetos iniciais colocados nos dois discos, senti uma vontade enorme de compartilhá-los. Os discos apesar de se dedicarem à música de Glazunov, traz ainda o delicioso Trio em Lá de Tchaikovsky, que também era um excelente compositor de música camerística. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!
  
DISCO 01

01 - Trio In A minor for piano, violin and cello, Op. 50 - Pezzo Elegiaco: Moderato Assai
03 - String Quartet No. 1 in D major Op. 1 - Andantino Moderato
04 - String Quartet No. 1 in D major Op. 1 - Scherzo-Vivace
05 - String Quartet No. 1 in D major Op. 1 - Andante
06 - String Quartet No. 1 in D major Op. 1 - Finale - Moderato

DISCO 02

01. String Quartet No.2 op.10 - i Allegro non troppu
02. ii Scherzo-allegro
03. iii Adagio molto
04. iv Allegro moderato
05. String Quartet No.4 op.64 - i Andante-allegro
06. ii Andante
07. iii Scherzo-vivace
08. iv Finale - allegro

The Shostakovich Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon Vol. 1 / Vol. 2

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Carl Orff (1865-1982) - Carmina Burana


Esta postagem é realizada em homenagem ao carnaval, que em sua origem remete ao profano, ao sacrílego. Carmina Burana é uma das obras mais populares da história, principalmente o primeiro movimento (Fortuna, a Imperatriz do mundo). A obra é uma apoteose à irreverência, apesar do seu aspecto espiritualmente solene e sério. Faz jus àquilo que é o carnaval. Pode-se afirmar que Carmina Burana é uma espécie de carnavalização da música. Este disco é uma das boas interpretações que já escutei. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Carl Orff (1865-1982) -

01. Carmina Burana - Fortuna Imperatrix Mundi - O Fortuna
02. Carmina Burana - Fortuna Imperatrix Mundi - Fortune planga vulnera
03. Carmina Burana - I Primo vere - Veris leta facies
04. Carmina Burana - I Primo vere - Omnia sol temperat
05. Carmina Burana - I Primo vere - Ecce gratum
06. Carmina Burana - Uf dem anger - Tanz
07. Carmina Burana - Uf dem anger - Floret silva
08. Carmina Burana - Uf dem anger - Chramer, gip die varwe mir
09. Carmina Burana -  Uf dem anger - Reie, Swaz hie gat umbe, Chume, chum geselle
10. Carmina Burana - Uf dem anger - Were diu werlt alle min
11. Carmina Burana - II In Taberna - Estuans interius
12. Carmina Burana - II In Taberna - Cignus ustus cantat_ Olin lagus colueram
13. Carmina Burana - II In Taberna - Ego sum abbas
14. Carmina Burana - II In Taberna - In taberna quando sumus
15. Carmina Burana - III Cour d'amours - Amor volat undique
16. Carmina Burana - III Cour d'amours - Dies, noz et omnia
17. Carmina Burana - III Cour d'amours - Stetit puella
18. Carmina Burana - III Cour d'amours - Circa mea pectora
19. Carmina Burana - III Cour d'amours - Si puer cum puellula
20. Carmina Burana - III Cour d'amours - Veni, veni, venias
21. Carmina Burana - III Cour d'amours - In trutina
22. Carmina Burana - III Cour d'amours - Tempus est iocundum
23. Carmina Burana - III Cour d'amours - Dulcissime
24. Carmina Burana - Blanziflor et Helena - Ave formosissima
25. Carmina Burana - Fortuna Imperatrix Mundi - O Fortuna

Bournemouth Symphony Orchestral and Chorus
Bournermouth Symphony Youth Chorus 
Marin Alsop, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

George Gershwin (1898-1937) - An American In Paris, Rhapsody in Blue, Catfish Row

As obras de George Gershwin são uma demonstração de como a música popular pode se fundir com a música erudita, criando obras extraordinárias e imortais. Não que isso não tenha ocorrido antes do compositor estadunidense. O que ocorre é que a genialidade de Gershwin nos permite olhar para os dois lados e apalpar claramente esses dois mundos. Sua música é quente; é repleta de ritmos latinos e africanos. Possui a efervescência da música negra. As mais bonitas melodias criadas no século XX e celebrada por inúmeros artistas. Por fim, é uma das coisas mais bonitas que já foram produzidas na história da música. É mágica, como que saída de um sonho. Não deixe de ouvir este bonito disco. Uma boa apreciação!

George Gershwin (1898-1937) -

01. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
02. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
03. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
04. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
05. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
06. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
07. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
08. An American In Paris _ Rhapsody in Blue
09. An American In Paris _ Rhapsody in Blue

Saint Louis Symphony Orchestra
Leonard Slatkin, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Marin Marais (1656-1728) - Jeux D' Harmonie

Discaço com a música de Marin Marais, importante compositor e gambista francês do período barroco. Marais foi um compositor que viveu em meio aristocrático. Esteve na corte e foi aclamado pela técnica soberba no domínio da viola da gamba, instrumento este em que era considerado um virtuose. Este disco nos fornece uma amostra da sonoridade encantadora que Marin Marais produzia e que inebriava os palacianos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Marin Marais (1656-1728) -

01. Pièces de viole, Book 1, Suite No. 1 in D Minor_ No. 1, Prélude
02. Pièces de viole, Book 4, Suite No. 1 in D Minor_ No. 4, Caprice
03. Pièces de viole, Book 2, Suite No. 3 in D Major_ No. 63, Les voix humanes
04. Pièces de viole, Book 3, Suite No. 4 in D Major_ No. 54, Rondeau
05. Pièces de viole, Book 4, Suite d'un goût etranger_ No. 80, Arabasque
06. Pièces de viole, Book 4, Suite d'un goût etranger_ No. 82, La rêveuse
07. Pièces de viole, Book 3, Suite No. 8 in C Major_ No. 109, Caprice
08. Pièces de viole, Book 3, Suite No. 8 in C Major_ No. 110, Allemande - No. 111, Double
09. Pièces de viole, Book 4, Suite No. 4 in A Minor_ No. 28, Musette - No. 29, Musette
10. Pièces de viole, Book 5, Suite No. 1 in A Minor_ No. 15, Rondeau moitié pincé
11. Pièces de viole, Book 4, Suite d'un goût etranger_ No. 55b, Marche tartare
12. Pièces de viole, Book 4, Suite d'un goût etranger_ No. 58, La tartarine - 59. Double
13. Pièces de viole, Book 5, Suite No. 7 in E Minor_ No. 107, Le caprice Bellemont
14. Pièces de viole, Book 3, Suite No. 6 in G Minor_ No. 91, Le Moulinet
15. Pièces de viole, Book 2, Suite No. 4 in G Major_ No. 82, Chaconne en rondeau
16. Pièces de viole, Book 2, Suite No. 6 in E Minor_ No. 101, Sarabande a l'español

Alberto Rasi

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - String Quartets Nos. 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14 & 15 (CDs 3, 4 & 5 de 5 - final)

Maravilhosa a experiência de ouvir os quinze quartetos de cordas de Shostakovich. Apenas um digressão: o terceiro disco desta caixa é sensacional. Vale mencionar ainda que as gravações aqui realizadas, deram-se em intervalos nos anos noventa. Foram colhidas de apresentações ao vivo. É possível perceber a vibração do público ao fim de cada obra. No geral, a interpretação dessas obras assustadoramente poderosas é sólida. Possuem calor e, ao mesmo tempo, uma melancolia fina - principalmente no último disco. Excelente investimento de tempo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -

DISCO 03

01. String Quartet No. 7 in F - sharp Minor, op. 108 (1960)  I Allegretto - attacca
02. String Quartet No. 7 in F - sharp Minor, op. 108 (1960)  II Lento - attacca
03. String Quartet No. 7 in F - sharp Minor, op. 108 (1960)  III Allegro
04. String Quartet No. 8 in C Minor, op. 110 (1960)  I Largo - attacca
05. String Quartet No. 8 in C Minor, op. 110 (1960)  II Allegro molto - attacca
06. String Quartet No. 8 in C Minor, op. 110 (1960)  III Allegretto - attacca
07. String Quartet No. 8 in C Minor, op. 110 (1960)  IV Largo - attacca
08. String Quartet No. 8 in C Minor, op. 110 (1960)  V Largo
09. String Quartet No. 9 in E - flat Major, op. 117 (1964)  I Moderato
10. String Quartet No. 9 in E - flat Major, op. 117 (1964)  II Adagio - attacca
11. String Quartet No. 9 in E - flat Major, op. 117 (1964)  III Allegretto - att
12. String Quartet No. 9 in E - flat Major, op. 117 (1964)   IV Adagio - attacca
13. String Quartet No. 9 in E - flat Major, op. 117 (1964)  V Allegro
14. String Quartet No. 10 in A - flat Major, op. 118 (1964)  I Andante
15. String Quartet No. 10 in A - flat Major, op. 118 (1964)  II Allegretto furioso
16. String Quartet No. 10 in A - flat Major, op. 118 (1964)   III Adagio - attacca
17. String Quartet No. 10 in A - flat Major, op. 118 (1964)   IV Allegretto - An

DISCO 04

01. Adagio (Elegy) for String Quartet, op. 29  Adagio (Elegy) for String Quartet
02. Allegretto (Polka) for String Quartet, op. 22  Allegretto (Polka) for String
03. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)   I Introduction
04. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)  II Scherzo
05. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)  III Recitative
06. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)  IV Etude
07. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)  V Humoresque
09. String Quartet No. 11 in F Minor, op. 122 (1966)  VII Finale
10. String Quartet No. 12 in D Flat Major, op. 133 (1968)  I Moderato
11. String Quartet No. 12 in D Flat Major, op. 133 (1968)   II Allegretto
12. String Quartet No. 13 in B Flat Minor, op. 138 (1970)  I Adagio

DISCO 05

01. String Quartet No. 14 in F-sharp Major, op. 142 (1972-73) I Allegretto
02. String Quartet No. 14 in F-sharp Major, op. 142 (1972-73) II Adagio - attacca
03. String Quartet No. 14 in F-sharp Major, op. 142 (1972-73) III Allegretto - Po
04. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) I Elegy
05. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) II Serenade_ Adagio - a
06. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) III Intermezzo_ Adagio
07. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) IV Nocturne_ Adagio - a
08. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) V Funeral March_ Adagio
09. String Quartet No. 15 in E-flat Minor, op. 144 (1974) VI Epilogue_ Adagio - A

Emerson String Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Goldberg Variations, BWV 988

Existem inúmeras gravações de As Variações Goldberg, uma das obras pianísticas mais cerebrais da história. Existem aquelas que já se tornaram bastiões inquestionáveis de qualidade. Mas, à medida que o tempo passa, novos e novas pianistas vão surgindo e realizando gravações. É o caso da jovem pianista italiana Beatrice Rana que revela uma maturidade segura na interpretação dessas obras épicas do alemão. Vale a audição! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

01. Goldberg Variations, BWV 988: Aria
02. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 1 à 1 clav
03. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 2 à 1 clav
04. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 3 Canone all Unisuono à 1 clav.
05. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 4 à 1 clav.
06. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 5 à 1 o vero 2 clav
07. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 6 Canone alla seconda à 1 clav.
08. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 7 à 1 o vero 2 clav.
09. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 8 à 2 clav.
10. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 9 Canone alla terza à 2 clav.
11. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 10 Fughetta à 1 clav.
12. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 11 à 2 clav.
13. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 12 Canone alla quarta
14. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 13 à 2 clav.
15. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 14 à 2 clav.
16. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 15 Canone alla Quinta à 1 clav.
17. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 16 à 1 clav. Ouvertura
18. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 17 à 2 clav.
19. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 18 Canone alla sexta à 1 clav.
20. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 19 à 1 clav.
21. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 20 à 2 clav.
22. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 21 canone alla settima à 1 clav.
23. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 22 à 1 clav. alla breve
24. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 23 à 2 clav.
25. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 24 Canone alla Ottava à 1 clav.
26. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 25 à 2 clav.
27. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 26 à 2 clav.
28. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 27 Canone alla Nona à 2 clav.
29. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 28 à 1 clav.
30. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 29 à 1 o vero 2 clav.
31. Goldberg Variations, BWV 988: Variatio 30 à 1 clav. Quodlibet
32. Goldberg Variations, BWV 988: Aria da capo e fine

Beatrice Rana, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - Symphonies 3, 4 & 6

Vasily Petrenko é uma das mais novas revelações da regência. É um maestro absurdamente competente e que possui uma intuição incrível. Sua gravação das sinfonias de Shostakovich pelo selo Naxos foi uma revelação que impressionou. Desta vez, Petrenko junto com a excelente Royal Liverpool Philhamonic Orchestra (que tem ganhado um status cada vez maior com o regente), concluiu o ciclo com as sinfonias de Tchaikovsky. Ano passado, postei três das seis sinfonias. Agora, surgem mais três para sacramentar a realização do trabalho. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) -

DISCO 01

01. Symphony No. 4 in F Minor Op. 36_ I. Andante sostenuto
02. Symphony No. 4 in F Minor Op. 36_ II. Andantino in modo di canzona
03. Symphony No. 4 in F Minor Op. 36_ III. Scherzo - Pizzicato ostinato. Allegro
04. Symphony No. 4 in F Minor Op. 36_ IV. Finale - Allegro con fuoco
05. Symphony No. 3 in D Major 'Polish' Op. 29_ I. Moderato assai (Tempo di marcia funebre)
06. Symphony No. 3 in D Major 'Polish' Op. 29_ II. Alla Tedesca (Allegro moderato e semplice)

DISCO 02

01. Symphony No. 3 in D Major 'Polish' Op. 29_ III. Andante elegiaco
02. Symphony No. 3 in D Major 'Polish' Op. 29_ IV. Allegro vivo
03. Symphony No. 3 in D Major 'Polish' Op. 29_ V. Finale - Allegro con fuoco (Tempo di Polacca)
04. Symphony No. 6 in B Minor, 'Pathe´tique' Op. 74_ I. Adagio
05. Symphony No. 6 in B Minor, 'Pathe´tique' Op. 74_ II. Allegro con grazia
06. Symphony No. 6 in B Minor, 'Pathe´tique' Op. 74_ III. Allegro molto vivace
07. Symphony No. 6 in B Minor, 'Pathe´tique' Op. 74_ IV. Finale - Adagio lamentoso

Royal Liverpool Philharmonic Orchestra
Vasily Petrenko, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Create your online Shop: http://bit.ly/123sell

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - String Quartets 1, 2, 3, 4, 5 & 6 (CDs 1 e 2 de 5)

Shostakovich foi um compositor genial em todos os sentidos. Tudo o que escreveu foi de alto nível - seja no campo sinfônico, operístico, dos concertos ou da música camerística. Esta caixa traz cinco discos com o sensacional Emerson String Quartet. Cada um deles possui alguns das belas obras camerísticas escritas no século XX - e na história da música. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -

DISCO 01

01. String Quartet No. 1 in C Major, op. 49 (1938) I Moderato
02. String Quartet No. 1 in C Major, op. 49 (1938) II Moderato
03. String Quartet No. 1 in C Major, op. 49 (1938) III Allegro molto
04. String Quartet No. 1 in C Major, op. 49 (1938) IV Allegro
05. String Quartet No. 2 in A Major, op. 68 (1944) I Overture Moderato con moto
06. String Quartet No. 2 in A Major, op. 68 (1944) II Recitative and Romance Adagio
07. String Quartet No. 2 in A Major, op. 68 (1944) III Waltz Allegro
08. String Quartet No. 2 in A Major, op. 68 (1944) IV Theme with Variations Adag
09. String Quartet No. 3 in F Major, op. 73 (1946) I Allegretto
10. String Quartet No. 3 in F Major, op. 73 (1946) II Moderato con moto
11. String Quartet No. 3 in F Major, op. 73 (1946) III Allegro non troppo
12. String Quartet No. 3 in F Major, op. 73 (1946) IV Adagio - attacca
13. String Quartet No. 3 in F Major, op. 73 (1946) V Moderato - Adagio

DISCO 02

01. Quartet No 4 in D op 83 - 1 Allegretto
02. 2 Andantino
03. 3 Allegretto - attacca-
04. 4 Allegretto
05. Quartet No 5 in B flat op 92 - 1 Allegro non troppo - attacca-
06. 2 Andante - Andantino - Andante - attacca-
07. 3 Moderato - Allegretto - Andante
08. Quartet No 6 in G op 101 - 1 Allegretto
09. 2Moderato con moto
10. 3 Lento - attacca-
11. 4 Lento - Allegretto - Andante - Lento

Emerson String Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Create your online Shop: http://bit.ly/123sell

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 5 in B flat, WAB 105

Ouvir Bruckner é sempre uma oportunidade para catarses, para experiências indeléveis e purificações necessárias. Bruckner é um compositor que, quando nos fisga, passamos a desejar e a admirar a sua música com muito fervor. Quando tenho a oportunidade de escutá-lo, sei que passarei uma hora sendo "bombardeando" por ideias grandiosas, por idealismos diversos. Há quem o ache exagerado em suas incursões. Do meu ponto de vista, existe uma medida certa, uma necessidade de se preparar para apreciá-lo. Aqui neste disco, encontramos a Quinta Sinfonia, um dos seus monumentos. Não o mais exuberante, o mais poderoso. Mesmo assim, a Quinta espanta pela grandeza. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) -

01. I. Introduction. Adagio – Allegro
02. II. Adagio. Sehr langsam
03. III. Scherzo. Molto vivace (Schnell) – Trio. Im gleichen Tempo
04. IV. Finale. Adagio – Allegro moderato – Choral

Residentie Orchestra The Hague
Neeme Järvi, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Béla Bártok (1881-1945) - Dance Suite, Sz. 77, Vaughan Williams (1872-1958) - Fantasia on a Theme by Thomas Tallis, Aaron Copland (1900-1990) - Appalachian Spring etc

O que me chamou atenção de imediato neste disco foi a capa. Não sei qual era a intenção de quem a elaborou. Ela parece fazer referência a alguma obra de Tolkien. Mas, não penso que a música do disco tenha alguma relação com ela. É um daqueles casos em que a capa dista do conteúdo. A seleção é boa, a orquestra e o regente, desconhecidos. O disco se distingue pelas obras, que são bastante queridas por este que escreve estas garatujas. O destaque ao meu ver ficam com as belas e líricas Fantasia de um tema de Thomas Tallis, de Vaughan Williams e a Primavera Apalache, de Copland. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Dance Suite, Sz. 77 _ Dance Suite, Sz. 77_ I. Moderato
02. Dance Suite, Sz. 77 _ Dance Suite, Sz. 77_ II. Allegro molto
03. Dance Suite, Sz. 77 _ III. Allegro vivace
04. Dance Suite, Sz. 77 _ Dance Suite, Sz. 77_ IV. Molto tranquillo
05. Dance Suite, Sz. 77 _ Dance Suite, Sz. 77_ V. Commodo
06. Dance Suite, Sz. 77 _ VI. Finale_ Allegro
07. Fantasia on a Theme by Thomas Tallis _ Fantasia on a Theme by Thomas Tallis
08. Appalachian Spring _ Appalachian Spring_ Appalachian Spring_ Suite
09. The Firebird Suite _ The Firebird Suite_ The Firebird Suite (1919 version)

Park Avenue Chamber Symphony
David Bernard, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Jazz - Sonny Rollins (1930 - ) - With The Modern Jazz Quartet

O jazzista Sonny Rollins é um dos últimos bastiões do movimento. Ao longo de sua carreira absurdamente bem-sucedida, Rollins tocou com diversos nomes importantes, entre eles Thelonius Monk, uma lenda imortal do movimento. Neste disco, Rollins e seu grupo tocam com um dos mais importantes grupos de jazz de todos os tempos, o Modern Jazz Quartet. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sonny Rollins (1930 - ) -

01. The Stopper
02. Almost Like Being in Love
03. No Moe
04. In a Sentimental Mood
05. Scoops
06. With a Song in My Heart
07. Newk's Fadeaway
08. Time on My Hands
09. This Love of Mine
10. Shadrack
11. On a Slow Boat to China
12. Mambo Bounce
13. I Know

Sonny Rollins and The 
Modern Jazz Quartet
Sonyy Rollins Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Richard Strauss (1864-1949) - Also sprach Zarathustra, Op. 30 e Gustav Holst (1874-1934) - The Planets, Op. 32


Sou um grande, profundo admirador, da obra Os Planetas, de Gustav Holst, que julgo um dos poemas sinfônicos mais bonitos, tocantes e com forte tom místico. É simplesmente especial ouvir cada um dos movimentos, que buscam retratar a personalidade dos planetas do Sistema Solar. Marte, o avassalador, com seu início furioso; a solenidade de Júpiter; a experiência, com feições antigas e ancestrais de Saturno; a magicidade espiritual de Urano; o coral assustador e misterioso de Netuno. No disco ainda aparece Assim falou Zaratustra, de Richard Strauss, um dos seus poemas sinfônicos mais famosos. A regência fica a cargo de Edward Gardner. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Sehr breit
02. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Von den Hinterweltlern
03. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Von der grossen Sehnsucht
04. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Von den Freuden-und Leidenschaften
05. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Das Grablied
06. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Von der Wissenschaft
07. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Der Genesende
08. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Das Tanzlied
09. Also sprach Zarathustra, Op. 30, TrV 176_ Nachtwandlerlied
10. The Planets, Op. 32_ I. Mars, the Bringer of War
11. The Planets, Op. 32_ II. Venus, the Bringer of Peace
12. The Planets, Op. 32_ III. Mercury, the Winged Messenger
13. The Planets, Op. 32_ IV. Jupiter, the Bringer of Jollity
14. The Planets, Op. 32_ V. Saturn, the Bringer of Old Age
15. The Planets, Op. 32_ VI. Uranus, the Magician
16. The Planets, Op. 32_ VII. Neptune, the Mystic

National Youth Orchestra of Great Britain
CBSO Youth Chorus
Edward Gardner, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!


Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Bedrich Smetana (1824-1884) - Má vlast (My Country)

Já fazia um certo tempo que Smetana não aparecia por aqui. Sou apaixonado pelo seu poema sinfônico "Minha Pátria", um obra em que o compositor buscou dignificar as qualidades do seu país. A qualidade da gravação é excelente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Bedrich Smetana (1824-1884) -

01. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 1, Vyšehrad [The High Castle]
02. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 2, Vltava [Die Moldau]
03. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 3, Šarka
04. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 4, Z ceských luhu a háju [From Bohemia's Woods & Fields]
05. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 5, Tábor
06. Má vlast (My Country), JB 1_112_ No. 6, Blaník

Bamberg Symphoniker
Jakub Hrusa, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Jazz - Thelonius Monk (1917-1982) - Thelonius in Action

Mais um espetacular disco de jazz bem ao estilo bop - e com um dos seus grandes representantes. Ouvir Monk é tentar caminhar em uma corda por sobre o abismo. É imensamente arriscado. Ele parece subverter os critérios lógicos da música. Sua música deposita em mim sempre a impressão de que foi feita diante de um espelho e eu estou olhando para ela de forma contrária. Trata-se de uma experiência que provoca os freios que controlam a gravidade da alma. Ouçamos mais este disco para colocarmos o juízo no lugar,  após um longo dia de trabalho neste país em que parece que Alexandre de Moraes  vai integrar o quadro de ministros do Supremo Tribunal Federal. É a falência da civilização. Que Thelonius nos salve! Uma boa apreciação!

Thelonius Monk (1917-1982) -

01. Light Blue
02. Coming On The Hudson
03. Rhythm A Ning
04. Epistrophy (theme)
05. Blue Monk
06. Evidence
07. Epistrophy (theme)
08. Unidentified Solo Piano
09. Blues Five Spot
10. In Walked Bud Epistrophy (theme)

Thelonius Monk, piano
Johnny Griffin, tenor sax
Ahmed Abdul-Malik, bass
Roy Haynes, drums

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Leonard Bernstein (1918-1990) - Symphonies 1 & 2

Poucas pessoas sabem, mas além de um extraordinário regente, Leonard Bernstein foi um exímio compositor. Escreveu inúmeras obras. Uma das suas mais famosas obras é o musical West Side Story, de 1957. Neste disco, regido pela competente Marin Alsop, encontramos duas das sinfonias do compositor: a Sinfonia No. 1, chamada de "Jeremias", do ano de 1942; e a Sinfonia número 2, escrita para piano e orquestra. É um disco fascinante! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Leonard Bernstein (1918-1990) -

01. Symphony No. 1 _Jeremiah_ _ Symphony No. 1 _Jeremiah__ I. Prophecy
02. Symphony No. 1 _Jeremiah_ _ Symphony No. 1 _Jeremiah__ II. Profanation
03. Symphony No. 1 _Jeremiah_ _ Symphony No. 1 _Jeremiah__ III. Lamentation
04. Symphony No. 2, _The Age of Anxiety__ _ Symphony No. 2, _The Age of Anxiety___ Part I_ The Prologue_ Lento moderato
05. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
06. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
07. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
08. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
09. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
10. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
11. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Ages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
12. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
13. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
14. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
15. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
16. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
17. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
18. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 1, The Seven Stages _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_,
19. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2 _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2_ Part II_ The Dirge_ Largo
20. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2 _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2_ Part II_ The Masque_ Extremely fast
21. Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2 _ Symphony No. 2 _The Age of Anxiety_, Pt. 2_ Part II_ The Epilogue_ L'istesso tempo

Baltimore Symphony Orchestra
Marin Alsop, regente
Jean-Yves Thibaudet, piano
Jennifer Johnson Cano, mezzo-soprano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Sergei Prokofiev (1881-1953) - Symphony No. 4 in C major, Op. 112 e Symphony No. 7 in C sharp minor, Op. 131

Acredito que Sergei Prokofiev seja o compositor que mais postei este ano. Minha paixão pela música do russo é de longa data. Sua linguagem é bastante singular. Prokofiev, ao meu modo de ver, é uma espécie de Mário de Andrade da música russa. Um sujeito de uma capacidade intelectual incomparável, absurda, capaz de produzir uma estética arrojada e grávida de significados que vão para além das visualizações aparentes. Este disco delicioso traz duas de suas sinfonias. Aliás, as sinfonias do russo são um capítulo à parte. As sete são verdadeiras obras-primas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

P.S. Impossível não se arrepiar com o início da Sétima Sinfonia! Trágica, tenebrosa, capaz de vislumbrar apocalipses sombrios!

Sergei Prokofiev (1881-1953) -

01. Symphony No 4, Op 112 (Revised 1947 Version) I Andante - Allegro eroico - Allegretto
02. Symphony No 4, Op 112 (Revised 1947 Version) II Andante tranquillo
03. Symphony No 4, Op 112 (Revised 1947 Version) III Moderato quasi allegretto
04. Symphony No 4, Op 112 (Revised 1947 Version) IV Allegro risoluto
05. Symphony No 7 in C-Sharp Minor, Op 131 I Moderato
06. Symphony No 7 in C-Sharp Minor, Op 131 II Allegretto
07. Symphony No 7 in C-Sharp Minor, Op 131 III Andante espressivo
08. Symphony No 7 in C-Sharp Minor, Op 131 IV Vivace
09. Symphony No 7 in C-Sharp Minor, Op 131 IV Vivace (alternative ending)


Bergen Philharmonic Orchestra
Andrew Litton, regente

 Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Jazz - David Patrois Trio - Flux Tendu

Encontrei este disco por aí. A informação que disponho sobre ele é que se trata de um pós-bop, beirando o fusion. O nome é curioso - Flux Tendu. Pelo que li por esses mil platôres da internet, foi que as duas palavras fazem parte do contexto da produção toyotista. Ou seja, flexibilizar a produção sem qualquer desperdício; produzir o máximo com o mínimo possível, o que em matéria de música nos leva a um espécie de minimalismo. Acho que é isso! Corrijam-me se eu estiver errado. De qualquer forma, aproveitem o disco. Ele é bom! Vale a audição! Uma boa apreciação!

01 - Capitaine Achab
02 - Wrong And Strong
03 - Something Sweet, Something Tender
04 - Le Cri De Rahan
05 - Flux Tendu
06 - Nty
07 - In Walked Bud
08 - Seven For Reggae
09 - Something You Miss
10 - Heliophanie

David Patrois Trio

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Arien

Não é preciso dizer que as óperas de Mozart estão entre as mais famosas da história. São obras marcantes, definitivas. É o caso, por exemplo, de Don Giovanni, As bodas de Fígaro ou a Flauta Mágica; esta, a ópera de que mais gosto. Em cada uma dessas óperas, a qualidade melódica é inquestionável. Em cada uma delas as árias são elementos extraordinários, tocantes, marcantes. Este disco busca, justamente, trazer à tona esses fragmentos de beleza construídos pelo gênio de Mozart. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) -

01. Le nozze di Figaro, K. 492_ Overture
02. Le nozze di Figaro, K. 492_ Non so più cosa son, cosa faccio
03. Le nozze di Figaro, K. 492_ Voi, che sapete che cosa e amor
04. Le nozze di Figaro, K. 492_ Porgi, amor, qualche ristoro
05. Le nozze di Figaro, K. 492_ Giunse al fin il momento. Deh, vieni, non tardar
06. Don Giovanni, K. 527_ Ah! Fuggi il traditor!
07. Don Giovanni, K. 527_ Non me lo credi_ - Batti, batti, o bel Masetto
08. Don Giovanni, K. 527_ in quali eccessi. Mi tradì quell'alma ingrata
09. Così fan tutte, K. 588_ Ei parte. Senti. Ah no! - Per pieta, ben mio, perdona
10. Così fan tutte, K. 588_ Una donna a quindici anni
11. Così fan tutte, K. 588_ Temerari! Sortite fuori di questo loco! - Come scoglio immoto resta
12. Bella mia fiamma, addio, K. 528
13. Misera, dove son!, K. 369

Münchner Rundfunkorchester
Alessandro de Marchi, diretor
Anett Fritsch,

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - The Cello Suites - BWV 1007-1012

Maravilhoso este disco! Essas famosas obras de Bach aqui são interpretadas com um instrumento especial - o violoncelo de spalla, apoiado no ombro à semelhança de uma viola ou violino. A gravação é rica em detalhes, em nuances sonoras, tornando o material em uma joia. Trata-se de uma das boas gravações que já escutei. As Suites de Bach são obras que, quanto mais escutamos, mais temos vontade de ouvir, dado o poder hipnotizante que elas exercem sobre nós. Sigiswald Kuijken é um mago, uma espécie de bruxo capaz de tornar real e materializável a beleza infinita da música de Bach. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

DISCO 01

01 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Prelude
02 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Allemande
03 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Courante
04 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Sarabande
05 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Menuet 1 & 2
06 - Suite N°1 in G major BWV 1007 - Gigue
07 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Prelude
08 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Allemande
09 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Courante
10 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Sarabande
11 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Menuet 1 & 2
12 - Suite N°2 in d minor BWV 1008 - Gigue
13 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Prelude
14 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Allemande
15 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Courante
16 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Sarabande
17 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Bourree 1 & 2
18 - Suite N°3 in C major BWV 1009 - Gigue

DISCO 02

01 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Prelude
02 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Allemande
03 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Courante
04 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Sarabande
05 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Bouree I & II
06 - Suite N°4 in E flat major BWV 1010 - Gigue
07 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Prelude
08 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Allemande
09 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Courante
10 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Sarabande
11 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Gavotte I & II
12 - Suite N°5 in c minor BWV 1011 - Gigue
13 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Prelude
14 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Allemande
15 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Courante
16 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Sarabande
17 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Gavotte I & II
18 - Suite N°6 in D major BWV 1012 - Gigue

Sigiswald Kuijken, violoncello da spalla

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Richard Wagner (1813-1883) - Overture to "Tannhäuser" e Jean Sibelius (1865-1957) - Symphony No. 2 in D, Op. 43

Tenho escutado algumas gravações com Andris Nelsons e tenho me impressionado. Há algum tempo atrás eu postei dois discos regidos por ele, com interpretações de Shostakovich. Confesso que a número 10 de Shostakovich com ele foi uma das melhores que já escutei. Ou seja, o jovem regente sabe o que faz. Neste disco ele ataca mais uma vez com Wagner e Sibelius. Seu Sibelius é triunfante. Faz jus ao espírito dessa grandiosa sinfonia do finlandês, que é um hino épico de afirmação da vida, do espírito de um povo. A gravação foi feita ao vivo no ano de 2014, quando teve início a temporada de concertos pela Boston Symphony Orchestra. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Wagner: Overture to "Tannhäuser"
Sibelius: Symphony No. 2 in D, Op. 43
02. Allegretto
03. Tempo Andante, ma rubato
04. Vivacissimo
05. Finale: Allegro moderato

Boston Symphony Orchestra
Andris Nelsons, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 3 in D Minor

Bernard Haitink é um dos últimos titãs da regência ainda vivos. Refiro-me àquela geração gloriosa dos anos 60 em diante e, que, aos poucos, está nos deixando - Abbado, Maazel, etc. A essa altura, cada apresentação que faz possui um peso enorme, já que o famoso regente já passou dos oitenta anos e se aproxima do ocaso fatal. Sua carreira é premiadíssima. Ele regeu ao longo da vida, talvez, dezenas de vezes este trabalho. A Sinfonia No. 3 de Mahler é um daqueles "monstros musicais", enormes, épicos, capaz de exigir do ouvinte uma preparação necessária para apreciá-la, assim como acontece com Bruckner, por exemplo. Haitink ainda consegue nos emocionar com suas intervenções. Este disco foi lançado no início deste ano. Vale a audição!

Gustav Mahler (1860-1911) -

01. Symphony No. 3 in D Minor_ I. Kräftig. Entschieden
02. Symphony No. 3 in D Minor_ II. Tempo di menuetto. Sehr mäßig
03. Symphony No. 3 in D Minor_ III. Comodo. Scherzando
04. Symphony No. 3 in D Minor_ IV. Sehr langsam. Misterioso
05. Symphony No. 3 in D Minor_ V. Lustig im Tempo und keck im Ausdruck
06. Symphony No. 3 in D Minor_ VI. Langsam. Ruhevoll. Empfunden

Symphonieorchester des Bayerischen Rundfunks
Bernard Haitink, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

Felix Mendelssohn (1809-1847) - Quartet No.2 in A minor, Op.13, Four Pieces for String Quartet, Op.81 e Quartet No.3 in D major, Op.44 No.1

Segue o segundo disco com os quartetos de cordas de Mendelssohn. Dessa vez, aparecem os de número 2 e 3. Esses quartetos são a expressão de um Mendelssohn ainda jovem, recém saído da adolescência. O opus 13, encontrado neste disco, foi escrito quando o genial compositor possuía apenas dezoito anos. A obra é resultado do interesse de Mendelssohn pelos quartetos tardios de Beethoven, que há época eram tidos como fantasias inexpressivas de um compositor surdo e sem criatividade. Já o número três foi escrito em um período posterior, quando o compositor aproximava-se dos trinta anos. Novamente, o Escher String Quartet revela técnica e qualidade na execução dessas obras necessárias do compositor alemão. Uma boa apreciação!

Felix Mendelssohn (1809-1847) -

01. Quartet No.2 in A minor, Op.13 - I. Adagio - Allegro vivace
02. Quartet No.2 in A minor, Op.13 - II. Adagio non lento
03. Quartet No.2 in A minor, Op.13 - III. Intermezzo. Allegretto con moto - Alleg
04. Quartet No.2 in A minor, Op.13 - IV. Presto - Adagio non lento
05. Four Pieces for String Quartet, Op.81 - 1. Andante sostenuto
06. Four Pieces for String Quartet, Op.81 - 2. Scherzo (Allegro leggiero)
07. Quartet No.3 in D major, Op.44 No.1 - I. Molto allegro vivace
08. Quartet No.3 in D major, Op.44 No.1 - II. Menuetto. Un poco Allegretto
09. Quartet No.3 in D major, Op.44 No.1 - III. Andante espressivo ma con moto
10. Quartet No.3 in D major, Op.44 No.1 - IV. Presto con brio

Escher String Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Here is a US $4.00 coupon: https://goo.gl/efW8Ef

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Symphonies Nos. 5 & 6

Eis um disco com uma performance histórica. As gravações são do final dos anos 30. A sonoridade mono parecerá bem diferente em relação às gravações modernas, trabalhadas pela tecnologia. Mas o que espanta é a qualidade da gravação do grande regente. A número 5 ficou mais tenebrosa e apocalíptica do que já é. Trata-se de uma excelente oportunidade de ouvir esta gravação com uma outra feição. Sentir aquilo que os primeiros ouvintes da famosa sinfonia de Shosta sentiram quando ouviram-na pela primeira vez. N Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

01. Symphony No. 5 - I - Moderato
02. Symphony No. 5 - II - Allegretto
03. Symphony No. 5 - III - Largo
04. Symphony No. 5 - IV - Allegro non troppo
05. Symphony No. 6 - I - Largo
06. Symphony No. 6 - II - Allegro
07. Symphony No. 6 - III - Presto

The Philhadelphia Orchestra
Leopold Stokowski, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

Wynton Marsalis - Baroque Music For Trumpets - Vivaldi, Telemann, Pachelbel, Michael Haydn & Biber

Este disco é  excelente! Acho a sonoridade do trompete maravilhosa. Ela é nobre; evocativa; régia. O trompetista Wynton Marsalis é uma figura importantíssima, tendo se notabilizado tanto no meio erudito quanto no meio dos músicos de jazz. Já colaborou com nomes como Gillespie, Hancock, entre outros nomes. É um dos maiores virtuoses da atualidade e uma figura controversa. Neste disco de sonoridade espetacular, Wynton Marsalis visita obras de Vivaldi, Telemann, Pachelbel, e outros. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Antonio Vivaldi (1678-1741) -

Concerto For 2 Trumpets & Strings, RV 537 (C Major)
01. I – Allegro (3:07)
02. II – Largo (0:58)
03. III – Allegro (3:20)

G. P. Telemann (1681-1767) - 

Concerto For 3 Trumpets & Orchestra (B-Flat Major)    
04. I – Moderato (4:08)
05. II – Largo (2:29)
06. III – Allegro (3:21)

Johann Pachelbel (1653-1706) - 

07. Canon For 3 Trumpets & Strings (6:27)

Michael Haydn (1737-1806) - 

Concerto For Trumpet & Orchestra (D Major)
08. I – Adagio (5:57)
09. II – Allegro (2:54)

G. P. Telemann (1681-1767) -  

Concerto For 3 Trumpets & Orchestra (D Major)
10. I – Largo (1:49)
11. Allegro Moderato (2:51)
12. II – Adagio (2:17)
13. III – Presto (1:46)


Heirinch von Biber (1644-1704) - 


14. Sonata For 8 Trumpets & Orchestra (A Major)

English Chamber Orchestra
Raymond Leppard, regente
Wynton Marsalis, trompete

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Suite from Romeo and Juliet

Romeu e Julieta é um balé escrito pelo genial compositor russo Sergei Prokofiev. A obra é dividida em 3 atos e 7 cenas. Ela estreou em 1940, no Teatro Kirov, na União Soviética. É baseada na conhecida tragédia de William Shakespeare. Neste disco, conduzido por Ricardo Muti, temos as suites do balé, que são bastante famosas. A mais intrigante - ao meu modo de ver - é o primeiro movimento - Montagues and Capulets - que ganha uma resplandecência russa poderosa. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

01. Suite from _Romeo and Juliet__Montagues and Capulets
02. Suite from _Romeo and Juliet__Juliet the Young Girl
03. Suite from _Romeo and Juliet__Madrigal
04. Suite from _Romeo and Juliet__Minuet
05. Suite from _Romeo and Juliet__Masks
06. Suite from _Romeo and Juliet__Romeo and Juliet
07. Suite from _Romeo and Juliet__Death of Tybalt
08. Suite from _Romeo and Juliet__Friar Laurence
09. Suite from _Romeo and Juliet__Romeo and Juliet Before Parting
10. Suite from _Romeo and Juliet__Romeo at Juliet's Tomb

Chicago Symphony Orchestra
Ricardo Muti, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

Jazz - John Patitucci - Remembrance

Já faz três semanas que não faço minhas costumeiras postagens jazzísticas. Uma pena. Peço perdão pela irregularidade. Algumas poucas pessoas fiéis revelam certa curiosidade para com estas postagens. Tenho trabalhado em excesso, o que tem me impedido de atualizar com mais frequência este espaço sempre propício a oferecer uma boa música. Hoje, temos um disco que foge dos "cânones  sagrados" do bop, como sempre gosto de apresentar. Trata-se de um disco de 2009, com uma sonoridade bastante envolvente e múltipla. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

John Patitucci - Remembrance 

01. Monk/Trane
02. Messaien's Gumbo
03. Sonny Side
04. Meditations
05. Mali
06. Scenes from an Opera
07. Blues for Freddie
08. Safari
09. Joe Hen
10. Play Ball
11. Remembrance

John Patitucci – acoustic bass, 6-string electric bass, 6-string electric piccolo bass
Joe Lovano – tenor saxophone, alto clarinet
Brian Blade – drums
With:
Sashi Patitucci – cello
Rogerio Boccato - percussion

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Camille Saint-Säens (1835-1921) - Cello Concerto No. 1 in A Minor, Op. 33, Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123, Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123

Disquinho bastante bonito com a música do francês cosmopolita Camille Saint-Säens. A estrela do disco é a celista Emmanuelle Bertrand, que esbanja charme, sensibilidade e rigor técnico. Quando falamos em música de câmara ou em música de concertos, não pensamos imediatamente o nome de Saint-Säens. Todavia, este disco revela sua maestria nessa vertente. O maravilhoso Concerto número 1 para cello é, para mim, uma das principais obras do disco. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Camille Saint-Säens (1835-1821) -

01. Cello Concerto No. 1 in A Minor, Op. 33_ I. Allegro non troppo
02. Cello Concerto No. 1 in A Minor, Op. 33_ II. Allegretto con moto
03. Cello Concerto No. 1 in A Minor, Op. 33_ III. Molto allegro
04. Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123_ I. Maestoso, largamente
05. Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123_ II. Scherzo con Variazioni. Allegro animato
06. Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123_ III. Romanza. Poco adagio-Agitato
07. Sonata for Cello and Piano No. 2 in F Major, Op. 123_ IV. Allegro non troppo grazioso
08. Sonata for Cello and Piano No. 3 in D Major, Op. Posth (Unfinished)_ I. Allegro animato
09. Sonata for Cello and Piano No. 3 in D Major, Op. Posth (Unfinished)_ II. Andante sostenuto

Luzerner Sinfonieorchester 
James Gaffigan,

Emmanuelle Bertrand,
Pascal Amoyel,

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Felix Mendelssohn (1809-47) - Quartet No.1 in E flat major, Op.12, Quartet in E flat major, MWV R18 e Quartet No.4 in E minor, Op.44 No.2

Disquinho espetacular! Sempre me impressiono com Mendelssohn. Suas obras mais conhecidas são as sinfonias. Poucas pessoas têm o conhecimento de que ele foi uma criança, um adolescente prodígio, tendo escrito um número significativo de obras de câmara. É o caso, por exemplo, do Op. 12, escrito quando ele tinha apenas 14 anos de idade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Felix Mendelssohn (1809-47) -

01. Quartet No.1 in E flat major, Op.12, MWV R25 (1829) - I. Adagio non troppo – Allegro non tardante
02. Quartet No.1 in E flat major, Op.12, MWV R25 (1829) - II. Canzonetta. Allegretto
03. Quartet No.1 in E flat major, Op.12, MWV R25 (1829) - III. Andante espressivo
04. Quartet No.1 in E flat major, Op.12, MWV R25 (1829) - IV. Molto allegro e vivace
05. Quartet in E flat major, MWV R18 (1823) - I. Allegro moderato
06. Quartet in E flat major, MWV R18 (1823) - II. Adagio non troppo
07. Quartet in E flat major, MWV R18 (1823) - III. Minuetto. Trio
08. Quartet in E flat major, MWV R18 (1823) - IV. Fuga
09. Quartet No.4 in E minor, Op.44 No.2, MWV R26 (1837) - I. Allegro assai appassionato
10. Quartet No.4 in E minor, Op.44 No.2, MWV R26 (1837) - II. Scherzo. Allegro di molto
11. Quartet No.4 in E minor, Op.44 No.2, MWV R26 (1837) - III. Andante
12. Quartet No.4 in E minor, Op.44 No.2, MWV R26 (1837) - IV. Presto agitato

Escher String Quartet


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Violin Concerto No. 2 in G Major, Op. 63, Sonata for Two Violins in C Major, Op. 56, Solo Violin Sonata in D Major, Op. 115

Não é preciso dizer que Viktoria Mullova é uma grande violinista. Ela sempre deixa transparecer a sua técnica afiada e sua sensibilidade na dose certa. Aqui a moça interpreta a música de Prokofiev, um russo genial, autor de obras cerebrais. Não deixe de ouvir. Trata-se de um disco necessário. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

01. Violin Concerto No. 2 in G Major, Op. 63_ I. Allegro moderato
02. Violin Concerto No. 2 in G Major, Op. 63_ II. Andante assai
03. Violin Concerto No. 2 in G Major, Op. 63_ III. Allegro, ben marcato
04. Sonata for Two Violins in C Major, Op. 56_ I. Andante cantabile
05. Sonata for Two Violins in C Major, Op. 56_ II. Allegro
06. Sonata for Two Violins in C Major, Op. 56_ III. Comodo (quasi Allegretto)
07. Sonata for Two Violins in C Major, Op. 56_ IV. Allegro con brio
08. Solo Violin Sonata in D Major, Op. 115_ I. Moderato
09. Solo Violin Sonata in D Major, Op. 115_ II. Andante dolce. Tema con variazioni
10. Solo Violin Sonata in D Major, Op. 115_ III. Con brio

Frankfurt Radio Symphony Orchestra
Paavo Järvi, regente
Viktoria Mullova, violino
Tedi Papavrami, violino II

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

Sergei Rachmaninov (1873-1943) - Cello Sonata in G Minor, Op. 19 e Sergei Prokofiev (1891-1953) - Cello Sonata in C Major, Op. 119, 6 pieces, Op. 5 etc

Este disco foi lançado no início deste ano de 2017. Traz obras para violoncelo e piano de dois compositores russos - Rachmaninov e Sergei Prokofiev. Como já deixei transparecer aqui, sou um grande apreciador das obras para celo e piano de Rachmaninov. Suas obras são doces e suaves, de um romantismo na medida certa. Ainda aparece no disco, a estética peculiar de Sergei Prokofiev. Ao violoncelo, a bela Nina Kotova. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Cello Sonata in G Minor, Op. 19_ I. Lento - Allegro moderato
02. Cello Sonata in G Minor, Op. 19_ II. Allegro scherzando
03. Cello Sonata in G Minor, Op. 19_ III. Andante
04. Cello Sonata in G Minor, Op. 19_ IV. Allegro mosso
05. Cello Sonata in C Major, Op. 119_ I. Andante grave
06. Cello Sonata in C Major, Op. 119_ II. Moderato
07. Cello Sonata in C Major, Op. 119_ III. Allegro, ma non troppo
08. 6 pieces, Op. 51_ V. Andante cantabile (Romance)
09. 18 pieces, Op. 72_ V. Meditation

Nina Kotova, violoncelo
Fabio Bidini, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Arnold Schoenberg (1874-1951) - Transfigured Night Op. 4, Three Piano Pieces Op. 11, Five Orchestral Pieces Op. 16, Six Little Piano Pieces Op. 19 etc

Já faz cerca de uns três meses que estou com intenções de postar este disco. É um disco repleto de nuances a serem observadas. Primeiro, trata-se de um disco com música moderna, daquelas responsáveis pela estética revolucionária que acompanha as mudanças culturais do século XX. Vale ressaltar ainda a complexidade harmônica da música do austríaco e a sua relevância intelectual. Pois bem: o argentino Daniel Baremboim faz uma incursão bastante satisfatória por esse mundo vasto. Para aqueles que admiram a música do austríaco, temos um disco que cumpre bem a sua função, apesar do tom "vagaroso" em algumas leituras. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arnold Schoenberg (1874-1951) -

01. Transfigured Night Op. 4: Grave (bar - Takt - mesure: 1)
02. Transfigured Night Op. 4: Molto rallentando (bar 100)
03. Transfigured Night Op. 4: A tempo (bar 188)
04. Transfigured Night Op. 4: Adagio (bar 229)
05. Transfigured Night Op. 4: Adagio, molto tranquillo (bar 370)
06. Three Piano Pieces Op. 11: Massige Viertel
07. Three Piano Pieces Op. 11: Massige Achtel
08. Three Piano Pieces Op. 11: Bewegte Achtel
09. Five Orchestral Pieces Op. 16: Vorgefuhle
10. Five Orchestral Pieces Op. 16: Vergangenes
11. Five Orchestral Pieces Op. 16: Farben
12. Five Orchestral Pieces Op. 16: Peripetie
13. Five Orchestral Pieces Op. 16: Das obligate Rezitativ
14. Six Little Piano Pieces Op. 19: Leicht, zart
15. Six Little Piano Pieces Op. 19: Langsam
16. Six Little Piano Pieces Op. 19: Sehr langsame Viertel
17. Six Little Piano Pieces Op. 19: Rasch, aber leicht
18. Six Little Piano Pieces Op. 19: Etwas rasch
19. Six Little Piano Pieces Op. 19: Sehr langsam
20. Piano Piece Op. 11, No. 2 'Konzertmassige Interpretation'

Chicago Symphony Orchestra
Daniel Baremboim, regência & piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

Francesco Geminiani (1687-1762) - "La Folia" - Other concertos & Sonatas

Francesco Geminiani é um daqueles tantos compositores habilidosos do período barroco, donos de virtudes e habilidades adjetiváveis e que vivem num plano secundário. No caso de Geminiani, quase não escutamos falar de suas obras.  Mas o compositor possuía um currículo bastante invejável. Era um sujeito de grande erudição, tendo viajado por vários países europeus. Outro aspecto importante de sua biografia é a de teórico musical, tendo escrito um importante tratado à sua época. Este disco traz um conjunto de obras deliciosas, escritas por sua mão habilidosa, na qualidade de virtuose do violino. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Francesco Geminiani (1687-1762) -

01. Trio Sonata No.3 in F major - I. Largo
02. Trio Sonata No.3 in F major - II. Andante
03. Trio Sonata No.3 in F major - III. Allegro
04. Concerto Grosso 'La Folia'
05. Sonata in E minor, Op.1 No.3 - I. Adagio - Allegro - Adagio -
06. Sonata in E minor, Op.1 No.3 - II. Tempo giusto - Adagio -
07. Sonata in E minor, Op.1 No.3 - III. Allegro
08. Trio Sonata No.5 in A minor - I. Spiritoso -
09. Trio Sonata No.5 in A minor - II. Andante -
10. Trio Sonata No.5 in A minor - III. Allegro
11. Trio Sonata No.6 in D minor - I. Andante
12. Trio Sonata No.6 in D minor - II. Allegro
13. Trio Sonata No.6 in D minor - III. Allegro
14. Sonata in A major, Op.4 No.12 - I. Adagio - Presto
15. Sonata in A major, Op.4 No.12 - II. Presto
16. Sonata in A major, Op.4 No.12 - III. Presto
17. Concerto Grosso in G minor, Op.7 No.2 - I. Grave - Allegro
18. Concerto Grosso in G minor, Op.7 No.2 - II. Andante
19. Concerto Grosso in G minor, Op.7 No.2 - III. Allegro

The Purcell Quartet
The Purcell Band

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Trio No.2 in E flat, Op.1 No.2 e Piano Trio No.5 in D, Op.70 No.1 'Ghost'

Há determinados compositores que são guindados à categoria de gênios incontestáveis  e Beethoven certamente está dentro desse universo. Sua obra camerística é uma das mais elogiadas e densas que existem. São referências necessárias. Seus quartetos de cordas ou trios são manifestações em que visualizamos sua liberdade criativa. É como se ele fizesse experimentações sobre algo que ele desejava escrever. Os dois trios aqui colocados apontam nessa direção. São belíssimos. Limpos. Leves - principalmente o Op. 70. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

01.  Piano Trio No.2 in E flat, Op.1 No.2 - Adagio - Allegro vivace
02.  Piano Trio No.2 in E flat, Op.1 No.2 - Largo con espressione
03.  Piano Trio No.2 in E flat, Op.1 No.2 - Scherzo  (Allegro)
04.  Piano Trio No.2 in E flat, Op.1 No.2 - Finale  (Presto)
05.  Piano Trio  No.5 in D, Op.70 No.1  'Ghost' - Allegro vivace e con brio
06.  Piano Trio  No.5 in D, Op.70 No.1  'Ghost' - Largo assai ed espressivo
07.  Piano Trio  No.5 in D, Op.70 No.1  'Ghost' - Presto

Storioni Trio
Bart van de Roer, piano
Wouter Vossen, violino
Marc Vossen, violoncelo

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef

Joseph Haydn (1732-1809) - Symphonies 78 - 81

Sou um grande admirador da obra de Joseph Haydn. O compositor austríaco é daqueles nomes prolíficos, bem-sucedidos, capazes de grandes empreendimentos, realizações. Haydn é uma espécie de patriarca, um músico cuja importância se deu tanto pelos vínculos estabelecidos com outros compositores; quanto pela quantidade de material escrito; quanto pela qualidade daquilo que escreveu. Vejamos o caso de suas sinfonias. Poucos compositores conseguiram furar a barreira das cem sinfonias. Haydn conseguiu. Ouvi-las é um grande desafio. Algumas são mais conhecidos por estarem dentro de certos ciclos como, por exemplo, aquelas denominadas de "Londres" ou de "Paris". E existem aquelas outras que, aparentemente, estão em um plano secundário. Todavia, são de excelente qualidade. É o que vemos por aqui. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Joseph Haydn (1732-1809) -

DISCO 01

01. Symphony No. 78 in C minor - I. Vivace
02. Symphony No. 78 in C minor - II. Adagio
03. Symphony No. 78 in C minor - III. Menuetto & Trio. Allegretto
04. Symphony No. 78 in C minor - IV. Finale. Presto
05. Symphony No. 79 in F major - I. Allegro con spirito
06. Symphony No. 79 in F major - II. Adagio cantabile - un poco allegro
07. Symphony No. 79 in F major - III. Menuetto & Trio. Allegretto
08. Symphony No. 79 in F major - IV. Finale. Vivace

DISCO 02

01. Symphony No. 80 in D minor - I. Allegro spiritoso
02. Symphony No. 80 in D minor - II. Adagio
03. Symphony No. 80 in D minor - III. Menuetto & Trio
04. Symphony No. 80 in D minor - IV. Finale. Presto
05. Symphony No. 81 in G major - I. Vivace
06. Symphony No. 81 in G major - II. Andante
07. Symphony No. 81 in G major - III. Menuetto & Trio
08. Symphony No. 81 in G major - IV. Finale. Allegro, ma non troppo

Accademia Bizantina 
Ottavio Dantone, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Today Deal $50 Off : https://goo.gl/efW8Ef