sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Johann Sebastian Bach (1685 - 1750) - Inventions & Partita

O presente disco é uma delícia restauradora das emoções estilhaçadas. Ou, simplesmente, música plena para ser ouvida a qualquer momento e que acaba gerando uma grata sensação de alegria e felicidade. Não é que Bach tenha composto estas obras para os instrumentos que as estão executando aqui, a saber, violino, viola e violoncelo. Na verdade, trata-se de transcrições da obra do grande pai. Mas, o resultado é do mais alto nível. Destaque para a bela violinista Janine Jansen e para Maxim Rysanov, um dos grandes intérpretes de viola hoje em todo o mundo. O presente disco é garantia de qualidade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685 - 1750) -

Two-part Inventions, BWV 772/786
01. No. 1 in C, BWV 772
02. No. 2 in C minor, BWV 773
03. No. 3 in D, BWV 774
04. No. 4 in D minor, BWV 775
05. No. 5 in E flat, BWV 776
06. No. 6 in E, BWV 777
07. No. 7 in E minor, BWV 778
08. No. 8 in F, BWV 779
09. No. 9 in F minor, BWV 780
10. No. 10 in G, BWV 781
11. No. 11 in G minor, BWV 782
12. No. 12 in A, BWV 783
13. No. 13 in A minor, BWV 784
14. No. 14 in B flat, BWV 785
15. No. 15 in B minor, BWV 786

Partita for Violin Solo No.2 in D minor, BWV 1004
16. 1. Allemande
17. 2. Corrente
18. 3. Sarabande
19. 4. Giga
20. 5. Ciaccona

Three-Part Inventions, BWV 787-801
21. No.1 in C, BWV 787
22. No.2 in C minor, BWV 788
23. No.3 in D, BWV 789
24. No.4 in D minor, BWV 790
25. No.5 in E flat, BWV 791
26. No.6 in E, BWV 792
27. No.7 in E minor, BWV 793
28. No.8 in F, BWV 794
29. No.9 in F minor, BWV 795
30. No.10 in G, BWV 796
31. No.11 in G minor, BWV 797
32. No.12 in A, BWV 798
33. No.13 in A minor, BWV 799
34. No.14 in B flat, BWV 800
35. No.15 in B minor, BWV 801

Você pode comprar este disco na Amazon

Janine Jansen, violino
Maxim Rysanov, viola
Torleif Thedéen, cello

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Anton Dvorak (1841-1904) - Cello Concerto In B Minor, Op. 104 e Jacques Ibert (1890-1962) - Concerto para Violoncelo

Jacqueline Du Pré foi uma extraordinária violoncelista britânica. Talvez uma das maiores do século XX. Aqui temos a moça executando dois concertos para cello - o primeiro de Dvorak; e, o segundo, do compositor francês Jacques Ibert. Sobre o concerto de Dvorak, vale a firmar que este já foi postado aqui. Trata-se da famosa gravação de 1967 com Celibidache. Analisando as duas gravções, podemos afirmar que esta de agora deixar a desejar em relação àquela. Esta ficou mais comportada, menos expansiva, menos colorida em seu romantismo. Já a obra de Ibert, que ainda não conhecia, pareceu-me de execução mais "tímida" ainda. De qualquer forma, é uma gravação de Jacqueline du Pré e deve ser escutada. Não deixe de fazê-lo! Uma boa apreciação!

Anton Dvorak (1841-1904) -

Cello Concerto In B Minor, Op. 104
01. 1. Allegro
02. 2. Adagio ma non troppo
03. 3. Allegro moderato

Jacques Ibert (1890-1962) - 

Concerto para Violoncelo
04. I. Pastorale: Allan
05. II. Romance: Souple
06. III. Gigue: Anime

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Liverpool Philharmonic Orchestra
Sir Charles Groves, regente
Michael Klein Orchestra
Michael Krein, regente
Jacqueline du Pré, violoncelo

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

Richard Strauss - Don Juan, Respighi - The Pines of Rome, Mascagni - Intermezzo from Cavalleria Rusticana, Tchaikovsky - Francesca da Rimini etc

Esta é mais uma daquelas gravações captadas ao vivo, direto da sala de concerto. Ouvi o conjunto ontem à noite e, logo em seguida, senti a vontade de compartilhá-lo. Traz uma miscelânea com diferentes matizes. O destaque fica por conta de Os pinheiros de Roma - de Respighi - e Francesca da Rimini - de Tchaikovsky; vale ressaltar a presença do delicioso Intermezzo da Cavallaria Rusticana, de Mascagni, que surge por aqui pela primeira vez. O regente é o Lorin Maazel. Certamente, há razões para a existência de boa música neste broadcasting. Uma boa apreciação!

01. Richard Strauss - Don Juan*
02. Respighi - The Pines of Rome
03. Verdi - Studia il passo, o mio figlio! ... Come dal ciel precipita” from Macbeth
04. Verdi - Ella giammai m'amò" from Don Carlo
05. Mascagni - Intermezzo from Cavalleria Rusticana
06. Mozart - “Madamina, il catalogo è questo” from Don Giovanni
07. Tchaikovsky - Francesca da Rimini

Você pode comprar este disco na Amazon

Symphonica Toscanini
New York Philharmonic*
Lorin Maazel, regente
René Pape, baixo

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Bela Bartok (1881-1945) - Concerto para Violino N º 2, Sz.112 e Suíte No.2, Sz. 34

Baita disco! Daqueles que precisam ser ouvidos muitas vezes para que os detalhes sejam acolhidos, agasalhados - aos poucos. O disco traz dois gigantes da música do século XX, interpretando outro nome imortal. Ou seja, Dorati e Menuhin, revelando-nos a música de Bartok. Na interpretação do Concerto para Violino no. 2 temos uma das gravações mais belas, entre aquelas que já ouvi. Sensibilidade aflorada do artista; abordagem de grande desvelo do virtuose judeu, Yehudi Menuhin. Não deixe de ouvir este disco - de grande beleza! Uma boa apreciação!

Bela Bartok (1881-1945) - 

Concerto para Violino N º 2, Sz.112*
01. 1. Allegro Non Troppo
02. 2. Andante Tranquillo
03. 3. Allegro Molto

Suíte No.2, Sz. 34
04. 1. Comodo
05. 2. Allegro Scherzando
06. 3. Andante
07. 4. Comodo

Você pode comprar este disco na Amazon

Minneapolis Symphony Orchestra
Antal Dorati, regente
Yehudi Menuhin, violino*

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Richard Strauss (1864-1949) - Don Quixote, Op.35 e Till Eulenspiegel's Merry Pranks, Op.28

Baita disco! Baita interpretação de her Karajan. Os poemas sinfônicos de Richard Strauss possuem uma marca: a força marcial da orquestração, de matizes fortemente wagnerianas. Isso me agrada. Gosto dessa força, desse rigor, desse drama que se adensa mais ou menos assim: existe uma paisagem sonora inicial; logo em seguida surge o conflito; o conflito é exaltado, relevado; alcança um paroxismo e logo em seguida vem a sublimação, que é o deslinde do conflito. O disco traz dois dos muitos poemas sinfônicos escritos por Richard Strauss. Talvez ainda não conhecesse Don Quixote - não sei! O outro é o alegre e brincalhão (em dados momentos) Till Eulenspiegel. O disco traz duas curiosidades: a presença do violoncelista brasileiro António Meneses e a pintura (da capa) de um dos quadros de Salvador Dali. Coisa de alto nível! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Strauss (1864-1949) -

Don Quixote, Op.35
01. Introduction. Theme. Maggiore 'Sancho Panza'
02. Variation I - Adventure at the windmills
03. Variation II - Battle with the sheep
04. Variation III - Dialogue between Knight and Squire
05. Variation IV - Unhappy adventure with a procession of penitents
06. Variation V - The Knight's vigil
07.  Variation VI - The meeting with Dulcinea
08. Variation VII - The ride through the air
09. Variation VIII - The unhappy voyage in the enchanted boat
10. Variation IX - Battle with the magicians
11. Two battles with the knights of the bright moon
12. Finale - Death of Don Quixote

Till Eulenspiegel's Merry Pranks, Op.28
13.  Till Eulenspiegel's Merry Pranks, Op.28

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Herbert von Karajan, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Alexander Scriabin (1872-1915) - Le Poème De L'Extase, Op.54, Piano Concerto em Fá sustenido menor, Op.20 e Promethée - Le Poème Du Feu, Op.60

Alexander Scriabin, compositor russo, nascido no século XIX, representou uma página singular da história da música. Foi aquilo que podemos de chamar de um "místico musical". Interessava-se pela teosofia e por Hélène Blavatsky. Possuía um forte talento pianístico. Buscou com a sua música evocar os eflúvios misteriosos do espiritualismo. Era uma forma de suscitar uma sensação êxtase místico. Isso pode ser comprovado em seu Poema do Êxtase, de inclinações românticas tardias. O presente disco, excelente por sinal, traz o mencionado poema, o seu famoso concerto para piano e obra Prometheus, também conhecido como Poema do Fogo. O time é de primeira linha - Maazel e Ashkenazy, que entende tudo de música russa. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Alexander Scriabin (1872-1915) -

Le Poème De L'Extase, Op.54*
01. Le Poème De L'Extase, Op.54

Piano Concerto em Fá sustenido menor, Op.20
02. 1. Allegro
03. 2. Andante
04. 3. Allegro

Promethée - Le Poème Du Feu, Op.60
05. Promethée - Le Poème Du Feu, Op.60

Você pode comprar este disco na Amazon

Cleveland Orchestra*
London Philharmonic Orchestra
Lorin Maazel, regente
Vladimir Ashkenazy, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 9 in D minor

Existem inúmeros mitos em torno de determinadas figuras históricas. Ora esses mitos exaltam, deificando supostos dons, ora execram, envilecem, transformam o sujeito em anti-herói. Talvez Bruckner entre no segundo time. Algumas histórias se tornaram corriqueiras sobre a sua pessoa: que era tolo; um sujeito "moleirão", complacente, indolente. Ou seja, um verdadeiro "paquiderme histórico". Não creio que isso seja verdade. Bruckner era um sujeito sério. Dono de uma capacidade para criar - e um metodismo - pouco encontrado na história da música. Aqui temos a sua última sinfonia, aquela que lhe gerou suspeitas profundas quanto à sua vida. O trabalho parece ser a coroação de tudo aquilo que ele escreveu, apesar de ser apaixonado pelas sinfonias 4, 7 e 8, que reputo como as melhores que ele produziu. De qualquer forma, escutemos essa poderosa número 9. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

Symphony No. 9 in D minor
01. Feierlich, misterioso
02. Scherzo. Bewegt, lebhaft - Trio. Schnell
03. Adagio. Langsam, feierlich

Você pode comprar este disco na Amazon

BBC Symphony Orchestra
Sir Reginald Goodall, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Ala i Lolli Suite, Op. 20, "Skifskaya syuita" (Scythian Suite), The Steel Step Suite, Op. 41bis e Alexander Nevsky, Op. 78

Um disco de alma bem russa. Neeme Jarvi, nascido em 1937 e ainda vivo, é um grande regente. É estoniano e chegou a ser aluno do grande regente russo Evgeny Mravinsky (um dos grandes do século XX - para mim). Especializou-se na interpretação de compositores russos. Aqui temos o experiente maestro conduzindo um disco com feições profundamente nacionalistas da música de Sergei Prokofiev, uma compositor que não imergi ainda profusamente e preciso frequentar mais vezes. Vale salientar que Neeme é pai de Paarvo Jarvi, também maestro, que tem se "atrevido" a gravar alguns ciclos curiosos. Aconteceu isso com o seu Beethoven, que achei extravagante. Enquanto isso, ouçamos o pai Jarvi nos revelando Prokofiev. Uma boa apreciação!

Sergei Prokofiev (1891-1953) -

Ala i Lolli Suite, Op. 20, "Skifskaya syuita" (Scythian Suite)
01.I. The Adoration of Veless and Ala
02 II. The Enemy God and the dance of the Spirit of Darkness
03.III. Night
04.IV. The glorious departure of Lolly and the Sun's procession

The Steel Step Suite, Op. 41bis

05. I. Entry of the People
06. II. The Officials
07. III. The Sailor and the Factory-worker
08. IV. The Factory

Alexander Nevsky, Op. 78
09. I. Russia under the Mongolian Yoke
10. II. Song about Alexander Nevsky
11. III. The Crusaders in Pskov
12. IV. Arise, ye Russian People
13. V. The Battle on Ice
14, VI. The Field of the Dead
15. VII. Alexander's Entry into Pskov

Você pode comprar este disco na Amazon

Scottish National Orchestra
Scottish National Orchestra Chorus
Linda Finnie, contralto
Neeme Jarvi, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 26 de janeiro de 2014

Franz Schubert (1797-1828) - Symphony No. 3 in D major, D 200, Symphony No. 5 in B flat major, D 485, Symphony No. 8 in B minor, D 759 (Unfinished) e Symphony No. 9 in C major, D 944 'Great' (CDs 3 e 4 de 4 - final)

Postagem dos dois últimos discos com as sinfonias de Schubert, conduzidas por Nikolaus Harnoncourt. O maestro é um sujeito absurdamente competente para revelar determinados detalhes. E é assim que acontece com a música de Schubert, dono de uma sensibilidade pueril em alguns momentos e grave em outros. O fato é que Harnoncourt coloca ou exalta a música do austríaco, colocando-a no centro das atenções. É uma orquestração sem complexidades mirabolantes. O que fica é o necessário. Mas esse necessário já é o grande, por quê necessário. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

DISCO 03

Symphony No. 3 in D major, D 200
01. I. Adagio maestoso - Allegro con brio
02. II. Allegretto
03. III. Menuetto (Vivace) - Trio
04. IV. Presto vivace

Symphony No. 5 in B flat major, D 485
05. I. Allegretto
06. II. Andante con moto
07. III. Menuetto - Allegro molto
08. IV. Allegro vivace

Symphony No. 8 in B minor, D 759 (Unfinished)
09. I. Allegro moderato
10. II. Andante con moto

DISCO 4

Symphony No. 9 in C major, D 944 'Great'
01.  I. Andante - Allegro ma non troppo
02. II. Andante con moto
03. III. Scherzo (Allegro vivace)
04. IV. Allegro vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Nikolaus Harnoncourt, regente

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Arnold Schoenberg (1874-1951) - Gurrelieder

O Gurrelieder (Canções do Castelo de Gurre) é conjunto de canções compostas por Arnold Schoenberg. Para a realização da peça é necessário um grande esforço, o que sugere uma certa dificuldade na organização da obra. O texto foi traduzido do dinamarquês para o alemão e revelam um Schoenberg com forte influência de Mahler e Wagner. A história gira em torno de uma lenda dinamarquesa sobre amor, ódio e traição - e, no final, com interferências fantasmagóricas. O efeito é impressionante e poderoso. . A obra é um oratório para cinco vozes, com narrador, coros e orquestra. É importante por revelar o compositor escrevendo fora do dodecafonismo. A obra aqui apresentada é conduzida por Sir Simon Rattle à frente da Filarmônica de Berlim. O Gurrelider começou a ser escrito em 1901 e só foi concluído em 1911. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arnold Schoenberg (1874-1951) - Gurrelieder

DISCO 01

01. Orchestervorspiel
02. Nun dämpft die Dämm'rung (Waldemar)
03. O, wenn des Mondes Strahlen (Tove)
04. Roß, mein Roß! (Waldemar)
05. Sterne jubeln (Tove)
06. So tanzen die Engel vor Gottes Thron nicht (Waldemar)
07. Nun sag ich dir zum ersten Mal (Tove)
08. Es ist Mitternachtszeit (Waldemar)
09. Du sendest mir einen Liebesblick (Tove)
10. Du wunderliche Tove! (Waldemar)
11. Orchesterzwischenspiel
12. Tauben von Gurre! (Waldtaube)

DISCO 02

01. Herrgott, weißt du, was du tatest (Waldemar)
02. Erwacht, König Waldemars Mannen wert! (Waldemar)
03. Deckel des Sarges klappert (Bauer)
04. Gegrüßt, o König (Waldemars Mannen)
05. Mit Toves Stimme flüstert der Wald (Waldemar)
06. 'Ein seltsamer Vogel ist so'n Aal ...' (Klaus-Narr)
07. Du strenger Richter droben (Waldemar)
08. Der Hahn erhebt den Kopf zur Kraht (Waldemars Mannen)
09. Orchestervorspiel
10. Her Gänsefuß, Frau Gänsekraut (Sprecher)
11. Seht die Sonne! (Chor)

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philhamoniker
Rundfunkchor Berlin
MDR Rundfunkchor, Leipzig
Ernst Senff Chor Berlin
Sir Simon Rattle, regente
Karita Mattilla - Tove - soprano
Anne Sofie von Otter - Waldtaube - mezzo-soprano
Thomas Moser - Waldemar - tenor
Philip Langridge,    Klaus-Narr - tenor  
Thomas Quasthoff - Bauer, Sprecher - barítono


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

sábado, 25 de janeiro de 2014

Kalevi Aho (1949 -) - Chinese Songs & Symphony No 4

Kalevi Aho é um extraordinário compositor da atualidade. Nascido em 1949, é patrício e herdeiro da música de Sibelius. Não afirmo aqui que Sibelius esteja dentro da linguagem musical de Aho. Quero apenas dizer que Aho dá seguimento àquilo que Sibelius iniciou em seu país. Nesse sentido, deve se citar outro importante compositor da Finlândia - Rautavaara. O fato é que o neoclassismo de Aho tem legado para o mundo uma quantidade relevante de trabalhos. Ele já compôs mais de quinze sinfonias; vinte concertos; cinco óperas; e inúmeros trabalhos de câmara. Aqui temos as belas Canções Chinesas, bem ao estilo mahleriano, com pitadas emocionais shostakovichianas. Belíssimo. E a Sinfonia no. 4, composto no início dos anos setenta. Vale a pena ouvir este belo disco. Uma boa apreciação!

Kalevi Aho (1949 -) - Chinese Songs & Symphony No 4

Chinese Songs
01. The Red Sun 
02. How Pliant  
03. The Golden Bird Hairpin 
04. At Night Very Drunk   
05. A Wind of Autumn 
06. Amin the Snow. The Message of Spring  

Symphony 4.
07. Adagio
08. Allegro - Presto  
09. Lento   

Você pode comprar este disco na Amazon

Lahti Symphony Orchestra
Osmo Vanska, regente
Tiina Vahevaara, soprano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Edward Elgar (1857-1934) - Symphony No.2 in E flat major, Op.63, Sospiri, Op.70 e Elegy for strings, Op.58

Elgar compôs duas sinfonias - e deixou uma terceira inacabada. Já tive a oportunidade de ouvir os três trabalhos. Acredito que nem a segunda, nem a terceira, sobrepujem a número 1. Ela é delicada, bonita e de muito bom gosto. Todavia, a número 2 possui, também, os seus encantos. Ela é do ano de 1911, época em Elgar gozava de um grande prestígio público em seu país. Elgar disse acerca do trabalho: "Ela é uma peregrinação apaixonada da alma". Ela é maheleriana em sua dramaticidade. Talvez, seja a quarta ou quinta vez que escuto essa sinfonia. E talvez precise ouvi-la mais um tanto de vezes. O fato é que me tornei simpático para com ela. O presente disco é um excelente registro. Vale ser ouvido. Ainda aparecem duas outras peças de Elgar, os opus 70 e 58. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Edward Elgar (1857-1934) - 

Symphony No.2 in E flat major, Op.63
01. I. Allegro vivace
02. II. Larghetto
03. III. Rondo. Presto
04. IV. Moderato e maestoso

Sospiri, Op.70
05. Sospiri, Op.70

Elegy for strings, Op.58
06. Elegy for strings, Op.58

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Stockholm Philharmonic Orchestra
Skari Oramo, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Franz Schubert (1797-1828) - Symphony No. 1 in D major, D82, Symphony No. 4 in C major, D417, Overture in the Italian Style in D major, D590 e D591, Symphony No. 2 in B-flat major, D 125 e Symphony No. 6 in C major, D 589 'Little' (CDs 1 e 2 de 4)

Postagem de final de noite! De alto nível esta premiadíssima caixa. Harnoncourt mostra aqui o porquê de ser considerado um dos grandes regentes da atualidade. Schubert bem "tratado", bem conduzido. Resultado: o material deve, obrigatoriamente, ser ouvido. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

DISCO 01

Symphony No. 1 in D major, D82
01. Adagio. Allegro Vivace
02.  Andante
03. Menuetto Allegretto
04. Allegro Vivace

Symphony No. 4 in C major, D417
05. Adagio MoltoAllegro Vivace
06. Andante
07. Menuetto Allegro vivace
08.  Allegro

Overture in the Italian Style in D major, D590
09. Overture in the Italian Style in D major, D590

Overture in the Italian Style in C major, D591
10. Overture in the Italian Style in C major, D591

DISCO 02

Symphony No. 2 in B-flat major, D 125
01. I. Largo - Allegro vivace
02. II. Andante
03. III. Menuetto Allegro vivace
04.  IV. Presto vivace

Symphony No. 6 in C major, D 589 'Little'
05. I. Adagio - Allegro
06. II. Andante
07. III. Scherzo Presto - Più lento
08. IV. Allegro moderato

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra
Nikolaus Harnoncourt, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Arnold Schoenberg (1874-1951) - Five Pieces for Orchestra, Op. 16, Anton Webern (1883-1945) - Five Pieces for Orchestra, Op. 10 e Alban Berg (1885-1935) - Three Pieces for Orchestra, Op. 6 e 'Lulu' Suite

Baita disco! Música contemporânea. Atonal. Dodecafônica. Os três compositores são marcos importantíssimos para a música do século XX. Convenciona-se chamá-los de a Segunda Escola de Viena. Se há uma segunda é por que houve uma primeira, certo? Sim! A primeira foi composta por Haydn, Mozart e Beethoven. A Segunda Escola de Viena teve em Schoenberg o seu principal expoente, sendo congregada pelos seus dois discípulos mais influentes - Alban berg Webern. A música dos três, como acontece na maioria dos casos de vanguardas, chocou o público europeu. Acharam aquilo um exagero. Uma sensaboria sonora. Amargaram uma impopularidade inicial. As execuções públicas nas salas de concerto acabavam gerando celeumas e confusões. Mas o fato é que a música desses três arquitetos da música do século XX está aí. Merece ser ouvida, mesmo com tantos desafetos ainda hoje. Uma boa apreciação!

Arnold Schoenberg (1874-1951) -

Five Pieces for Orchestra, Op. 16
01. 1. Vorgefhle
02. 2. Vergangenes
03. 3. Sommermorgen an einem See
04.  4. Peripetie
05. 5. Das obligate Rezitativ

Anton Webern (1883-1945) -

Five Pieces for Orchestra, Op. 10
06. Sehr ruhig und zart - Lebhaft und zart bew

Alban Berg (1885-1935) -

Three Pieces for Orchestra, Op. 6
07. 1. Praeludium
08. 2. Reigen
09. 3. Marsch

'Lulu' Suite
10. 1. Rondo
11. 2. Ostinato
12. 3. Lulu's Song
13. 4. Variations

Você pode comprar este disco na Amazon

London Symphony Orchestra
Antal Dorati, regente
Helga Pilarczyk, soprano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Benjamin Britten (1913-1976) - Peter Grimes (ópera)

Tencionava postar esta ópera desde 2010. Ainda não a tinha escutado, apesar de conhecer os interlúdios do trabalho, pelas quais sou apaixonado. Como já afirmei aqui diversas vezes, penso que Britten tenha sido uma dos maiores compositores ingleses de todos os tempos, se não o maior. Há quem se lembre de Purcell!. Vamos a Peter Grimes. Ouvi-a hoje à noite e fiquei impressionado com a qualidade. Não é à toa que é reputada como um dos principais trabalhos de Britten. No livro "O resto é ruído", Alex Ross faz uma bela apresentação do trabalho. Ele dedica boa parte do tempo a explicar o trabalho, quando comenta sobre a vida de Britten. Peter Grimes é um trabalho de temática trágica e com fortes goladas de emoção. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Benjmin Britten (1913-1976) - Peter Grimes

DISCO 01

01 - PROLOGUE - Hobson - 'Peter Grimes'
02 - Swallow - 'You sailed your boat round the coast'
03 - Swallow - 'Peter Grimes, I here advise you'
04 - Peter - 'The truth - the pity - and the truth'
05 - Interlude I
06 - ACT I Scene 1 - Chorus - 'Oh, hang at open doors'
07 - Rector - 'Good morning, good morning!'
08 - Peter - 'Hi! Give us a hand'
09 - Hobson - 'I have to go from pub to pub'
10 - Ellen - 'Let her among you without fault'
11 - Balstrode - 'Look! The storm cone!'
12 - Balstrode - 'And do you prefer the storm_'
13 - Peter - 'They listen to money'
14 - Peter - 'What harbour shelters peace'
15 - Interlude II
16 - Scene 2 - Auntie - 'Past time to close'
17 - Auntie - 'Loud Man'
18 - Fisherman - 'There's been a landslide up the coast'
19 - Boles - 'No, I mean love'
20 - Balstrode - 'Pub conversation should depend'
21 - Ned - 'Have you heard the cliff is down'
22 - Peter - 'Now the Great Bear and Pleiades'
23 - Balstrode - 'For peace sake'
24 - Hobson - 'The bridge is down'
25 - ACT II - Interlude III
26 - Scene 1 - Ellen 'Glitter of waves'
27 - Chorus - 'Now that the daylight fills the sky'
28 - Ellen - 'Child you're not too young'
29 - Ellen - 'This unrelenting work'
30 - Auntie - 'Fool to let it come to this'
31 - Boles - 'People... No! I will speak!'

DISCO 02

01 - Ellen - 'We planned that their lives'
02 - Rector - 'Swallow - shall we go and see Grimes in his hut_'
03 - Chorus - 'Now the gossip is put on trial'
04 - Nieces - 'From the gutter'
05 - Interlude IV
06 - Scene 2 - Peter - 'Go there!'
07 - Peter - 'They listen to money''
08 - Chorus - 'Now! Now!'
09 - Rector - 'Peter Grimes'
10 - ACT III - Interlude V
11 - Scene 1 - Swallow - 'Assign your prettiness to me'
12 - Mrs Sedley - 'Mr Keene'
13 - Mrs Sedley - 'Murder most foul it is'
14 - Burgess - 'Come along, Doctor'
15 - Ellen - 'Embroidery in childhood was'
16 - Mrs Sedley - 'Mr Swallow'
17 - Chorus - 'Who holds himself apart'
18 - Interlude VI
19 - Scene 2 - Voices - 'Grimes!'
20 - Ellen - 'Peter, we've come to take you home'
21 - Chorus - 'To those who pass the Borough'

Você pode comprar este disco na Amazon

 London Symphony Chorus
Opera London
City of London Sinfonia
Stephen Westrop, chorus master
Richard Hickox, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Concerto for 2 pianos and Orchestra in C major, BWV 1061, Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Concerto for 2 pianos and Orchestra in E flat major, KV 365 e Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Concerto No. 1 in C major, Op. 15

Dois monstros do piano do século passado, executando obras bastante conhecidas. Todavia, Anda e Haskil executam as obras à duas mãos. O resultado é excelente, apesar de as gravações serem da década de cinquenta do século XX. Pelos nomes envolvidos no disco, já vale a audição, pelo menos por curiosidade. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

Concerto for 2 pianos and Orchestra in C major, BWV 1061
01. Allegro
02. Adagio ovvero largo
03. Fuga

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Concerto for 2 pianos and Orchestra in E flat major, KV 365
04. Allegro - Cadenza - Tempo I
05. Andante
06. Rondo (Allegro - Cadenza - Tempo I)

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -

Piano Concerto No. 1 in C major, Op. 15
07. Allegro con brio
08. Largo
09. Rondo (Allegro scherzando)

Você pode comprar este disco na Amazon

Philharmonia Orchestra
Clara Haskil, piano
Geza Anda, piano
Alceo Galliera, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - Symphony No. 4 in F minor, Op. 36, Symphony No. 5 in E minor, Op. 64 e Symphony No. 6 in B minor, Op. 74, "Pathetique"

Sei. Ontem, postei estas mesmas sinfonias de Tchaikovsky regidas pelo Abbado. Mas, dessa vez, proponho-me a postar os trabalhos de Tchaikovsky - com o mesmo Claudio Abbado (in memorian) - com a Sinfônica de Londres e a Filarmônica de Viena. Para ser sincero, prefero as gravações deste disco às gravações feitas por Abbado à frente da Sinfônica de Chicago, realizadas por mim ontem. É interessante perceber como determinado artista acaba variando a forma como interpreta um mesmo trabalho. De qualquer forma, como sou viciado nos trabalhos sinfônicos de Tchaikovsky, estou ouvindo pela terceira vez. Espero que você faça o mesmo. Uma boa apreciação!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - 

DISCO 01

Symphony No. 4 in F minor, Op. 36
01. I. Andante sostenuto - Moderato con anima – Moderato assai, quasi Andante – Allegro vivo
02. II. Andantino in modo di canzona
03. III. Scherzo. Pizzicato ostinato. Allegro
04. IV. Finale. Allegro con fuoco

Orchestre Philharmonique de Vienne 
Claudio Abbado, regente

Symphony No. 5 in E minor, Op. 6405. I. Andante - Allegro con anima
06. II. Andante cantabile, con alcuna licenza – Moderato con anima – Andante mosso – Allegro non troppo – Tempo I

DISCO 02

01. III. Valse. Allegro moderato
02. IV. Finale. Andante maestoso - Allegro vivace – Molto vivace – Moderato assai e molto maestoso – Presto

Orchestre Symphonique de Londres 
Claudio Abbado, regente

Symphony No. 6 in B minor, Op. 74, "Pathetique"
03. I. Adagio - Allegro non troppo – Andante – Moderato mosso – Andante – Moderato assai – Allegro vivo – Andante con prima – Andante mosso
04. II. Allegro con grazia
05. III. Allegro molto vivace
06. IV. Finale. Adagio lamentoso – Andante

Orchestre Philharmonique de Vienne 
Claudio Abbado, regente

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Piano Trio No.1 em C Op.8 menor, Piano Trio No. 2 em Mi menor Op.67 e 7 Romances em Versos por Alexander Blok Op.127

Que lassidão gostosa possuem essas peças de Shostakovich. Simplesmente, imperdível este disco da maravilhosa Naxos. O disco traz peças de beleza e humores variados. Por exemplo, o Piano Trio no. 1 é de 1924. Shostakovich nessa ocasião tinha dezoito anos. É o retrato do compositor ainda jovem. Já o Trio número 2, o famoso Op. 67, é de 1944, época esta em que Shostakovich havia se tornado um compositor maduro e experimentado. Sua relação com o Estado soviético havia se tornado complexa. É só ouvir o Allegreto é notar a psicologia "endiabrada" da peça. Surgem ainda os Sete Romances em versos, na versão de Alexander Blok. Disquinho pouco conhecido da Naxos, mas de grande qualidade. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -

Piano Trio No.1 em C Op.8 menor
01. Piano Trio No.1 em C Op.8 menor

Piano Trio No. 2 em Mi menor Op.67
02. I Andante
03. II Allegro con brio
04. III Largo
05. IV Allegretto

7 Romances em Versos por Alexander Blok Op.127*
06. I canção de Ofélia
07. II Gamayun, o pássaro
08. III "Estávamos juntos"
09. IV "A cidade dorme"
10. V a tempestade
11. VI "sinais misteriosos"
12. VII Música

Você pode comprar este disco na Amazon
 
Stockhom Arts Trio
Anita Soldh, soprano*
Stefan Bojsten, piano
Dan Almgreen, violino
Thorleif Thedéen, cello

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Jan Ladislav Dussek (1760-1812) - 5 Pianos Trios

Jan Ladislav Dussek foi um compositor tcheco, nascido em 1760. Foi contemporâneo de Mozart, Haydn e Beethoven. É importante ressaltar foi um dos grandes pianistas de sua época. Fazia apresentações nas principais salas da nobreza da época e praticamente determinou a "figura" do pianista. Ele dominou o cenário. Não havia competidores, até a ascensão de Beethoven. Era um virtuose. O fato é que Dussek compunha. Como viveu em uma época de transição, suas obras ora estão radicadas dentro do classicismo, ora flertam com o romantismo. Segue aqui este delicioso disco, com algumas belas sonatas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Jan Ladislav Dussek (1760-1812) - 

01. Sonate op.20 N°3 - I. Allegro vivace
02. Sonate op.20 N°3 - II. Cantabilke con espressione
03. Sonate op.20 N°3 - III. Rondo. Allegretto
04. Sonate op.24 N°3 - I. Allegro con spirito
05. Sonate op.24 N°3 - II. Larghetto con variazioni
06. Sonate op.31 N°1 - I. Allegro
07. Sonate op.31 N°1 - II. Adagio non troppo
08. Sonate op.31 N°1 - III. Allegretto moderato, Rondo. Allemande
09. Sonate op.31 N°2 - I. Allegro non tanto
10. Sonate op.31 N°2 - II. Adagio con espressione
11. Sonate op.31 N°2 - III. Pastorale. Allegro non troppo
12. Sonate op.31 N°3 - I. Allegro vivace
13. Sonate op.31 N°3 - II. Scotch Air. Larghetto con espressione
14. Sonate op.31 N°3 - III. Allegro scherzo

Você pode comprar este disco na Amazon

Trio 1790


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) - Symphony No. 4 in F minor, Op. 36, Romeo and Juliet, Symphony No. 5 in E minor, Op. 64, The Voyevoda, Op. 78 e Symphony No. 6 in B minor, Op. 74, "Pathetique" (CDs 4, 5 e 6 de 6 - final)

Há coisa de um mês atrás, postei os três primeiros discos desta caixa. Acontece que no "frigir" dos eventos acabei deixando de lado os três últimos discos - que ouvi deleitosamente! Julgo que se trata de material que aglutina duas qualidades: (1) são trabalhos de Tchaikovsky; (2) são obras regidas pelo grande Claudio Abbado. Ontem, lamentavelmente, o mundo perdeu o maestro de algumas das gravações imortais do século XX. Vai-se o homem, fica a contribuição e seu grande trabalho. Sendo assim, vamos aos três últimos discos do grande orquestrador russo, sob a regência de Claudio Abbado. Uma boa apreciação!

Peter Tchaikovsky (1840-1893) -

DISCO 04

Symphony No. 4 in F minor, Op. 36
01. I. Andante sostenuto - Moderato con anima – Moderato assai, quasi Andante – Allegro vivo
02. II. Andantino in modo di canzona
03. III. Scherzo. Pizzicato ostinato. Allegro
04. IV. Finale. Allegro con fuoco

Romeo and Juliet (Fantasy Overture after Shakespeare)
05. Andante non tanto quasi Moderato – Allegro giusto – Moderato assai
 
DISCO 05

Symphony No. 5 in E minor, Op. 64
01. I. Andante - Allegro con anima
02. II. Andante cantabile, con alcuna licenza – Moderato con anima – Andante mosso – Allegro non troppo – Tempo I
03. III. Valse. Allegro moderato
04. IV. Finale. Andante maestoso - Allegro vivace – Molto vivace – Moderato assai e molto maestoso – Presto

The Voyevoda, Op. 78 (Symphonic Ballad)
05. Allegro vivacissimo – Moderato – Allegro vivacissimo

DISCO 06

Symphony No. 6 in B minor, Op. 74, "Pathetique"
01. I. Adagio - Allegro non troppo – Andante – Moderato mosso – Andante – Moderato assai – Allegro vivo – Andante con prima – Andante mosso
02. II. Allegro con grazia
03. III. Allegro molto vivace
04. IV. Finale. Adagio lamentoso – Andante

Marche Slave, Op. 31
05. Moderato in modo di marcia funebre – Piu mosso. Allegro – Andante molto maestoso – Allegro risoluto

Você pode comprar este disco na Amazon

Chicago Symphony Orchestra
Claudio Abbado, regente

BAIXAR AQUICD04
BAIXAR AQUICD05
BAIXAR AQUICD06

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Concerto for Piano e Orchestra No. 20 in D minor, KV 466 e Concerto for Piano e Orchestra No. 21 in D minor, KV 467

Hoje cedo fiquei sabendo da morte do maestro italiano Claudio Abbado, um dos maiores regentes e colaboradores musicais dos séculos XX e XXI. A informação que nos chegou é que o regente morreu vitimado por um câncer no estômago. Ele já vinha há algum tempo tentando resistir, numa luta renhida com a doença, o que fez com ele adiasse várias apresentações pelo mundo. Abbado construiu uma reputação sólida. Foi maestro à frente das principais orquestras do planeta e destacou-se dirigindo as poderosas Filarmônicas de Viena - Áustria - e Berlim - Alemanha. Eu, particularmente, tenho uma paixão incondicional pelas suas performances. Abbado é sinônimo de qualidade, paixão,  refinamento e equilíbrio. Por isso, em homenagem a essa data fatídica para os amantes da arte, deixo minha oferta em homenagem ao grande maestro. Farei duas postagens. Segue a primeira: Abbado regendo Mozart. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Concerto for Piano e Orchestra No. 20 in D minor, KV 466
01. Allegro
02. Romance
03. Rondo (Allegro assai)

Concerto for Piano e Orchestra No. 21 in D minor, KV 467
04. Allegro
05. Andante
06. Allegro vivace assai

Você pode comprar este disco na Amazon

London Symphony Orchestra
Claudio Abbado, regente
Rudolf Serkin, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter vivo o nosso blog!

domingo, 19 de janeiro de 2014

George Bizet (1838-1875) - La Patrie - Overture, Carmen Suite, L'Arlésienne Suites No.1 e 2; Ambroise Thomas (1811-1896) - Mignon Overture e Raymond Overture

Bizet foi um mestre da orquestração. Todavia, não se trata de qualquer orquestração. Sua música estava repleta de uma "espanholidade", de um cheiro de ventos mediterrâneos. Era um construtor de reflexões suaves, belas e trágicas. Aqui neste disco temos algumas cenas da ópera Carmen e as duas maravilhosas Arlesianas. Ambroise Thomas que havia surgido por aqui há algum tempo atrás, também aparece no registro. Disquinho fantástico este da Mercury. Gravações antigas, mas remasterização perfeita. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!
 
01. La Patrie - Overture
02. Carmen Suite - I. Prelude
03. Carmen Suite - II. La Garde Montante
04. Carmen Suite - III. Les Dragons d'Alcala
05. Carmen Suite - IV. Intermezzo
06. Carmen Suite - V. Aragonaise
07. Carmen Suite - VI. Les Toreadors
08. L'Arl¨¦sienne Suite No.1 - I. Prelude
09. L'Arl¨¦sienne Suite No.1 - II. Minuetto
10. L'Arl¨¦sienne Suite No.1 - III. Adagietto
11. L'Arl¨¦sienne Suite No.1 - IV. Carillon
12. L'Arl¨¦sienne Suite No.2 - I. Pastorale
13. L'Arl¨¦sienne Suite No.2 - II. Intermezzo
14. L'Arl¨¦sienne Suite No.2 - III. Menuet
15. L'Arl¨¦sienne Suite No.2 - IV. Farandole
16. Mignon Overture
17. Raymond Overture

Você pode comprar este disco na Amazon

Detroit Symphony Orchestra
Paul Paray, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter vivo o nosso blog!

The Art of the Baroque Trumpet, Vol. 3 - Handel, Scarlatti, Predieri, Caldara, Fux, Stradella

Ouvi este disco há alguns dias atrás. Fiquei com uma ótima impressão. Hoje, após voltar de minha peregrinação de uma semana pelo interior do Nordeste, resolvi fazer a postagem do disco. Trata-se de algo muito bonito, indispensável a todo amante da música barroca. Mais um daqueles discos indispensáveis da Naxos. Uma excelente apreciação!

01. Handel - Ode for the Birthday of Queen Anne Eternal source of light divine
02. Handel - Samson Let the bright Seraphim
03. Handel - Rinaldo Lascia ch'io pianga
04. Caldara - Iphigenia in Aulis La vittoria segue
05. Fux - Aeneas in Elysia Chi nel Camin d'onore
06. Predieri - Zenobia Pace una volta
07. Stradella - Sinfonia avanti 'Il Barcheggio' I. Spiritoso, e staccato
08. II. Aria
09. III. Canzone
10. IV. Aria
11. Scarlatti A. - 7 Arie con Tromba Sola No.1 Si suoni la troba
12. No.3 Con voce festiva
13. No.6 Mio tesoro per te moro
14. No.4 Rompe sprezza
15. Scarlatti A. - Su le sponde del Trebo Sinfonia
16. Recitativo Su le sponde del TebroAria Contentatevi
17. Recitativo Mesto, stanco e spiranteArioso Infelici miel lumiAria Die almeno
18. Recitativo All'aura, al cielo, al ventiAria Tralascia pur di piangere

Você pode comprar este disco na Amazon

Niklas Eklund, baroque trumpet
Susanne Rydén, soprano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter vivo o nosso blog!

sábado, 18 de janeiro de 2014

Igor Stravinsky (1882-1971) - La Sacre du Printemps e The Firebird

Disco excelente! Traz os famosos e "polêmicos" ballets do bruxo Stravinsky. Condução primorosa de Pierre Boulez. As obras por si revelam as extravagâncias orquestrais de Stravinsky. Postagem agendada. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

P.s. Não achei o disco na Amazon. Coloquei um similar.


Igor Stravinsky (1882-1971) - 

La Sacre du Printemps (Scenes from Pagan Russia in two parts L'adoration of the earth)

01. 1. Introduction
02. 2. Les augures printaniers - Danses des adolescentes
03. 3. Jeu du rapt
04. 4. Rondes printanières
05. 5. Jeux des cités
06. 6. Cortège du sage - Le sage
07. 7. Danse de la terre

Le Sacrifice
08. 1. Introduction
09. 2. Cercles mysteriéux des adolescentes
10. 3. Glorification d'élue
11. 4. Évocation des ancêtres
12. 5. Action rituelle des ancêtres
13. 6. Danse sacrale: l'élue

The Cleveland Orchestra
Pierre Boulez, regente

L'oiseau de Feu (Fairy-tale ballet in two tableaux) 
14. Introduction
 
Premier Tableau
15. Kashchei's enchanted garden
16. Appearance of the Firebird pursued by Ivan Tsarevich
17. Dance of the Firebird
18. Ivan Tsarevich captures the Firebird
19. Supplication of the Firebird
20 Game of the Princesses with the golden apples
21. Sudden appearance of Ivan Tsarevich
22. Round dance of the Princesses
23. Daybreak
24. Magic carillon, appearance of Kashchei's guardian monsters and capture of Ivan Tsarevich
25. Dance of Kashchei's retinue under the spell of the Firebird
26. Infernal dance of all Kashchei's subject's
27. Lullaby of the Firebird

Deuxième Tableau
28. Collapse of Kashchei's palace and dissolution of all enchantments - Reanimation of the petrified prisoners - General rejoicing

Você pode comprar este disco na Amazon

Chicago Symphony Orchestra
Pierre Boulez, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter vivo o nosso blog!
 

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Edvard Grieg (1843-1907) - Piano Concerto in A minor, Op. 16 e Robert Schumann (1810-1856) - Piano Concerto in A minor, Op. 54

Dois compositores românticos. Dois concertos que fazem parte do séquito dos grandes concertos para piano. São essenciais em qualquer sala de concerto. Tenho uma admiração profunda pelo concerto de Grieg. O Adagio é de uma sensibilidade incrível. Postagem agendada. Não deixe ouvir. Uma boa apreciação!

Edvard Grieg (1843-1907) - 

Piano Concerto in A minor, Op. 16
01. I. Allegro molto moderato
02. II. Adagio
03. III. Allegro moderato e marcato - Quasi presto - Andante maestoso

Robert Schumann (1810-1856) -

Piano Concerto in A minor, Op. 54
04. I. Allegro affettuoso
05. II. Intermezzo (Andantino grazioso)
06. III. Allegro vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Royal Concertgebouw Orchestra - Amsterdam
Christoph Von Dohnanyi, regente
Claudio Arrau, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter vivo o nosso blog!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Anton Dvorak (1841-1904) - String Quartetts - Nos. 10, 11, 13 e 14; Cypresses, B.152 (CDs 7, 8 e 9 de 9 - final)

Vamos à última postagem dessa fenomenal caixa com os quartetos e obras afins de Antonin Dvorak. Obras de grande envergadura, essas elas servem para mostrar a relevância do mestre checo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Dvorak (1841-1904) - 

DISCO 07

01.String Quartet no.10 in E flat major, op.51 B.92 i Allegro ma non troppo
02.String Quartet no.10 in E flat major, op.51 B.92 ii Dumka (Elegia)_ Andante c...
03.String Quartet no.10 in E flat major, op.51 B.92 iii Romanza_ Andante con moto
04.String Quartet no.10 in E flat major, op.51 B.92 iv Finale_ Allegro assai
05.String Quartet no.11 in C major, op.61 B.121 i Allegro
06.String Quartet no.11 in C major, op.61 B.121 ii Poco adagio e molto cantabile
07.String Quartet no.11 in C major, op.61 B.121 iii Scherzo_ Allegro vivo - Trio...
08.String Quartet no.11 in C major, op.61 B.121 iv Finale_ Vivace

DISCO 08

01.String Quartet no.12 in F major, op.96 B.179 'American' i Allegro ma non troppo
02.String Quartet no.12 in F major, op.96 B.179 'American' ii Lento
03.String Quartet no.12 in F major, op.96 B.179 'American' iii Molto vivace
04.String Quartet no.12 in F major, op.96 B.179 'American' iv Vivace ma non troppo
05.String Quartet no.13 in G major, op.106 B.192 i Allegro moderato
06.String Quartet no.13 in G major, op.106 B.192 ii Adagio ma non troppo
07.String Quartet no.13 in G major, op.106 B.192 iii Molto vivace
08.String Quartet no.13 in G major, op.106 B.192 iv Finale_ Andante sostenuto

DISCO 09

01.String Quartet no.14 in A flat major, op.105 B.193 i Adagio ma non troppo
02.String Quartet no.14 in A flat major, op.105 B.193 ii Molto vivace
03.String Quartet no.14 in A flat major, op.105 B.193 iii Lento e molto cantabile
04.String Quartet no.14 in A flat major, op.105 B.193 iv Allegro non tanto
05.Cypresses, B.152 i Moderato
06.Cypresses, B.152 ii Allegro ma non troppo
07.Cypresses, B.152 iii Andante con moto
08.Cypresses, B.152 iv Poco Adagio
09.Cypresses, B.152 v Andante
10.Cypresses, B.152 vi Andante moderato
11.Cypresses, B.152 vii Andante con moto
12.Cypresses, B.152 viii Lento
13.Cypresses, B.152 ix Moderato
14.Cypresses, B.152 x Andante maestoso
15.Cypresses, B.152 xi Allegro scherzando
16.Cypresses, B.152 xii Allegro animato


Você pode comprar este disco na Amazon

Prager Streichquartett

BAIXAR AQUICD07
BAIXAR AQUICD08
BAIXAR AQUICD09

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Anton Dvorak (1841-1904) - Strings Quartetts - Nos. 4, 5, 6, 7 e 9 (CDs 4, 5 e 6 de 9)

Seguimos com a postagem desse belíssimo material do compositor checo Antonin Dvorak. A música de câmara do compositor é uma das suas mais importantes páginas. As obras são de grande delicadeza e virtuosismo. Postagem agendada. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação! 

Anton Dvorak (1841-1904) -

DISCO 04

01.String Quartet no.4 in E minor, B.19 i Assai con moto ed energico
02.String Quartet no.4 in E minor, B.19 ii Andante religioso
03.String Quartet no.4 in E minor, B.19 iii Allegro con brio
04.String Quartet no.5 in F minor, B.34 i Moderato
05.String Quartet no.5 in F minor, B.34 ii Andante con moto quasi allegretto
06.String Quartet no.5 in F minor, B.34 iii Tempo di valse
07.String Quartet no.5 in F minor, B.34 iv Finale_ Allegro molto

DISCO 05

01.String Quartet no.6 in A minor, op.12 B.40 i Allegro ma non troppo
02.String Quartet no.6 in A minor, op.12 B.40 ii Poco allegro
03.String Quartet no.6 in A minor, op.12 B.40 iii Poco adagio
04.String Quartet no.6 in A minor, op.12 B.40 iv Finale_ Allegro molto
05.String Quartet no.7 in A minor, op.16 B.45 i Allegro ma non troppo
06.String Quartet no.7 in A minor, op.16 B.45 ii Andante cantabile
07.String Quartet no.7 in A minor, op.16 B.45 iii Allegro scherzando - Trio
08.String Quartet no.7 in A minor, op.16 B.45 iv Allegro ma non troppo

DISCO 06

01.String Quartet no.8 in E major, op.80 B.57 i Allegro
02.String Quartet no.8 in E major, op.80 B.57 ii Andante con moto
03.String Quartet no.8 in E major, op.80 B.57 iii Allegro Scherzando
04.String Quartet no.8 in E major, op.80 B.57 iv Finale_ Allegro con brio
05.String Quartet no.9 in D minor, op.34 B.75 i Allegro
06.String Quartet no.9 in D minor, op.34 B.75 ii Alla polka_ Allegretto scherzan...
07.String Quartet no.9 in D minor, op.34 B.75 iii Adagio
08.String Quartet no.9 in D minor, op.34 B.75 iv Finale_ Poco allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Prager Streichquartett

BAIXAR AQUICD04
BAIXAR AQUICD05
BAIXAR AQUICD06

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Anton Dvorak (1841-1904) - The String Quartetts - Nos. 1, 2 e 3; Waltzes, op.54, Quartet Movement Andante appassionato in A minor, String Quartet in F major, B.120 (CDs 1, 2 e 3 de 9)


Resolvi iniciar postar esse material. Era um intento antigo. São ao todo nove discos, que sairão nas próximas postagens. Postagem programada. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

 Anton Dvorak (1841-1904) -

DISCO 01

01.String Quartet no.1 in A major, op.2 i Adante — Allegro
02.String Quartet no.1 in A major, op.2 ii Adagio affettuoso ed appassionato
03.String Quartet no.1 in A major, op.2 iii Allegro scherzando-Trio
04.String Quartet no.1 in A major, op.2 iv Finale_ Allegro animato
05.Quartet Movement Andante appassionato in A minor

DISCO 02

01.String Quartet no.2 in B flat major, B.17 i Allegro ma non troppo
02.String Quartet no.2 in B flat major, B.17 ii Largo
03.String Quartet no.2 in B flat major, B.17 iii Allegro con brio
04.String Quartet no.2 in B flat major, B.17 iv Finale_ Andante
05.Waltzes, op.54 B.105 i Moderato
06.Waltzes, op.54 B.105 ii Allegro vivace
07.String Quartet in F major, B.120 Allegro vivace

DISCO 03

01.String Quartet no.3 in D major, B.18 i Allegro con brio
02.String Quartet no.3 in D major, B.18 ii Andantino
03.String Quartet no.3 in D major, B.18 iii Allegro energico - Trio
04.String Quartet no.3 in D major, B.18 iv Finale, Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon

Prager Streichquartett

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Niels Gade (1817-1890) - Symphony No. 4 in B major, Op. 20, Symphony No. 6 in G minor, Op. 32, Symphony No. 7 in F major, Op. 45 e Symphony No. 8 in B minor, Op.47 (CDs 3 e 4 de 4 - final)


Postagem agendada há bastante tempo. De qualquer, para finalizar a caixa, as sinfonias de Niels Gade estão disponíveis. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Niels Gade (1817-1890) -

DISCO 03

Symphony No. 4 in B major, Op. 20
01. I. Andantino - Allegro vivace e graziozo
02. II. Andante con moto
03. III. Scherzo- Allegro ma non troppo e tranquillamente
04. IV. Finale- Allegro molto vivace

Symphony No. 6 in G minor, Op. 32
05. I. Andantino - Allegro molto vivace
06. II. Andante sostenuto
07. III. Allegro moderato ed energico
08. IV. Finale- Andantino quasi allegretto - Allegro viva

DISCO 04

Symphony No. 7 in F major, Op. 45
01. I. Allegro risoluto
02. II. Andante
03. III. Scherzo- Allegro vivace
04. IV. Finale- Allegro vivace

Symphony No. 8 in B minor, Op.47
05.  I. Allegro molto e con fuoco
06.  II. Allegro moderato
07. III. Andantino - Animato
08. IV. Finale- Allegro non troppo e marcato

Collegium Musicum Copenhagen
Michael Schonwandt, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 12 de janeiro de 2014

Niels Gade (1817-1890) - Symphony No. 1 in C minor, Op 5, Symphony No. 2 in E major, Op. 10, Symphony No.3 in A minor, Op. 15 e Symphony No.5 in D minor, Op. 25 (CDs 1 e 2 de 4)

 
Quando este post for ao ar, estarei na estrada, rumo ao Nordeste. Visitarei o estado de Pernambuco, minha terra querida; lá estão colocadas as memórias do meu corpo. Como disse o escritor uruguaio Eduardo Galeano: "O corpo não é uma máquina como nos diz a ciência. Nem uma culpa como nos fez crer a religião. O corpo é uma festa." Agendei alguns posts para que o blog não fique desatualizado. Por isso, os comentários serão parcos. Basicamente colocarei o disco e a capa. Isso privará os visitantes de maiores sensaborias (risos!). Segue, então, o primeiro disco! Resolvi postar as sinfonias do excelente compositor dinamarquês - não muito conhecido - Niels Gade. Uma boa apreciação!

Niels Gade (1817-1890) - 

DISCO 01

Symphony No. 1 in C minor, Op 5
01. I. Moderato Con moto - Allegro energico
02. II. Scherzo- Allegro risoluto quasi presto
03. III. Andantino grazioso
04.  IV. Finale- Molto allegro ma con fuoco

Symphony No. 2 in E major, Op. 10
05. I. Andantino quasi allegretto - Molto allegro
06. II. Andante con moto
07. III. Scherzo- Molto Allegro
08. IV. Finale- Allegro energico

DISCO 02

Symphony No.3 in A minor, Op. 15
01. I. Presto
02.  II. Andante Sostenutto
03. III. Allegretto, assai moderatto
04. IV. Finale- Allegro molto e con fuoco

Symphony No.5 in D minor, Op. 25
05. I. Allegro con fuocco
06. II. Andante sostenutto
07. III. Scherzo- Allegro molto vivace
08. IV. Andante con motto - Allegro vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Collegium Musicum Copenhagen
Michael Schonwandt, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!