terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Orlando de Lassus (c.1532-1594) - Requiem à 5, O bone Jesus, Magnificat ''Praeter rerum seriem'', Alma Redemptoris mater etc

Última postagem do ano. Trata-se de algo agendado, pois, quando vier ao ar, estarei em Goiânia na casa dos familiares de minha esposa. Escolhi para o último post um compositor muito querido por mim - Lassus. Aliás, poderia citar outros dois da mesma época - Victoria e Palestrina. Monteverdi também se encaixa nesse time. A música do Renascimento é maravilhosa. No próximo ano continuaremos. Desejo a todos um feliz ano de 2014 - com muita música e infinitas realizações. Abraços musicais a todos! 

Orlando de Lassus (c.1532-1594) - 

01 Requiem à 5 - I. Introitus
02 Requiem à 5 - II. Kyrie
03 Requiem à 5 - III. Graduale (Cantus gegorianus)
04 Requiem à 5 - IV. Tractus ''Absolve Domine''
05 Requiem à 5 - V. Offertorium ''Domine Jesu Christe''
06 Requiem à 5 - VI. Sanctus - Benedictus
07 Requiem à 5 - VII. Angus Dei
08 Requiem à 5 - VIII. Communio ''Lux aeterna''
09 O bone Jesus  (Motet for 4 voices)
10 Magnificat ''Praeter rerum seriem''  (Motet for 6 voices)
11 Alma Redemptoris mater  (Motet for 6 voices)
12 Ave Maria  (Motet for 5 voices)
10 Magnificat ''Praeter rerum seriem''  (Motet for 6 voices)(1)

Você pode comprar este disco na Amazon

Ensemble Pro Cantione Antiqua, London
Bruno Turner, diretor


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Aram Khachaturian (1903-1978) - Concerto Rhapsody for Violoncello and Orchestra, Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Concerto for Violoncello and Orchestra No. 2 e Peter Tchaikovsky (1840-1893) - Variations on a Rococo Theme Op 33

Baita disco! Traz uma tríade russa de altíssimo nível - Khachaturian, Shostakovich e Tchaikovsky. Ainda não conhecia a obra de Khachaturian. O destaque, ao meu modo de ver, é o Concerto para cello no. 2, de Shostakovich. Execução de alto nível de Mtslav Rostropovich. Há ainda a presença de As Variações sobre tema Rococó, Tchaikovsky. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Aram Khachaturian (1903-1978) - 

Concerto Rhapsody for Violoncello and Orchestra
01. Concerto Rhapsody for Violoncello and Orchestra

Dmitri Shostakovich (1906-1975) -  

Concerto for Violoncello and Orchestra No. 2
02. I. Largo
03. II. Allegretto
04. III. Allegretto

Peter Tchaikovsky (1840-1893) -

Variations on a Rococo Theme Op 33
05. Tema-Moderato semplice
06. Variazione I_ Tempo del Tema
07. Variazione II_ Tempo del Tema
08. Variazione III_ Andante so
09. Variazione IV_ Andante gra
10. Variazione V_ Allegro mode
11.  Variazione VI_ Andante
12. Variazione VII e Coda_ All

Você pode comprar este disco na Amazon

London Symphony Orchestra
BBC Symphony Orchestra
Sir Colin Davis, regente
Mstlav Rostropovich, cello


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 29 de dezembro de 2013

Joseph Haydn (1732-1809) - Mass in B flat, Hob. XXII:12 'Theresia' Mass e Mass in G, Hob. XXII:6 'Sancti Nicolai

Belo disco do mestre Haydn, regido pelo habilidoso Trevor Pinnock. A Missa de Sancti Nicolai foi composta provavelmente em 1772 para a família Esterházy, para a qual Haydn trabalhava. O The English Concert Choir, em ótima performance, leva-nos a experimentar o poder da música do compositor austríaco. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!


Joseph Haydn (1732-1809) - 

Mass No.12 - 'Theresienmesse' in B flat HobXXII/12 (1799)
01. Kyrie
02. Gloria
03. Credo
04. Sanctus - Benedictus
05. Agnus Dei

Mass No.6 in G Missa Sti. Nicolai, HXXII No.6 "Nicolaimesse"
06. Kyrie - Allegretto
07. Gloria - Vivace - Vivace - Allegro
08. Credo - Allegro - Adagio - Allegro
09. Sanctus - Benedictus - Adagio - Allegro - Moderato
10. Agnus Dei - Adagio - Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon

The English Concert & Choir
Trevor Pinnoc, regente
Nancy Argenta, soprano
Catherine Robbin, contralto
Michel Schade, tenor
Alastrair Miles, baixo

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Johannes Brahms (1833-1897) - The Four Symphonies; Haydn Variations

Ouvi este material boa parte de minha manhã. Na verdade, estava há mais de três anos querendo postar. Somente hoje tomei a resolução completa de realizá-lo. As gravações foram realizadas entre os anos de 1949 e 1952. Por exemplo, o registro da Sinfonia no. 3 foi realizado em 1949; as Sinfonias de número 1 (a melhor gravação) e 2 foram realizadas em 1952; e a Sinfonia número 4, juntamente com as Variações sobre um tema de Haydn foram gravadas em 1950. Disco com gravações históricas. Serve para que percebamos um pouco da verve desse grande regente, um dos maiores do século XX. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

DISCO 01

Symphony No. 1 in C minor, Op. 68
01. I. Un poco sostenuto - Allegro
02. II. Andante sostenuto
03. III. Un poco allegretto e grazioso
04. IV. Adagio - Allegro non troppo ma con brio

Symphony No. 2 in D major, Op. 73
05. I. Allegro non troppo

DISCO 02


01. II. Adagio non troppo
02. III. Allegretto grazioso
03. IV. Allegro con spirito

Symphony No. 3 in F major, Op. 90
04. I. Allegro con brio
05. II. Andante
06. III. Poco allegretto
07. IV. Allegro

DISCO 03

Symphony No. 4 in E minor, Op. 98

01. I. Allegro non troppo
02. II. Andante moderato
03. III. Allegro giocoso
04. IV. Allegro energico e passionato

Variations on a Theme by Haydn, Op. 56a
05. Variations on a Theme by Haydn, Op. 56a 

Você pode comprar este disco na Amazon

Berlin Philharmonic
Wilhelm Furtwangler, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 28 de dezembro de 2013

Astor Piazzolla (1921-1992) - Los Tangueros

Excelente disco! Belíssimo! Os arranjos ficaram de uma delicadeza incrível. Emanuel Ax é um grande pianista e para tocar Piazzolla é necessário uma dose excessiva de sensibilidade e energia. Para essa empreitada ele chamou outro pianista, Pablo Ziegler. O resultado é uma beleza indescritível. Os arranjos ficaram de muito bom gosto. É um disco para ouvir muitas vezes com um bom vinho do lado. Destaque para Milonga del Angel, La muerte del angel e a clássica Adios Nonino. Se eu fosse você não deixaria de ouvir este disco. Muito bom, muito bom mesmo! Uma boa apreciação!

Astor Piazzolla (1921-1992) - 

01. Revirado
02. Fuga y mistério
03. Milonga del angel
04. Decarissimo
05. Soledad
06. La muerte del angel
07. Adios Nonino
08. Libertango
09. Verano porteno
10. Michelangelo
11. Bs As Hora zero
12. Tangata

Você pode comprar este disco na Amazon

Emanuel Ax, piano
Pablo Ziegler, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda o nosso blog a permanecer vivo!
 

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Claudio Monteverdi (1567-1643) - Vespro Della Beata Vergine, 1610

Algumas afirmações extraídas da daqui: Monteverdi "desenvolveu sua carreira trabalhando como músico da corte do duque Vincenzo I Gonzaga em Mântua, e depois assumindo a direção musical da Basílica de São Marcos em Veneza, destacando-se como compositor de madrigais e óperas. Foi um dos responsáveis pela passagem da tradição polifónica do Renascimento para um estilo mais livre, dramático e dissonante, baseado na monodia e nas convenções do baixo contínuo e da harmonia vertical, que se tornaram as características centrais da música dos períodos seguintes, o Maneirismo e o Barroco. Monteverdi é considerado o último grande madrigalista, certamente o maior compositor italiano de sua geração, um dos grandes operistas de todos os tempos e uma das personalidades mais influentes de toda a história da música do ocidente. Não inventou nada novo, mas sua elevada estatura musical deriva de ter empregado recursos existentes com uma força e eficiência sem paralelos em sua geração, e integrado diferentes práticas e estilos em uma obra pessoal rica, variada e muito expressiva, que continua a ter um apelo direto para o mundo contemporâneo ainda que ele não seja exatamente um compositor popular nos dias de hoje". Uma excelente apreciação!

Claudio Monteverdi (1567-1643) - Vespro Della Beata Vergine

DISCO 01

01. Domine ad adiuvandum me festina - Vespro della Beata Vergine
02. Antiphona: Per te 1
03. Psalmus 109: Dixit Dominum
04. Antiphona: Per te 2
05. Concerto: soma Nigra
06. Antiphona: Tu gloria 1
07. Psalmus 112: Laudate Pueri Dominum
08. Antiphona: Tu gloria 2
09. Concerto: Pulchra es
10. Antiphona: Dilectus MEUS 1
11. Psalmus 121: soma Laetatus
12. Antiphona: Dilectus MEUS 2
13. Concerto: Duo Seraphim
14. Antiphona: Potens Virgem 1
15. Psalmus 126: Nisi Dominus
16. Antiphona: Potens Virgem 2

DISCO 02

01. Concerto: Audi caelum
02. Antiphona: Dumm ESSET rex 1
03. Psalmus 147: Lauda Jerusalem
04. Antiphona: Dum ESSET rex 2
05. Capitulum: Ab initio
06. "Responsorium: Sonata sopra" "Sancta Maria" ""
07. Hymnus: stella maris Ave
08. Versiculum: Dignare me
09. Antiphona: Beata Maria es 1
10. Magnificat
11. Antiphona: Beata Maria es 2
12. Vobiscum Dominus. Et cum Spiritu tuo ....

Você pode comprar este disco na Amazon

Arnold Schoenberg Chor
Concentus Musicus Wien
Nikolaus Harnoncour, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda o nosso blog a permanecer vivo!
 

Johann Chirstian Bach (1735-1782) - 12 Concertos Op. 1 & 7 for fortepiano

Excelente disco! Johann Christian Bach foi o filho mais jovem de Johann Sebastian Bach. Quando aquele nasceu, este já tinha cinquenta nos. Pôde estender a sua vida a até 1782, ou seja, no limiar do século XIX. Percebeu e viveu muita coisa. Viveu boa parte de sua vida na Inglaterra, o que lhe granjeou o nome de "Bach londrino" ou "Bach inglês". O fato é que o moço era muito talentoso. Compôs inúmeras obras: óperas, obras de câmara, sinfonias. Quando "Bach pai" morreu, Johann Christian tinha apenas quinze anos. Após tê-lo escutado, passei a notar que a música de Haydn está cheia da música de Johann Christian Bach. Assim, a sua música destoa completamente da música do pai. As melodias de sua música são belas. Seu estilo é galante, de musicalidade fluente e elegante. Não deixe de ouvir este belo disco e perceber o estilo do filho de Bach. Uma boa apreciação!

Johann Chirstian Bach (1735-1782) - 

DISCO 01

Concerto Op. 1 No. 1 in B flat major, Op. 1
01. Allegretto
02. 2. Menuetto

Concerto Op. 1 No. 2 in A major, Op.1
03. Andante
04. Menuetto

Concerto Op. 1 No. 3 in F major, Op. 1

05. Allegro
06.  Menuetto
 
Concerto Op. 1 No. 4 in G major, Op. 1
07. Allegro assai
08. Andante
09. Presto

Concerto Op. 1 No. 5 in C major, Op. 1
10. Non tanto allegro
11. Allegretto
 
Concerto Op. 1 No. 6 in D major
12.  Allegro assai
13. Andante
14. Allegro moderato

DISCO 02

Concerto No. 1 in C major, Op. 7
01. Allegretto
02. Menuetto

Concerto No. 2 in F major, Op. 7
03. Allegro con spiritto
04. Tempo di menuetto

Concerto  No. 3 in D major, Op. 7
05. Allegro con spirito
06. Allegretto

Concerto No. 4 in B flat major, Op. 7
07.  Allegro giusto
08. Allegro di molto
 
Concerto No. 5 in E flat major, Op. 7
09. Allegro di molto
10. Andante
11.Allegro
 
Concerto No. 6 in G major, Op. 7
12. Allegro
13. Andante
14. Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon

Capella Academica Wien
Ingrid Haebler, pianoforte
Eduard Melkus, direção

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!


quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Felix Mendelssohn (1809-1847) - Oratório: Paulus, Op. 36

Saulo, que depois passou a ser conhecido como Paulo, é uma das figuras mais importantes da cultura ocidental. Graças ao apóstolo-rabino, a cultura judaica transformou-se em um universal por meio do cristianismo como religião hegemônica. Paulo não era uma sujeito qualquer. Era esperto. Foi guindado como apóstolo dos gentios. Possivelmente, sem ele, o cristianismo não seria o que é; e, talvez, tivéssemos uma outra configuração social. Continuo com minhas postagens a fim de celebrar o mês do nascimento de Cristo. Tenho buscado trazer obras que celebrem essa tradição. Dessa vez, temos o oratório Paulus, de Mendelssohn, que era um praticante do luteranismo. Não é uma obra fácil de ser achada. Poucos a conhecem. Belíssima gravação com Kurt Masur. Outro belíssimo oratório de Mendelssohn é Elias, que talvez eu poste qualquer dias desses. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Felix Mendelssohn (1809-1847) - Paulus, Op. 36

DISCO 01

01 Ouvertüre
02 Chor- 'Herr_ Der du bist der Gott'
03 Choral- 'Allein Gott in der Höh' sei Ehr'
04 Rezitativ und Duett- 'Die Menge der Gläubigen'
05 Chor- 'Dieser Mensch hört nicht auf'
06 Rezitativ- 'Und sie sahen auf ihn'
07 Arie- 'Jerusalem_ Die du tötest die Propheten'
08 Rezitativ und Chor- 'Sie aber stürmten auf ihn ein'
09 Rezitativ und Choral- 'Und sie steinigten ihn' - 'Dir, Herr, dir will ich mic...
10 Rezitativ- 'Und die Zeugen legten ab ihre Kleider'
11 Chor- 'Siehe_ Wir preisen selig'
12 Rezitativ und Arie- 'Saulus aber zerstörte die Gemeinde' - 'Vertilge sie, Her...
13 Rezitativ und Arioso- 'Und zog mit einer Schar' - 'Doch der Herr vergisst der...
14 Rezitativ mit Chor- 'Und als er auf dem Wege war'
15 Chor- 'Mache dich auf_ Werde Licht_'
16 Choral- 'Wachet auf_ ruft uns die Stimme'
17 Rezitativ- 'Die Männer aber'
18 Arie- 'Gott, sei mir gnädig'
19 Rezitativ- 'Es war aber ein Jünger'
20 Arie mit Chor- 'Ich danke dir, Herr, mein Gott'
21 Rezitativ- 'Und Ananias ging hin'
22 Chor- 'O welch eine Tiefe des Reichtums'

DISCO 02

01 Chor- 'Der Erdkreis ist nun des Herrn'
02 Rezitativ- 'Und Paulus kam'
03 Duettino- 'So sind wir nun Botschafter'
04 Chor- 'Wie lieblich sind die Boten'
05 Rezitativ und Arioso- 'Und wie sie ausgesandt' - 'Lasst uns singen von der Gn...
06 Rezitativ und Chor- 'Da aber die Juden das Volk sahen'
07 Chor und Choral- 'Ist das nicht' - 'O Jesu Christie'
08 8.1 Rezitativ- 'Paulus aber und arnabas sprachen'
09 9.1 Rezitativ- 'Und es war ein Mann'
10 Chor- 'Seid uns gnädig'
11 Rezitativ, Arie und Chor- 'Da das die Apostel hörten' - 'Ihr Männder, was mac...
12 Rezitativ, Arie und Chor- 'Wisset ihr nicht' - 'Aber unser Gott ist im Himmel...
13 Rezitativ- 'Da ward das Volk erreget' -- Chor- 'Hier ist des Herren Tempel_'
14 Kavatine- 'Sei getreu bis in den Tod'
15 Rezitativ- 'Paulus sandte hin'
16 Chor und Rezitativ- 'Schone doch deiner selbst' - 'Was machet ihr'
17 Chor- 'Sehet, welche Liebe'
18 Rezitativ- 'Und wenn er gleich geopfert wird'
19 Schlusschor- 'Nicht aber ihm allein'

Você pode comprar este disco na Amazon

Rundfunkchor und Gewandhausorchester Leipzig. 
Chorus master: Jorg-Peter Weigle
Gewandhaus-Kinderchor. 
Chorus master: Ekkehard Schreiber
Kurt Masur, regente
Gundula Janowitz, soprano I
Rosemarie Lang, soprano II
Hans Peter Blochwitz, tenor
Theo Adam, baixo (Paulus)
Gothart Stier, baixo I
Hermann Christian Polster, bass II

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Alberto Ginastera (1916-1983) - String Quartets Nos. 1-3

Excelente este disco! Revela um Ginastera, um dos maiores compositores argentinos de todos os tempos, visceral. Os quartetos são de uma nível de virtuosismo incrível. Possuem dinâmicas sofisticadas; harmonias complexas. O terceiro quarteto é o mais provocativo, pois, assim como o fez Schoenberg no seu segundo quarteto, Ginastera introduziu uma soprano, o que nos fornece, ainda mais, uma impressão de desolação e sublimação. Excelente! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Alberto Ginastera (1916-1983) - String Quartets Nos. 1-3

String Quartet No. 1, Op. 20
01. I. Allegro violento ed agitato   
02. II. Vivacissimo   
03. III. Calmo e poetico   
04. IV. Allegramente rustico   

String Quartet No. 2, Op. 26
05.  I. Allegro rustico   
06. II. Adagio angoscioso   
07. III. Presto magico   
08. IV. Libero e rapsodico   
09. V. Furioso   

String Quartet No. 3, Op. 40
10. I. Contemplativo   
11. II. Fantastico   
12. III. Amoroso   
13. IV. Drammatico   
14. V. Di nuovo Contemplativo   

Você pode comprar este disco na Amazon

Enso Quartet
Lucy Shelton, soprano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Johannes Brahms (1833-1897) - String Quintet No.1 em F, Op.88 e String Quintet No.2 em G, Op.111

Excelente disco! Faz jus à obra de Brahms. A obra de câmara do alemão é uma das mais belas, complexas e sensíveis entre as que foram escritas. O Hagen é um quarteto alemão de carreira substantiva. Isso fica claro aqui. Extraordinária interpretação - transparência, elegância, sublimação necessária a essas obras de Brahms. Não deixe ouvir. Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) -

String Quintet No.1 em F, Op.88
01.1. Allegro Non Troppo Ma Con Brio
02.2. Appassionato - Allegretto Vivace - Tempo I - Presto - Tempo I
03.3. Allegro Energico

String Quintet No.2 em G, Op.111
04. 1. Allegro non troppo, ma con Brio
05. 2. Adágio
06. 3. Un Poco Allegretto
07. 4. Ma Non Troppo Vivace Presto

Você pode comprar este disco na Amazon

Hagen Quartett
Lukas Hagen, violino
Rainer Schmidt, violino
Veronika Hagen, viola
Clemens Hagen, violoncelo 


*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Johann Sebatian Bach (1685-1750) - Christmas Oratorio (Weinachts-Oratorium) - Oratório de Natal, BWV 248

Vamos a uma das obras mais bonitas de Bach. Trata-se do Oratório de Natividade ou Oratório de Natal, o BWV 248. Faz parte do conjunto dos três grandes oratórios compostos pelo mestre alemão, sendo que os outros dois são o Oratório de Páscoa e o Oratório de Ascensão. Todavia, este, dos três, é o mais complexo, o mais belo, o mais delicado. Bach escreveu este trabalho na década de 30, do século XVIII. A obra é dividida em seis partes. Fica assim dividido: (1) descreve o nascimento de Cristo; (2) a anunciação aos pastores; (3) a adoração dos pastores; (4) a circuncisão de Jesus; (5) a jornada dos Reis Magos; e (6) a epifania - adoração dos Reis Magos. A obra foi escrita para ser apresentada nas festividades de Natal. Bach era imensamente religioso. Possuía uma devoção apaixonada ao seu Deus. A obra, assim, além de possuir uma beleza estética impressionante, traz ainda as intuições apaixonadas da fé de Bach. E a propósito: uma excelente interpretação do Jochum. São quase três horas de pura beleza. Não deixe de ouvir. Um Feliz Natal a todos. Boa apreciação!

Johann Sebatian Bach (1685-1750) - 

01 Parte I - Coro- Jauchzet, frohlocket
02 Parte I - Evangelista - Recitativo - Alto - Es begab
03 Parte I - Aria - Alto - Bereite dich
04 Parte I - Coral - Evangelista - Wie soll ich
05 Parte I - Coral - Coro - Soprano - Bajo - Er ist auf Erden
06 Parte I - Aria - Bajo - Grosser Herr
07 Parte I - Coral - Ach mein herzliebes Jesulein
08 Parte II - Sinfonia - Evangelista - Und es waren
09 Parte II - Coral - Evangelista - Recitativo - Brich an,
10 Parte II - Aria - Tenor - Frohe Hirten
11 Parte II - Recitativo - Coral - Recitativo - Und das habt
12 Parte II - Aria - Alto - Schlafe, mein Liebster
13 Parte II - Evangelista - Coro - Und alsobald war
14 Parte II - Coral - Wir singen dir
15 Parte III - Coro - Herrscher des
16 Parte III - Evangelista - Coro - Recitativo - Bajo - Und da die Engel
17 Parte III - Coral - Dies hat er alles
18 Parte III -  Dueto - Soprano - Bajo - Herr, dein Mitleid
19 Parte III - Evangelista - Und sie kamen
20 Parte III - Aria - Alto - Schliebe, mein Herze
21 Parte III - Recitativo - Alto - Coral - Evangelista - Coral - Ja, ja, mein Herz...l
22 Parte III - Coro da capo - Herrscher des Himmels
23 Parte IV - Coro - Fallt mit Danken
24 Parte IV -  Evangelista - Recitativo - Bajo - Arioso - Soprano - Und da acht Tage
25 Parte IV - Aria - Soprano - Echo - Flöbt mein Heiland
26 Parte IV - Recitativo - Bajo - Wohlan, dein Name
27 Parte IV - Aria - Tenor - Ich will nur dir
28 Parte IV - Coral - Jesus richte mein
29 Parte V - Coro - Ehre sei dir Gott, gesungen
30 Parte V - Evangelista - Coro - Recitativo - Alto - Coral - Da Jesus geboren
31 Parte V - Aria - Bajo - Erleucht auch meine finstre Sinnen
32 Parte V -  Evangelista - Recitativo - Alto - Evangelista - Da das König Herodes
33 Parte V - Terceto - Soprano - Alto - Tenor - Ach, wenn wird die Zeit
34 Parte V - Recitativo - Alto - Coral - Mein Liebster herschett schon
35 Parte VI - Coro - Herr, wenn die stolzen Feinde schnauben
36 Parte VI -  Evangelista - Herodes - Recitativo - Soprano - Da berief Herodes
37 Parte VI -  Aria - Soprano - Nur ein Wink von seinen Händen
38 Parte VI - Evangelista - Als sie nun den König gehöret hatten
39 Parte VI - Coral - Ich steh an deiner Krippen hier
40 Parte VI - Evangelista - Recitativo - Tenor - Und Gott befahlt ihnen im Traum
41 Parte VI - Aria - Tenor - Nun mügt ihr stolzen Feinde schrecken
42 Parte VI - Recitativo - Soprano - Alto - Tenor - Bajo - Was will der Hölle Schrecken nun-
43 Parte VI - Coral - Nun seid ihr wohl gerochen

Você pode comprar este disco na Amazon

Orchester des Bayerischen Rundfunks
Elly Ameling, soprano
Brigite Fassbaender, alto
Horst R. Laubenthal, tenor & evangelista
Hermann Prey, baixo
Eugen Jochum, regente


 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

George Frideric Handel (1685-1760) - Oratorios - Saul, HWV 53 e Messiah, HWV 56

Disquinho especial para comemorar o momento. "É Natal!" - grita o mundo. Existem razões para isso. A cristandade reúne motivos. A história nos legou um mito. Estabelecemos acordos. Firmamos a convenção necessária. Mas, mesmo em face de uma "desculpa" histórica para a suposta data do nascimento de Cristo, a arte ocidental nos legou alguns motivos para alento. Certamente, um deles é a obra de Handel, O Messias. É um dos trabalhos mais belos sobre a vida de Jesus. Junta uma pedagogia bonita, que segue os eventos históricos e trans-históricos, concernentes à vida do Messias - a promessa, vida e morte e a expectativa da volta do Messias. Belíssima obra! Não gostei da abordagem do Jacobs. Pareceu-me mais rápida do que o convencional. Essa é uma obra para ser refletida, sentida, contemplada. Por isso, penso, faz-se necessário uma abordagem mais lenta e reflexiva. A outra obra do disco é o oratório Saul, em homenagem ao primeiro rei bíblico de Israel. Ainda não a escutara. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

 George Frideric Handel (1685-1760) - 

DISCO 01

 Saul, HWV 53

01 - Symphony. Allegro - Larghetto - Allegro - Andante larghetto
02 - Chorus. How excellent Thy name, o Lord
03 - Air Soprano. An infant raised by the command
04 - Trio. The youth inspired by Thee, o Lord
05 - Recitative & Air. He comes, he comes! - O God-like youth!
06 - Air. O King, your favours with delight
07 - Air. What abject thoughts a King can have!
08 - Air. Birth and fortune I despise!
09 - Recitative. Go on, illustrious pair!
10 - Recitative. Thou, Merab, first in birth, be first in honour
11 - Symphony. Andante allegro
12 - Accompagnato. What do I hear
13 - Recitative. Imprudent women
14 - Recitative. This but the smalles part of Harmony
15 - Recitative. Racked with infernal pains
16 - Symphony. Largo
17 - Air. A serpent, in my bosom warmed
18 - Air. Capricious man
19 - Accompagnato. O filial piety!
20 - Air. O Lord, whose providence
21 - Chorus. Envy! Eldest born of hell!
22 - Recitative. Ah! dearest friend
23 - Recitative. Oh strange vicissitude!

DISCO 02

01 - Recitative. My father comes
02 - Air. Sin not, o King, against the youth
03 - Recitative. Appear, my friend
04 - Recitative. A father's will has authorized my love
05 - Symphony. Largo - Allegro
06 - Recitative. Thy father is as cruel
07 - Recitative. Whom dost thouu seek
08 - Recitative. Mean as he was, he is my brother now
09 - Symphony. Allegro
10 - Accompagnato. The time at length is come
11 - Chorus. Oh fatal consequences of Rage
12 - Accompagnato. Wretch that I am
13 - Recitative. With me what would'st thou
14 - Accompagnato. Why hast thou forced me from the realms of peace
15 - Symphony. Allegro
16 - Recitative. Whence comest thou
17 - March. Grave
18 - Chorus. Mourn, Israel
19 - Air. Oh let it not in Gath be heard
20 - Air. From this unhappy day
21 - Air. Brave Jonathan his bow never drew
22 - Air. In sweetest harmony they lived!
23 - Chorus. Gird on thy sword, thou man of might

DISCO 03

 Messiah, HWV 56 

01 - Sinfony
02 - Accompagnato. Comfort ye, my people, saith your God
03 - Air. Every valley shall be exalted
04 - Chorus. And the glory of the Lord shall be revealed
05 - Accompagnato. Thus saith the Lord of Hosts
06 - Air. But who may abide the day of His coming
07 - Chorus. And he shall purify the sons of Levi
08 - Recitative. Behold, a virgin shall conceive
09 - Accompagnato. For behold, darkness shall cover the earth
10 - Air. The people that walked in darkness
11 - Chorus. For unto us a child is born
12 - Sinfonia pastorale. (Pifa)
13 - Chorus. Glory to God in the highest
14 - Air. Rejoice greatly, O dauther of Zion
15 - Recitative. Then shall the eyes of the blind be opened
16 - Chorus. His yoke is easy, and His burthen is light
17 - Chorus. Behold the lamb of God
18 - Air. He was despised and rejected of men
19 - Chorus. Surely He hath borne our griefs
20 - Chorus. And with His stripes we are healed
21 - Chorus. All we like sheep have gone astray

DISCO 04

01 - Accompagnato. All they that see Him laugh Him to scorn
02 - Chorus. He trusted in God that He would deliver Him
03 - Accompagnato. Thy rebuke hath broken His heart
04 - Arioso. Behold and see if there be any sorrow
05 - Accompagnato. He was cut off out of the land of the living
06 - Chorus. Lift up your heads, O ye gates
07 - Recitative. Unto which the angels said He at any time
08 - Chorus. Let allt the angels of God worship Him
09 - Air. Thou art gone up on high
10 - Choir. The Lord gave the word
11 - Air. How beautiful are the feet of them
12 - Chorus. Their sound is gone out into all lands
13 - Air. Why do the nations so furiously rage together
14 - Chorus. Let us break their bods asunder
15 - Recitative. He that dwelleth in heaven shall laugh at them to scorn
16 - Chorus. Hallelujah!
17 - Air. I know the redeemer liveth
18 - Chorus. Since by man came death
19 - Accompagnato. Behold, I tell you a mistery
20 - Recitative. Then shall be brought
21 - Chorus. But thanks be to god who giveth us the victory
22 - Air. If God be for us, who can be against us
23 - Chorus. Worthy is the lamb that was slain

Você pode comprar este disco na Amazon

Clare College Choir
Freiburg Baroque Orchestra
Berlin RIAS Chamber Chorus
Concerto Cologne
René Jacobs, direção


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Tomás Luis de Victória (1548-1611) - Missa De Beata Maria Virgine e Missa Surge propera

Vamos a mais um imperdível disco. Dessa vez, teremos Victoria. Como já expressei em outros comentários, o compositor é um dos nomes mais importantes da música da Renascença. A presente gravação foi realizada na famosa Catedral de Westminster. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Tomás Luis de Victória (1548-1611) -  

01. Regina Salve (Victoria)
02. Kyrie (Missa De Beata Virgine Maria)
03. Gloria
04. Credo
05. Sanctus e Benedictus
06. Agnus Dei
07. Surge, propera amica mea, et veni (Palestrina)
08. Kyrie (Missa Surge propera
09. Gloria
10. Credo
11. Sanctus e Benedictus
12. Agnus Dei

Você pode comprar este disco na Amazon

Westminster Cathedral Choir
Martin Baker, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Josef Matthias Hauer (1883-1959) - Concerto para Violino, op. 54, Apokalyptische Phantasie, para orquestra, Op.. 5, Suite para Orquestra n º 7, op. 48 etc

Resolvi atender a mais uma solicitação no dia de hoje. Semana passada, outra pessoa (sou péssimo para captar detalhes) pediu que eu postasse algo do compositor Josef Matthias Hauer. Seria, de fato, o Hauer? Esqueci de olhar o comentário. Mas vamos lá! Segundo os retalhos da memória, a pessoa estava lendo algo e acabou encontrando o nome de Hauer associado ao nome de Schoenberg. Existe uma controvérsia em torno de Hauer e Schoenberg, pois cabe a este a fama por ter desenvolvido o dodecafonismo, mas, para muitos, aquele o desenvolvera alguns meses antes. De qualquer forma, está aí o disco com a música cerebral de Hauer. Uma boa apreciação!

Josef Matthias Hauer (1883-1959) - 

Apokalyptische Phantasie, para orquestra, Op.. 5
01. Apokalyptische Phantasie, para orquestra, Op.. 5
 
Romantische Phantasie, para orquestra, Op. 37
02. Romantische Phantasie, para orquestra, Op. 37

Suite para Orquestra n º 7, op. 48
03. Molto ritmico e Marcato, alla Marcia
04. Lento, molto tranquillo
05. Allegro, alla Marcia veloce
06. Largo espressivo
07. Landler

Concerto para Violino, op. 54
08. Allegro
09.  Largo
10.  Allegro

Zwoelftonspiel(09.08.1957)
11. Zwoelftonspiel(09.08.1957)

Zwoelftonspiel (22.09.1957)
12. Zwoelftonspiel (22.09.1957)

Você pode comprar este disco na Amazon

Radio-Symphonieorchester Wien
Thomas Christian, violino
Gottried Rabl, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No. 5 in C Minor, Op. 67, Symphony No. 6 in F Major, Op. 68 _Pastoral e The Creatures of Prometheus Overture, Op. 43

Este disco atende a um pedido. Tenho uma dificuldade enorme para realizar as várias solicitações que são feitas para a restauração de links quebrados e outras coisas mais. Gostaria de informar que as solicitações são guardadas e, aos poucos, procuro efetivar aquilo que se pede. Há alguns dias, alguém pediu para que eu postasse este disco. Como estava ao meu alcance fazê-lo, resolvi proporcionar a efetivação dessa solicitação. É um baita disco dessa série com os trabalhos remasterizados, regidos pelo Dorati. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Symphony No. 5 in C Minor, Op. 67
01. I. Allegro con brio
02. II. Andante con moto
03. III. Scherzo. Allegro
04.  IV. Allegro

Symphony No. 6 in F Major, Op. 68 _Pastoral
05. II. Szene am Bach - Andante molto moto
06. III. Lustiges Zusammensein der Landleute - Allegro
07. IV. Gewitter-Sturm - Allegro
08. V. Hirtengesang.

The Creatures of Prometheus Overture, Op. 43
10. The Creatures of Prometheus Overture, Op. 43

Você pode comprar este disco na Amazon

London Symphony Orchestra
Antal Dorati, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 22 de dezembro de 2013

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) - Missa Viri Galilaei

Postagem de final de noite com o inexplicável Palestrina. Belíssimo trabalho essa Missa Viri Galilaei. O compositor era um excelente conhecedor dos textos bíblicos, o que o tornava em alguém habilitado para a produção de obras inspiradas a serem cantados pelos coros das igrejas. Resultado: era uma música leve, pura e de alto teor religioso e espiritual. Palestrina era um fenômeno. É o caso desses gênios que se descolam da média comum dos demais indivíduos e escrevem o seu nome na história. Na condução, Philippe Herreweghe. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) - 

01 - Ensemble Organum , Introitus- Viri Galilaei
02 - La Chapelle Royale  , Missa Viri Galilaei - Kyrie
03 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Gloria
04 - Ensemble Organum , Alleluja - Ascendit Deus in jubilatione, Dominus in Sina in sancto
05 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Credo
06 - Ensemble Organum , Offertorium- Ascendit Deus in jubilatione
07 - Ensemble Organum , Praefatio- Vere dignum et justum est
08 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Sanctus
09 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Benedictus
10 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Agnus Dei I
11 - La Chapelle Royale , Missa Viri Galilaei - Agnus Dei II
12 - Ensemble Organum , Communio- Psallite Domino
13 - La Chapelle Royale , Viri Galilaei - motet
14 - Magnificat primi toni

Você pode comprar este disco na Amazon

La Chapelle Royale
Ensemble Organum
Philippe Herreweghe, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Le Nozze di Figaro ("As bodas Fígaro")

Como se pode notar, o blog não apresenta "muitas" óperas. Talvez, em quatro anos, tenha postado por volta de dez ou quinze. Para postar óperas, é necessário se ter um conhecimento específico sobre o tema. Existem gradações sobre esse tipo de produção artística. No entanto, existem obras que são especiais  para mim. Por exemplo, A flauta mágica, de Mozart, ou Tristão e Isolda, de Richard Wagner, estão entre as minhas preferidas. Resolvi ouvir As bodas de Fígaro, para muitos, a obra-prima de Mozart. Foi composta entre os anos de 1785 e 1786. Dizem os historiadores, que Mozart teria arranjado certa indisposição com a nobreza, pois a ópera satiriza determinados costumes da época. A gravação com o Ricardo Muti não é das melhores, mas nos fornece uma visão do trabalho. Pretendo, nos próximos dias, postar outra versão desse mesmo trabalho com um campeão na interpretação das óperas de Mozart, Karl Böhm. Quero postar, ainda Cosi fan tutte e Don Giovani. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) -

DISCO 01


01. Sinfonia
02. Atto I. No.1 Duettino: Cinque... dieci... venti...
03. Recitativo: Cosa stai misurando
04. No.2 Duettino: Se a caso madama la notte ti chiama
05. Recitativo: Or bene; ascolta e taci
06. No.3 Cavatina: Se vuol ballare, signor contino
07. Recitativo: Ed aspettaste il giorno fissato alle sue nozze
08. No.4 Aria: La vendetta, oh, la vendetta
09. Recitativo: Tutto ancor non ho perso
10. No.5 Duettino: Via, resti servita, madama brillante
11. Recitativo: Va lа, vecchia pedante
12. No.6 Aria: Non so più cosa son, cosa faccio
13. Recitativo: Ah son perduto
14. No.7 Terzetto: Cosa sento Tosto andate
15. Recitativo: Basilio, in tracia tosto di Figaro volate
16. No.8 Coro: Giovani liete, fiori spargete
17. Recitativo: Cos'è questa commedia?
18. No.9 Coro: Giovani liete, fiori spargete
19. Recitativo: Evviva
20. No 10 Aria: Non più andrai farfallone amoroso
21. Atto II. No.11 Cavatina: Porgi amor qualche ristoro
22. Recitativo: Vieni, cara Susanna
23. Recitativo: Quanto duolmi, Susanna
24. No.12 Canzona: Voi, che sapete che cosa è amor
25. Recitativo: Bravo che bella voce!
26. No.13 Aria: Venite, inginocchiatevi

DISCO 02

01. Recitativo: Quante buffonerie!
02. Recitativo: Che novità!
03. No.14 Terzetto: Susanna, or via sortite
04. Recitativo: Dunque voi non aprite?
05. No.15 Duettino: Aprite, presto, aprite
06. Recitativo: Oh guarda il demonietto come fugge!
07. Recitativo: Tutto è come il lasciai
08. No.16 Finale: Esci ormai, garzon malnato
09. - Susanna!... Susanna!... Signore, cos’ è quel stupore?
10. - Signori, di fuori son già i suonatori
11. - Ah signor, signor... Cosa è stato?
12. - Voi, signor, che giusto siete
13. Atto III. Recitativo: Che imbarazzo è mai questo?
14. No.17 Duetto: Crudel! Perchè finora
15. Recitativo: E perchè fosti meco
16. No.18 Recitativo: Hai già vinta la causa!
17. - ed Aria: Vedrò, mentr'io sospiro
18. Recitativo: È decisa la lite
19. No.19 Sestetto: Riconosci in quest'amplesso
20. Recitativo: Eccovi, oh caro amico
21. Recitativo: Andiam, andiam bel paggio
22. No.20 Recitativo: E Susanna non vien!
23. - ed Aria: Dove sono i bei momenti
24. Recitativo: Io vi dico, signor
25. Recitativo: Cosa mi narri?
26. No.21 Duettino: Sull'aria... Che soave zeffiretto
27. Recitativo: Piegato è il foglio

DISCO 03

01. No.22 Coro: Ricevete, o padroncina
02. Recitativo: Queste sono, madama
03. No.23 Finale: Ecco la marcia andiamo
04. - Amanti costanti!
05. Atto IV. No.24 Cavatina: L'ho perduta, me meschina!
06. Recitativo: Barbarina cos'hai?
07. Recitativo: Presto avvertiam Susanna
08. No.25 Aria: Il capro e la capretta
09. Recitativo: Nel padiglione a manca
10. Recitativo: Hai diavoli nel corpo
11. No.26 Aria: In quegli anni, in cui val poco
12. No.27 Recitativo: Tutto è disposto
13. – ed Aria: Aprite un po' quegl’ occhi
14. Recitativo: Signora, ella mi disse che Figaro verravi
15. No.28 Recitativo: Giunse alfine il momento
16. – ed Aria: Deh vieni non tardar
17. Recitativo: Perfida, e in quella forma meco mentia?
18. No.29 Finale: Pian pianin le andrò più presso
19. - Partito è alfin l'audace
20. - Tutto è tranquillo e placido
21. - Pace, pace, mio dolce tesoro
22. - Gente, gente, all'armi, all’armi!

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
Figaro – Thomas Allen
Susanna – Kathleen Battle
Il Conte di Almaviva – Jorma Hynninen
La Contessa di Almaviva – Margaret Price
Cherubino – Ann Murray
Bartolo - Kurt Rydl
Marcellina – Mariana Nicolesco
Don Basilio - Alejandro Ramirez
Don Curzio – Ernesto Gavazzi
Barbarina – Patrizia Pace
Antonio - Franco de Grandis
Riccardo Muti, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 21 de dezembro de 2013

Tomás Luis de Victória (1548-1611) - Officium defunctorum - Missa pro defunctis

Pela manhã, postei o extraordinário compositor da Renascença Giovanni da Palestrina, que tem uma das obras mais belas relevantes da história da música. Dessa mesma época, temos o espanhol Tomás Luis de Victoria, outro gênio incontestável. Devem ser citados ainda, Monteverdi e Lassus. Acredito que estes quatro compositores sejam os responsáveis por um dos saltos mais importantes na evolução da música dos últimos mil anos. Palestrina, Orlando de Lassus e Palestrina formaram a tríade que dominou a música quinhentista. Victoria, por exemplo, burilou a polifonia. Chegou a ser aluno de Palestrina e o sucedeu na direção musical do Seminário Romano. A evolução tonal encetada por Victoria desembocaria no Barroco. Mais um belo disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Tomás Luis de Victória (1548-1611) - 

01 Lectio II ad Matutinum_ Taedet animam meam
02 Missa pro defunctis_ Introitus_ Requiem aeternam
03 Kyrie
04 Oratorio
05 Epistola
06 Graduale_ Requiem aeternam
07 Tractus_ Absolve, Dominine
08 Sequentia_ Dies irae
09 Evangelium
10 Offerorium_ Domine Iesu Christe
11 Prefatio
12 Sanctus
13 Benedictus
14 Pater noster
15 Agnus Dei
16 Communio_ Lux aeterna
17 Postcommunio
18 Motectum_ Versa est in luctum
19 Absolutio_ Libera me, Domine

Você pode comprar este disco na Amazon

Gabrieli Consort
Paul McCreesh, direção

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ajuda a manter o nosso blog vivo!

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) - Missa ''L'homme armé'' e Missa ''Assumpta est Maria''

Este disco era para ter sido postado ontem à noite, mas após horas ininterruptas de chuva aqui em Brasília, a Net/Virtua apresentou um problema e me deixou sem conexão. Por isso, venho hoje cedo terminar aquilo que deveria ter sido realizado ontem. Na verdade, o disco é de uma beleza, de uma "limpidez" e clareza espirituais encantáveis. Palestrina é uma paixão para mim. Um dos maiores mestres da história da música. A delicadeza, as camadas edificantes da linguagem polifônica, remete-nos a um tradição bastante antiga e que se perpetuou no tempo. Palestrina, o príncipe da música, foi um dos maiores mestres da música católica. Há um belo documentário no Youtube sobre Palestrina. Vale a pena ver. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Giovanni Pierluigi da Palestrina (1525/6-1594) -

Missa 'L'homme armé' (5vv)
01. Introitus_ Ecce venit dominator Dominus
02. Kyrie
03. Gloria
04. Graduale_ Omnes de Saba venient
05. Credo
06. Offertorium_ Reges Tharsis
07. Sanctus & Benedictus
08. Communio_ Vidimus stellam
09. Agnus Dei

Missa 'Assumpta est Maria'
10. Introitus_ Gaudeamus omnes in Domino
11. Kyrie
12.  Gloria
13. Graduale_ Propter veritatem
14. Credo
15. Offertorium_ Assumpta est Maria
16. Sanctus & Benedictus
17. Communio_ Optimum partem
18. Agnus Dei

Você pode comprar este disco na Amazon

Pro Cantione Antiqua
Mark Brown, diretor

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Cyril Scott (1879-1970) - Violin Sonatas Nos. 1 and 3

Mais um daqueles bons compositores que são ofuscados pela história e ficam no "submundo" artístico. Infelizmente. E graças a prodigiosa Naxos temos a oportunidade de conhecer. De desfrutar das qualidades musicais desses artistas relegados. Dessa vez é Cyril Scott, compositor inglês nascido no final do século XIX, e da qual ainda eu não tinha conhecimento. Impressionei-me com o rapaz! Música de alto nível. Scott foi chamado de "pai da música moderna inglesa". Ou seja, Scott se inseriu naquele mesmo grupo que mais tarde teria Britten. Era um artista prolífico. Além de compositor, era também escritor e poeta. Foi admirado por importantes personalidades musicais - Stravinsky, Debussy e Richard Strauss. Excelente disco! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Cyril Scott (1879-1970) - Violin Sonatas Nos. 1 and 3

Violin Sonata No. 1 in C major, Op. 59
01. I. Allegro moderato   
02. II. Andante mistico   
03. III. Allegro molto scherzando    
04. IV. Allegro maestoso    

Sonata Melodica
05. I. Moderato   
06. II. Adagio ma non troppo    
07. III. Allegro vigoroso, ma non troppo 

Violin Sonata No. 3
08. I. Tranquillo   
09. II. Pastorale: Andante amabile    
10. III. Rondo capriccioso: Energico e poco rubato   

Você pode comprar este disco na Amazon

Clare Howick, violino
Sophia Rahman, piano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Anton Bruckner (1824-1896) - The Masses - Messe Nr. 1 in D minor, Mass No.2 in E minor e Mass No.3 in F minor

Postagem de final de noite para realçar "os sentidos" espirituais do momento. Bruckner era um sujeito de alma tomada pela fé. Seus trabalhos revelam isso - tanto as sinfonias, quanto as obras corais. Disco duplo da série "The Originals" da DG, sob a direção de Eugen Jochum. Um baita disco; de uma beleza tão extravagante que "cansa". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) -

DISCO 01

Messe Nr. 1 in D minor
01. I. Kyrie
02. II. Gloria
03. III. Credo
04. IV. Sanctus
05. V. Benedictus
06.  VI. Agnus Dei

Mass No.2 in E minor
07. I. Kyrie
08. II. Gloria
09. III. Credo

DISCO 02

01. IV. Sanctus- Ruhig, mehr langsam
02. V. Benedictus- Moderato
03. VI. Agnus Dei- Andate

Mass No.3 in F minor
04. I. Kyrie- Moderato
05. II- Gloria- Allegro - Andante, mehr Adagio (sehr langsam) - Tempo I - Ziemlich langsam
06. IIIa- Credo- Allegro - Moderato misterioso - Langsam - Largo
07. IIIb- Credo- Allegro - Tempo I - Moderato - Allegro - Etwas langsamer als anfangs - Allegro
08. IV- Sanctus- Moderato - Allegro
09. V- Benedictus- Allegro moderato - Allegro]
10. VI- Agnus Dei- Andante - Moderato

Você  pode comprar este disco na Amazon

Chor & Symph. Orch. des Bayerischen Rundfunks
Eugen Jochum, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 2 in C minor 'Ressurection'

Interpretação de alto nível! Klemperer exatificando o espírito mahleriano. A Sinfonia no. 2 possui toda a psicologia mahleriana. Ela é chamada "ressurreição" por fazer referência a um dos principais dogmas do cristianismo. Paulo diz em uma de suas cartas que se Cristo não ressuscitou, a fé daqueles que creem é vã. Ou seja, essa disposição está contida nos principais trabalhos do compositor austríaco. A Sinfonia no. 2 possui esta a tensão que segue a filosofia cristã. Afinal, para os cristãos a vida por essas bandas da existência é sofrimento, dor, tristeza e uma série de acúmulos que geram angústia; tudo isso será superado com a volta de Cristo; a expectativa se consumou, se fortaleceu, com a ressurreição de Cristo. Paulo ainda vai dizer que Cristo foi o primeiro entre aqueles que ressuscitarão para uma nova vida. Essa inquietação seguia Mahler. Tanto é assim que a Sinfonia no. 2 é bela, repleta de evocação à dor. Todavia, na parte final do trabalho, nota-se o triunfo, a vitória sobre a morte e a dor. Algo verdadeiramente belo e genial. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Symphony No. 2 in C minor 'Ressurection'
01. Allegro maestoso (Mit durchaus ernstem und feierlichem Ausdruck)
02. Andante moderato (Sehr gemächlich)
03. In ruhig fließender Bewegung
04. Urlicht (Sehr feierlich, aber schlicht)
05. In tempo des Scherzos (Wild herausfahrend)
06. Wieder sehr breit
07. Ritardando ... Maestoso
08. Wieder zurückhaltend
09. Langsam, Misterioso
10. Etwas bewegter
11. Mit Aufschwung, aber nicht eilen

Você pode comprar este disco na Amazon

Philharmonia Orchestra
Philharmonia Chorus
Otto Klemperer, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Cantates BWV 170 & 35

Vamos a mais um disco bastante especial, posto que temos a música de Johann Sebastian Bach. Como avisei desde o início do  mês, todos os dias eu tenho tentando postar algo que faça jus ao espírito que perpassa o mês de dezembro. É um mês de confraternizações; de salamaleques variados. Nesse mês os cristãos de todo o mundo comemoram, pro convenção, o aniversário de nascimento do seu salvador. Como a arte não tem religião, ou seja, ela estar a serviço da humanização e da dignificação do ser humano, resolvi postar compositores que professam todos os credos. E Bach foi um compositor deveras especial. Era luterano. Alguém que tinha uma fé profunda em seu deus. Essa crença pessoal não tinha como se dissociar de sua inspiração. Por isso, resolvi postar este delicioso disco. Não deixe de ouvir este delicioso disco. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Cantates, BWV 170 & 35

01.  Aria. Vergnügte Ruh', beliebte Seelenlust
02. BWV 170_ Recitativo. Die Welt, das Sündenhaus
03. BWV 170_ Aria. Wie jammern mich doch die verkehrten Herzen
04. BWV 170_ Recitativo. Wer sollte sich demnach
05. BWV 170_ Aria. Mir erkelt mehr zu leben
06. Sonate en Trio No. 3 in ré mineur, BWV 527_ I. Andante
07. BWV 527_ II. Adagio e dolce
08. BWV 527_ III. Vivace
09. Geist und Seele wird verwirret, cantate, BWV 35_ Concerto
10. BWV 35_ Aria. Geist und Seele wird verwirret
11. BWV 35_ Recitativo. Ich wundre mich
12. BWV 35_ Aria. Gott hat alles wohlgemacht
13. BWV 35_ Aria_ Sinfonia
14. BWV 35_ Recitativo. Ach, starker Gott, lass mich
15. BWV 35_ Aria. Ich wünsche mir bei Gott zu leben
16. Fantaisie et Fugue en sol mineur, BWV 542_ Fantaisie
17. BWV 542_ Fugue

Você pode comprar este disco na Amazon

Le Banquet Céleste
Damien Guillon, contra-tenor e direção
Maude Gratton, órgão


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda manter o nosso blog vivo!

Joseph Haydn (1732-1809) - Complete Haydn Recordings - Symphonies 88, 92,94; Missa in tempore belli, Hob.XXII_9, Sinfonia concertante in B flat major Hob.I_105 e Die Schöpfung Hob.XXI_2

Passei a manhã inteira ouvindo esta caixa com quatro discos de Joseph Haydn, por Bernstein. Haydn é um dos nomes mais importantes da história da música. Por ter vivido bastante, produziu de forma pródiga. Mozart, por exemplo, viveu menos da metade de sua vida. Haydn levava uma vida mongética. Pôde viver com pelo menos duas gerações de bons compositores. Viu o final do Barroco e estendeu a sua vida até o início do Romantismo. Foi professor de Beethoven e influenciou profundamente a música de Mozart, músico cuja amizade e talento artístico Haydn admirava com bastante veemência. Esta caixa de excelente qualidade traz alguns trabalhos relevantes do compositor. Destaque para A criação, obra de grande beleza. Uma boa apreciação!

Joseph Haydn (1732-1809) -

DISCO 01

Symphony in G major Hob.I_88
01. 1. Adagio - Allegro
02. 2. Largo
03. 3. Menuetto. Allegretto
04.  4. Finale. Allegretto con spirito

Symphony in G major Hob.I_92 'Oxford'
05. 1. Adagio - Allegro spiritoso
06. 2. Adagio
07. 3. Menuet. Allegretto
08.  4. Finale. Presto

Symphony in G major Hob.I_94 'Surprise'
09. 1. Adagio - Vivace assai
10. 2. Andante
11. 3. Menuet. Allegro molto
12. 4. Finale. Allegro di molto

DISCO 02

Missa in tempore belli, Hob.XXII_9
01. Agnus Dei. Adagio - Allegro con spirito
02. Benedictus. Andante
03. Sanctus. Adagio - Allegro con spirito
04. Et vitam venturi saeculi. Vivace
05. Et resurrexit tertia die. Allegro
06. Et incarnatus est. Adagio
07. Qui tollis peccata mundi. Adagio
08.  Quoniam tu solus sanctus. Allegro. Cum S
09. Credo in unum Deum. Allegro
10. Kyre. Largo - Allegro moderato
11. Gloria in excelsis Deo. Vivace

 Sinfonia concertante in B flat major Hob.I_105
12. 3. Allegro con spirito
13. 2. Andante
14. 1. Allegro

DISCO 03

Die Schöpfung Hob.XXI_2
01. Die Vorstellung des Chaos
02.  Im Anfange schuf Gott Himmel und Erde
03. Nun schwanden vor dem heiligen Strahle
04. Und Gott machte das Firmament
05. Mit staunen sieht das Wunderwerk
06. Und Gott sprach_ Es sammle sich das Wasser
07. Rollend in schäumenden Wellen
08. Und Gott sprach_ Es bringe die Erde Gras hervor
09.  Nun beut die Flur das frische Grün
10. Und die himmlischen Heerscharen verkündigten
11. Stimmt an die Saiten
12. Und Gott sprach_ Es sei'n Lichter an der Feste des Himmels
13.  In vollem Glanze steiget jetzt
14. Die Himmel erzählen die Ehre Gottes
15. Und Gott sprach_ Es bringe das Wasser in der Fülle hervor
16. Auf starkem Fittiche schwinget sich der Adler stolz
17. Und Gott schuf grosse Walfische
18. Und die engel rührten ihr' unsterblichen Harfen
19. In holder Anmut stehn

DISCO 04

01. Singt dem Herren alle Stimmen
02. Holde Gattin, dir zur Seite
03. O glücklich Paar, und glücklich immerfort
04. Nun ist die erste Pflicht erfüllt
05. Von deiner Güt', o Herr und Gott
06. Vollendet ist das grosse Werk - Zu dir, o Herr, blickt alles auf
07. Aus Rosenwolken bricht
08. Und Gott schuf den Menschen
09. Mit würd' und Hoheit angetan
10. Und Gott sah jedes Ding
11. Und Gott sprach_ Es bringe die Erde hervor lebende Geschöpfe
12. Gleich öffnet sich der Erde Schoss
13. Nun scheint in vollem Glanze der Himmel

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
Symphonieorchester des Bayerischen Rundfunks

Leonard Bernstein, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02
BAIXAR AQUICD03
BAIXAR AQUICD04

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Joseph Haydn (1732-1809) - The Last Seven Words of Our Saviour on the Cross

O profundo significado dos Evangelhos provocou muitos estudos dos religiosos, cientistas e artistas. Na música, tratando-se, especificamente, do caso das "sete palavras", três nomes são conhecidos: Johann Sebastian Bach (1685-1770), que explorou fatores bíblicos, segundo as mensagens de São João e São Mateus (discípulos do Senhor), dando a forma de "Oratório" com grandes coros, orquestra e solistas. Nas suas obras, J. S. Bach narra a vida e a obra de Jesus Cristo, dando a mesma importância tanto a Jesus como a Cristo, fielmente abordando o sofrimento do "Homem Jesus" e a glória de "Cristo-Deus", seguindo a interpretação da Igreja popular; Joseph Haydn (1732-1809) que interpreta as "Sete Palavras" como etapas diferentes da vida e obra de Jesus Cristo, partindo do "Homem Jesus" até a glória do Cristo, Filho e mensageiro do Pai; e Gubaidúlina Sofia, compositora russa nascida em 1931 na República Tártara, na cidade de Chistopol. Nesta obra, a compositora demonstra a maior preocupação com o sofrimento do "Homem Jesus", usando para isto toda a técnica e conhecimento de instrumentos tais como o violoncelo e o "baião", instrumento folclórico russo, espécie de acordeão simplificado, para impressionar os ouvintes com o sofrimento de Jesus que se sacrificou para salvar e redimir a humanidade. Esta preocupação se justifica por ela viver e ter crescido num país dominado pelo materialismo e total desrespeito à religião, até as radicais mudanças acontecidas nos últimos anos. Escolhemos a interpretação de Haydn que fica mais próxima da compreensão que temos do Drama Cósmico e da verdadeira relação entre o "Homem Jesus" e "Cristo, Filho de Deus" e Seu mensageiro. Daqui

Joseph Haydn (1732-1809) - The Last Seven Words of Our Saviour on the Cross

01. Introduzione
02. No.1_ Vater, vergib ihnen, Denn sie wissen nicht, was sie tun
03. No.2_ Furwahr, ich sag’ es dir_ Heute wirst du bei mir in Paradiese sein
04. No.3_ Frau, hier siehe deinen Sohn, Und du, siehe deine Mutter!
05. No.4_ Mein Gott! Warum hast du mich verlassen_
06. Introduzione
07. No.5_ Jesus rufet_ Ach, mich durstet!
08. No.6_ Es ist vollbracht
09. No.7_ Vater, in deine Hande empfehle ich meinen Geist
10. Il terremoto. Er ist nicht mehr

Você pode comprar este disco na Amazon

London Philharmonic Orchestra and Choir
Vladimir Jurowski, condutor
Lisa Milne, soprano 
Ruxandra Donose, mezzo-soprano 
Andrew Kennedy, tenor
Christopher Maltman, barítino


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!