quarta-feira, 31 de julho de 2013

Dmtri Shostakovich (1906-1975) - Symphony No. 5 in D-Minor, Op. 47 e Symphony No. 9 in E-Flat Major, Op. 70

Excelente gravação da Quinta Sinfonia de Shostakovich. Bernstein faz aqui uma das melhores gravações que já ouvi desse maravilhoso trabalho do russo. A gravação da Sinfonia no. 5 é resultado de um concerto realizado pela New York Philharmonic, no ano de 1959. Naquele ano, Bernstein ainda bem jovem, fez uma excursão com New York Philharmonic pela União Soviética. O resultado da excursão foi um sucesso. Bernstein constrói uma tensão e uma agonia necessária na abordagem da Quinta. Reproduz com fidelidade a sonoridade como alguém que conhece profundamente a partitura e as emoções artísticas e psicológicas ali colocadas. Simplesmente sensacional o que Bernstein faz aqui nesse sentido. O que lamento é que ele tenha acelerado o último movimento. Todavia, os três primeiros movimentos são sensacionais. Surge ainda a sarcástica e irônica Sinfonia No. 9. Não deixe de ouvir este extraordinário disco. Ouça com atenção. Uma boa apreciação!

Dmtri Shostakovich (1906-1975) - 

Symphony No. 5 in D-Minor, Op. 47
01. I. Moderato
02. II. Allegretto
03. III. Largo
04. IV. Allegro non troppo

Symphony No. 9 in E-Flat Major, Op. 70
05. I. Allegro
06. II. Moderato
07. III. Presto
08. IV. Largo
09. V. Allegretto

Você pode comprar este disco na
Amazon

New York Philharmonic

Leonard Bernstein, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!
 

Franz Schubert (1797-1828) - Symphonie Nr. 8 h-moll D 759 'Unvollendete' e Symphonie Nr. 9 C-dur D 944 'Große'

De saída para realizar aquela corrida necessária e revitalizante de final de tarde. Mas antes, resolvi fazer a postagem desse disco gracioso. Traz dois dos trabalhos sinfônicos de Franz Schubert. E, para mim, esses são dois dos trabalhos mais empolgantes do austríaco. Comecei a gostar de música clássica ouvindo a Sinfonia Inacabada. Ele possui dramaticidade, força e beleza. É romântica por natureza. A abordagem de Thomas Dausgaard é boa. Possui uma linguagem diferente no que tange a alguns matizes, principalmente, a Inacabada. Mas o desempenho, no geral, é muito bom. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

Symphonie Nr. 8 h-moll D 759 'Unvollendete'
01.  Allegro moderato
02. Andante con moto

Symphonie Nr. 9 C-dur D 944 'Große'
03. Andante - Allegro ma non troppo
04. Andante con moto
05. Scherzo. Allegro vivace
06. Finale. Allegro vivace

Você pode comprar este disco na Amazon

Swedish Chamber Orchestra, Örebro
Thomas Dausgaard, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!


terça-feira, 30 de julho de 2013

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Piano Works Complete (CDs 1 e 2 de 5)

Dmitri Shostakovich teria sido um extraordinário pianista de carreira internacional se tivesse se dedicado como intérprete somente ao instrumento. O russo tocava piano e tocava muito bem. Sua obra pianística é algo louvável, magistral. O que tenho a dizer sobre Boris Petrushansky, que executa os trabalhos dessa caixa? Ainda não o conhecia. Petrushansky se põe à altura dos trabalhos e das emoções dos trabalhos de Shostakovich. Ele consegue traduzir toda aquele atmosfera opressiva, pessimista e realista do mundo shostakovichiano. Além do que, traduz com muita técnica modernista os trabalhos do russo. Altamente recomendável estes trabalhos. Coisa fina! Excelente para quem gosta de Shostakovich. Uma boa apreciação!


Dmitri Shostakovich (1906-1975) -

DISCO 01 

01. FIVE PRELUDES, Op.2: No.1 in A minor: Allegro moderato e scherzando   
02. No.2 in G major: Andante   
03. No.3 in E minor: Allegro moderato   
04. No.4 in D-flat major: Moderato   
05. No.5 in F minor: Andantino   
06. THREE FANTASTIC DANCES, Op.5: No.1: Allegretto  
07. No.2 Andantino   
08. No.3 Allegretto  
09. APHORISMS, Op.13 No.1: Recitative  
10. No.2 Serenade   
11. No.3 Nocturne   
12. No.4 Elegy   
13. No.5 Funeral March  
14. No.6 Étude   
15. No.7 Danse macabre   
16. No.8 Canon   
17. No.9 Legend   
18. No.10: Berceuse   
19. THE GOLDEN AGE, Op.22a - Polka  
20. 24 PRELUDES, Op.34: No.1 in C major: Allegretto  
21. No.2 in A minor: Allegretto   
22. No.3 in G major: Andante   
23. No.4 in E minor: Moderato   
24. No.5 in D major: Allegro vivace   
25. No.6 in B minor: Allegretto   
26. No.7 in A major: Andante   
27. No.8 in F-sharp minor: Allegretto   
28. No.9 in E major: Presto   
29. No.10 in C-sharp minor: Moderato non troppo   
30. No.11 in B major: Allegretto   
31. No.12 in G-sharp minor: Allegro non troppo   
32. No.13 in F-sharp major: Moderato   
33. No.14 in E-flat minor: Adagio   
34. No.15 in D-flat major: Allegretto  
35. No.16 in B-flat minor: Andantino   
36. No.17 in A-flat major: Largo   
37. No.18 in F minor: Allegretto   
38. No.19 in E-flat major: Andantino  
39. No.20 in C minor: Allegretto furioso  
40. No.21 in B-flat major: Allegretto poco moderato  
41. No.22 in G minor: Adagio   
42. No.23 in F major: Moderato   
43. No.24 in D minor: Allegretto   
44. DANCES OF THE DOLLS: I. Lyrical Waltz   
45. II.  Gavotte   
46. III. Romance   
47. IV.  Polka  
48. V.   Waltz-Scherzo  
49. VI.  Hurdy-Gurdy   
50. VII. Dance   

DISCO 02

01. Piano Sonata No. 1, Op. 12; Allegro - Adagio - Allegro - Lento - Allegro
02. Piano Sonata No. 2 In B Minor, Op. 61; I. Allegretto  
03. Piano Sonata No. 2 In B Minor, Op. 61; II. Largo   
04. Piano Sonata No. 2 In B Minor, Op. 61; III. Moderato Con Moto   
05. Three Pieces For Piano; I. Minuet; Allegretto   
06. Three Pieces For Piano; II. Prelude; Lento, Ma Non Troppo   
07. Three Pieces For Piano; III. Intermezzo; Allegretto   
08. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; I. March; Animato    
09. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; II. Waltz; Tranquillo  
10. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; III. The Bear   
11. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; IV. Funny Story; Allegro 
12. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; V. Sad Story; Lento   
13. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; VI. Mechanical Doll; Con Moto  
14. Children's Notebook, Six Pieces For Piano, Op. 69; VII. Birthday  
15. Murzilka For Piano, Op. 2b  
16. Three Variations On A Theme By Glinka For Piano, Op. 104a; Adagio - Allegretto - (Finale) Moderato Maestoso

Você pode comprar este disco na Amazon

Boris Petrushansky, piano

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Sinfonia Concertante, K 364, Rondo, K. 373, Adagio, K. 261 e Violin Concerto No. 2, K. 211

Disco excelente. Dispensa comentários. Dumay é um extraordinário violinista. Suas abordagens são bastante belas, elegantes e de bom gosto. Geralmente, seus duos são formados com Maria João Pires. Aqui, temos Dumay em conjunto com Veronika Hagen na bela Sinfonia Concertante. Além do que temos lindíssimo Concerto para violino e orquestra no. 2, com Camerata Academica, tendo o próprio Dumay como regente e slista. Trata-se de um disco com uma abordagem mais fresca e viva - até por que o repertório assim permite tal coisa. Este é um daqueles discos que todo amante da boa música não titubeia em dizer: "Excelente!". Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Sinfonia Concertante in E flat major, K. 364 (320d)
01. 1. Allegro maestoso
02. 2. Andante
03. 3. Presto

Rondo in C major, K 373
04. Allegretto grazioso

Adagio in E major, K. 261
05. Adagio in E major, K. 261

Concerto for Violin and Orchestra no. 2 in D major, K. 211
06. 1. Allegretto mode
07. 2. Andante
08. 3. Rondeau. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Camerata Academica Salzburg
Augustin Dumay, regente e violino
Veronika Hagen, viola

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

domingo, 28 de julho de 2013

Gustav Mahler (1860-1911) Symphony No. 1 in D major 'Titan'

Vamos a mais uma postagem com Gustav Mahler. Não existem limites para isso. A cada nova audição se renova o fascínio em torno da genialidade desse grande compositor. A arte de Mahler é arte da beleza inquieta. Sua função é nos questionar com a beleza. É nos questionar: "para que vives se vais morrer?" Mas ao mesmo nos dizer: "frui a vida, pois ela é passageira". Mahler faz isso o tempo todo. Dessa vez, para reger a poderosa "Titã" temos Carlo Maria Giulini. Giulini não provoca maiores admirações com esta gravação, mas é Mahler... Não deixe de ouvir, Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911)

Symphony No. 1 in D major 'Titan'
01. I. Langsam. Schleppend. Wie ein Naturlaut
02. II. Kräftig bewegt, doch nicht zu schnell
03. III. Feierlich und gemessen, ohne zu schleppen
04. IV. Stürmisch bewegt

Você pode comprar este disco na Amazon

Chicago Symphony Orchestra
Carlo Maria Giulini, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

Felix Mendelssohn (1809-1847) - Hebrides Overture, Symphony No. 3 "Scotish" e Sinfonia No. 4 em A menor, Op. 90 - "Italiana"

Felix Mendelssohn é um caso de felicidade extrema em matéria de música. De família influente, rico, sendo que o próprio nome "Félix" ("feliz"), já constituía um discurso em torno de sua própria pessoa, produziu uma obra relevante. Gosto de Mendelssohn. Já fazia um certo tempo que eu não o escutava. Das cinco sinfonias que o alemão escreveu, a número 4 - "Italiana" - é aquela que mais gosto. Ela possui uma alegria ensolarada, cintilações alegres e um entusiasmo dançante. Mendelssohn a escreveu depois de uma visita que fez à Itália. Voltou de lá feliz e certo de que havia vivido momentos de grande satisfação. Aqui temos a regência de Karajan, nessa série excepcional da DG. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Felix Mendelssohn (1809-1847) - 

Hebrides Overture
01. Hebrides Overture

Symphony No. 3 "Scotish"
02. Andante con moto - Allegro un poco agi...
03. Vivace non troppo
04. Adagio
05. Allegro vivacissimo - Allegro maestoso...

Sinfonia No. 4 em A menor, Op. 90 - "Italiana"
06. Allegro vivace
07. Andante con moto
08. Con moto moderato
09. Saltarello

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Herbert van Karajan, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

sábado, 27 de julho de 2013

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No. 5 in C Minor, Op. 67, Symphony No. 6 in F Major, Op. 68 _Pastoral, Symphony No. 7 in A Major, Op. 92, Symphony No. 8 in F Major, Op. 93 e Symphony No. 9 in D Minor, Op. 125 _Choral (CDs 3, 4 e 5 - final)

Para as pessoas que perceberam a ausência da faixa 1 da Sexta Sinfonia, segue um novo link com o problema solucionado. Desculpem pela desatenção! Postado em 21/07!

Vamos ao post com os últimos três discos dessa caixa de Beethoven, sendo regido por Thielemann. Como disse no último post, Thielemann não se saiu tão bem na gravação dessa caixa. A gravação não emplacou. Na verdade, ela possui, para mim, altos e baixos. Alguns trabalhos ficaram excelentes, mas outros ficaram maçantes demais para uma sinfonia de Beethoven como, por exemplo, a Quinta Sinfonia. Mas quem sou eu para "injutiçar" a performance desse grande regente da atualidade. Thielemann possui os seus predicados. Ele é, atualmente, é o mais cotado a substituir o Rattle à frente da toda poderosa Berliner Philharmoniker. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

DISCO 03

Symphony No. 5 in C Minor, Op. 67
01. I. Allegro con brio
02. II. Andante con moto
03. III. Scherzo. Allegro
04.  IV. Allegro

Symphony No. 6 in F Major, Op. 68 _Pastoral
05. II. Szene am Bach - Andante molto moto
06. III. Lustiges Zusammensein der Landleute - Allegro
07. IV. Gewitter-Sturm - Allegro
08. V. Hirtengesang.

DISCO 04

Symphony No. 7 in A Major, Op. 92
01. I. Poco sostenuto - Vivace
02. II. Allegretto
03. III. Presto
04. IV. Allegro con brio

Symphony No. 8 in F Major, Op. 93
05. I. Allegro vivace e con brio
06. II. Allegretto scherzando
07. III. Tempo di Menuetto
08.  IV. Allegro vivace

DISCO 05

Symphony No. 9 in D Minor, Op. 125 _Choral
01. I. Allegro ma non troppo, un poco maestoso
02. II. Molto vivace
03. III. Adagio molto e cantabile
04. IV. Presto - Allegro assai -

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
Christian Thielemann, regente

BAIXAR AQUICD03 (link consertado)
BAIXAR AQUICD04
BAIXAR AQUICD05


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Cello Suites (BWV 1007-1012)

As Suítes para cello de Bach são a dignidade em favor do belo e da espécie humana. Um tratado, um manifesto ao singelo, mas, também, ao complexo, ao exato, ao pontual, pelo poder tocante que cada uma das suites possuem. Bach extrapola nessas composições. Prova a sua altura. Torna exata e inequívoca a sua genialidade. Tocar as Suites para cello é realizar uma reflexão com o instrumento. Um diálogo com a espiritualidade da beleza. Elas exigem amadurecimento. Técnica. E uma dose cavalar de sensibilidade e lirismo. A metafísica das suites está nessa força espiritual que cada uma delas conserva. A começar pela Suite no. 1, que costura de forma sublime uma reflexão que humaniza o coração e a percepção de todo aquele que a escuta. Essa gravação com o Rostropovich, acredito, ainda está crescendo na conceituação que lhe é devida. Existem outras gravações de referência: talvez Fournier ou quem sabe Casals; ou ainda Yo-Yo Ma. Há algum tempo postei aqui no blog uma versão das Suites com Jean-Guihen Queyras que gostei bastante. De qualquer forma, não deixe de ouvir este importante documento a serviço do belo e da humanização.Aprecia sem moderação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

DISCO 01

01 - Suite Nr.1 BWV 1007 I. Prelude
02 - Suite Nr.1 BWV 1007 II. Allemande
03 - Suite Nr.1 BWV 1007 III. Courante
04 - Suite Nr.1 BWV 1007 IV. Sarabande
05 - Suite Nr.1 BWV 1007 V. Menuet I
06 - Suite Nr.1 BWV 1007 V. Menuet II - Menuet I
07 - Suite Nr.1 BWV 1007 VI. Gigue
08 - Suite Nr.4 BWV 1010 I. Prelude
09 - Suite Nr.4 BWV 1010 II. Allemande
10 - Suite Nr.4 BWV 1010 III. Courante
11 - Suite Nr.4 BWV 1010 IV. Sarabande
12 - Suite Nr.4 BWV 1010 V. Bourree I
13 - Suite Nr.4 BWV 1010 V. Bourree II - Bourree I
14 - Suite Nr.4 BWV 1010 VI. Gigue
15 - Suite Nr.5 BWV 1011 I. Prelude
16 - Suite Nr.5 BWV 1011 II. Allemande
17 - Suite Nr.5 BWV 1011 III. Courante
18 - Suite Nr.5 BWV 1011 IV. Sarabande
19 - Suite Nr.5 BWV 1011 V. Gavotte I
20 - Suite Nr.5 BWV 1011 V. Gavotte II - Gavotte I
21 - Suite Nr.5 BWV 1011 VI. Gigue

DISCO 02

01 - Suite Nr.2 BWV 1008 I. Prelude
02 - Suite Nr.2 BWV 1008 II. Allemande
03 - Suite Nr.2 BWV 1008 III. Courante
04 - Suite Nr.2 BWV 1008 IV. Sarabande
05 - Suite Nr.2 BWV 1008 V. Menuet I
06 - Suite Nr.2 BWV 1008 V. Menuet II - Menuet I
07 - Suite Nr.2 BWV 1008 VI. Gigue
08 - Suite Nr.3 BWV 1009 I. Prelude
09 - Suite Nr.3 BWV 1009 II. Allemande
10 - Suite Nr.3 BWV 1009 III. Courante
11 - Suite Nr.3 BWV 1009 IV. Sarabande
12 - Suite Nr.3 BWV 1009 V. Bourree I
13 - Suite Nr.3 BWV 1009 V. Bourree II - Bourree I
14 - Suite Nr.3 BWV 1009 VI. Gigue
15 - Suite Nr.6 BWV 1012 I. Prelude
16 - Suite Nr.6 BWV 1012 II. Allemande
17 - Suite Nr.6 BWV 1012 III. Courante
18 - Suite Nr.6 BWV 1012 IV. Sarabande
19 - Suite Nr.6 BWV 1012 V. Gavotte I
20 - Suite Nr.6 BWV 1012 V. Gavotte II - Gavotte I
21 - Suite Nr.6 BWV 1012 VI. Gigue

Você pode comprar este disco na Amazon

Mstlav Rostropovich, cello


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Gustav Mahler (1860-1911) - Sinfonia No. 4 em G major

Acredito que a Sinfonia no. 4 de Mahler seja o trabalho necessário àquele que queira fazer incursões pelo mundo do belo. Ela é Sinfonia mais eivada de vida, beleza, presságios de morte e esperança que eu conheço. Apesar de achar que a "Titã" se assemelhe a ela neste aspecto. Ouvi este disco com o grande regente russo Evgeny Svetlanov por duas vezes nesta noite. É uma gravação do ano de 1996, realizada em Moscou. O regente optou por uma condução mais lenta, o que tornou a obra imortal de Mahler em uma elegia profunda; uma reflexão densa, filosófica e poética da vida. Creio que Svetlanov captou a alma mahleriana nesta interpretação. A voz melodiosa e triste Guerassimova fecha com chave de ouro o quarto movimento. É apaixonante. Excelente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

Sinfonia No. 4 em G major
01. I. Bedächtig. Nicht eilen
02. II. In gemächlicher Bewegung. Ohne Hast
03. III. Ruhevoll
04. IV. Sehr behaglich

Você pode comprar este disco na Amazon

Russian State Symphony Orchestra
Evgeny Svetlanov, regente
Natalia Guerassimova, soprano

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Great Mass in C minor, KV.427 (417a)

Mozart foi um compositor prolífico. Compôs muito para um período tão curto de vida - 36 anos. Somente as missas, tem-se em conta que ele escreveu dezessete ao todo. Suas missas seguem de perto os modelos de Joseph Haydn. Mozart escreveu sua primeira missa aos doze anos. Incrível. Todavia, elas possuem gradações. Existem aquelas que podem ser executadas com um número não tão expressivo de músicos. E, por outro lado, existem aquelas que exigem uma grande orquestra, como é o caso da Grande Missa em dó menor. A Grande Missa é aquela em que Mozart impingiu marcas arcaizantes do barroco, elementos da ópera italiana, bem como uma gama de efeitos ornamentais. A presente gravação com Karajan, não me deixou impressionado. Acredito que a tenha ouvido de forma despretensiosa, o que fez com que eu tenha perdido os matizes exatos da gravação. De qualquer forma, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

Great Mass in C minor, KV.427 (417a)
01. I. Kyrie
02. II. Gloria - Gloria in excelsis Deo
03. II. Gloria - Laudamus te
04. II. Gloria - Gratias agimus tibi
05. II. Gloria - Domine Deus
06. II. Gloria - Qui tollis peccata mundi
07. II. Gloria - Quoniam tu solus Sanctus
08. II. Gloria - Jesu Christe
09. II. Gloria - Cum Sancto spiritu
10. III. Credo - Credo in unum Deum
11. III. Credo - Et incarnatus est
12. IV. Sanctus
13. V. Benedictus

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmonic
Wiener Singverein
Herbert von Karajan, regente

BAIXAR AQUI

Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Franz Liszt (1811-1886) - A Faust Symphony, Les Preludes, Prometheus e A Symphony to Dante's 'Divine Comedy'

De passagem para postar este disco com duas obras expressivas da musicografia de Franz Liszt. Confesso que não morro de amores por Liszt - apesar de achar Os prelúdios e o Concerto no. 1 para piano e orquestra obras geniais. Aqui temos as suas duas famosas sinfonias - a Fausto e a Dante. Ainda não conhecia a Sinfonia Dante. Já a Sinfonia Fausto é um espetáculo grandioso e amplifica por meio da música grandiloquente o drama da personagem universalizada por Goethe. Não deixe de ouvir este disco duplo da Decca. Uma boa apreciação!

Franz Liszt (1811-1886) -

DISCO 01

A Faust Symphony
    
1.  I. Faust
2.  II. Gretchen
3.  III. Mephistopheles & Final Chorus

Siegfried Jerusalem
Chicago Symphony Chorus & Orchestra

Sir Georg Solti, regente

DISCO 02

Les Preludes 
01. Les Preludes

Prometheus
02. Prometheus 

London Philharmonic Orchestra
Sir Georg Solti, regente

A Symphony to Dante's 'Divine Comedy'
03  I. Inferno
04  II. Purgatorio
05  III. Alternative ending

Choeur de la section artistique du College Voltaire & L'atelier choral de Geneve
Jesus Lopez-Cobos, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Gabriel Fauré (1845-1924) - Piano Quartet No. 1 in C minor, Opus 15 e Robert Schumann (1810-1856) - Piano Quintet in E-flat major, Opus 44

Sensacional este disco. As duas gravações são do ano de 1949. Tudo em mono. Mas o que fica é beleza, a elegância e energia extraída dos dois registros. A gravação do Quinteto para piano de Fauré me pareceu tecnicamente inferior em relação ao estupendo Quinteto para piano de Schumann - uma verdadeira joia. Rubinstein mostra aqui o porquê de ser considerado um dos maiores pianistas da história. As execuções possuem leveza. São vibrantes. O Quarteto Paganini executa uma música suave, mas carregada de graça e fluidez poética. Escute, por exemplo, o "In modo d'una marcia" da obra de Schumann e perceba o nível de beleza do disco. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gabriel Fauré (1845-1924) -

Piano Quartet No. 1 in C minor, Opus 15
01. I. Allegro molto moderato
02. II. Scherzo. Allegro vivo
03. III. Adagio
04. IV. Allegro molto

Robert Schumann (1810-1856) - 

Piano Quintet in E-flat major, Opus 44
05. I. Allegro brillante
06. II. In modo d'una marcia
07. III. Scherzo
08. IV. Allegro ma non troppo

Você pode comprar este disco na Amazon

Paganini Quartet
Henri Temianka, violino
Gustav Rosseels, violino
Robert Courte, violino
Adolphe Frezin, cello
Arthur Rubinstein, piano


Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Johannes Brahms (1833-1897) - Concerto for violin and orchestra in D major, Op. 77 e Robert Schumann (1810-1856) - Fantasy for violin and orchestra in C major, Op. 131

De passagem apenas deixar este delicioso disco com o opus 77 de Brahms. É uma das mais belas obras já escritas. É um prodígio do gênio humano. Veio do mundo brahmsiano. Possui enlevo, beleza. Ao violino para interpretar esta extraordinária obra, Anne-Sophie Mutter, um dos fenômenos do violino dos últimos trinta anos. A senhora Mutter conhece como ninguém o repertório romântico. Gravação muito boa! Aparece ainda uma peça cuja audição eu nunca havia realizado. De qualquer forma, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

Concerto for violin and orchestra in D major, Op. 77
01. 01 Allegro non troppo
02. 02 Adagio
03. 03 Allegro giocoso, ma non troppo vivace - Poco più presto

Robert Schumann (1810-1856) - 

Fantasy for violin and orchestra in C major, Op. 131
04. Fantasy for violin and orchestra in C major, Op. 131

Você pode comprar este disco na Amazon

New York Philharmonic
Kurt Masur, regente
Anne-Sophie Mutter, violino

BAIXAR AQUI
 
 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - A Flauta Mágica ("Die Zauberflöte"), KV 620

Não sou um especialista em óperas. Ainda preciso ouvir um pouco mais para apurar minhas percepções. Todavia, quando o que está em jogo é a Flauta Mágica de Mozart, sinto-me motivado desde o princípio da conversa. É a ópera que mais ouvi em minha existência. Ela possui graça, mistério, religiosidade, referências maçônicas, mitologia e muita beleza. A Flauta Mágica foi uma das últimas obras escritas por Mozart. Ela estreou praticamente dois meses antes da morte do compositor austríaco. Essa versão com Nikolaus Harnoncourt é muito boa. Ouvi-a por duas vezes e fiquei com uma sensação de felicidade. As árias dessa ópera sempre me deixam emocionado. A gravação que postei há algum tempo com o Jacobs pareceu-me mais empolgante do que a do Harnoncourt. Mas, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - A Flauta Mágica (Die Zauberflöte), KV 620

DISCO 01

01. Ouvertüre
02. 'Zu Hilfe! zu Hilfe! sonst bin ich verloren' _Drei  Damen, Tamino_
03. Zwischentext
04. Aria 'Der Vogelfänger bin ich ja' _Papageno_
05. Zwischentext
06. Aria 'Dies Bildnis ist bezaubernd schön' _Tamino_
07. Zwischentext
08. Recitativo ed Aria 'O zitter nicht, mein lieber Sohn' _Königin der Nacht_
09. Zwischentext
10. Quintetto 'Hm! hm! hm!' _Drei Damen, Tamino, Papageno_
11. Zwischentext
12. Terzetto - 'Du feines Täubchen' _Pamina, Monostatos, Papageno_
13. Zwischentext
14. Duetto - 'Bei Männern, welche Liebe fühlen' _Pamina, Papageno_
15. Zwischentext
16. Finale - 'Zum Ziele führt dich diese Bahn' _Pamina, Tamino, Monostatos, Saras
17. Marcia
18. Zwischentext
19. Duetto - 'O Isis und Osiris' _Sarastro, Chor_

DISCO 02

01. Zwischentext #9
02. No. 11 Duetto - Bewahret Euch Vor Weibertücken
03. Zwischentext #10
04. No. 12 Quintetto - Wie_ Wie_ Wie_ Ihr An Diesem Schreckensort_
05. Zwischentext #11
06. No. 13 Aria - Alles Fühlt Der Liebe Freuden
07. Zwischentext #12
08. No. 14 Aria - Der Hölle Rache Kocht In Meiner Herzen
09. Zwischentext #13
10. No. 15 Aria - In Diesen Heil'Gen Hallen Kennt Man Die Rache Nicht!
11. Zwischentext #14
12. No. 16 Terzetto - Seid Uns Zum Zweiten Mal Wilkommen
13. Zwischentext #15
14. No. 17 Aria - Ach Ich Fühl's, Es Ist Verschwunden!
15. Zwischentext #16
16. No. 18 Chor De Preister - O Isis, Und O Osiris, Welche Wonne!
17. Zwischentext #17
18. No 19 Terzetto - Soll Ich Dich Teurer Nicht Mehr Sehn_
19. Zwischentext #18
19. Zwischentext #18
21. Zwischentext #19
22. No. 21 Finale - Bald Prangt, Den Morgen Zu Verkünden

Você pode comprar este disco na Amazon

Orchester des Opernhauses Zürich
Chor des Opernhauses Zürich
Nikolaus Hanoncourt, regente

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

 *Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 20 de julho de 2013

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) - Complete Music for Solo Guitar

A obra de Villa-Lobos exalta a brasilidade, exalta o que temos de mais belo e heterogêneo em nossa história, em nossa natureza. Ouvir a obra do Villa para violão é perceber os matizes que cintilam na identidade cultural de nossa terra. Existe todo um viés popular nestas obras. Ela possuem todo um senso profundo de reverência a esse vasto país tão cheio de variedades, um país plural - de marchinhas, de sambas variados, de lundus etc. São belas! Sim. Muito belas! Possuem graça. Tristeza. Exaltação. Os Estudos, por exemplo, são de uma complexidade absurda. Este disco é para se tornar em algo de referência, para ser visitado com bastante recorrência. Não conhecia o senhor Norbert Kraft. O moço toca muito. Aqui no blog, eu postei há bastante tempo estas mesmas obras com Fábio Zanon. Não deixe de ouvir o presente disco. Uma boa apreciação!

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) - 

01. Choros No. 1 (Typico)
02. Suite Populaire Breilienne No. 1 Mazurka - Choros
03. Suite Populaire Breilienne No. 2 Schottisch - Choros
04. Suite Populaire Breilienne No. 3 Valsa - Choros
05. Suite Populaire Breilienne No. 4 Gavota - Choros
07. 12 Eudes, No. 1 Allegro non troppo
06. Suite Populaire Breilienne No. 5 Choinho
08. 12 Eudes, No. 2 Allegro
09. 12 Eudes, No. 3 Allegro moderato
10. 12 Eudes, 4 No. 4 Un peu modere
11. 12 Eudes, No. 5 Andantino
12. 12 Eudes, No. 6 Poco Allegro 
13. 12 Eudes, No. 7 Tres anime
14. 12 Eudes, No. 8 Modere
15. 12 Eudes, No. 9 Tres peu anime
16. 12 Eudes, No. 10 Tres anime
17. 12 Eudes, No. 11 Lent - Anime
18. 12 Eudes, No. 12 Anime
19. 5 Preudes, No. 1 in E minor
20. 5 Preudes, No. 2 in E major
21. 5 Preudes, No. 3 in A minor
22. 5 Preudes, No. 4 in E minor
23. 5 Preudes, No. 5 in D major

Você pode comprar este disco na Amazon

Norbert Kraft, violão


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Missa Solemnis, Op. 123

A Missa Solemnis de Beethoven é uma das suas principais obras. É aquela em que percebemos o compositor no apogeu de sua capacidade criativa. É perceptível o quanto o alemão tem controle de todos os movimentos e desdobramentos da peça. A obra é tão exata, tão precisa, tão perfeita que beira o absurdo. Beethoven a compôs no período que se estende entre 1819 e 1823, ou seja, o término dessa importante obra se deu quatro anos antes da sua morte. É um período de cegueira, mas de bastante vitalidade criativa. É desse período, também, a composição da Nona Sinfonia. A Missa Solemnis apesar de se constituir em um monumento, não é tão popular quanto, por exemplo, as sonatas, as sinfonias e os quartetos de cordas. Creio que seja assim justamente pela estrutura e pela força que possui. Vai aqui uma extraordinária versão com Otto Klemperer. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -

Missa Solemnis, Op. 123
01. I. Kyrie
02.  II. Gloria; Gloria in excelsis Deo
03. Qui tollis
04. Quoniam tu solus sanctus
05. III. Credo; Credo in unum Deum
06. Et incarnatus est
07. Et resurrexit
08. IV. Sanctus
09. Benedictus
10. V. Agnus Dei
11. Dona nobis pacem

Você pode comprar este disco na Amazon

Philharmonia Orchestra
Otto Klemperer, regente


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jean Sibelius (1865-1957) Tapiola Op.112, Benjamin Britten (1913-1976) - Concerto for Piano and Orchestra, Op 13, Edgar Varèse (1883-1965) - Ecuatorial e Claude Debussy (1862-1918) - La Mer

Há algum tempo que eu estava desejoso para ouvir e postar um broadcasting. Escolhi esta gravação ao vivo por causa da presença de La Mer, peça muita caríssima para mim. La Mer é daquelas peças que eu psoso ouvir repetidamente sem me cansar. Existe um senso de contemplação pelo tema que ela evoca que me deixa fascinado. Serviu ainda para que trouxéssemos a peça de Edgar Varèse, que aparece por aqui pela primeira vez. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Jean Sibelius (1865-1957)
   
Tapiola Op.112 
01. Tapiola Op.112

Benjamin Britten (1913-1976) -

Concerto for Piano and Orchestra, Op 13
02. I. Toccata     
03. II. Waltz
04. III. Impromptu
05. IV. March

Edgar Varèse (1883-1965) -
  
Ecuatorial 
06. Ecuatorial 

Claude Debussy (1862-1918)

La Mer
07.  I. De l'aube à midi sur la mer
08. II. Jeux de vagues
09. III. Dialogue du vent et de la mer

Você pode comprar este disco na Amazon

BBC Scottish Symphony Orchestra
Tenebrae (men's voices) 
Ilan Volkov, regente

Steven Osborne, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Narciso Yepes - Recuerdos - Rodrigo, Mudarra, Scarlatti, Albeniz, Granados, Moreno, Poulenc, Tedesco, etc.

Narciso Yepes foi um extraordinário violonista (guitarrista para os espanhóis) de origem espanhola. De família humilde, Yepes conseguiu se estabelecer como um dos principais nomes da história do violão. Além de ser alguém que conhecia profundamente o instrumento que tocava, Yepes era um ardoroso estudioso. Fez inúmeras pesquisas com obras esquecidas dos séculos XVI e XVII, o que permitiu o conhecimento de muitas obras para violão e alaúde. Seus últimos anos de vida foram bastante difíceis por causa de uma linfoma que o vitimou em 1997. O disco que ora posto traz os principais compositores que produziram obras para o violão - Rodrigo, Sor, Villa-Lobos, Tedesco etc. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

DISCO 01

01. Rodrigo Concierto de Aranjuez - 1. Allegro con spirito
02. Rodrigo Concierto de Aranjuez - 2. Adagio
03. Rodrigo Concierto de Aranjuez - 3. Allegro gentile
04. Mudarra Fantasia que contrahaze la harpa en la manera de Ludovico
05. Scarlatti Sonata in D minor, K.32
06. Scarlatti Sonata in A, K.322
07. Tarrega Requerdos de Alhambra
08. Tarrega Adelita
09. Albeniz Suite espanola - Asturias (Leyenda) tr. Segovia
10. Albeniz Malaguena, Op.165 No.3 tr. Yepes
11. Granados Spanish Dance Op.37 No.5 - 'Andaluza' (arr. Yepes)
12. Moreno Torroba Madronos
13. Poulenc Sarabande
14. Castelnuovo-Tedesco Guitar Concerto No.1 in D, Op.99 - 1. Allegretto
15. Castelnuovo-Tedesco Guitar Concerto No.1 in D, Op.99 - 2. Andantino alla rom
16. Castelnuovo-Tedesco Guitar Concerto No.1 in D, Op.99 - 3. Ritmico e cavaller

DISCO 02

01. Villa-Lobos Etude No.12 in A minor
02. Villa-Lobos Prelude No.1 in E minor
03. J.S. Bach Partita for Lute in C minor BWV 997 - 1. Preludio
04. J.S. Bach Partita for Lute in C minoe BWV 997 - 2. Fugue
05. Telemann Partita Polonaise in A for 2 guitars - Ouverture-viste
06. Telemann Partita Polonaise in A for 2 guitars - Combattans
07. Telemann Partita Polonaise in A for 2 guitars - Rigidon
08. Telemann Partita Poloniase in A for 2 guitars - Hanaque
09. Telemann Partita Polonaise in A for 2 guitars - Le Pris
10. Telemann Partita Polonaise in A for 2 guitars - Harlequinade
11. Sor Fantaisie Villageoise - Andantino
12. Sor Fantaisie Villageoise - Appel
13. Sor Fantaisie Villageoise - Danse
14. Sor Fantaisie Villageoise - Priere
15. Giuliani Guitar Concerto No.1 in A Op.30 - 1. Allegro maestoso
16. Giuliani Guitar Concerto No.1 in A Op.30 - 2. Andantino siciliano
17. Giuliani Guitar Concerto No.1 in A Op.30 - 3. Alla polacca (Allegretto)
18. Sainz de la Maza Petenera para guitarra
19. Sainz de la Maza Andaluza
20. Yepes Jeux interdits (Romance)
21. Ruiz-Pipo Cancion y Danza No.1 (Arr. Yepes)

Você pode comprar este disco na Amazon

Narciso Yepes, violão


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No. 9 in D minor

Vamos a mais uma postagem de final de noite. Dessa vez, trazemos a música larga, enorme, de Anton Bruckner - outro austríaco desta noite. Trata-se da Nona Sinfonia, aquela que gerava medo no compositor; aquela que inquietava os sonhos de Bruckner; aquela que gerava expectativas de morte. E tanto foi assim que enquanto escrevia o trabalho, Bruckner veio a falecer. Para muitos, a Nona é o grande trabalho de Bruckner. Sou daqueles que preferem a Quarta, a Sétima e a Oitava. O disco que ora surge tem sob a regência Simon Rattle e é um disco que foi lançado o ano passado. O que ele possui de peculiar é a versão do quarto movimento do trabalho de Bruckner, já que o trabalho original ficou inacabado. Vale a audição. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

Symphony No. 9 in D minor
01. Feierlich, misterioso
02. Scherzo. Bewegt, lebhaft - Trio. Schnell
03. Adagio. Langsam, feierlich
04. Finale. Misterioso, nicht schnell

Você pode comprar este disco na Amazon

Berliner Philharmoniker
Sir Simon Rattle, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 3 in D minor

Vamos a mais uma sinfonia mahleriana com Svetlanov. E dessa vez temos a faraônica Sinfonia no. 3, que a começar pela duração, já é um empreendimento impressionante. É o trabalho mais longo de Mahler - cerca de 90-100 minutos de música (dramas, insinuações trágicas, filosofia, espiritualidade e expectativa de redenção). O primeiro movimento por si possui mais de 30 minutos. Em tudo ela nos deixa de queixo caído. Mahler compôs esse trabalho em um período de três anos. Originalmente, possuiria sete movimentos. Mas o compositor extraiu esse sétimo movimento e colocou na Quarta Sinfonia. A gravação desse trabalho com o Svetlanov não me agradou. Esperava mais. Faltou drama, força e aquele colorido tão típico dos trabalho do regente russo. De qualquer forma é Mahler e deve ser ouvido. Não deixe de fazê-lo. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No. 3 in D minor

DISCO 01

01. Kraftig.Entschieden
02. Tempo di Menuetto.Sehr maBig

DISCO 02

01. Comodo. Scherzando. Ohne Hast
02. Sehr langsam. Misterioso. Durchaus
03. Lustig im Tempo und keck im Ausdruck
04. Langsam. Ruhevoll. Empfunden

Você pode comprar este disco na Amazon

The Russian State Symphony Orchestra
Evgeny Svetlanov, regente
Olga Alxandrova, mezzo-soprano


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Frederick Delius (1862-1934) - Violin Sonata in B major, Op. posth, Violin Sonata No. 1, Violin Sonata No. 2 e Violin Sonata No. 3

Ainda não havia parado para ouvir um disco inteiro com composições do inglês Frederick Delius. O resultado foi de uma impressão, pelo menos e um primeiro momento, fortemente positiva. No disco abaixo temos um disco essencial para que se conheça uma das características mais marcantes nas composições do inglês, o lirismo. São obras que revelam a influência sofrida pelo compositor da música negra americana, no período em que este morou lá. Disco excelente da Naxos, que possui uma ventura extraordinária para produzir bons discos como orquestras, artistas e compositores não tão conhecidos. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Frederick Delius (1862-1934) - 

Violin Sonata in B major, Op. posth (1892)
01. I. Allegro con brio
02. II. Andante molto tranquillo
03. III. Allegro con moto

Violin Sonata No. 1 (1905-15)
04. I. With easy movement but not quick - II. Slow
05. III. With vigour and animation

Violin Sonata No. 2 (1923)
06. Violin Sonata No. 2

Violin Sonata No. 3 (1930)
07. I. Slow
08. II. Andante scherzando - Meno mosso - Tempo I
09. III. Lento - COn moto

Você pode comprar este disco na Amazon

Susanne Stanzelei, violino
Gusztáv Fenyó, piano

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 16 de julho de 2013

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - Violin Concerto in D major, Op. 35, Sérenade melancolique, Op. 26, Valse-scherzo for violin and orchestra in C, Op. 34, Souvenir d'un lieu cher, Op. 42

Esse jovem James Ehnes tem se mostrado um nome promissor para o seu instrumento, o violino. Tem realizado boas interpretações. Já postei alguns discos dele aqui no blog, principalmente interpretando Bartok - o que não é pouca coisa! Fiquei curioso para ouvi-lo interpretar o maravilhoso Concerto para violino e orquestra de Tchaikovsky. E o moço não decepcionou. Bola na rede! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - 

Violin Concerto in D major, Op. 35
01. 1. Allegro moderato
02. 2. Canzonetta_ Andante
03. 3. Finale_ Allegro vivacissimo

Se´re´nade me´lancolique, for violin & orchestra (or piano) in B minor, Op. 26
04. Se´re´nade me´lancolique, for violin & orchestra (or piano) in B minor, Op. 26

Valse-scherzo, for violin & orchestra (or violin & piano) in C major, Op. 34
05. Valse-scherzo, for violin & orchestra (or violin & piano) in C major, Op. 34

Souvenir d'un lieu cher, for violin & piano (or orchestra), Op. 42
06. 1. Meditation
07. 2. Scherzo
08. 3. Melodie

Você pode comprar este disco na Amazon

Sidney Symphony
Vlaidmir Ashkenazy, regente (1-5)
Vladmir Ashkenazy, piano (6-8)

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Sinfonia No. 9 em Ré menor, Op. 125, "Coral"

Mais uma extraordinária versão da Nona Sinfonia de Beethoven. Já perdi a conta de quantas existem aqui no blog. Dessa vez, trazemos o regente judeu Eliahu Inbal. A gravação é do ano de 1990. Vale ressaltar que Inbal ainda está na ativa e é um excelente intérprete de obras românticas. Por isso, seu Beethoven vale a audição. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

Sinfonia No. 9 em Ré menor, Op. 125, "Coral"

01. Allegro ma non troppo, un poco maestoso 
02. Molto Vivace
03. Adagio Molto e Cantabile; Andante moderato 
04. Finale: Presto assai

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Symphoniker
Wiener Singakademie
Chorus Viennensis
Eliahu Inbal, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!
 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Gustav Holst (1874-1934) - The Planets, Op. 32, The Perfect Fool, Op. 39 e Egdon Heath, Op. 47

Há alguns dias atrás estava vendo um dos capítulos da série Cosmos, gravada na década de 80', do grande Carl Sagan. Sagan, do alta da sua elegância e didatismo tão característicos falava sobre Johannes Kepler e introduziu a música de Gustav Holst e dali para frente os trechos em que falava sobre o físico, teológo e matemático alemão ganharam em espiritualidade e mistério. A escolha foi das melhores. E, de fato, "Os planetas" de Holst não é uma obra qualquer. O inglês empregou sete anos para escrevê-la. Ela possui as crenças espirituais nas quais Holst cria. Os Planetas não é uma sinfonia, um poema sinfônico ou uma fantasia. Na verdade, Holst do ponto de vista da astrologia, escreveu uma série de perfis sonoros sobre a personalidade dos planetas. É uma obra extraordinária, repleta de espiritualidade. Apesar da regência ficar a cargo de Sir Georg Solti, a interpretação não é das melhores Fica o aviso. Bolt se sai melhor regendo as outras obras de Holst constantes no disco. Mesmo assim não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Gustav Holst (1874-1934) -

The Planets, Op. 32
01. I - Mars, the Bringer of War
02. II - Venus, the Bringer of Peace
03. III - Mercury, the Winged Messenger
04. IV - Jupiter, the Bringer of Jollity
05. V - Saturn, the Bringer of Old Age
06. VI - Uranus, the Magician
07.  VII - Neptune, the Mystic

The London Philharmonic Orchestra
Ladies os the London Philharmonic Choir
 Sir Georg Solti, regente

The Perfect Fool, Op. 39
08. I - Introduction – Dance of Spirits of Earth
09. II - Dance of Spirits of Water
10. III - Dance of Spirits of Fire

Egdon Heath, Op. 47
11. Egdon Heath

The London Philharmonic Orchestra
Sir Adrian Bolt, regente

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

George Frideric Handel (1685-1759) - 12 Solo Sonatas Op.1

Voltamos a postar mais um Handel. Na verdade, fiquei curioso para ouvir este disco duplo por causa da última postagem sensacional que havia feito do compositor teuto-inglês sob a direção de Richard Egarr. Para ser franco, gostei mais do primeiro CD do que deste que ora posto. Não faz mal.Como sempre a sonoridade da Academy of Ancient Music é impecável. Uma boa apreciação!

George Frideric Handel (1685-1759) - 

DISCO 01

Flute Sonata in E minor, HWV 359 Op.1 No.1
01. I. Grave
02. II. Allegro
03. III. Adagio
04. IV. Allegro

Recorder Sonata in G minor, HWV 360 Op.1 No.2
05. I. Larghetto
06. II. Andante
07. III. Adagio
08. IV. Presto

Violin Sonata in A major, HWV 361 Op.1 No.3
09. I. Andante
10. II. Allegro
11. III. Adagio
12. IV. Allegro

Recorder Sonata in A minor, HWV 362 Op.1 No.4
13. I. Larghetto
14. II. Allegro
15. III. Adagio
16. IV. Allegro

Flute Sonata in G major, HWV 363b Op.1 No.5
17. I. Adagio
18. II. Allegro
19. III. Adagio
20. IV. Boree
21. V. Menuetto

Oboe Sonata in G minor, HWV 364a Op.1 No.6
24. I. Larghetto
23. II. Allegro
24. III. Adagio
25. IV. Allegro

Recorder Sonata in C major, HWV 365 Op.1 No.7
26. I. Larghetto
27. II. Allegro
28. III. Larghetto
29. IV. A tempo di Gavotti
30. V. Allegro

Oboe Sonata in C minor, HWV 366 Op.1 No.8
31. I. [Larghetto]
32. II. Allegro
33. III. Adagio
34. IV. Allegro

DISCO 02

Flute Sonata in B minor, HWV 367b Op.1 No.9
01. I. Largo
02. II. Vivace
03. III. Presto
04. IV. Adagio
05. V. Alla breve
06. VI. Andante
07. VII. A tempo di minuet

Violin Sonata in G minor, HWV 368 Op.1 No.10
08. I. Andante
09. II. Allegro
10. III. Adagio
11. IV. [Gigue]

Recorder Sonata in F major, HWV 369 Op.1 No.11
12. I. Larghetto
13. II. Allegro
14. III. Siciliana
15. IV. Allegro

Violin Sonata in F major, HWV 370 Op.1 No.12
18. I. Adagio
17. II. Allegro
18. III. Largo
19. IV. Allegro

Violin Sonata in A major, HWV 372 Op.1 No.10
20. I. Adagio
21. II. Allegro
22. III. Largo
23. IV. Allegro

Oboe Sonata in F major 'Hautb_ Solo del Sr. Hendel'
24. I. Adagio
25. II. Allegro
26. III. Adagio
27. IV. Bouree
28. V. Menuet

Violin Sonata in E major, HWV 373 Op.1 No.12
31. I. Adagio
30. II. Allegro
31. III. Largo
32. IV. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Academy of Ancient Music
Richard Egarr, cravoe direção
Pavlo Beznosiuk, violino
Rachel Brown, flute & recorder
Frank de Bruine, oboé

BAIXAR AQUICD01
BAIXAR AQUICD02

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No. 1 in C Major, Op. 21, Symphony No. 2 in D Major, Op. 36, Symphony No. 3 in E-flat Major, Op. 55 _Eroica e Symphony No. 4 in B-flat Major, Op. 60 (CDs 1 e 2 de 5)

Comecemos mais uma integral com um regente que tem se tornado uma referência - Christian Thielemann. De certa forma, a gravação das sinfonias de Beethoven com ele, Thielemann, não me agradou. Faltou força e um brilho maior na interpretação. Os trabalhos tiveram uma abordagem mais lenta, mais morosa. Mas não deixa de nos fornecer belos momentos como, por exemplo, a Marcha Fúnebre da Sinfonia "Heróica". Christian Thielemann pelo que já ouvi dele, se sai melhor com Bruckner e Wagner. Seguem os dois primeiros discos caixa. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) -

DISCO 01

Symphony No. 1 in C Major, Op. 21
01. I. Adagio molto - Allegro con brio
02. II. Andante cantabile con moto
03. III. Menuetto. Allegro molto e vivace
04. IV. Finale. Adagio - Allegro molto e vivace

Symphony No. 2 in D Major, Op. 36
05. I. Adagio molto - Allegro con brio
06. II. Larghetto
07. III. Scherzo. Allegro
08. IV. Allegro molto

DISCO 02

Symphony No. 3 in E-flat Major, Op. 55 _Eroica
01.  I. Allegro con brio
02.  II. Marcia funebre. Adagio assai
03.  III. Scherzo. Allegro vivace
04.  IV. Finale. Allegro molto

Symphony No. 4 in B-flat Major, Op. 60
05. I. Adagio - Allegro vivace
06. II. Adagio
07. III. Allegro vivace - Un poco meno allegro
08. IV. Allegro ma non troppo

Você pode comprar este disco na Amazon

Wiener Philharmoniker
Christian Thielemann, regente

BAIXAR AQUI


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Brandenburg Concerts Nos. 1-6, BWV 1046-1051

Time peso-pesado para interpretar os seis Concertos de Brandenburgo de Bach - Gustav Leonhardt, Kuijkens, Bruggen, Lucy van Dael, Anner Bylsma, Bob van Asperen etc. Ou seja, é um seleção com medalhões. Pelo menos uma curiosidade é gerada quando vemos tão magnânimo time. Trata-se de uma gravação de 1977. Uma interpretação equilibrada. Sem exageros sonoros. E naturalmente apaixonante. Os Concertos de Brandenburgo figuram entre as os obras mais populares de Johann Sebastian Bach. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

DISCO 01

Brandenburg Concertos: Concerto No. 1 In F Major, BWV 1046
01. I. (-)
02. II. Adagio
03. III. Allegro
04.  IV. Menuetto - Trio - Polonaise - Menuetto - Trio

Brandenburg Concertos: Concerto No. 2 In F Major, BWV 1047
05.  I. (-)
06.  II. Andante
07. III. Allegro assai

Brandenburg Concertos: Concerto No. 3 In G Major, BWV 1048
08.  I. (-)
09. II. Adagio
10. III. Allegro

DISCO 02

Brandenburg Concertos: Concerto No. 4 In G Major, BWV 1049
01. I. Allegro
02. II. Andante
03. III. Presto

Brandenburg Concertos: Concerto No. 5 In D Major, BWV 1050
04. I. Allegro
05. II. Affettuoso
06. III. Allegro

Brandenburg Concertos: Concerto No. 6 In B-flat Major, BWV 1051
07. I. (-)
08. II. Adagio, ma non tanto
09. III. Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Leonhardt, Kuijkens, Bruggen, Lucy van Dael, Anner Bylsma, Bob van Asperen etc


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!
 

Pierre-Laurent Aimard - The Warner Recordings - Ravel, Elliott Carter, Pierre Boulez, Alban Berg, Beethoven, Liszt, Debussy, Ligeti (CDs 5 e 6 de 6 - final)

Chegamos ao final de mais uma caixa sensacional. Ouvi com muito entusiasmo os dois últimos CDs. Nos dois últimos discos, Aimard esbanja um pouco de sua técnica afiadíssima. Temos momentos de bastante complexidade, principalmente com os compositores modernos como, por exemplo, Elliott Carter, Messiaen, Boulez e Ligeti; mas evidencia fúria, galhardia e sensibilidade ao interpretar Beethoven (a "Appassionata") e Ravel ("Gaspard de la nuit"). Confesso que os dois últimos discos provocaram um efeitos maior em mim do que os demais. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

DISCO 05

01. Ravel_ Gaspard de la nuit - I. Ondine
02. Ravel_ Gaspard de la nuit - II. Le Gibet
03. Ravel_ Gaspard de la nuit - III. Scarbo
04. Elliott Carter_ Night Fantasies
05. Elliott Carter_ Two Diversions - I
06. Elliott Carter_ Two Diversions - II
07. Elliott Carter_ 90+
08. Boulez_ Sonatine for flute and piano
09. Boulez_ Piano Sonata No.1 - I. Lent
10. Boulez_ Piano Sonata No.1 - II. Assez large - Rapide

DISCO 06

01. Berg_ Klaviersonate, Op.1
02. Beethoven_ Sonata No.23 in F minor, Op.57 'Appassionata' - I. Allegro assai
03. Beethoven_ Sonata No.23 in F minor, Op.57 'Appassionata' - II. Andante con moto
04. Beethoven_ Sonata No.23 in F minor, Op.57 'Appassionata' - III. Allegro ma non troppo
05. Liszt_ Legendes, No.2 - St.Francois de Paule marchant sur les flots
06. Debussy_ Images - 1re serie - I. Reflets dans l'eau
07. Debussy_ Images - 2e serie - III. Poissons d'or
08. Ligeti_ Etudes pour piano - II. Cordes a vide
09. Ligeti_ Etudes pour piano - VI. Automne a Varsovie
10. Ligeti_ Etudes pour piano - X. Der Zauberlehrling
11. Messiaen_ Vingt Regards sur l'Enfant Jesus - XI. Premiere communion de la Vierge
12. Debussy_ Etudes  - Livre I - VI. Pour les huit doigts

Você pode comprar este disco na Amazon

Pierre-Laurent Aimard, piano

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela juda a manter o nosso blog vivo!

Johannes Brahms (1833-1897) - Serenade No. 1 in D major, Op. 11 e Serenade No. 2 in A major, Op. 16

Gravação excelente das duas Serenades de Brahms. A Capella Augustina tem a seu favor o trunfo de tocar com instrumentos de época, o que consequentemente nos aproxima ao máximo das intenções originais do compositor. A sonoridade desenvolvida é delicada e possui um frescor agradável; melodias exploradas com exatidão. Brahms foi um campeão imbatível em produzir obras com forte tom intimista. Mais do que uma arquitetura harmônica perfeita, Brahms sabia construir beleza e poesia na medida exata. Não deixe de ouvir este belo disco. Uma bela apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

Serenade No. 1 in D major, Op. 11
01. I. Allegro molto
02. II. Scherzo: Allegro non troppo
03. III. Adagio non troppo
04. IV. Menuetto I-II
05. V. Scherzo: Allegro
06. VI. Rondo: Allegro

Serenade No. 2 in A major, Op. 16
07. I. Allegro moderato
08. II. Scherzo: Vivace
09. III. Adagio non troppo
10. IV. Quasi menuetto and Trio
11. V. Rondo: Allegro

Você pode comprar este disco na Amazon

Cappela Augustina 
Andreas Spering, diretor

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Georg Friedrich Handel (1685-1759) - Concerti Grossi, Op. 3

Baita disco este da Academy of Ancient Music. Dá gosto ouvir. Trata-se de um Handel burilado, docemente espiritual. Existe uma irregularidade muito grande aqui no blog no quesito música barroca. Mas vamos tentando suprir essa deficiência. Por isso, nada melhor do que este disco para que sejamos absorvidos de tão grande pecado. A sonoridade é espetacular. Egarr faz algo que nos transmite brilho, delicadeza e alegria e nada melhor do que isso para encher o coração de beleza. Uma boa apreciação!

Georg Friedrich Handel (1685-1759) - 

Concerto No. 1 in B-flat major
01. I. 2:50
02. II. 4:07
03. III. 1:28

Concerto No. 2 in B-flat major
06. I. Vivace 1:55
05. II. Largo 2:24
06. III. Allegro 2:15
07. IV. 1:22
08. V. 3:28

Concerto No. 3 in G major
09. I. Largo, e staccato - Allegro 3:24
10. II. Adagio 1:02
11. III. Allegro 3:46

Concerto No. 4 in F major
12. I. 6:34
13. II. Andante 2:05
14. III. Allegro 1:38
15. IV. Allegro 2:44

Concerto No. 5 in D minor
16. I. 1:42
17. II. Fuga. Allegro 2:16
18. III. Adagio 1:25
19. IV. Allegro, ma non troppo 1:35
20. V. Allegro 2:44

Concerto No. 6 in D major;
22. I. Improvisation 2:01
23. II. Allegro 3:28

Sonata a 5 (HWV 288)
24. I. Andante 3:42
25. II. Adagio 1:28
26. III. Allegro 3:47

Você pode comprar este disco na Amazon

Academy of Ancient Music
Richard Egarr, regente

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua particpação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blogo vivo!